Da paixão à humilhação - Parte 2 - A Jéssica caiu na vara do Roberto


Enviado por Jovem Professor em 10/04/2019
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Jovens X Mais Velhos | Visitas: 7127
Avaliação: [Votar]
5 Comentários [Comentar]

Cada vez que o Roberto avançava mais um pouco, era um choque que eu levava e eu nem ligava mais para o tesão que eu estava sentindo. Eu só não queria que ele fizesse com a Jéssica o que ele fazia com todas as outras meninas, pois eu a amava demais. Meu deussssss! Entrei em desespero completo. Que loucura! Eu vendo tudo aquilo e o meu pau alí, duro como uma rocha.

Então, ainda apertando a Jéssica contra a parede, o Roberto colocou a mão por dentro da calcinha dela e tocou naquele periquitinho. Caramba! Eu cheguei a virar a cabeça para não ver aquilo.
- Hunnnnnnfff...! - ela deu um gemido bem alto.


Ele sabia que estava quase na hora de ela se entregar, e o desgraçado aguardava pacientemente por esse momento.
- Abre as pernas, amor, vai... abre bem essas perninhas! - ele falou meio susurrando, mas com voz firme.




Que merda! Ela prontamente obedeceu e abriu um pouco as pernas. Estavam acabadas minhas esperanças de que ele não conseguisse faturar ela. Lágrimas caiam dos meus olhos, mas ainda tinha coisas piores e eu não queria parar de olhar, até porque, eu ia escutar tudo de onde eu estava e, sair dali agora não dava. Eu podia ser descoberto facilmente.

E agora o Roberto estava enfiando o dedo nela, com a mão dentro de sua calcinha, e ela gemia baixinho, totalmente mole, pelo tesão e pela bebida, sem contar que ela estava completamente nua da cintura para cima.
- hunn...hunnn...! - a voz dela saia rouca, fraca, quase como um sussurro.

Quando ele percebeu que tinha rompido todas as defesas da minha prima e que ela seria dele agora, ele se afastou um pouco dela e ficou olhando-a ali. Ela então levantou a cabeça, com respiração ofegante e se jogou para cima dele abraçando-o. Meu deusss do céu! O safado a segurou firme e sem ela ver, ele abriu um largo sorriso.

O Roberto novamente tinha conseguido o que queria. Ele ia comer simplesmente a menina mais linda da festa, uma verdadeira princesa com quem eu sonhava cada dia de minha vida. Ele a tomou nos braços e a carregou como se fosse uma criança, sem pressa, para o "comedor". Em seguida ele pôs ela em cima do colchão, que ficava no chão mesmo. A Jéssica, sentada, ficou olhando para ele enquanto o safado fechava a porta.

Sem pressa alguma o Roberto abriu outra cerveja, tomou quase meia lata e deu para ela, que tomou só um pouquinho e fez carinha de enjôo. Para ver o quarto por dentro, eu tive que mudar de parede e me encostei na outra parede, sem fazer qualquer barulho, é claro. O quarto tinha uma iluminação muito boa, que dava para ver tudo. Ele então foi empurrando ela lentamente para ela se deitar.

- Vira de bruços agora! - o Roberto falou quando a minha prima já estava deitada. Ela se virou e, pela primeira vez, pude ver toda a formosura daquele bumbum durinho e maravilhoso, ainda coberto com a calça apertada que ela estava usando. O cara, calmamente, acariciou as costas dela e a beijou naquele pescocinho lindo. Em seguida ele meteu as mãos no cós da calça dela e puxou de uma só vez até as coxas. Foi tão rápido que a Jéssica se assustou.

- Aiiiiiinnnn! - ela olhou para trás e soltou um gritinho bem suave. Que loucura! A visão que tive era fantástica, pois eu nunca tinha visto uma bundinha seminua tão linda assim. Mas, era ao mesmo tempo deprimente, pois aquele cretino não merecia a Jéssica jamais. A calcinha dela não era muito cavada, e eu sabia que logo ela ficaria sem ela também. De forma um pouco brusca ele puxou a calça dela até sair pelos pés, o que fez minha prima arregalar seus lindos olhos.

Agora a única peça de roupa dela era a calcinha, pois até suas sandálias já não estavam mais em seus pés. De repente, sem nenhum aviso, o Roberto começou a baixar a calcinha da Jéssica, também lentamente, revelando aos poucos aquele bumbum durinho e maravilhoso. O cara ficava o tempo todo sorrindo. Meu deussss! Que coisa mais linda! Nunca imaginei que minha prima tivesse o corpinho tão bonito daquele jeito.

Nesse momento ela baixou o rosto no colchão, talvez com alguma vergonha de ficar nua pela primeira vez na frente de um homem. Aquela cena ali dela nuazinha em pelo, quase sendo todinha daquele cara me deixou em um estado horrível. Meu tesão agora era estranhamente muito forte. Meu pau parecia querer estourar, de tão excitado que eu estava.

Após ver a Jéssica completamente nua, o Roberto abriu um largo sorriso.
- Que deliciazinha... que gatinha mais linda! - ele sussurrou e foi descendo o dedo médio, desde as costas dela até o reguinho de sua bunda, mas logo parou.
- Vira!... fica deitada de barriga pra cima! - ele falou, com autoridade.

Minha priminha foi se virando lentamente, olhando fixamente para ele e, com as mãos, ela tentava cobrir a bucetinha. Imediatamente ele pegou as duas mãos dela e tirou de cima da pepequinha dela, sem qualquer resistência. Em seguida o safado ficou olhando para o piriquitinho da Jéssica. E eu também podia ver a xoxotinha dela, com aqueles lábios perfeitos e já bem inchados, e apenas uma fina linha de pelos em sua púbis. Posso assegurar que nunca vi uma buceta tão pequenina e tão bonita em toda a minha vida.

No entanto, aquela cena foi terrível para mim, pois agora não faltava mais nada. O Roberto ia comê-la ali na minha frente. Entrei em desesperado, quase chorando. Pela última vez pensei em fazer qualquer coisa para impedir, mas me faltava coragem. Não tive outra alternativa a não ser continuar observando tudo aquilo.

Calmamente o malandrão aproximou sua mão da bucetinha da minha prima e começou a dedilhar seu clitóris.
- Ohhhhhhhhhhhhhhhhh... deusssssss... não faz isso não...!! - ela falou e começou a gemer baixinho, com sua respiração cada vez mais forte. O negócio é que suas pernas foram se abrindo mais e mais, enquanto ela segurava com força os braços dele.

- Hunn... hunnn... hunn...!! - ela sussurrava e meu mundo desabava. A Jésica estava irreconhecível agora. Com 19 aninhos, mas com carinha de bebê, ela ia ser possuída bem ali na minha frente por um cafajeste, e casado. Que merda! E se ele a engravidasse? Já que ele nunca usava camisinha com virgens. Ele podia deitar em cima dela ali e socar nela, sem nenhum problema, pois ela estava completamente entregue a ele.

Mas, como ele sempre dizia, ele gostava de levar a menina ao extremo do desejo, para que ela ficasse totalmente submissa ao tesão e às vontades dele. Canalha!! Safado!!
- Gostosaaaa... boazudinha... greludinha gostosa do papai... issooo... safadinha... cachorrinha tarada...! - ele falava, enquanto dedilhava ela com muita calma. E a Jéssica alí, já se contorcendo de tesão, mas não dizia nada e só gemia baixinho.

- Vem cá agora... Vira de bruços, gostosinha! - ele pediu e ela se virou rapidamente. Que coisa mais linda ver minha prima naquela posição. Enquanto ela se virava na cama eu pude visualizar seu cuzinho, minúsculo, fechadinho e muito bem desenhado na racha de sua bundinha perfeita.

- Abre as pernas... abre! - ele ordenou. De imediato minha prima abriu um pouco as pernas e ficou bem arreganhada. O Roberto então enfiou a mão no meio das coxas dela e ficou dedilhando sua bucetinha por trás. Miseravelmente ela chegava a empinar um pouco o bumbum para expor a piriquitinha para ele. Eu não aguentava mais ver a Jéssica ali, entregue aos capriches daquele safado, cretino e aproveitador.

E, enquanto ele dedava ela com uma mão, ele passava a outra pela bundinha inteira e pela parte de trás das coxas. Tentei imaginar que aquilo fosse um pesadelo, mas não era. Estava realmente acontecendo. E eu estava com o meu pau duro assistindo a tudo aquilo. Eu estava com muita raiva de mim também. Então, para piorar ainda mais o meu tormento, o Roberto mesmo desvirou a Jéssica rapidamente e se deitou por cima dela.

Minha prima foi abrindo as pernas para se entregar, pois não aguentava mais o tesão. Mas o safado, com o quadril encaixado entre as pernas da minha musa,
queria fazer ela esperar mais um pouco. Lentamente ele aproximou a boca dos peitinhos dela e ficou chupando deliciosamente, alternando entre os dois. E ele não parava de passar a mão em todo o corpo da Jéssica, o que fez com que ela começasse a gemer bem alto agora.

Apesar da minha prima já estar nuazinha, o Roberto continuava completamente vestido, já que ele não parecia ter a mínima pressa em concretizar aquele ato, e continuou mamando nos peitinhos da Jéssica. Depois, calmamente, ele se levantou, ficou de pé ao lado do colchão e começou a tirar sua roupa na frente dela, que o olhava quase implorando para ser dele. Desgraçado!!! Meu deussss! Que vontade de matar aquele cara!

O filho da puta do Roberto ficou só de cueca, se deitou por cima da Jéssica e tirou o pau para fora. Era comprido, uns 20cm mais ou menos, mas não era exageradamente grosso. Porém, a pica dele era bem torta da metade até a cabeça, quase um arco. Fiquei pensando que aquilo ia machucar ela, pois a coitadinha ainda era virgem. Mas minha prima não chegou a ver a vara, pois quando ele tirou para fora, ele já estava em cima dela.

Embora eu pensasse que aquela seria a hora em que ele a penetraria de vez, ele não fez, apenas se limitou a beijá-la e passar a cabeça do pênis na entrada do piriquitinho dela. Minha priminha, que não parava de gemer e estava quase desfigurada de tesão, começou a murmurar algo, para minha infelicidade e tristeza.

- Faaaazz! – ela gemeu baixinho.
- Faaz o que, safadinha? - ele perguntou sarcasticamente.
- Meeete!
- Calma, tesão, calma! Tá querendo vara, tá?
- Tou... meete... runnff...!

- Relaxa, tesão... quer que eu meta onde, heim?... me fala!
- E... em... mim... agoooraa... vai!
- Mas fala onde, gostosa! - o Roberto falava alto e seguro, e a voz da Jéssica era baixa, trêmula e entrecortada.
- Na... bucetaaa...! - ela sussurrou, quase chorando.

Meu deus do céu! Aquilo estava me deixando muito agoniado! Minha prima murmurava submissa, sem entender porque o Roberto estava levando ela àquilo. E o cara ia à loucura quando ouvia ela pedindo pra ele meter. Logo ele deu um largo sorriso e beijou ela loucamente, pegando no queixo dela e virando o rostinho dela para um lado e para outro, mas não atendeu ao seu desejo.

Para ele, aquilo ainda não era o extremo. Maldito!! Se eu pudesse eu o mataria naquele exato momento. Mas não havia nada que eu pudesse fazer, a não ser continuar vendo toda a cena, com o meu pau duro. Por incrível que pareça, a cabeça da minha rola babava, tamanho era o meu tesão também. Que situação mais difícil a minha!

- Então pede rola... pede, putinha!... pede para o seu macho te comer bem gostoso... pede! - ele falou no ouvido dela. Caralho! Ele já estava chamando ela de putinha! Que droga!

- Eu... q-q-q-queero...!
- Quer o que? Fala logo!
- Quero ro... laaa.. anda!... por... f-f-favorrrrr! - a Jéssica falou e começou a chorar baixinho, não sei se de tesão ou de humilhação. Ela tentava falar baixinho, como se fosse só para ele escutar. Era fácil perceber que ela estava fora de controle e totalmente submissa.

- Vai deixar eu te descabaçar e fazer tudo que eu quiser, vai, putinha linda?
- Vôo... ou... faz logo... faz... runnff... runnff! - ela já choramingava mesmo, com sua voz submissa, implorando para ser comida por ele. E isso me deixou doido de tesão, mas também de muita raiva. Porque o Roberto estava fazendo isso com a Jéssica? Mas ela agora era maior de idade e podia fazer o que quisesse. Droga!! Minha prima deveria ser minha, e não daquele cafageste.

- Então abre as pernas ao máximo que seu macho vai meter a rola nessa bucetinha, tá? - o Roberto falou isso e a Jéssica se arregaçou toda embaixo dele. Ele então levantou os joelhos dela, mas a pontas dos pés dela ainda ficaram no colchão, somente os joelhos no alto. Caramba! Aquelas coxas nuas eram as mais lindas do mundo. Minha prima não merecia implorar para ser penetrada. Ela deveria ser comida com jeitinho, com carinho, por um cara respeitador como eu.

Novamente o Roberto não meteu, e continuou a passar a cabeça do pau nela, na entradinha da xoxota. Em seguida, segurando levemente nos cabelos da Jéssica, dos dois lados da cabecinha dela, ele falou alguma coisa no ouvido dela e em seguida se afastou.
- Me coo... me... por... f-f-f-favor! - ela gemeu.
- Não ouvi, putinha gostosa... fala mais alto!

Impaciente com tudo aquilo, minha prima perdeu qualquer pudor.
- Me come... vai! Por... fa... vor...! - ela falou bem mais alto, com carinha de choro e soluçando, talvez pelo efeito da bebida também.
- Quer perder o cabacinho na minha vara, quer?
- Sim... eu... eu... q-q-que... rooo...!

Ela falou isso e ele deu um tapinha bem leve no rostinho lindo da minha prima. Em seguida ele levantou um pouco seu corpo, pegou as duas lindas pernas da Jéssica, as colocou em seu ombro e se jogou por cima dela. Isso fez com que os joelhos dela quase tocassem seus próprios ombros.
- Aiii! - ela reclamou, pois não estava acostumada e ficar em tal posição debaixo de um homem.

A voz dela estava muito sexy e, tenho que admitir que ela estava com o rosto irreconhecível, devido à bebida e ao tesão. E o Roberto, em seguida, afastou ao máximo as pernas da minha prima, distanciando bem uma da outra, se posicinou com sua pelve bem em cima da dela e abaixou a cabeça para pegar no pau e por na entradinha da pepeca dela. Era o fim. A menina dos meus sonhos ia perder o cabaço nas mãos de um safado desalmado.

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinnnnnn... meu deussssss... aiiiiiiiiinnnn...! - a penetração foi rápida. Com apenas uma estocada o pau do Roberto rompeu as barreiras impostas pela entradinha da periquita da minha prima e afundou para dentro dela. Caramba! E com todo o tesão que ela estava sentido, não foi difícil, pois a buceta devia estar muito lubrificada. Tudo que ela fez foi soltar um grito, que foi abafado pela mão dele, que lhe cobria a boca, pois o safado já sabia o que vinha em seguida da penetração.

[Continua em: "Da paixão à humilhação - Parte 3 - A Jéssica gozou com o pau do Roberto engatado em sua periquita"]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: José Cabral
E-Mail: josewdcabral@uol.com.br
Data: 02/06/2019
Sou louco por uma bucetinha bem tarada e adoro passar a língua no cuzinho de uma putinha safada. Se vc gosta e tá afim achou o que quer. [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: José Cabral
E-Mail: josewdcabral@uol.com.br
Data: 02/06/2019
Sou louco por uma bucetinha bem tarada e adoro passar a língua no cuzinho de uma putinha safada. Se vc gosta e tá afim achou o que quer.
josewdcabral@uol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Alex Dotado
E-Mail: dotado.safado.40@gmail.com
Data: 04/07/2019
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats [somente e-mail permitido agora] [(um.três)nove,nove, sete, treze,sete,oito,cinco,nove] já ajudei vários aqui.. ou dotado.safado.40@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Negroroludodotado
E-Mail: Eder7l92@gmail.com
Data: 26/07/2019
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap (vivo)
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap (vivo)
Instragam negro roludo dotado
@negroroludodotado
Procuro safadas de 18 a 40 anos
Pra sexo real ou virtual
Não falo com homens e nem fakes
Esses serão bloqueados.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Roseli
E-Mail: roseared68@gmail.com
Data: 19/08/2019
Olá a Todos, meu nome é Rose, fico cheia de tesão quando leio essas historias, queria um macho para me fuder gostoso, pois os novinhos só querem brincadeira, sou séria, mas sou safada na cama. Bjo Delicias. 018.9.9755.8220

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Virei puta do meu padrasto [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Maciel disse:
Adorei esse conto. Embora um pouco antigo, mais uma delícia. Essa menina e uma princesa.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O mecânico comeu a patricinha [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
JOMAR CLAUDIANO disse:
jomar[Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]@gmail.com adorei seu conto fiquei muito excitado sou louco pra foder uma patricinha

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Virei puta do meu padrasto [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Diogo disse:
Quero transar com a mãe e filha ou comer uma mãe na frente da filha meu número [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem].1246

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei a boceta para o pai da minha amiga [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Diogo disse:
Tenho vontade de transar com mãe e filha ou comer uma mãe na frente da filha. [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem].1246

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei a boceta para o pai da minha amiga [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
SMcNamara disse:
Sou Sonja, aeromoça, 25 anos, de São Francisco. Eu tinha 14 anos, quando pensei, como seria ser lésbica uma relação de intimidade seria com uma garota. Tive então minha primeira namorada e depois de alguns dias, ela me disse, ela tem os mesmos pensamentos. Ficamos felizes durante 7 anos com o dedo e a língua, até que ela se casou com um homem rico no Brasil.
sonjamcnamara@yahoo.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Corno realizado [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Danilo disse:
Nossa que delícia de conto. gozei duas vezes lendo o seu conto , e quero muito fuder ela na sua frente, imagina eu depois de comer a bocetinha dela e partindo para o cuzinho dela, aí vem vc e começa a chupar a bucetinha dela como umm verdadeiro corno. 1 3. 9.8.8.6.7.8.5.4.2

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A ajuda da minha sobrinha Aline [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Rolatesuda disse:
Sobrinhas safadas que curte uma rola grossa a fim de gozar gostoso vemmmmm

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Traindo meu marido no hotel [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Régis disse:
Casadas ou solteiras que queiram gozar só chamar 77.99199.6363

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A faxineira [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Régisme disse:
Me chame no zap casadas solteiras que queiram prazer 77.99199.6363

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Virei puta do meu padrasto [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Morenag disse:
Olá tenho 25anos procuro um suggar daddy quero ser tua suggar baby, adoro sair, viajar, conhecer pessoas, lugares, jantar, curtir a noite a dois. Me chame no meu e-mail solfsantos126@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A calcinha da minha enteada (com fotos) [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roseli disse:
Olá a Todos, meu nome é Rose, fico cheia de tesão quando leio essas historias, queria um macho para me fuder gostoso, pois os novinhos só querem brincadeira, sou séria, mas sou safada na cama. Bjo Delicias. 018.9.9755.8220

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu pai me pegou dando a minha bundinha, e me comeu também [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roseli disse:
Olá a Todos, meu nome é Rose, fico cheia de tesão quando leio essas historias, queria um macho para me fuder gostoso, pois os novinhos só querem brincadeira, sou séria, mas sou safada na cama. Bjo Delicias. 018.9.9755.8220

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu padrasto come minha buceta todos os dias [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roseli disse:
Olá a Todos, meu nome é Rose, fico cheia de tesão quando leio essas historias, queria um macho para me fuder gostoso, pois os novinhos só querem brincadeira, sou séria, mas sou safada na cama. Bjo Delicias. 018.9.9755.8220

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia