Infidelidade forçada


Enviado por Casada Curiosa em 27/05/2020
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Categoria: Traições | Visitas: 3828
Avaliação: [Votar]
13 Comentários [Comentar]

Às vezes pensar em colocar um terceira pessoa na cama é uma questão de amadurecimento sexual, e nem sempre essa idéia resulta em algo totalmente bom, como geralmente se planeja.

Oi, leitores e leitoras de contos eróticos! Meu relato pode parecer uma repetição dos demais, no entanto ele contém alguns detalhes que vocês provavelmente não encontraram nas outras estórias desse site. Além disso, ele é 100% real e seus desdobramentos me perseguem até os dias de hoje.

Meu nome é Fabrícia, tenho 28 anos, seis de casada, e com um filho de cinco anos. Já fazia mais ou menos um ano que o meu marido vinha insistindo comigo para que eu fizesse sexo com outro homem. A idéia me parecia completamente absurda. Meu deusss! Por que eu daria para outro homem?

Sou de uma família cristã, com princípios. E eu também não estava necessitando de sexo, ou seja, meu esposo já me satisfazia. Não sou feia, pelo contrário, sempre há homens me passando cantadas. Cansei de receber propostas dos meus colegas de trabalho, querendo me levar para a cama. Meus seios são lindos, e minhas pernas são firmes e modeladas. E minha bunda chama muito a atenção por onde passo.




Então, a insistência do meu marido foi ganhando força nos últimos meses, e chegamos mesmo a brigar várias vezes, ficando dias um bicudo com o outro. Finalmente, contra a minha vontade mas tentando agradá-lo, eu acabei aceitando fazer. E foi o meu próprio esposo quem escolheu o homem. E, acreditem, foi o chefe dele.

O chefe do meu marido, o Sr. Santiago era um homem de uns quarenta e tantos anos. Ficou acertado que seria em nossa casa durante um jantar. A única condição que fiz para deixar o Sr. Santiago me comer seria a presença do meu marido. Tanto meu esposo quanto seu chefe não se opuseram. Conversaríamos também com a babá para permitir que nosso filho dormisse em sua casa.

A tão aguardada noite chegou, e meu esposo Rogério me pediu para eu vestir um saia curta, a mais curta possível, e também uma blusa com um decote bem generoso e sem sutiã. Não demorou muito e o Sr. Santiago chegou. Eu já tinha visto ele em algumas confraternizações que meu esposo tinha me levado, mas até então só tínhamos trocado cumprimentos.

Nessa noite o Sr. Santiago mostrou quem ele era de verdade. Desde o primeiro momento ele me pareceu sujo, tosco, e muito mal educado, se sentindo o todo poderoso. Ele olhava descaradamente para os meus seios e para a minha bunda, o tempo todo. E isso me ofendia e me deixava desconfortável, pois, mesmo sabendo que ele ia me comer, eu esperava que ele fosse mais cordial e mais cavalheiro.

Durante o jantar eu percebi que todos comeram pouco, talvez pelo clima de ansiedade. Então fomos para a sala. Meu marido pediu que eu me sentasse ao lado de seu chefe e nos serviu whisky. Eu estava tão apavorada que bebi o meu de um só gole, e o Sr. Santiago alí do meu lado, só esperando para dar o bote. Discretamente eu olhava o volume na calça dele crescer cada vez mais.

Ficamos uns 15 minutos conversando na sala, eu sentada ao lado do Sr. Santiago e meu marido sentado no sofá oposto, nos olhando. Falamos sobre política e trabalho. Então, sem qualquer aviso, senti a mão do Sr. Santiago subindo pela minha coxa.
- Você está maravilhosa com essa mini-saia! - ele me falou, com a cara mais safada do mundo.
- Obrigada! - foi tudo o que consegui dizer.

Meu esposo, Rogério, vendo o quanto eu estava sem graça, resolveu quebrar um pouco o gelo e colocou uma música para tocar.
- Vai, amor! Dança um pouco com ele pra eu ver! - meu marido falou. Nessa hora o Sr. Santiago se colocou rapidamente de pé e, me segurando pela mão, me puxou para que eu me levantasse também do sofá.

A música era bem lenta e compassada, de forma que eu o chefe do Rogério começamos a dançar bem agarradinhos, e meu esposo sentado, só nos observando, com os olhos brilhando.
- Seu marido é homem de sorte, Fabrícia... por ter uma esposa tão linda como você! - o Sr. Santiago sussurrou no meu ouvido.

- O senhor acha mesmo, é? - perguntei a ele, bem baixinho, com a voz muito manhosa.
- Sim, e fico muito agradecido por você ter me aceitado para compartilhar sua cama comigo essa noite, Fabrícia... tenho certeza que você vai gostar muito do que eu vou fazer com você, sua safadinha! - ele novamente falou no meu ouvido, me deixando muito arrepiada.

Abri a boca para falar para o Sr. Santiago que a idéia daquilo tudo tinha sido do meu marido, e não minha, mas preferi deixar do jeito que estava, para não alongar muito a conversa. Enquanto isso, o chefe do meu marido aproveitou e foi descendo sua mão, que estava na minha cintura, cada vez mais, até apoiá-la na minha bunda, apertando suavemente uma das minhas nádegas. E ele fez isso de forma não muito sutil.

Ao ver isso, uma expressão de alegria se desenhou no rosto do meu marido. Eu não estava acreditando naquilo. O Rogério estava feliz ao ver outro homem bolinando a mulherzinha dele. Mais do que isso, meu esposo se levantou e, com a intenção de ir até a cozinha pegar mais gelo, saiu da sala e me deixou sozinha com seu chefe.

- O senhor não está muito apressadinho não, heim? - sussurrei quando o Sr. Santiago começou a beijar meu pescoço. Rapidamente sua língua e lábios subiram até o lóbulo da minha orelha, o qual ele mordiscou delicadamente e depois o chupou.
- Fabríciaaaaa... você é muito gostosa, mulher! - ele falou no pé do meu ouvido, me provocando correntes elétricas que subiam e desciam pelo meu corpo.

Fiquei muito arrepiada mesmo, com a minha xoxota pulsando de desejo. Fazia tanto tempo que meu esposo não fazia isso comigo, esse tipo de sedução. Sempre adorei sentir a língua de um homem percorrendo o meu pescoço e minhas orelhas. E era exatamente isso que o Sr. Santiago estava fazendo. Ele estava deixando a minha buceta bem melada para depois socar seu pauzão em mim. E eu já estava ansiosa para isso acontecer.

Nem foi preciso o chefe do meu marido me beijar ou tocar nas minhas partes íntimas para me deixar super molhada. Nossa! Ele tinha conseguido fazer isso somente beijando e lambendo suavemente o meu pescoço, minha nuca, minhas orelhas e meus ombros. Que delícia! Fechei meus olhos e curti sensações maravilhosas. Fazia muito tempo, desde quando eu e o Rogério éramos ainda namorados, que eu não me sentia tão desejada.

Minha rachinha estava toda melada, e o meu clitóris vibrava de prazer. Nessa hora o Sr. Santiago já não me parecia mais tão antipático.
- Ohhhhhhhhhh... seu safado!! - sussurrei quando ele, me abraçando carinhosamente, enfiou sua mão por baixo da minha saia, por trás, e tocou minhas nádegas. Minha calcinha, estilo tanguinha, permitiu a ele sentir toda a maciez do meu traseiro.

Com muita experiência, o chefe do meu esposo usou seus dedos para massagear e acariciar os contornos da minha bunda, apertando levemente. Depois ele puxou minha tanguinha para o lado e um de seus dedos percorreu o meu rego de cima abaixo, até se situar bem no meio dos meus lábios vaginais.
- Que delícia, Fabrícia... que bucetinha mais gostosa! - ele falou e sorriu pra mim, com certeza, percebendo o quanto minha xoxota estava molhadinha.

Os lábios do Sr. Santiago roçaram os meus, bem de leve, me provocando. Mas eu já estava tão excitada que o apertei contra mim, para que ele finalmente me beijasse. Nossas línguas se tocaram, sedentas, e seus lábios envolveram a minha língua e a sugou para dentro de sua boca, chupando e saboreando minha saliva. Meu deusss! O homem sabia realmente como beijar uma mulher. E um de seus dedos, que brincavam por trás na minha buceta, finalmente me penetrou, me arrancando um gemido super delicioso.

- Ohhhhhhhhhhhhh...! - suspirei quando a boca e os beijos do chefe do meu marido foram descendo pelo meu pescoço. Em seguida ele beijou, com muita paixão, as partes dos meus seios não cobertas pela minha blusa. Então uma de suas mãos baixou meu decote e fez com que meus peitos saltassem para fora. Percebi que os olhos do Sr. Santiago até brilharam. Rapidamente ele abocanhou meus mamilos e mamou deliciosamente, acariciando-os com a ponta de sua língua bastante molhada e atrevida. Minha xoxota piscou e eu me estremeci todinha.

Suas mãos, que não ficavam quietas em nenhum momento, encontraram o zíper da minha saia e o abriu. Minha mini-saia escorreu pelas minhas pernas, me deixando somente de calcinha. E o Sr. Santiago alí, concentrado nos meus peitos, me chupando, lambendo e mordendo meus biquinhos. Nosssa! Eu estava pegando fogo, pois fazia muito tempo que o meu marido não chupava meus seios daquela forma.

Então o chefe do Rogério foi deslizando a boca, saindo dos meus seios e indo para a minha barriga, a qual ele lambeu fazendo círculos, distribuindo beijos bem molhados e ousados. Uiii! Se ele continuasse com aquilo eu ia gozar logo. Senti ele beijar o meu ventre, passar a língua várias vezes ao redor e dentro do meu umbigo, e descer mais, até chegar ao lacinho da minha calcinha.

Gemi de prazer quando ele beijou minha buceta por cima da minha calcinha e depois, habilmente, foi descendo ela, deixando minha perereca toda depiladinha exposta, bem na frente dos seus olhos.
- Que delíciaaaaa... Fabríciaaaaa... que buceta mais linda, mulher! - O Sr. Santiago disse e foi se acomodando de joelhos no chão, entre minhas pernas.

- Abre um pouco essas pernas... isso... assim, minha delícía... agora vem aqui... isso... coloca um pé aqui... no meu ombro! - ele pediu e eu obedeci, me oferecendo todinha para ele, que, como um animal faminto, começou a devorar minha xoxota, chupando, lambendo, sugando, mordiscando. Meu deusss! A língua do homem parecia ter vida própria, pois ela se movia para dentro dos meus lábios vaginais e procurava o meu clitóris, para depois lábios bem firmes e decididos aplicarem chupadas no meu grelo que me faziam ir ao paraíso.

Senti que me faltava oxigênio para respirar. As forças das minhas pernas pareciam ceder. Não, não, ainda não!
- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh...! - gemi desesperada e agarrei a cabeça do Sr. Santiago com todas as minhas forças, apertando o rosto dele na minha buceta. Um orgasmo super intenso percorreu todo o meu corpo. Meu esposo nunca tinha conseguido fazer eu gozar sem penetração, e agora o chefe dele havia feito isso com todas as honras.

Meu corpo ficou dando umas tremidinhas de orgasmo por vários segundos, e eu alí, em pé, apoiada no Sr. Santiago, e a boca dele na minha xoxota, me lambendo, sugando, bebendo o meu melzinho, meu gozo. Isso me levava às alturas, principalmente quando ele enfiou os dedos dentro de mim, tirando e voltando a enfiar bem fundo no meu interior, me dando muito prazer. Na hora imaginei que eu ia desmaiar de tanta excitação.

Olhei ao redor da sala para ver se meu marido estava me observando, pois eu senti um pouco de vergonha por estar gozando igual uma putinha safada com outro homem. Mas meu esposo não estava por perto. Talvez ele estivesse na cozinha fazendo alguma coisa, para nos dar mais privacidade.

- Fica de costas pra mim... alí... isso... se apoia na parede! - o Sr. Santiago pediu e eu fiquei de pé, com as mãos na parede, apoiada e com a bunda virada para ele, que continuou agachado atrás de mim. Rapidamente ele separou minhas pernas e começou a passar a língua no meu traseiro, saboreado, beijando, como se minha pele fosse um doce super delicioso. Senti suas mãos abrindo as bandas da minha bunda. Nesse hora fiquei muito nervosa. Meu marido já tinha lambido meu cú antes, mas isso não era uma de suas preferências.

- Uhhhhhhuuuuuuu...! - gemi cheia de prazer quando o Sr. Santiago começou a lamber ao redor do meu cuzinho, passando a ponta da língua várias vezes. Senti umas cosquinhas deliciosas. Que gostoso! Depois ele saía da racha da minha bunda e mordia delicadamente as minhas nádegas. Em seguida ele voltava a lamber pertinho do meu ânus, com muita vontade, me fazendo morder os meus lábios de tanto prazer que eu estava sentindo.

De repente senti sua língua no meu cú. Nossa! Ele fez vários círculos nas delicadas preguinhas do meu ânus. Ohh, que delícia sentir uma boca no meu cuzinho! Isso me deixou super molhadinha em poucos segundos. Eu senti um prazer difícil de explicar. E o Sr. Santiago continuou lambendo meu rabinho, passando pelos meus lábios vaginais e indo em direção ao meu clitóris. Eu até me empinei um pouco mais para ajudá-lo a chegar com sua boca onde ele queria.

O chefe do meu marido não era nenhum Adonis, nenhum deus grego, mas ele sabia onde tocar, onde lamber e como usar sua língua atrevida. Ele continuou me provocando cada vez mais. Eu gemia baixinho, adorando o que ele estava fazendo com a minha buceta.
- Ohhhhhhhhhhh... meu deussssss... que delíciaaaaa!! - suspirei como louca quando ele enfiou de novo os dedos na minha rachadinha, e com a ponta da língua, foi direto no meu cuzinho.

Que sensação mais gostosa! Eu não estava acreditando que eu já estava a ponto de gozar de novo, mais uma vez, sem que ele tivesse a necessidade de meter o pau em mim. Na verdade eu nunca pensei que era possível gozar daquele jeito, sem penetração vaginal ou anal.
- Nãooooo... nãoooooooo... não quero... de novo... não...ahhhhhhhhhhh...! - gemi e gozei como uma desvairada.

Que coisa mais louca! O Sr. Santiago tinha acabado de me fazer gozar novamente. E foi justamente na hora que ele trocou seus dedos nos meus buraquinhos, ou seja, ele tirou o dedo da minha buceta e enfiou no meu cú, e veio com a língua e sua boca no meu clitóris.
- Aiiiiiiiii... deus do céuuuu... não aguento mais... não aguento... mais...!! - falei, muito fraca. Minhas pernas tremiam e eu estava prestes a desabar no chão.

Nessa hora o chefe do meu esposo parou de me chupar e ficou de pé, me segurando pela mão.
- Onde é o quarto, sua deliciosa?... vou meter nessa sua buceta agora! - ele falou e eu apontei a direção do meu quarto e do meu marido. Eu nem estava acreditando que eu estava prestes a dar para outro homem, e bem na minha cama e do Rogério, no nosso quarto. Que loucura, meu deussss!

Assim que chegamos no quarto, o Sr. Santiago me deitou na minha cama, com muita delicadeza. Então ele foi até a porta e a trancou. Com certeza ele não queria que meu marido visse ele me comendo, pelo menos foi o que imaginei. De imediato pensei no meu esposo com o ouvido colado na porta do nosso quarto, fazendo o possível para escutar a mulher dele gemer na vara de outro macho.

Fiquei deitada de costas na cama, observando o chefe do meu marido. Ele ficou de frente para a cama, me olhando, e foi tirando sua roupa, a camisa, sua calça, as meias, e por último sua cueca. Ohhhhh, deus do céu! Não sei se era efeito da tontura que eu ainda sentia, mas a benga do Sr. Santiago era muito maior que a do meu marido. O negócio dele era enorme e grosso, com uma cabeçona de dar medo. E estava exageradamente dura.

- Você gostou do meu pau, Fabrícia? - ele me perguntou, punhetando seu pênis levemente.
- Sim... eu... sim... nossa! - tentei falar.
- Vou enterrar essa pica todinha na sua buceta, sua safadinha! - o Sr. Santiago falou e se ajoelhou na cama, entre as minhas pernas. Voltamos a nos beijar de forma muito apaixonada.

Eu ainda estava com a minha blusa, a qual ele tratou logo de tirar, deixando os meus seios à mostra. Então ele tirou minhas sandálias, pegou um de meus pés e o levou até sua boca. Nossa, que delícia! O Sr. Santiago beijou meu pé suavemente, e depois lambeu e chupou cada um dos meus dedos dos pés. Isso me deixou louca de tesão novamente, pois era algo que nenhum homem tinha feito antes.

- Você gosta disso... gosta? - ele me perguntou, fazendo a mesma coisa com meu outro pé. Sorri e balancei a cabeça afirmando, deixando escapar gemidos de prazer. Que homem mais atencioso. Em seguida ele juntou meus dois pés e os colocou cada um do lado de seu pau e começou a se masturbar com eles. Que loucura! Pelo rosto e gestos que ele fazia, estava claro que o chefe do meu esposo estava adorando bater aquela punhetinha com os meus delicados pezinhos. O pau dele estava super duro e muito ereto, e muito quente.

Eu já sentia o pau do Sr. Santiago babar nos dedos dos meus pés quando ele, finalmente, se enfiou no meio das minhas pernas e, sem qualquer aviso, me penetrou com força.
- Ahhhhhhhhhhhhh... deussssssss...!! - gemi entre os dentes, olhando ele bem nos olhos. Nossa! O pau dele entrou apertado na minha buceta, empurrando, me esticando. Tive muita dificuldade em engolir aquele pedação de carne dura com a minha xota.

- Vou te foder todinha, Fabrícia... vou te comer bem gostoso, sua putinha safada! - ele falou e se deitou em cima de mim. Enrolei a cintura dele com as minhas pernas e fizemos um delicioso papai-e-mamãe. O chefe do meu marido começou a meter em mim com vontade mesmo. As estocadas dele faziam a cama se mexer toda, e eu sentia minha boceta se abrir ao máximo para receber cada bombada daquela rola dura e grossa.

Eu nunca fui uma mulher de ficar gritando na cama, mas o Sr. Santiago me fez perder meu controle. Cada vez que o pau dele entrava em mim, eu soltava gritinhos e gemidos, mesmo contra a minha vontade.
- Ohhhhhhhhhhh... delíciaaaaa... ahhhhhhhh... fode... fode... me fode todinha! - comecei a sussurrar no ouvido dele, fazendo o possível para diminuir o volume da minha voz, pois eu estava com vergonha do meu marido estar lá fora ouvindo como eu estava gostando de ser comida por outro homem.

- Putinha gostosaaaaa... sua safadaaaaa... hummmmmm... que buceta apertada... macia...! - o Sr. Santiago falava e gemia, cheio de tesão. Ele estava me comendo tão gostoso. Às vezes ele metia forte e rápido, depois suave, em seguida me penetrava como um animal, então parava, me fazendo delirar em vários rítmos. Meu deusssss! Eu já estava gritando como louca. Até me esqueci que eu era uma mulher casada, e cujo marido poderia estar ouvindo, do lado de fora do quarto, todos os meus gemidos.

- Ahhhh... que gostosooooo... delíciaaaaaa... uhhhhhhh... soca tudo, vai... soca gostoso na minha xota... aiiii... shhhhhhhhh... ohhhhhhhh... meu deussssss...! - comecei a gemer e me contorcer todinha. E o chefe do meu esposo, vendo que eu já estava quase a ponto de gozar, acelerou o entra e sai na minha xaninha. Não sei se ele queria me ver chegar ao orgasmo rapidamente ou se ele queria gozar comigo.

A verdade é que perdi o meu controle novamente e comecei a gozar, rebolando meu corpo no pau dele. E não demorou dois minutos para ele começar a gozar também.
- Ohhhhhhhh... que buceta gostosaaaaaa... ohhhhhhhh... delíciaaaa!! - ele falou entre os dentes e esvaziou todo o seu saco dentro da minha racha. Senti seu sêmen quente e viscoso bem no fundo da minha vagina. Logo seus movimentos cessaram por completo, mas ele ficou em cima de mim, bufando igual um touro cansado.

Ficamos vários minutos quietinhos, abraçados, aguardando nossas respirações voltarem ao normal. Então o Sr. Santiago puxou seu pau para fora da minha xota e vi que o membro dele estava todo lambuzado do meu gozo, até brilhava de tão molhado que estava. No momento até pensei que ele não teria forças nem mesmo para ficar em pé, mas eu estava redondamente equivocada.

- Vem aqui, gostosa... vem... quero você de quatro agora! - ele me pediu, quase ordenando. Eu estava tão cansada que mal consegui ficar de joelhos e logo soltei minha cabeça na cabeça. Ele veio por trás e me segurou pela cintura.
- Ahhhhhhhhhhh... deus do céu! - gemi quando ele começou a esfregar a cabeça da rola na entradinha da minha vagina. Ele pincelou umas cinco vezes e logo o pedação de carne dura entrou em mim novamente.

- Aiiiii... aiiiiii... deva-garrrr... por favorrrrr...! - reclamei quando o chefe do meu marido me apertou contra ele e seu quadril colou nas minhas nádegas, permitindo que seu pau entrasse em mim até não poder mais, pois já estava engatado até o fundo.
- Fabrícia safada... putinha safada... cachorrinha gostosaaaa... vou te foder todinha, sua gostosa! - ele falava e começou a me foder, não com a mesma força que tinha me penetrado inicialmente, mas devagar, sem se cansar, mas me segurando firme pela cintura para socar o pau na minha buceta bem fundo mesmo.

Minha vagina já estava muito dilatada e muito lubrificada, e o pau do Sr. Santiago, apesar de muito grosso e longo, entrava facilmente em mim, na minha buceta já bastante castigada. E eu, por estar completamente esgotada, me entreguei a ele e descansei meu rosto no travesseiro. Eu não queria gozar mais. Eu só queria que ele gozasse logo e me soltasse. E foi nessa hora que cometi um grande erro.

- Vai, safado... vai, tarado... me fode gostoso... faz o que você quiser comigo, com a sua puta! - falei sem pensar e ele pareceu ter entendido tudo errado. Senti seu dedo entrar lentamente no meu cuzinho, enquanto ele continuava metendo na minha buceta. À princípio recuei meu corpo, mas ele me segurou bem firme novamente.
- Quietinha, safada... bem quietinha...! - ele gemeu e logo um segundo dedo se juntou ao primeiro, alargando bem o meu esfíncter.

Até este momento eu não tinha entendido as reais intenções do Sr. Santiago brincando com o meu anelzinho anal, mas deixei ele continuar, pois ele estava fodendo minha buceta tão gostoso, e merecia esse prazer adicional.
- Delícia de mulher... Fabrícia... essa sua bunda é gostosa demais! - ele sussurrou e tirou seu pau da minha xota e, enquanto eu esperava ele enfiar novamente na buceta, senti a cabeça do pau dele forçando a entradinha do meu cú.

- Aiiiiiiiii... aí não... aí não... por favor! - gemi e joguei meu corpo para frente. Então, antes que eu pudesse falar mais algumas coisa, ele, com uma mão, apertou e segurou firme minha cintura e, com a outra, posicionou a cabeça da pica novamente na argolinha do meu cuzinho e fez pressão.

- Nãoooooooo... seu Santiagooooooo... nãoooooooo... nãoooooooooo... aí nãooooooo...!! - reclamei e tentei escapar. Mas foi em vão. A cabeçona da rola dele já tinha aberto o meu cú e estava entrando todinha em mim, alargando as paredes do meu ânus.
- Que cú gostoso... que delíciaaaaa... chega apertar meu pau... esse cuzinho vai torar o meu pau fora... ahhhhhhhhhhhhh...! - ele gemia do mais puro prazer, empurrando cada vez mais fundo, mesmo eu pedindo que não o fizesse.

Eu não estava acreditando. O pau do Sr. Santiago estava em plena ereção, quente e muito grosso. Senti ele enfiar a metade em mim, e então meu cú fechou e ele não conseguia entrar mais. Nessa fora ele ficou parado só beijando a minha nuca e me chamando de putinha cheirosa, de gostosa e coisas assim. Fui relaxando mais e ele aproveitou para puxar seu pênis um pouco e depois empurrar de novo. E cada vez que ele fazia isso eu sentia que o membro dele penetrava meu ânus um pouco mais fundo.

Não estou dizendo que eu era virgem no cú. Não, nada disso. No entanto, até esse dia o meu ânus estava com pouco uso e nunca havia entrado algo tão grosso nele. Meu deussss! Reclamei muito, mas minhas palavras não surtiam efeito. Assim, a única saída foi ficar calada e me concentrei na foda anal que eu estava levando. Eu era até curiosa em saber como seria ter um pau bem grande e grosso no cú, e agora eu estava vivendo essa experiência.

- Aiiiii... aiiiiii... hummmmmm... devagarrrrr... uiiii...! - gemi e procurei me relaxar ao máximo, suportando as socadas que o Sr. Santiago dava no meu rabinho. No início fiquei com vergonha e acanhada, sentindo um pouco de desconforto, mas os últimos minutos daquela comida de cú foram incrivelmente deliciosos. Eu já não queria mais que ele parasse de foder meu cuzinho, queria que ele continuasse metendo gostoso no meu buraquinho anal.

- Ohhhhhhhhhhhhh... putinha gostosaaaaa... Fabríciaaaaaaa... Fabríciaaaaaaa...!! - ele sussurrou e percebi que ele estava gozando. Com força ele me segurou pelos ombros, deu uma penetrada mais funda e gozou bem dentro de mim, nas minhas entranhas, lá no fundinho do meu ânus. Que sensação gostosa receber a porra quentinha dentro do cú. Joguei meu corpo para a frente e o chefe do meu esposo ficou deitado em cima das minhas costas, mexendo o pau dentro do meu ânus e soltando o restinho de esperma, enquanto eu piscava meu cuzinho para dar mais prazer a ele.

Alguns minutos se passaram e o Sr. Santiago puxou seu pau lentamente, saindo mole de dentro de mim. O esperma veio acompanhando, saindo do meu cú e descendo pelas minhas coxas. Me levantei e fui até a cômoda para pegar lenço umedecido para limpar minha buceta e meu ânus completamente dilatado. "Que surra de pica, heim, Fabrícia?", eu disse para mim mesma em frente ao espelho, ao me ver toda descabelada e cansada.

O chefe do meu esposo se vestiu e saímos juntos do quarto. Eu tinha perdido a noção do tempo, mas acredito que o Sr. Santiago me comeu por quase duas horas, o qual tinha sido um recorde, já que, ultimamente, as transas com o meu marido não passavam de quinze minutos.

- Oi, meu amor! - meu esposo me falou quando o encontramos na sala, vendo TV. Meu deussss! Eu estava muito perturbada, vermelha de vergonha, cabisbaixa, sem saber como encará-lo. Por sorte, o Sr. Santiago tomou o controle e iniciou uma conversa com o meu marido. Assim, bebemos mais um pouco e logo ele foi embora, me deixando sozinha com o Rogério. Eu queria morrer, de tanta vergonha que eu estava sentindo.

Percebi que meu marido estava com muito ciúme, de cara amarrada. E não era para menos. Outro homem tinha acabado de comer sua mulher e, o que era pior, tinha comido o cú da sua linda esposinha. Fomos dormir quase sem conversar. Somente no dia seguinte é que ele estava mais calmo. Aproveitei a oportunidade para falar que ele era muito melhor que o Sr. Santiago na cama, e que aquela transa com o chefe dele foi a coisa mais incômoda que tinha acontecido comigo.

Mas a verdade é que o Sr. Santiago tinha ganhado a medalha de ouro. Ele tinha me feito gozar tanto que eu perdi as contas, umas quatro ou cinco vezes. E a culpa tinha sido do meu marido, por me obrigar a participar de uma de suas fantasias, e ele foi escolher justamente um homem que foi, para mim, um campeão na cama. E então veio o problema. Depois dessa noite nosso lar virou um inferno. O Rogério ficou muito mais ciumento do que antes, ao ponto de brigarmos com muita frequência. E com isso fomos nos distanciando cada vez mais.

Eu tinha necessidade de sexo, assim como o meu esposo. E comecei logo a suspeitar que ele estava saindo com outras mulheres. E imaginei que ele estava fazendo isso e se negando a fazer sexo comigo como forma de me ensinar uma lição. Mas o tiro acabou saindo pela culatra, pois na empresa na qual eu trabalhava havia um rapaz bem jovem, de uns 21 anos. A gente trabalhava no mesmo escritório e ele ficava o tempo todo me convidando para ir até o seu apartamento comer ou beber alguma coisa.

Eu achava ele uma gracinha, mas sempre me negava a sair com ele, já que eu sabia que ele queria mesmo era me comer. Porém, depois de uma briga feia com o Rogério, eu finalmente aceitei o convite desse rapaz. Fui para o apartamento dele e em poucos minutos eu estava em sua cama. Fizemos sexo em várias posições, recheado de sexo oral e fodinha no cú. Nossa! O cara me fez gozar três vezes, sem tirar o pau pra fora. No entanto, eu ainda continuava achando que o Sr. Santiago era melhor.

Uns três meses depois do meu encontro com o chefe do meu esposo na minha casa, eu o encontrei em um centro comercial. Rapidamente ele se aproximou e começou a conversar comigo. Eu estava com uma amiga e dei um jeito de ficar sozinha com ele, que, discretamente, me deu seu número de celular e pediu que eu ligasse para ele assim que fosse possível.

Fiquei duas semanas só pensando se eu deveria realmente reviver o que tinha acontecido entre eu e o Sr. Santiago. Até que finalmente decidi ligar. Marcamos um encontro e ele me fez gozar várias vezes. Ele me comeu lentamente, carinhosamente, com penetrações bem fundas, tanto na minha buceta quanto no meu cú. Agora eu gemia e reclamava, só para deixá-la ainda mais tesudo. No final eu chupei o pau dele e fiz ele gozar na minha boca. Bebi o leitinho quentinho dele até a última gota.

Agora eu tenho dois amantes. Me encontro com o Sr. Santiago uma ou duas vezes ao mês para uma trepadinha bem gostosa e completa. Eu gostaria de fazer mais com ele, mas como ele é casado também, fica um pouco mais difícil. Com o rapaz que conheci no meu antigo trabalho as coisas são mais fáceis. Dou para ele duas ou três vezes na semana. O menino é fogo puro, mete demais e me falou que não para de pensar em mim. E tudo isso foi culpa do meu esposo pervertido e ciumento. Acredito que nem ele nem eu estávamos preparados para uma experiência como essa.

Quem quiser conversar comigo deixa mensagem nos comentários. Prometo responder a todos. Beijos.

Você faria sexo com mulheres feias discretamente? Temos várias cadastradas no nosso site

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Robson Bispo
E-Mail: robsonsb@outlook.com.br
Data: 28/05/2020
Fabrícia, boa noite. Infelizmente o que aconteceu com você é mais comum do que se imagina. Mais acredito que sua história poderia ter um desfecho diferente se ao invés de seu marido ter deixado vc transar sozinha com seu chefe ele tivesse partilhado vc com ele as coisas teriam um final eloquente é muito prazeroso!!!
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Rodrigo
E-Mail: Rodrigomurussi6@gmail.com
Data: 28/05/2020
Seu conto é muito bom, espero poder entrar em contato cm vc, me manda um e-mail bjs
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: José Roberto
E-Mail: Joserobertobeto556@Gmail.com
Data: 28/05/2020
Que delícia de conto vc e de onde me procura 34992599777
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Regis
E-Mail: regisdoqueijo33@gmail.com
Data: 29/05/2020
Achei uma delícia sou de vitória da conquista Bahia meu zap 77.99199.6363 as casadas complicadas que quiserem ser chupadas lambidas só chamar
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Sou discreto
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 30/05/2020
Que delícia Fabricia seu conto fiquei excitado demais
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Anónimo
E-Mail: debemcomavida@gmail.com
Data: 30/05/2020
Fabricia muito excitante teu conto erótico adoraria conversar com você trocar experiências
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 03/06/2020
Olá Fabricia amei sua história muito delícia se gostaria mto de entrar em contato c vc bjs linderbeguy@gmsil.com
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Marcos
E-Mail: jmsmarcos41@hotmail.com
Data: 14/06/2020
Bom dia Fabricia adorei seu conto fiquei e exitadissimo queria vc TB bjs
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: carinhoso
E-Mail: rp17@bol.com.br
Data: 26/06/2020
Adorei o seu conto;LINDA.Entra em contato comigo DELÍCIA.61 998370616.Té aguardo BEIJÃO
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Coroa
E-Mail: jozattar@yahoo.com.br
Data: 28/06/2020
Amei teu conto e adoraria chupar vc toda e principalmente teu cuzinho. Adoraria também comer teu cuzinho mas com vc deitada de costas.
Delicis
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Willtarado
E-Mail: will2987@gmail.com
Data: 29/06/2020
Adorei seu conto fabricia!Adoro uma casadinha bem putinha!
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Intergalactea@gmail.com
Data: 29/06/2020
Olá Fabrica amei seu relato se preferir podemos conv gostoso pelo email intergalactea@gmail.com aguardo ansioso bjs
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Grizalho
E-Mail: grizalhocampina24@hotmail.com
Data: 30/06/2020
Fabricia adorei seu conto e gostaria muito de participar de alguns com vc.fico aguardando ancioso seu contato .beijosss
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Traindo meu marido no hotel [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
André Lima disse:
Parabéns pelo seu site, você já pensou em divulgá-lo com o PromoveBox? Veja no Google como esta ferramenta pode alavancar suas visitas.

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Eu, a Marcela e a pica do seu Donato [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Vitor Hugo disse:
Que delícia esse conto se eu encontrasse um sítio assim para mim cuidar eu queria com todo prazer se algum casal ou mulheres de Fortaleza quiserem me conttratar eu estou a disposição sou comedor de esposas tenho 40 anos boa aparência bem dotado carinhoso e muito sigiloso meu WhatsApp 85.99613.8496

Traindo meu marido no hotel [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
PedroLucas Correa disse:
Bot Buscador de contatos individuais e grupos ativos para você divulgar por WhatsApp Marketing.

Baixe Agora: bit.ly/buscagrupos

Boas Vendas

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 1 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Caetano disse:
Já comi umas casadas e adoro mulheres exibicionista e acabei batendo uma punheta lendo seu conto. Se fosse aqui já tinha te comido na rua encostada num muro qualquer sua cachorrinha safada.

Acordei com a língua do meu cãozinho Fuffy na minha buceta [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Carlos Adriano disse:
Me add aí no grupo de incesto e no grupo de zoo eu adoro 64 984570486

Fiquei gostando de ser cadelinha [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Touro tarado disse:
Gosto muito de buceta de vacas. Quero conhecer quem tenha uma e deixe eu me ter nela. Também pd ser egua

Traí meu marido [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Anônimo(a) disse:
Fabiana vc realmente e gostosa e seu cusinho arrobado e gosroso

Casadinha feliz [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Anônimo(a) disse:
Olaaa cansadinha gostosa amei seu comentário fiquei c vontade de conv c vc meu é meu intergalactea@gmail.com aguardo seu contato bjs

Casadinha feliz [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
coisalouca disse:
adorei muito.to todo babado..me excita muito seu conto e viajo na sua historia.é como se eu estivesse no local.
tezao,muito tezão!!!!vamos conversar???aguardo seu contato..bjs

A mulher do meu melhor amigo [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Zeca disse:
Adoraria dizer uma mulher casada dar minha mulher pra outro fuder

Meu fetiche por homens bem dotados [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Andre disse:
Olá...foi uma leitura deliciosa este seu conto, tão real que me via no lugar do Ailton, este cara de sorte que teve a felicidade de ter uma mulher gostosa e fogosa como você. Adoraria e muito receber o seu contato, conforme disse ao final do conto. Você soube como encher de tesão seus leitores, parabéns.

Beijos e ansioso no aguardo de seu contato.

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Traí meu marido com meu sogro - Parte 2 [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Sydra Marin disse:
Meu homem me largou uma semana atrás depois que eu o acusei de ver outra pessoa e insultá-lo. Eu quero ele de volta na minha vida, mas ele se recusa a ter qualquer contato comigo. Eu estava tão confusa e não sei o que fazer, então eu busco ajuda na Internet e vi um testemunho de como um lançador de feitiços ajuda as pessoas a recuperar seu homem, então eu entro em contato com o lançador de feitiços e explico meu problema para ele e ele lançou um feitiço para mim e me garantiu 24 horas que meu homem retornaria para mim e para minha maior surpresa no terceiro dia em que meu homem bateu à minha porta e pediu perdão. Estou tão feliz que meu amor está de volta e não apenas isso, estamos prestes a nos casar. Mais uma vez obrigado, doutor Azaka. Você é um grande e talentoso lançador de feitiços. Email: Azakaspelltemple4@gmail.com whatsapp em +1(315)316-1521

Meu fetiche por homens bem dotados [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Moacyr Guimarães Farias disse:
Mim add meu Emil tenho picagg e grossa moacyr.farias94@gmail.com add lar amor

Peguei minha cunhadinha chapada e comi muito [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
MULATO G.G.G disse:
Sou negro tenho 23cm 1.80alt gosto mto de putaria 11.9.7.1.3.6.7.0.1.8

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia