As nossas loiras - Parte 1

Enviado por Diamante Negro em 26/12/2015
Encontros Casuais | Compre produtos eróticos sem sair de casa

Categoria: Três ou Mais | Visitas: 19485
Avaliação: [Votar]
9 Comentários [Comentar]

Aconteceu durante as minhas férias... Foi em uma viagem para a praia que eu e meu amigo Marcelo, parceiro de muitas folias, conhecemos "Nossas Loiras", assim como as batizamos. Estávamos curtindo na areia, olhando o movimento e paquerando as gatas estiradas ao sol, quando chegaram as duas.

Lilian despertou minha atenção de imediato, uma verdadeira deusa. Alta, corpo esguio, pele clara, olhos verdes, um par de seios ousados e empinados, desafiando diretamente quem os olhasse de frente (e eu olhava!), e uma bunda que, para ser definida em uma única palavra, era perfeita.

Ela chegou acompanhada pela amiga Patrícia, outra loira que, se não estivesse acompanhada pela Lilian, seria maravilhosa. Na verdade, explicando melhor, ela chamava muito a atenção da praia toda, era gata também, mas a beleza da Lilian jogava uma sombra sobre ela.

Eu e o Marcelo, para desespero dos demais caras da praia, quase nos jogamos em cima delas. Com algum pretexto bobo puxamos assunto, e logo estávamos conversando animadamente, degustando uma caipirinha atrás da outra.




Nos entrosamos muito bem, demos muita risada, e com o tempo passando, combinamos de nos ver logo mais a noite. Voltamos para o apartamento mal acreditando em nossa sorte.

Naquela noite nos encontramos novamente, e fomos para um barzinho. Com o passar da noite, as coisas foram evoluindo, porém não exatamente da forma como eu imaginava.

A Patrícia parecia ter realmente se interessado por mim, e logo estava brincando com a minha mão, abraçando meu braço, e dispensando uma atenção, digamos, dois pontos além do normal. O que seria motivo de prazer, afinal ela era uma gata e as coisas estavam evoluindo muito bem, na verdade meio que me frustrava.

A Lilian virava-e-mexia dava mole para o Marcelo, fosse dando tapinhas no braço dele após uma piada, fosse pelos olhares que ela dispensava a ele e que, confesso, já estavam me deixando com ciúmes.

Por mais que a Patrícia fosse gata também, a Lilian me cativara. Entretanto, uma graça a mais entre eles logo se transformou em um beijo, e com essa "marcada de território" por conta do Marcelo, resolveu-se a questão na minha cabeça.

Passei a dar total atenção à Patrícia, que na hora do beijo dos outros dois me puxou e emendou:
- E ai? Vai ficar só olhando eles se beijarem?

Respondi segurando seu pescoço e atacando sua boca gostosa, e em poucos minutos decidimos que era melhor sairmos dali antes que fôssemos expulsos por atentado violento ao pudor.

As várias cervejas e caipirinhas estavam fazendo efeito, e o caminho até o apartamento foi recheado de agarrões e beijos. Eu já nem pensava mais na Lilian, tão entretido estava pela minha própria loira.

Vestida com uma mini saia branca, e uma blusinha de tecido fino, rosa, ela estava realmente um tesão. No elevador os beijos foram ficando mais quentes, e ao mesmo tempo, minhas mãos mais assanhadas. Eu apalpei seus seios por cima da blusa, e ela fechava os olhos e se entregava.

Aquilo estava muito melhor do que eu poderia imaginar naquela manhã. Mal esperava que a noite rendesse uns beijos e uns amassos, e no entanto nossa noite avançava de vento em popa.

Estávamos em um tremendo amasso no elevador, os quatro, quando olhei para o fundo do elevador. Pelo espelho eu via o Marcelo encostado na parede lateral, beijando a Lilian, enquanto alisava a bunda dela.

Numa dessas passadas de mão a mini saia preta dela foi levantada, mostrando a minúscula calcinha também preta que ela usava, e aquela bunda maravilhosa. Nossa, quase fiquei louco de tanto desejo.

É engraçado como funciona a mente humana. Na praia, o biquíni que ela usava era, talvez, até menor do que a calcinha. Mas a situação era diferente. Ali, naquele elevador, nem sei do que eu seria capaz para foder aquele rabo divino.

Chegamos ao apartamento, já devidamente atracados, e nos dividimos. O Marcelo e a Lilian foram para o quarto que usávamos, e eu fiquei com a Patrícia na sala mesmo. Ela beijava de um modo delicioso, sensual, lascivo, e em minutos estávamos deitados no sofá já arrancando nossas roupas.

Minha mão subia por dentro da sua blusa, atingindo seus seios firmes e de um tamanho deliciosamente correto. Ela arrancou minha camisa, e logo apertava meu pau por cima da bermuda. As peças de roupa continuaram sendo arrancadas como dava, e logo eu vislumbrava aquele corpo dourado pelo sol, curvilíneo, tesudo. Do jeito que o sofá permitia, viramo-nos um para cada lado, começando um sessenta-e-nove delicioso.

Ela era toda perfumada, e beijar e chupar sua xaninha era como desfrutar de um manjar para deuses. Sua xoxota tinha uma fina linha de pentelhos muito bem aparados, e minha língua deslizava para cima e para baixo pelos seus lábios, fazendo-a gingar sua cintura de tesão contra meu rosto. Eu segurava suas nádegas, alisando-as feliz da vida com a sorte que havíamos dado ao conseguirmos pegar duas gatas como elas.

Isso me fez lembrar que no quarto havia outro tesão de loira, e que logo nós provavelmente estaríamos trocando de parceiras, como já havíamos feito várias vezes. Meu devaneio foi interrompido pela boca deliciosa da Patrícia, chupando meu pau que, a essa altura parecia uma rocha de tão duro.

Virei-me por cima dela e, me encaixando entre as pernas dela, encaixei meu pau na portinha da sua boceta e comecei a comê-la. Se na praia a Patrícia parecia um tesão, agora eu estava tendo a prova de que ela realmente era. Que delícia de boceta ela tinha. Começamos a meter mais rapidamente, e logo ela estava gemendo de tesão.

- Isso... assim... vai, mete mais rápido... vem, me come... assim...
E eu, obediente que sou, comia. Comia e beijava seu pescoço, sua boca, seus seios. Ela foi ficando mais e mais excitada, e de repente me surpreendeu:

- Para... Chupa minha xana, chupa... Vai, põe a língua na minha xoxota.
Estranhei ela mandar eu parar de fodê-la para voltar a chupá-la, mas de novo obedeci. Recomecei a chupá-la e ela simplesmente entrou em ebulição.

Descolando a bunda do sofá ela arqueou seu corpo e, segurando minha cabeça junto a sua xoxota começou a esfregar cada vez mais a boceta na minha boca. Em dois minutos gozou ruidosamente na sala, me deixando preocupado com os vizinhos. A loira respirou um pouco, mas seu fogo não apagou.

- Agora você fica embaixo, tesudo... - ela falou isso e se ajeitou por cima de mim.
Como o sofá não ajudava muito, ela ficou com uma perna apoiada no sofá, e outra no chão. Apontou meu pau para cima e, ajeitando-se, começou a subir e descer sobre ele.

Eu a segurei pela cintura e recomecei a comê-la com força, sentindo o tesão crescer. Seu corpo gostoso se mexia sobre mim, e seus seios pareciam ainda mais gostosos. Alguns minutos assim e mudamos de posição novamente.

Ela ficou como que sentada no sofá, mas com a bunda bem na beirada do assento, e eu ajoelhado no chão me encaixei entre as pernas dela, puxando-a pela cintura. Ambos gemíamos muito e meu pau brilhava, lubrificado pelo seu sumo.

Não aguentando mais, avisei que iria gozar e sai de dentro dela. Fiquei de pé sobre o corpo dela, que meio deitada no sofá esperava meu gozo. Me aproximei dos seus seios e me masturbando despejei meus jatos de leite sobre ela.

Lavei seus seios e seu ventre com porra, e com as pernas bambas vi ela pegar meu pau e puxar em direção da sua boca. Sem acreditar na safadeza da loira, vi sua boca aberta engolir meu pau e chupá-lo longamente, deixando-o limpinho.

Decididamente, eu não sabia ainda nada sobre a Lilian (fora ela ser um tesão) mas eu dera toda a sorte do mundo com a minha garota. Ela simplesmente trepava muito.

Em seguida a Patrícia foi tomar um banho, já que depois da minha gozada ela realmente precisava, e eu fui ao quarto espiar os dois. Abri a porta e vi o Marcelo deitado de costas em uma das camas de solteiro, e a Lilian sobre ele, de costas para onde eu estava, subindo e descendo sobre o pau duro dele.

Que visão maravilhosa era o seu corpo branquinho, aqueles cabelos loiros balançando com o movimento dela, e a sua bunda deliciosa. Fiquei olhando um pouco, mas eles estavam tão envoltos na transa, se beijando e agarrados, que me senti meio fora do clima de putaria. Silenciosamente voltei para a sala.

A Patrícia saiu do banho, e fomos para a varanda, curtir a visão da praia de madrugada. Ela estava só de calcinha, e eu enrolado na toalha que ela trouxera do banheiro. Ficamos lá cerca de meia hora, curtindo o momento e brincando com o fato dela estar semi-nua na varanda.

Por sorte o andar era alto. Vimos a Lilian passar em direção ao banheiro. Começamos a nos beijar novamente. Eu alisava seus seios, e passava a mão pelas suas pernas. Com o ímpeto todo da primeira trepada, eu nem havia dispensado atenção à bunda da Patrícia. E ela era uma delícia.

Firme, redondinha, com uma marquinha mínima de biquíni, era uma tentação. Fiquei alisando-a por cima da calcinha, e virando-a de frente para a murada da varanda, comecei a me esfregar nela. Deixei a toalha cair, e meu pau que já subia novamente se encaixou no seu rego. Provoquei-a:

- E essa bundinha gostosa... Dá ela para mim, dá...?
- Hummm, safadinho... Você quer comer meu rabinho, quer? - ela provocava, rebolando maliciosamente na minha frente.

Eu nem podia acreditar... Um tesão de loira, que adorava trepar, safada, engoliu minha porra e ainda iria fazer anal comigo? Estava bom demais.

Virei ela de lado para mim, e colocando as mãos dentro da sua calcinha comecei a brincar com sua xoxota e sua bunda ao mesmo tempo. Enquanto nos beijávamos comecei a masturbá-la, logo tirando a calcinha por completo.

Recomeçamos a transar ali mesmo, de pé na varanda, oferecendo um espetáculo para quem estivesse na praia e pudesse olhar, àquela hora da madrugada, 12 andares acima.

A Lilian vinha saindo do banheiro, enrolada na toalha, e ficou parada na sala olhando a nossa transa. Creio que o Marcelo devia estar dormindo, já que não havia sinal dele.

- Vocês estão loucos? - riu a Lilian - E se alguém ver vocês aí?
- Aí a gente chama para se juntar a nós... - respondi, provocando - Interessada?

Ela não respondeu, mas de qualquer jeito resolvemos entrar. A Patrícia foi me puxando pelo pau para dentro, provocando risadas na amiga.
- Olha só que tesão isso aqui... - ela disse ajoelhando-se na minha frente e começando a me chupar. - Vem, experimenta...

Fiquei torcendo, e realmente a Lilian veio. Se ajoelhou ao lado da amiga, e segurando meu pau tirou-o da boca da amiga e ficou mexendo um pouco nele, como que avaliando.

- Uau, amiga... você está se dando bem, hein? Que delícia... - ela disse e pos meu pau para dentro da sua boca.

Quase fiquei louco com a cena, das duas me chupando, quando a Patrícia resolveu recomeçar a transa. Levantou-se do chão e indo até o sofá se ajoelhou sobre ele, me chamando. Fui caminhando até ela, segurando o pau duríssimo, e chamei a Lilian, todo animado.

- Não... melhor não. O Marcelo está lá no quarto, dormindo.
- Chama ele, ué... - provoquei.
- Vocês dois estão muito assanhados. Vou lá, para junto do meu bem, que é mais comportado do que vocês. - brincou ela, se fazendo de santa.

Eu continuava segurando meu pau duro, e me aproximando da Patrícia por trás comecei a penetrar sua xoxota, mas ainda provocando a Lilian:
- Para com isso, boba... Tira essa toalha e vem pra cá!

Ela, brincando, abriu a toalha, mostrando rapidamente seu corpo e fechou novamente, fazendo que "Não" com o dedo, rindo. Meu pau quase escapa de dentro da Patrícia, de tão duro que ficou. Se o corpo da Patrícia era quase perfeito, um tesão realmente, o da Lilian era ainda melhor. Que delícia de mulher.

Mas eu estava comendo a Patrícia, e não dava para ficar pensando na outra. E, aliás, ela era uma delícia também. Olhando para baixo vi sua bunda gostosa, e lembrei da conversa na varanda. Molhei minha mão com saliva e passei em seu cuzinho, colocando um dedo para dentro. Seu rabo era apertado, claro, mas nada em exagero, o que mostrava que ela realmente devia curtir um sexo anal. "Melhor para mim", pensei.

Tirei o pau da boceta dela e, forçando um pouco, comecei a comer o rabo da loira. Logo a cabeça do meu pau venceu a resistência inicial, e me senti escorregar para dentro dela.
- Aiiii, cacete... devagar, seu sacana. Calma...

Esperei um pouco até ela se acostumar, e logo ela própria mexia sua cintura para frente e para trás, engolindo o que restava da minha pica.
Na ponta do corredor que ia para o quarto, víamos agora o Marcelo de pé, e a Lílian ajoelhada, chupando ele.

Eu não entendia porquê ele não trazia ela para perto de nós, no sofá, para uma bagunça a quatro, como já fizéramos várias vezes no passado com outras meninas.

Mudamos de posição, comigo ficando deitado no sofá com o pau apontado para cima. A Patrícia veio por cima, de costas para mim, e ajeitando meu pau na entrada do seu cuzinho recomeçou a trepada. Na ponta da sala a Lilian estava de pé agora, de frente para a parede, e o Marcelo comia sua boceta por trás.

A cena me deixava louco, eu já estava fissurado pelo corpo da Lilian, em especial a bunda dela, e a perspectiva de ver meu amigo enraba-la já me animava (e muito mais a chance de fazê-lo em seguida, eu mesmo).

Mas para minha decepção, ele parou de comê-la e a arrastou de novo para o quarto. De novo não entendi, mas eu tinha coisas melhores para me concentrar. Com a Patrícia agora deitada sobre mim, minhas mãos passeavam pelo seu corpo, seios e logo chegaram a sua boceta.

Recomecei a masturbá-la, sem parar de comer seu rabo, e ela foi ficando cada vez mais excitada, mordendo minha boca e chupando minha língua. Logo a tarada gozou novamente, com meu pau enterrado em seu rabo. A menina era uma máquina de foder.

Sem parar de rebolar sobre mim, ela me provocava:
- Assim, gostoso... mexe esse pauzão no meu rabo, mexe... Deixa ele bem duro, bem grosso... assim, goza para mim, vem... goza!

Como não obedecer um pedido assim, feito com tanta, hã, digamos, alma e paixão? Sacando o pau de dentro dela esguichei forte sobre sua barriga, dando-lhe o segundo banho de porra da noite. Ela deitou-se ao meu lado, no sofá, e adormecemos abraçados e satisfeitos.

Acordamos já com o sol invadindo o apartamento, meio desnorteados pela bagunça da noite anterior. Fomos tomar um banho para acordarmos de vez, e na passagem pelo quarto vimos o Marcelo e a Lilian dormindo abraçados.

Entramos juntos no Box e, como era de se esperar, trepamos novamente, de pé sob o chuveiro. O Marcelo entrou no banheiro nos pegando no flagra:
- Caralho... vocês não cansam, não? Parecem coelhos, porra...

Eu fiz um gesto com a mão, chamando-o para a bagunça, mas ele respondeu com a cabeça que não e saiu do banheiro. Fiquei sem entender.

Em seguida nos arrumamos e fomos levar as meninas até o apartamento delas. Passamos o dia na praia, e a tarde voltamos para São Paulo. No carro eu puxei o assunto:
- Caramba, nos demos bem nesse fim de semana, hein? Que gatas...

- Nem me fale... a Lilian é demais cara, nunca conheci ninguém assim.
- E a Patrícia, então! - retruquei. - Cara, a menina é um tesão, tarada, trepa para cacete...

- É, deu para notar... Poxa, vocês precisam ser mais discretos.
- Você está louco? Já fizemos coisa muito pior antes... aliás, muito melhor, quero dizer. - brinquei eu.
- Mas agora é diferente...

- Diferente como? Nos demos bem, pegamos duas puta gatas, trepamos para cacete... Fala ai, como é a Lilian? Comeu a bunda dela, cara? Que tesão que ela é, hein? Olha, eu quase... - ia dizendo eu, quando ele me interrompeu.

- Cara, para com isso... Ela é diferente, não é como essas meninas que nós pegamos. - ele me repreendeu, sério. - Ela é diferente. - repetiu.
Ai eu percebi que havia acontecido uma merda, por mais improvável que fosse. O puto do Marcelo tinha conseguido se apaixonar pela menina, em apenas uma noite.

Não que fosse um absurdo, a Lilian realmente era linda, mas era totalmente inesperado, ainda mais pela forma como tudo acontecera.
Conhecemos as meninas na hora do almoço, saímos à noite, trepamos na madrugada. Não era exatamente um conto de fadas, e isso aliás não me incomodava nem um pouco. Mas o cara estava apaixonado pela menina. Ai eu entendi porquê ele não topou a suruba na noite anterior.

Imediatamente me veio a imagem da Lilian ajoelhada na minha frente, chupando meu pau. Pensei se ela havia dito isso para ele, e qual a reação que ele teria. De qualquer maneira, naquele momento eu não sabia da paixão dele, e de mais a mais, quem mandara ele dormir?

Decidi que não falaria nada para ele, e não tocaria mais no assunto putaria. Mas a imagem daquele tesão sem roupa não sairia da minha cabeça por dias e dias ainda.

Os dias foram se passando, e seguíamos com as nossas loiras. O Marcelo cada vez mais apaixonado e entregue, e eu muito satisfeito com a Patrícia (trepávamos como doidos), mas não exatamente fissurado como ele.

O que me chamava a atenção é que quando falávamos sobre sexo, ele era sempre contido e reservado, totalmente diferente do Marcelo que eu conhecia. Ele só repetia que ela era diferente, e que eles estavam apaixonados um pelo outro.

Fazíamos ainda bastante coisas juntos, e eu continuava a olhar de um modo especial a Lilian, porém nunca brinquei com ela nem toquei no assunto do que rolara no apartamento em Santos.

A Patrícia, porém, me disse certa vez que estava sentindo sua amiga meio para baixo. Segundo ela, o relacionamento entre a Lilian e o Marcelo era, nas palavras da amiga, meio "morno".

- A Lilica, assim como eu, bem... não preciso mentir para você! Nós gostamos pra cacete de uma boa foda. Eu gosto, você sabe, e a Lilica também gosta. Mas parece que o Marcelo a vê como uma princesa, que não pode fazer nada mais "devasso". O prato principal ali, é um bom e apaixonado papai-e-mamãe, e pronto!

A primeira reação que me veio foi uma vontade de mandar prender o puto do Marcelo, por desrespeito a um monumento nacional vivo. A segunda, não posso negar, foi resolver o problema da minha amigona Lilian. Mas o Marcelo era meu amigo, e tentei refrear ambos os sentimentos, no final das contas.

Continua em: "As nossas loiras - Parte 2 - Final".

Skype para contato: n.expedito

TAGS: Comendo as duas loiras safadas, Loira gostosa dando a bucetinha no banheiro público, Sou uma loirinha safadinha que adora pica, Comi a loirinha safada, Dois caras e duas loiras fodendo na praia, Duas loiras chuparam meu pau, Comi a amiga loira da minha amiga, A loirinha queria dar o cuzinho, A loira bancou a safada e caiu na vara, Meti a vara na namorada loira do meu amigo, Meu amigo marcou bobeira e comi a namorada dele.

Você faria sexo com mulheres feias discretamente? Temos várias cadastradas no nosso site

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: elias zona leste
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/01/2016
loiras ou branquinhas que queiram um moreno pauzudo e gosto me add no zap 11-95275-5774, vc vai gozar muito
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Marlene bruno do nascimento
E-Mail: Anonimo
Data: 08/01/2016
Kero k entre em contao cumigo ai k tezao
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Marlene bruno do nascimento
E-Mail: marlene-mgbruno@hotmail.com
Data: 08/01/2016
Kero gozar kero conversar sobre sexo entre m contato urgemte
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Marlene bruno do nascimento
E-Mail: marlene-mgbruno@hotmail.com
Data: 08/01/2016
Kero gozar kero conversar sobre sexo entre m contato urgemte
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Marlene bruno do nascimento
E-Mail: marlene-mgbruno@hotmail.com
Data: 08/01/2016
Kero gozar kero conversar sobre sexo entre m contato urgemte
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Paulo Duarte
E-Mail: josewdcabral@bol.com.br
Data: 29/01/2016
Marlene tem ai meu e-mail e meu whatsapp 31 98899 2210. Podemos falar sobre sexo gostoso.
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Ex2DNkWYIyyD
E-Mail: j3q9cn2bxm@yahoo.com
Data: 07/02/2016
That`s an apt answer to an intsreeting question
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: Ronaldo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 20/10/2016
04198145303
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia

Nome: João
E-Mail: abaxtres@gmail.com
Data: 15/04/2017
15/04/2017 Muito bacana o conteúdo deste site...






















Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário
Chat de Sexo | Sex Shop Goiânia


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Muito excitada e com meu irmão dormindo do meu lado. Não resisti e dei pra ele
Samantha disse:
Get The Worlds Greatest Magic Sand Free Beach Mat!

Watch sand, dirt & dust disappear right before your eyes!

Act Now And Receive A Special Discount For Our Magic Sand Free Beach Mat!

Get Yours Here: magicmat.shop

Many Thanks,

Samantha
Muito excitada e com meu irmo dormindo do meu lado. No resisti e dei pra ele - Contos Erticos, Estrias de Sexo e Relatos Sensuais

Uma princesa para um pedreiro
Edson disse:
Amei seu conto linda

Minha esposa provocando o negão na praia
Luis Carlos disse:
Adorei sou negão sou doido pra te uma experiência dessas que tesao

Traindo meu marido no hotel
TOTALCONSULTAS disse:
Ola ! Estoriasdesexo

Consultas Cadastrais de CPF/CNPJ Online, sob medida para sua empresa. Sem clausulas de fidelidade

***** SISTEMA PRE-PAGO e SISTEMA PACOTES/PLANOS-POS PAGOS ******
*
*** MAIOR PORTFOLIO DE CONSULTAS CADASTRAIS DO MERCADO. ****** Pacotes a partir de R$59,90.

***** Pacote exclusivo de Retricoes Financeiras R$119,90. Todas as pendencias detalhadas, com valor por consulta abaixo de R$10,00.

***
O Pacote contempla: 10 (dez) consultas de Restrições Completas de CPF ou CNPJ, com Protestos a Nivel Nacional; 12 consultas de pendencias/negativacao destalhadas. Consultas com ou sem Score de Credito.
*
Ideal para todas as empresas que realizam consultas de restricoes, dividas, débitos, negativacoes, pendencias financeiras a nivel nacional.
.

**** O QUE E A CONSULTA ? ******
*
Consulta atraves do numero do CPF/CNPJ, as Pendencias financeiras e os Protestos a nivel Nacional (todas UFs), podendo ou Nao ser adicionado o Score de Credito.

O sistema também apresenta:

- Sintese cadastral
- Registro de débitos
- Dividas vencidas
- Cheques sem fundos (CCF)
- Cheques - Todas ocorrencias.
- Restricoes comerciais dos segmentos do comercio, industria, servicos e bancos.
- Detalhamento das pendencias e protestos a nivel nacional por UF Regionalizados.
- Sintese cadastral
- Alerta de Documentos Roubados
- Status do CPF/CNPJ na Receita Federal
*

******** Conheca todos os Planos/Pacotes *******
*
- Consultas de Faturamento Anual de Empresas.


$$$$ REDUZA OS CUSTOS DE SUA EMPRESA .

***** ACESSE O SITE ! WWW.TOTALCONSULTAS.COM.BR *****

***** Contrate e Resolva tudo pelos Canais Digitais *****


Atenciosamente

Rafaela Arrida.

.totalconsultas.com.br

*

codigo = PLe3xLP7

Meu lindo cunhado gozou na minha calcinha
Francisco leite disse:
Nossa me fez lembrar quando fazia isso com as calcinhas da sogra, e da cunhada também, gozei muito assim, até hoje quando tenho oportunidade gozo.

Deixei esfregar e não aguentei
cxzvOkrZUy disse:
cODKYnikIsMx

Deixei esfregar e não aguentei
gbKSiWfNtXv disse:
wtziVabO

Traindo meu marido no hotel
TOTAL ECOFLEX disse:
Ola ! Estoriasdesexo


Apresentamos os Carrinhos de Plastico Ecoflex .

Ecoflex: plastico reciclavel e ecologicamente correto.

**** Ofereca o melhor para seu cliente ***** A partir de R$478,00.

*** IDEAL para SUPERMERCADOS, EMPORIOS, CONDOMINIOS, HOSPITAIS, FARMACIAS, PETS, EMPORIOS e LOJAS.

- Presente nas prinicipais redes do pais. Pao de Acucar, Cobasi, Pets, Carrefour, Mundo Verde, drogarias, supermercados, entre outras redes de lojas.

****

- Livre de Ferrugens e Perda de Brilho
- Maior resistencia a choques com outros carrinhos, prateleiras e elevadores.
- Manutencao Simples. Basta lavar com agua e sabao.
- Nao apresentam trincas, ranhuras, desbotamento de cores.
- Rolagem sem ruidos.
- Otima resistencia aos raios UV e agentes atmosfericos.
- Ecologicamente correto e 100% reciclaveis.

*** MODELO VERTICAL - TOTAL 25 - COM 2 CESTOS REMOVIVEIS DE 12,5L . ***** Necessario para todas as lojas e perfeito para lojas com pouco espaco e corredores estreitos.

**** DIVERSAS CORES ****
*
Capacidades: 25L, 60L, 90L, 120L, 150L-Abastecedor, Compacto 60L e Cestos de 12,5L

*** VENDAS - VENDAS - VENDAS - VENDAS ****
email: carrinhosecoflex@gmail.com

***** Conheca todos os modelos do facebook e instagram. ******
*
*
Instagram/Facebook: Total Ecoflex
*
*
**** Solicite uma apresentacao em PDF. ******

ATENCAO ! ***** SOMENTE RESPONDEREMOS, POR SEGURANCA, PELOS CANAIS ACIMA. Utilize o codigo abaixo no assunto para identificar-se..

CODIGO = DLc2vQX0

-
atenciosamente


Total Ecoflex - Distribuidor/Revenda Autorizada


Benjamin Brito


Flagrei minha esposa dando para o meu irmão
Matheus disse:
Oi amigo, não passei por um evento parecido, entretanto durante anos estimulei minha mulher a provocar meu irmão mais novo, no começo era apenas um jogo, uma brincadeira picante, entretanto com o passar dos anos e nossa brincadeira acabou virando uma fantasia nossa que queríamos realizar, neste ponto fomos armando situações até que ela conseguiu trepar com ele, no começo eu fingia para ela que não sabia até que um dia decidi (por conta própria, sem combinar com a Bete que iria participar), fingi que dei um flagrante neles, na hora meu irmão se assustou, mas como eu entrei no quarto já tirando a poupa e a Bete esperta como é se ligou e acabou topando acabamos comendo ela juntos. Em resumo hoje em dia meu irmão nos visita e passamos horas trepando, as vezes fico só apreciando ela sendo comida por ele, no final juntei as duas pessoas que mais amo na cama. Minha cunhada nem desconfia, meu irmão não quer colocar no nosso rola, mas eu e a Bete estamos bem apenas com ele comendo ela as vezes junto comigo as vezes viajo e deixo ela bem acompanhada.

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho
Andre disse:
Olá eu sou um coroa muito esperiente adoro levar uma mulher Al praser eu também adoro faser uma boa massagem bem relachante tudo bem gostoso fasso uma mulher goza só com uma boa massagem você que uma mulher tem alguma fantasia que gostaria de realizar eu vou realizar todas que você quiser eu moro em Brasília meu ZAP e 999179198 Andre

Gozo gostoso na pica do meu irmão roludo
Dedé disse:
Eu queria uma irmã dessa pra gozar gostoso

Infiel desde novinha - Parte 1
Tesudo ddd 15 disse:
Você é uma mulher safadinha que gosta de ver filmes, contos eróticos e fotos pornográficas na net? Está cansada de ficar com os dedos na xaninha? Venha gozar comigo. Tenho corpo e rosto bonitos, excelente nível, cheiroso, carinhoso, saberei te proporcionar prazer e testar seus limites na cama para você ficar com o fundo da calcinha meladinha, gozar gostoso e voltar toda arrombada e com o cheiro de meu pinto espalhado pelo corpo todo.
homemfetichetarado@gmail.com
Estou no interior paulista, código ddd 15
homem fetiche tarado arroba g mail ponto com

Infiel desde novinha - Parte 1
Mariana Aparecida disse:
Eu sou louca por sexo mas meu marido não gosta muito

O padrasto só quis as pregas da filhinha da mamãe
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Meu padrasto come minha buceta todos os dias
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Sozinho com minha cunhada e com minha sobrinha
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

A calcinha da minha enteada (com fotos)
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Eu e minha mãe na fazenda do meu avô - Parte 5
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Meu pai... o desfecho de tudo
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Descobri que minha mãe era uma massagista sensual
Ryamorim disse:
Ola, me chamo Ryam, gostaria de conhecer uma mulher entre 18 e 50 anos que goste ou pratiquem incesto, só respondo o Zap, ligacoes nao sao atendidas, ja vive experiencias com enteada, e busco alguem que queira algo serio e viviencia essa experiencia futuramente com filhos, enteada ou outro genero.

15.99690.5519

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia