Traí meu marido


Enviado por Mulher Carinhosa em 25/06/2020
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Categoria: Traições | Visitas: 3380
Avaliação: [Votar]
4 Comentários [Comentar]

Somos um casal tradicional, como muitos outros. Meu nome é Fabiana, tenho 45 anos e meu esposo Mário tem 55. Estamos casados há mais de 20 anos já. Sou uma mulher de 1,60cm apenas, 50kg, cintura fina e seios médios, firmes e bonitos, mesmo já tendo filhos. E também tenho uma bunda grande, sou do tipo falsa magra, olhos verdes. Enfim, uma mulher com jeito de menina que não aparenta a idade e ainda faço sucesso onde passo.

Meu marido adora me exibir e pede para eu colocar roupas sensuais quando saímos. Ele curte ver outros homens me olhando e deixa eu olhar para eles também, para os outros pensarem que eu sou safada e ele corno. Loucura, né? Na verdade ele adora ser chamado de corno, mas eu sempre entendi tudo isso como fantasias somente.

Durante muitas transas nós confidenciamos um ao outro nossas taras e entre elas sempre falamos de ter mais alguém. Por varias vezes fantasiamos, mas eu nunca tive coragem de fazer algo real. Sempre amei meu marido e ele sempre me satisfez em tudo, principalmente no sexo.

Mas o Mário sempre me provocou, e sempre falou que toparia me ver com outro ou saber que eu dei para outro, que isso o excitava. Eu perguntava se ele não sentiria ciúmes e ele me falava que não, desde que ele soubesse de tudo. Eu já não podia dizer o mesmo, pois eu tinha e ainda tenho ciúmes dele, muito mesmo. Meu esposo é um coroa bonito e charmoso, com um bom emprego e tal.




Sempre me senti muito segura em relação ao meu marido, mas confesso que às vezes eu ficava grilada, e numa das viagens que ele costumava fazer em eventos profissionais, me acendeu um sinal de alerta com uma das participantes que, em um outro evento que fui convidada, ela estava lá e falou coisas que me deixou com uma pulga atrás da orelha.

Comecei a vigiá-lo e olhar no celular dele, e eu via que ela estava sempre mandando mensagens. Fiquei puta de ciúmes e comecei a achar que ele estava me traindo. E essa paranoia começou a aumentar e logo eu estava vendo coisas que não existiam. Com isso fui mudando meu comportamento.

Eu não quis falar nada com ele, acho que tive medo de brigar e parecer tola, mas comecei, durante nossas transas, a ser mais ousada e mais "vadia", pensando que se era por causa de vadia que ele estava me traindo, eu também sabia ser.
Nossas transas começaram a ficar mais loucas do que já eram, comecei a me soltar, gozar mais intensamente, xingar ele na cama, e eu adorava quando ele me xingava também.

Nessa época eu recebi um convite para fazer um curso que eu estava muito afim, e que duraria três dias, numa cidade do interior de SP. Para isso eu teria que dormir fora pelo menos duas noites. Perguntei para o Mário se eu poderia ir. Ele, como sempre, nunca foi de ter ciúmes, e falou que sim, que até me levaria cedinho para eu chegar a tempo de pegar o primeiro dia de curso e que ia reservar um hotel por duas noites bem próximo ao curso para eu ficar, e no ultimo dia eu voltaria de ônibus.

"Que ótimo, né?... ainda me ajuda!", pensei, já que ele parecia estar feliz e comemorando, porque ele ia ter três dias para aprontar. "Filho da puta vai sair com aquela quenga, com certeza!", fiquei imaginando. Então, um dia antes da viagem, comecei a arrumar minha mala, pensando se ele estava me traindo mesmo. Quase desistindo de ir, mas também com raiva, comecei a colocar na mala roupas que eu usava só quando saía com ele sozinha, que chamava um pouco mais a atenção.

No outro dia cedinho também me arrumei bem bonita e gostosa para ir para o curso.
- Nossaaaa... é um perigo minha esposa sair assim para viajar... desse jeito eu acabo ganhando chifres! - meu esposo falou rindo, quando ele me viu. Sorri também e o abracei. "Bem que merece mesmo!", pensei comigo, em segredo.

Então ele pegou o carro e viajamos. Ao chegarmos no meu destino nós passamos no hotel para deixar a bagagem e fomos direto para o meu curso, onde ele me deixou e voltou para São Paulo para trabalhar. No final do curso eu fui direto para o hotel, que era quase vizinho do local do curso. Minha idéia era fazer o restante do check-in, tomar um banho e me arrumar para sair para comer algo, já que, no dia seguinte, eu teria mais um dia inteiro de curso.

Cheguei no balcão do hotel e falei com o atendente sobre a minha reserva, feita pelo meu marido, que gentilmente a deixou paga. Ao lado tinha um coroa bonito e charmoso, e notei que ele me olhou da cabeça aos pés. Me virei e olhei para ele também, e ele continuou me olhando, com um olhar de caçador. Eu retribui a atenção dele com um leve sorriso e voltei a tratar da minha hospedagem, sentindo um tremor no corpo inteiro, e um calor muito intenso.

"Nossa! O que é isso, meu deus?", pensei comigo. O olhar daquele coroa estava me deixando sem fôlego.
- Boa tarde... até logo! - o homem olhou para mim e falou, ao terminar o que ele estava fazendo no balcão, e eu respondi com um sorriso delicioso para ele. Em seguida eu saí em direção ao elevador, e ele estava lá me aguardando, segurando a porta gentilmente para mim.

Agradeci, entrei e apertei o meu andar, muito desconcertada.
- Mas que coincidência, não?... estamos no mesmo andar! - ele sorriu e falou. "Coincidência até demais!", pensei, sentindo o meu corpo esquentar. Durante o trajeto nós começamos a conversar rapidamente.
- Você está aqui a trabalho? - o Edson me perguntou, com a voz suave e sedutora.

- Não, eu estou fazendo um curso! - respondi.
- Eu estou aqui a trabalho, sabe? Eu venho sempre aqui nessa cidade... sou do Sul! - ele disse, e eu já tinha percebido isso, por seu sotaque. O elevador então parou, descemos no mesmo andar e ele me acompanhou até a porta do quarto, onde conversamos mais um pouco.

- Então, vou tomar um banho e sair para jantar... foi um prazer conversar com você! - falei e já me preparei para me despedir dele.
- Você está sozinha aqui?
- Sim, vim sozinha! - respondi, fazendo charme.
- Você quer jantar comigo? Eu conheço muitos lugares aqui na cidade? - ele me perguntou, bem direto.

- Estou pensando em ir ao shopping... fica bem aqui em frente... e como estou sem carro, fica mais fácil, e é bem pertinho! - respondi.
- Estou com carro alugado da empresa... e eu gostaria muito de ter companhia para jantar! - o coroa insistiu. Nossa! Fiquei na dúvida. Mas ele era um homem tão agradável, bonito, charmoso. Por que não, né? Afinal eu estava com aquela ideia de que meu marido devia estar me traindo. Resolvi aceitar.

- Tá bom... aceito seu convite! - falei com um sorriso. - Mas eu preciso de pelo menos um hora... aí eu te encontro no saguão, pode ser? - concluí e ele concordou. Entrei para o quarto tremendo. Fazia muito tempo que eu não me sentia daquela forma. Era uma mistura de medo e de tesão. Tomei meu banho muito ansiosa e escolhi um vestido com decote e costas de fora, curto, leve e solto, que não dava para usar com sutiã.

Fiquei pronta e me olhei no espelho. "Calma, Fabiana! É só pra você se sentir desejada... não vai acontecer nada!", pensei, tentando me controlar. Cheguei no lobby e avistei o Edson sentado numa poltrona. Quando ele me viu, ele arregalou os olhos e com certeza deve ter pensado: "Essa safada vai dar pra mim hoje, vestida assim só pode estar querendo dar!".

Nossa! Pela forma que o coroa me olhou, eu pensei até em voltar e trocar de roupa. Mas já era, não tinha mais como voltar atrás. Então, todo charmoso, o Edson veio até mim e pediu o carro para o valet. Quando o carro chegou ele abriu a porta gentilmente para mim, sempre me elogiando. Quando eu tive que me abaixar para sentar no carro, com certeza ele deve ter visto mais coisas do que eu queria mostrar. Mas me fingi de distraída, até porque minha intenção era só provocar mesmo.

Chegamos para jantar em um restaurante aconchegante e muito bonito. Assim que o garçom nos levou até a nossa mesa, o Edson pediu vinho e conversamos sobre várias coisas, e o papo fluiu gostoso. Ele perguntou coisas sobre mim e eu sobre ele.

- Então, Fabiana... sou separado, mas tenho um relacionamento sério com uma garota com quase a metade da minha idade! - ele falou e caiu na risada. - Ela está morando comigo. O problema é que viajo muito, tanto aqui no Brasil quanto fora... e passo muito tempo fora de casa... mas gosto de ter alguém em casa quando eu chego!
- Cuidado, viu?... Com uma garota mais nova em casa você corre o risco de voltar e encontrar mais alguém em casa! - brinquei com ele.

Ele riu.
- O risco faz parte! - ele respondeu prontamente. - E assim como ela, eu também posso fazer algo por fora! - ele concluiu. "Esses homens não ligam em ser corno", pensei e me lembrei das fantasias do meu marido, e aquilo me deu uma sensação de não estar fazendo nada de errado.

Após o jantar já havia rolado um longo papo, e o Edson me fez rir bastante. Então percebi que já era tarde e que já tínhamos bebido duas garrafas de vinho.
- Vamos embora... amanhã eu preciso levantar bem cedo! - falei e minha companhia concordou. Em seguida ele pediu a conta e a pagou, e não deixou eu dividir, mesmo eu insistindo. Então pegamos o caminho de volta para o hotel.

No carro eu já estava mais à vontade com meu vestido, deixando boa parte das minhas coxas de fora. E o Edson me elogiando muito, como ele já tinha feito durante o jantar. Chegamos, entramos no Hotel, e seguimos direto para o elevador, e eu já me apoiando nele, pois com o salto e depois de beber, ficava mais difícil para eu me equilibrar. E estávamos rindo muito, descontraídos, no maior astral.

O Edson me acompanhou até a porta do meu quarto, e até abriu a porta para mim
- Obrigada, tá?... você me proporcionou uma noite maravilhosa! - falei e dei um beijinho no rosto dele.
- Se dependesse de mim, Fabiana, a noite estaria mal começando! - ele falou, me olhando bem nos olhos. Sorri para ele e entrei no quarto, sem fechar a porta.

Parei de frente ao espelho e comecei a ajeitar meus cabelos, e o coroa ficou me olhando, da porta.
- Não vai me convidar para entrar?
- Precisa? - respondi com a voz muito manhosa. Foi a senha que ele estava esperando. Em segundos o Edson entrou no quarto e me pegou em seus braços. Começamos a nos beijar loucamente, de língua, um beijo gostoso, daqueles que fazem estremecer todo o corpo.

"Que loucura gostosa... meu deusssss... o que eu estou fazendo?", pensei e me entreguei totalmente àquele momento. Quando dei por mim eu estava deitada na cama, somente de calcinha, e aquele coroa charmoso chupava os meus seios, beijava a minha boca, voltava para os meus seios novamente, e dedava minha buceta, por cima da minha calcinha. Eu estava super excitada, quase gozando. Até que ele foi descendo a boca pela minha barriga, me provocando com a ponta da língua, ao mesmo tempo que ele tirava a minha calcinha.

- Ohhhhhhhhh... meu deussssss... que delíciaaaaaaa... Edson...! - revirei os meus olhos de tanto prazer. O Edson deu várias lambidas na minha xana, pincelando o meu clitóris, e depois ele veio me chupando, de forma gulosa e carinhosa, com sua língua atrevida percorrendo toda a extensão da minha vagina. Que homem maravilhoso! Não aguentei nem dois minutos e gozei como louca, empurrando a minha pelve contra a boca dele, que beijava e sugava minha xoxota enquanto eu me acabava em um gozo devastador.

Então era a minha hora de retribuir. Terminei de tirar a roupa do coroa e um pauzão lindo saltou para fora, balançando bem na frente dos meus olhos, cheiroso, com a cabeça para fora, exibida, limpinha. Nossa! Segurei a rola dele entre meus dedos e comecei a chupar bem gostoso, lentamente, cheirando e beijando, desde as bolas até a cabecinha do pênis. Alí estava eu, uma mulher casada, chupando o pau de um homem que eu acabara de conhecer.

Eu não chupava outro pau desde que comecei a namorar o meu marido, por isso caprichei muito.
- Isssoooooo... que boca gostosaaaaaa... ahhhhhhhhh... delícia, Fabiana... mama gostoso nessa vara...! - o Edson sussurrava, e eu cuspia no pau dele, lambia, chupava, voltava a cuspir, lambia o rêgo dele, e punhetava, vendo a pica crescer ainda mais, e ele gemendo, até eu perceber que ele estava quase gozando.

Subi no pau dele e o engoli todinho com a minha buceta encharcada de prazer. A vara sumiu todinha dentro de mim, e comecei a subir e descer em um rítmo bem cadenciado e gostoso. E o Edson me olhava, com a boca aberta, de tanta excitação que eu estava provocando nele. Então eu me deitei em cima dele e fiquei fodendo o pau dele com a minha xana gulosa. Nossas bocas se colaram e nos beijamos de forma quente e apaixonada, como dois amantes que já se conheciam há muito tempo.

Depois de rebolar muito no membro super duro do Edson de frente para ele, eu me virei e me sentei ao contrário, de costas para ele. Meu deussss!! Voltei a engolir a pirocona todinha com a minha buceta meladinha. E fiquei rebolando no pau e mostrando a minha bunda para ele, que ficava dando tapas no meu traseiro e me chamando de puta gostosa, de safada, de mulherzinha dele, de gatinha manhosa. Aí não me aguentei e gozei de novo, gritando bem alto na privacidade daquele quarto de hotel.

Depois de gozar pela segunda vez, o meu fogo, que eu achei que acabaria, aumentou ainda mais, e fiz uma coisa que jamais imaginaria.
- Quero te dar um presentinho! - beijei a boca do Edson e falei.
- O que é, heim? - ele perguntou, com o pau super duro. Ele devia ter tomado algum remédio, pois um homem na idade dele não conseguia ficar com aquela ereção por tanto tempo.

- Me come atrás... no meu cuzinho! - cochichei no ouvido dele e já fui ficando de quatro, com a bunda bem empinada. Meu deussss! Eu estava me sentindo uma vagabunda, transando com outro homem, dando a minha buceta para outro macho sem nem usar camisinha, mas o meu tesão estava louco demais. E naquele momento eu ofereci o meu cú para o Edson, para ele meter no meu rabinho, sem preservativo, do jeitinho que eu gostava.

Se aproveitando que eu já estava de quatro, me oferendo todinha para ele, o coroa veio por trás de mim e ficou beijando a minha bunda, me cheirando, passando o rosto nas minhas nádegas, até que senti seus lábios bem na argolinha do meu ânus. Nossaaaaa! Que sensação deliciosa! Meu clitóris vibrou novamente, ao mesmo tempo que o pau do Edson deslizou para dentro do meu rabo. E foi muito rápido, nem percebi ele passando lubrificante.

A pica do Edson era um pouquinho maior que a do meu marido, e eu já tinha dificuldade de dar o cú para o Mário. Só que, acho que devido ao tesão que eu estava sentindo, o pau do coroa entrou fácil, e escorregou todinho no meu cú, indo parar bem lá no fundo. Parecia que meu ânus já estava acostumado ao tamanho dele.

- Mete, gostoso, vai... fode meu cú todinho... ahhhhhhh... que delícia, meu deusssss... que delícia seu pau no meu cuzinho... soca, vai, soca tudo nesse cú...! - eu gemia como louca, rebolando a minha bunda e empurrando contra o pau do Edson, querendo mais vara, querendo que ele entrasse ainda mais dentro do meu rabo. E gozei, dando o meu cú, gemendo, gritando, xingando o Edson de todos os nomes possíveis. E ele veio em seguida, me apertando, puxando meus cabelos, e ejaculando bem no meu intestino.

Depois que terminei de gozar eu acho que só vi o Edson se levantando para ir ao banheiro e me chamando. Não tive forças para acompanhá-lo no banho, pois meus olhos ficaram pesados e dormi alí mesmo, nua e com o cuzinho cheio de esperma de outro homem. A única coisa que me lembro é de estar sendo penetrada novamente, durante meu sono. Foi aí que me dei conta de que o coroa charmoso estava na minha cama, dormindo comigo.

Não sei por quanto tempo nem quantas vezes ele me fodeu durante a noite, nem se foi no cú ou na buceta. Meu corpo não respondia a nada, de tão esgotada que eu estava. E então meu celular tocou e acordei assustada. Olhei do meu lado e o Edson dormia tranquilidade, também pelado. Vi as horas e já eram 7:00hs da manhã. Meu deussss! Eu não tinha dormido nada, já que fiquei dando para aquele homem até umas 4:00 da manhã.

Ainda muito confusa atendi o celular. Era o meu marido, o que me deixou ainda mais assustada.
- Fabiana... o que foi?... fiquei preocupado com você... mandei várias mensagens, liguei à noite... e você não atendeu! - meu esposo falou.
- Nossa, amor! Ainda bem que você ligou... eu estava dormindo tão pesada... eu perdi a hora... preciso me arrumar para ir para o curso... nossaa... estou super atrasada!

E foi então que eu me dei conta. Eu estava falando com o meu marido ao telefone, com outro homem na minha cama, e eu fazendo carinho nele, e ele acordando com um sorriso gostoso. Que loucura! O Edson me abraçou por trás e ficou beijando a minha nuca, enquanto eu me despedia do Mário.

- Amor, preciso me arrumar, tá?... preciso tomar banho e depois descer para tomar café... nossaaaa... vai ser um dia bem corrido! - falei para o meu marido, como se nada demais tivesse acontecido, me sentindo uma dissimulada e safada, gostando de tudo que estava acontecendo.
- Está bem, querida... bom curso... beijos! - o Mário se despediu de mim, no exato momento que o pau do Edson invadia meu cú mais uma vez. Se meu esposo não tivesse desligado, com certeza ele teria ouvido um gritinho de susto da sua esposinha.

Com certeza o coroa tinha tomado remédio, pois ele me comeu durante uns 10 minutos, no meu rabo, firme, com uma super ereção, e quando gozou dentro de mim novamente, seu pau saiu duro do meu ânus, como se estivesse pronto para mais uma. Precisei de muito argumento para o pau dele baixar. Finalmente me levantei e fui tomar banho, e o Edson foi para o quarto dele se arrumar, já que ele queria tomar café comigo.

Depois do banho eu me arrumei bem sensual. Eu estava me sentido poderosa. Então desci para o café e o Edson já estava me esperando, muito charmoso e cheiroso. Tomamos café juntos e combinamos de nos encontrar quando eu voltasse do curso.

O problema é que no curso eu estava super dispersa, pensando na noite que eu tive e com um ar de mulher satisfeita, sonhando acordada. Confesso que aproveitei muito pouco o conteúdo da parte da manhã. E, para complicar as coisas, percebi o olhar de um outro homem. Olhei e dei um sorriso, tentando ser educada.

Chegou a hora do almoço, e esse homem que me olhava tanto no curso se aproximou e me convidou para almoçar com ele. Nossa! Eu estava me sentindo a poderosa. "Mais um homem me querendo!", pensei, com um sorriso por dentro. Mas esse eu só aproveitei o almoço que ele pagou. E voltamos para o curso. No final ele se aproximou de mim e me perguntou se eu tinha compromisso à noite e respondi que sim. O meu compromisso era a rola do Edson, pois eu ia dar de novo para ele.

Quando saí do quarto, eu imediatamente passei uma mensagem para o meu coroa charmoso, avisando que eu logo chegaria ao hotel. Quando cheguei ele já estava me esperando no saguão, e me convidou para tomar uma cerveja com ele no bar do hotel. Aceitei, bebemos um pouco, conversamos, e então combinamos de sair novamente para jantar. Já estávamos bastante confortáveis um com o outro. Ele sabia que ia me comer novamente, e eu querendo dar para ele mais uma vez.

Jantamos, voltamos para o hotel e o Edson me convidou para beber um vinho no quarto dele. Mais uma noite de transas loucas, muito prazer, sem me sentir culpada por nada. Eu estava curtindo tudo aquilo, uma aventura louca com uma pessoa maravilhosa. Na manhã seguinte eu falei que ia arrumar minha mala e que depois do curso eu ia direto para a rodoviária pegar um ônibus para São Paulo.

- Posso te levar, meu amor?... eu gostaria de ter mais alguns momentos com você... eu também já estou voltando para a minha cidade! - o coroa charmoso falou, e eu aceitei sem pensar muito. Combinamos de nos encontrar por volta das 18:30hs na frente do hotel, onde eu ia deixar minha mala guardada. Liguei para o meu marido, para dizer que estava tudo bem, e também falar que eu havia arrumado uma carona com uma colega do curso que ia para São Paulo também.

- Que coisa boa, querida... assim uma faz companhia para a outra... beijos! - o Mário falou, se despedindo de mim. "Ah, se ele soubesse que não era bem uma amiga!", pensei comigo, até um pouco preocupada e meio arrependida pelas coisas que eu tinha feito. Mas preferi não pensar mais naquilo, afinal, eu ainda estava com raiva dele por achar que ele podia ter me traído nesses dias que fiquei fora. E esse pensamento me deixou mais aliviada.

No caminho para São Paulo eu e o Edson fomos trocando carícias, como se fôssemos amantes de longa data. E a minha mão sempre no pau dele, massageando, e sentindo como ficava duro à medida que eu o tocava. Até que não aguentamos mais. Paramos em uma estrada de pouco movimento e eu montei no pau dele. Meu deussss! Quando estamos com tesão a gente faz coisa errada demais. Foi uma trepadinha de uns 10 minutos, mas que vai ficar para sempre na minha memória.

Reiniciamos a viagem satisfeitos, e eu com a minha xoxota pingando a porra de outro homem, pois o Edson, mais uma vez, tinha gozado dentro de mim. Por sorte eu tinha papel higiênico na bolsa, e consegui me limpar um pouco. Chegamos em São Paulo e ele fez questão de me levar até a porta do prédio onde eu morava, e já era por volta das 10:30 da noite, pois, além da nossa rapidinha, nós paramos para um lanche na estrada, o que nos atrasou.

Conversamos rapidamente, já que, na porta do prédio era arriscado, e combinamos que quando ele viesse para São Paulo, que nos encontraríamos. Nos beijamos gostoso mais uma vez. Não sei se o porteiro viu algo. Desci do carro, pegamos minhas coisas no porta mala e então o meu sangue gelou. E se o meu marido estivesse olhando pela varanda? Rapidamente falei tchau e agradeci o Edson, sem nos tocar.

Cheguei no nosso apartamento e meu marido veio me receber com um beijo quente, o qual eu correspondi totalmente, mas ainda com o gosto do beijo e da pica do Edson na minha boca. Nossos filhos já estavam dormindo, e meu marido rapidamente me levou para o quarto e começou a me despir, me beijando o corpo ainda suado, com o cheiro de outro homem. Nossa! Que loucura, meu deus!

- Deixa eu tomar um banho rapidinho, amor... estou super suada! - pedi, mas meu marido não deixou, e começou a me chupar todinha, bebendo o restinho de porra do coroa charmoso. Isso me deixou em um estado de excitação que nem consigo explicar. Gozei na boca do Mário me sentido uma mulher muito poderosa, rindo à toa, pois eu acabara de sair de um homem e já estava com outro. Que delicia! Me senti uma safada de verdade. Caí de boca no pau do meu esposo, chupei gostoso, fazendo ele gemer de prazer.

- Oh, meu bem... mete... vai... ahhhhhhh... soca tudo na sua mulherzinha... mete, vai... soca na buceta da sua safadinha...!! - gemi quando o Mário começou a meter na minha buceta, que já estava dolorida e ardida por eu ter dado tanto para o Edson. Mas minha xoxota estava tão encharcada e escorregadia que engoliu o pau do meu marido fácil, até porque o pênis dele é um pouco menor do que o do coroa charmoso. Confesso que senti um pouco de vazio, de tão dilatada que eu já estava, de tanto foder.

Meu maridinho estava mesmo com saudades da minha buceta. Nossa! Ele estava metendo em mim com um tesão louco, meio selvagem, me segurando pelos cabelos. Nessa hora me lembrei que nós, por várias vezes, brincávamos dele ser meu corno, e não resisti.
- Vai, meu corninho... mete, vai... vai, corno safado... come a sua mulherzinha... ohhhhhhhh... meu deusssss... que delíciaaaaaa... meu corninho manso... come, vai... fode essa buceta todinha, seu safado...!! - comecei a gemer e falar.

- Sua puta safada... cachorra... ahhh... que buceta gostosa, sua vadia... você deu essa buceta... não deu?... putinha... você deu pra outro, não foi?... fala...!! - ele começou a me xingar, e isso me deixou ainda mais tesuda.
- Sim, meu corninho... sim... ohhhhhh... que pau gostoso na minha buceta... come meu cuzinho agora... come... meu corninho manso...!! - eu ria e falava isso, e ele com o pau cada vez mais duro e inchado.

Virei a bunda para ele, de quatro, bem empinada, e ele veio com tudo, engatou o pau no meu cuzinho até o talo mesmo. Senti lágrimas saírem dos meus olhos, de tanto prazer que senti na hora. Continuei gemendo e chamando ele de corno safado, corninho manso, como sempre fazíamos nas brincadeiras e ele, com certeza, achando que dessa vez ainda era só brincadeira. Ah, se ele sonhasse que outro homem tinha metido no cuzinho que ele estava comendo naquele exato momento.

Gozei pelo cú, coisa que raramente acontecia quando meu marido estava me sodomizando. E ele gozou também, forte, me apertando e me mordendo todinha, e ficamos os dois deitados, cansados.
- Oh, Mário... te amo tanto, sabia? - falei para o meu marido.
- Eu também, Fabiana... vou te amar sempre! - ele respondeu, carinhoso, indicando que ele realmente não acreditou que outro homem tinha fodido minha buceta.

Recuperei minhas forças e fui tomar um banho. Lá, debaixo do chuveiro, comecei a pensar em tudo o que tinha acontecido, o coroa charmoso, seus beijos, ele metendo na minha xoxota, depois comendo o meu cú, a rapidinha na volta. Nossaaaa! Me deu um tesão incrível e acabei me masturbando. Meu deussss! Gozei muito gostoso. Eu não sabia que ser uma mulher safada era tão bom.

Fui me deitar e meu maridinho dormia como um anjo, satisfeito, com um ar de esposo feliz. Me aconcheguei nos braços dele e dormi também, como uma pedra. No dia seguinte, logo cedo, já tinha uma mensagem do Edson no meu e-mail, dizendo coisas maravilhosas, que eu era a gatinha dele e tal, e que queria me ver o mais breve.
Passamos a trocar varias mensagens todos os dias, como um casal de namorados. E eu me sentia uma mulher poderosa e desejada por dois homens maravilhoso.

Quanto ao meu marido, descobri que ele não tinha nada a ver com aquela mulher da qual eu suspeitava. Realmente meu marido era fiel a mim, e eu é que o traí. Mas nosso casamento continua cada vez melhor, principalmente depois do meu segundo encontro com o Edson, que dessa vez levou uma menina para transar com a gente. Mas isso eu vou contar em um próximo relato.

Beijos a todos e deixem comentários para mim.

Você faria sexo com mulheres feias discretamente? Temos várias cadastradas no nosso site

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Coroa fogoso
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 27/06/2020
Que delícia de relato Fabiana só precisa agora contar pro marido que agora ele é corninho de verdade
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Le
E-Mail: lele13mg@hotmail.com
Data: 01/07/2020
Que delícia de conto!!!!!!! Conta a outra parte logo. Estou curiosa pra saber como foi.
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Amigo
E-Mail: neutro.piz@gmail.com
Data: 02/07/2020
Fabiana, contou para alguém que Você conhece ?
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 09/07/2020
Fabiana vc realmente e gostosa e seu cusinho arrobado e gosroso

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Traindo meu marido no hotel [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
André Lima disse:
Parabéns pelo seu site, você já pensou em divulgá-lo com o PromoveBox? Veja no Google como esta ferramenta pode alavancar suas visitas.

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Traindo meu marido no hotel [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
PedroLucas Correa disse:
Bot Buscador de contatos individuais e grupos ativos para você divulgar por WhatsApp Marketing.

Baixe Agora: bit.ly/buscagrupos

Boas Vendas

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 1 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Caetano disse:
Já comi umas casadas e adoro mulheres exibicionista e acabei batendo uma punheta lendo seu conto. Se fosse aqui já tinha te comido na rua encostada num muro qualquer sua cachorrinha safada.

Acordei com a língua do meu cãozinho Fuffy na minha buceta [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Carlos Adriano disse:
Me add aí no grupo de incesto e no grupo de zoo eu adoro 64 984570486

Fiquei gostando de ser cadelinha [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Touro tarado disse:
Gosto muito de buceta de vacas. Quero conhecer quem tenha uma e deixe eu me ter nela. Também pd ser egua

Traí meu marido [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Anônimo(a) disse:
Fabiana vc realmente e gostosa e seu cusinho arrobado e gosroso

Casadinha feliz [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Anônimo(a) disse:
Olaaa cansadinha gostosa amei seu comentário fiquei c vontade de conv c vc meu é meu intergalactea@gmail.com aguardo seu contato bjs

Casadinha feliz [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
coisalouca disse:
adorei muito.to todo babado..me excita muito seu conto e viajo na sua historia.é como se eu estivesse no local.
tezao,muito tezão!!!!vamos conversar???aguardo seu contato..bjs

A mulher do meu melhor amigo [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Zeca disse:
Adoraria dizer uma mulher casada dar minha mulher pra outro fuder

Meu fetiche por homens bem dotados [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Andre disse:
Olá...foi uma leitura deliciosa este seu conto, tão real que me via no lugar do Ailton, este cara de sorte que teve a felicidade de ter uma mulher gostosa e fogosa como você. Adoraria e muito receber o seu contato, conforme disse ao final do conto. Você soube como encher de tesão seus leitores, parabéns.

Beijos e ansioso no aguardo de seu contato.

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Meu fetiche por homens bem dotados [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Moacyr Guimarães Farias disse:
Mim add meu Emil tenho picagg e grossa moacyr.farias94@gmail.com add lar amor

Peguei minha cunhadinha chapada e comi muito [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
MULATO G.G.G disse:
Sou negro tenho 23cm 1.80alt gosto mto de putaria 11.9.7.1.3.6.7.0.1.8

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia