Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Você é ou quer ser acompanhante ou garota de Programa? Cadastre-se gratuitamente

Meu irmão dormindo e eu pegando na rola dele


Enviado por Assanhada e Carente em 22/05/2018
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Incesto | Visitas: 9660
Avaliação: [Votar]
4 Comentários [Comentar]

Olá a todos os leitores do site! Meu nome é Débora, sou morena clara, magra, 32 anos, 1,68m de altura, olhos castanhos, cabelos pretos e longos. Não tenho filhos ainda. Há uns dois anos eu me divorciei e fui morar com a minha mãe, em uma cidade no interior de Goiás. Meu pai havia falecido há apenas um ano e minha mãe morava sozinha, por isso ela ficou muito alegre com a minha companhia.

Não demorou muito e meu irmão Gabriel, que morava em São Paulo, perdeu seu emprego e foi morar com a gente também, levando sua família junto. Ele já tinha dois filhos pequenos. Como a casa da minha mãe, uma herança do meu avô, era muito grande, de dois andares, não houve nenhum problema, e todo mundo conseguiu se acomodar muito bem.

Meu quarto ficava ao lado do quarto do meu irmão e sua esposa, na parte de cima da casa, e o quarto da minha mãe e o dos meus sobrinhos ficavam na parte de baixo. Minha cunhada era baixinha e magrinha, mas bem magrinha mesmo. Eu sou magra, mas perto de mim, ela ficava parecendo só ossos. Mas ela era bem bonita e cuidava muito bem de seu corpo. Meu irmão sempre foi muito fortão, puxou o meu pai.

Durante a noite, do meu quarto, era possível ouvir os gemidos do meu irmão e da minha cunhada quando eles estavam transando. A sorte deles é que as crianças dormiam na parte de baixo e não podia ouví-los. Mas eu sim. Minha cunhada era muito escandalosa, e parecia que o meu irmão estava era matando ela, tamanho era o barulho que ela fazia. Também, com aquela magreza toda. Ela devia passar apuros nas mãos do meu irmão.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

No início o barulho dos dois me incomodava, e por várias vezes pensei em trocar de quarto com as crianças, ou seja, dormir na parte de baixo e eles passarem para a parte de cima. Com certeza eles já tinham ouvido os pais deles transando antes. Porém, de repente, aqueles gemidos e escândalos do meu irmão e sua mulher começaram a despertar tesão em mim. De uma hora para outra comecei a me masturbar ouvindo os dois metendo.



Bastava eles começarem a foder e eu corria logo para a porta do quarto deles e me acabava na siririca, ouvindo meu irmão castigar minha cunhada. Nosssaaaaa!! Ela gemia gostoso na vara dele, e eu sabia exatamente a hora que ela estava gozando. E, sem perceber, eu gozava junto com ela. Que loucura! Isso durou várias semanas, até que comecei a fantasiar com o pau do meu irmão.

Sério mesmo! Não sei o que deu em mim. Comecei a pensar que era eu no lugar da minha cunhada, gozando na vara do meu próprio irmão. Mas esses pensamentos ficavam na minha cabeça só durante os momentos que eu ouvia os dois transando e ficava me masturbando. Depois de gozar eu até me sentia culpada por estar fantasiando tais coisas. Até que um dia algo inesperado aconteceu.

Num final de semana resolvemos fazer uma festinha. Havia muitos convidados e muita comida e bebida. Já bem tarde da noite o meu irmão ficou tão bêbado que já não conseguia se manter em pé. Então eu e minha cunhada o ajudamos a subir para o seu quarto e o deitamos em sua cama. Em seguida ela me pediu que a ajudasse a tirar a calça dele, para que ele dormisse mais cômodo.

Fizemos isso. Tiramos a calça do Gabriel e também a sua camisa, deixando-o apenas de cueca. Para a minha cunhada aquilo era uma coisa normal. Mas eu, quando vi meu irmão só de cueca, com aquele volume enorme entre suas pernas, me arrepiei todinha. Agora eu entendia porque a minha cunhada quase morria durante suas transas. Meus olhos estavam fixos naquela jibóia do meu irmão, e olha que ela estava mole, adormecida.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Comecei a sentir uma coceirinha deliciosa na minha buceta, e meu clitóris estava pulsando de vontade de transar. Já fazia tanto tempo que eu não metia. Meu deusssss! Para minha sorte a minha cunhada não percebeu nada, ou se percebeu não falou nada. Ajeitamos bem o meu irmão e descemos para a festa, já que ainda havia muita gente se divertindo.

Mas eu estava muito inquieta. Minha xana não parava de piscar, descontrolada. Por umas três ou quatro vezes eu fui ao banheiro fazer xixi e acabava me tocando, para acalmar um pouco a minha cabeça. Que delícia! Eu fechava os olhos e só pensava na rolona do Gabriel, dura e grossa, e eu em cima dele, rebolando e pedindo pra ele enfiar ela todinha em mim.



Ao sair do banheiro eu passava em frente ao quarto do meu irmão, com o desejo de vê-lo, mas a porta estava sempre trancada. Me dava uma vontade enorme de abrir e entrar um pouquinho, mas o medo de ser pega em flagrante pela minha cunhada me fazia mudar de idéia e eu descia novamente.

Bem mais tarde da noite me ocorreu um plano. Eu ia subir até o quarto dele, sozinha, pra ver como ele estava.
- Luciene... estou preocupada com o Gabriel... você não acha que alguém deveria ir lá dar uma olhada nele? - falei para a minha cunhada.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Ele está bem, Débora! - ela me respondeu. - Não é a primeira vez que ele fica bêbado assim não!

- Eu sei... mas... sei lá... fico preocupada! - insisti. - Deixa eu ir lá dar uma olhada nele?
- Pode ir... mas ele está é roncando lá! - ela respondeu e sorri por dentro. Era a chance que eu esperava. Subi até o quarto do meu irmão, abri a porta e pude vê-lo, deitado, com sua cueca folgada e seu pau saindo por um das aberturas das pernas.

Meu deussss! Engoli em seco. Fiquei olhando a rola dele e meu coração disparou. Eu estava com muita vontade de pegar, de tocar, de acariciar. Mas me faltava coragem. E minha buceta voltou a piscar descontrolada, molhando o fundo da minha calcinha. Levantei minha saia e comecei a me tocar, por cima da calcinha. Que delícia! Pela primeira vez eu estava me masturbando vendo a pica do meu irmão.

Puxei minha calcinha para o lado e enfiei um dedo na minha xoxota. Ela estava quente e toda babada, prontinha para ser penetrada. Enfiei minha outra mão dentro da minha blusa e toquei meus seios. Os biquinhos estavam duros, cheios de tesão. Minha vontade era esfregar meus peitos na cara do Gabriel para que ele chupasse e desse mordidas nos meus mamilos.

Nossaaaa! Eu queria tanto pegar na rola do meu irmão. Mas eu estava com medo de acordá-lo, pois eu não sabia qual seria a reação dele.
- Gabriel... Gabriel...!! - sussurrei próximo ao ouvido dele, para ver se ele acordava. E ele não acordou, pelo contrário, ele fez foi roncar mais alto ainda. Acabei criando coragem e, trêmula, puxei a cueca dele para baixo e sua picona ficou toda à mostra.

Deus do céu! Eu estava muito nervosa, com as pernas tremendo. Mas meu tesão era enorme. Aproximei minha mão do pau dele e fiquei alisando com os dedos. Depois, sempre de olho na porta, segurei firme e apertei. O corpo do meu irmão deu uma leve tremidinha e seu pau começou a endurecer um pouco, mas ele continuou dormindo. Fiquei batendo uma punheta na pica dele e tocando uma siririca com a outra.

- Ohhhhhhhhhhhhhhh... Gabriel... que loucura isso... vou... vou... gozar pra você... ahhhhhhhhhhhhh...! - falei bem baixinho e me acabei em um orgasmo super delicioso. Acho que até babei, de tão gostoso que foi. Depois de gozar eu fiquei apavorada. Subi a cueca dele rapidamente, arrumei minha calcinha e minha saia e saí quase correndo de seu quarto.

Mal desci as escadas e minha cunhada subiu para fazer xixi e talvez dar uma olhada no Gabriel também. E eu, depois de dar uma disfarçada, subi até o meu quarto e troquei de calcinha, pois a que eu estava usando estava super molhada no fundo, e os homens na festa já começavam a sentir cheiro de sexo, de buceta gozada. Mas, felizmente, o resto da noite passou sem quaisquer problemas.

Uns 15 dias depois, minha cunhada foi visitar seus pais e minha mãe e as duas crianças foram juntos, para passar todo o final de semana. Como o Gabriel tinha que trabalhar na sexta-feira e no sábado de manhã, eu resolvi ficar para cozinhar para ele e cuidar da casa. Na hora passou pela minha cabeça dar para o meu irmão, mas eu teria que ir com cuidado, pois eu não sabia se ele aceitaria ou não. Mas eu tinha que correr esse risco.

A noite de sexta-feira correu tudo bem. Preparei o jantar para o meu irmão e conversamos muito. Depois assistimos um filme e fomos dormir. No meu quarto eu toquei uma deliciosa siririca pensando nele alí, dormindo bem no quarto ao lado. Deus do céu! Tive que me aguentar para não ir lá pular em cima dele. Mas eu tinha planos para o sábado. E do jeito que eu estava planejando, nada poderia sair errado.

No sábado, logo após chegar do serviço e almoçar, meu irmão começou a pintar a parede da frente da casa, já que estava realmente precisando de alguns reparos. Eu ficava lá com ele e aproveitava para conversar e enfiar cerveja nele. E o negócio estava funcionando. Não demorou muito e ele reclamou que precisava se deitar um pouquinho. Que delícia! Ele estava caindo de bêbado. Era a minha chance.

Ajudei ele a subir para o seu quarto, com muito cuidado para não deixar ele bater a cabeça em alguma coisa e se machucar.
- Você quer que eu te ajude a tirar sua roupa? - perguntei a ele, depois de ajudá-lo a se deitar na cama. Ele não respondeu, já com os olhos fechados. Como o silêncio muitas vezes quer dizer "sim", tirei sua camiseta lentamente. Depois tirei seus tênis.

Quando comecei a desabotoar sua calça, as minhas mãos estavam tremendo, de tão nervosa e excitada que eu estava. Abri sua calça e fui puxando para baixo, bem devagar, revelando sua cueca e aquele pauzão ali, esperando para ser tocado.
- Gabriel... já dormiu? - sussurrei, para ver se ele estava mesmo adormecido.

Como ele novamente não respondeu, terminei de tirar sua calça e deixei ele só de cueca. Nossaaaaa! Eu estava nervosa demais. Saí do quarto dele e fui para o meu quarto, apavorada. Me deitei em minha cama e fiquei pensativa. Eu queria muito me aproveitar dele, mas tinha receio de ser descoberta e, o pior, rejeitada. Meu deusssss! Eu estava muito confusa.

Tirei minha calcinha e fiquei só de saia. Voltei novamente para o quarto do Gabriel e o chamei pelo nome, e ele só roncando. "Vou fazer... preciso fazer isso...!", pensei. Em seguida me sentei ao seu lado na cama e, trêmula, enfiei a mão dentro de sua cueca e puxei seu pau para fora. A rolona estava mole, mas muito grossa. Passei os dedos delicamente e comecei a acariciar, sempre olhando para ver se ele estava realmente dormindo.

E então, criei coragem. Aproximei minha boca, abri os lábios e abocanhei o pau dele. Que delícia! Chupei e mamei como louca. Eu parecia uma bezerrinha faminta. E o mais gostoso foi que o pau dele começou a ficar duro de imediato. A pica foi crescendo na minha boca, ao ponto que quase já não cabia. Mas continuei chupando, lambendo e mamando, enfiando meus dedos na minha buceta e no meu cú.

De repente senti o pau do meu irmão ficar mais grosso, mais inchado. Ele ia gozar na minha boca, e eu ia gozar me masturbando. Mas não era bem isso o que eu queria. Eu queria mesmo era enfiar aquele pauzão todinho dentro de mim. Assim, suspirei fundo, tomei mais coragem e subi em cima dele. Como eu estava só de saia, só precisei levantá-la, ajeitar a cabeça do pau dele na entrada da minha rachinha e soltar meu corpo.

- Uhhhhhhhhhhhhhh...! - deixei escapar um gritinho baixinho, daqueles difíceis de controlar. O pau do meu irmão deslizou todinho pra dentro de mim, me abrindo, se acomodando no interior da minha buceta toda melada e gulosa. Suspirei e gemi, tomada por uma emoção que nem consigo descrever. Comecei a subir e descer meu corpo, devagar no início, e fui aumentando o rítmo, até que gozei, quietinha, procurando fazer o mínimo de barulho.

Saí de cima dele e fiquei em pé, ao lado da cama, olhando para aquele pau duro e apontando para cima. E meu irmão parecia estar dormindo tranquilamente. "Quero de novo... só mais um pouquinho!", pensei. Em seguida subi em cima dele e encaixei minha buceta na vara novamente. Nossaaaaa!! Que sensação mais gostosa. Depois de tanto tempo sem dar a xoxota, eu finalmente estava tendo um pouco de diversão.

Rebolei e cavalguei muito mesmo. Quando eu já estava quase gozando, tirei o pau dele da minha buceta e tentei enfiá-lo no meu cú. Mas a cabeça era grande demais e, acho que por causa do meu nervosismo, não consegui fazer entrar. E o Gabriel alí, roncando que nem um dinossauro. Voltei a enfiar o pau dele na minha buceta e gozei, só de sentir a vara entrando e me preenchendo todinha por dentro. Então saí do seu quarto e fui correndo para o banheiro tomar um banho.

Desci e fui arrumar a casa e preparar o jantar. Depois de algum tempo meu irmão desceu também e sentou na cozinha, reclamando que seu corpo estava doendo, mas não me falou o que era. Conversamos mais um pouco, jantamos e depois fomos assistir TV juntos.

Eu não toquei no assunto e nem ele, o que me fez acreditar que ele estava realmente dormindo enquanto eu me aproveitava dele. E eu iria lá no quarto dele de novo. "Esse sono pesado dele vai me render mais uma gozadinha gostosa!", falei para mim mesma, sorrindo por dentro.

Um pouco mais tarde meu irmão disse que já ia dormir, pois estava um pouco cansado. Eu fiquei na parte de baixo, na sala, assistindo mais um pouco de TV. Minha idéia era deixar ele cair no sono e depois eu dar uma passadinha lá. Uns 40 minutos depois eu subi, na ponta dos pés. Cheguei na porta do quarto do Gabriel e ela estava aberta. Ele estava deitado em sua cama, roncando, todo tranquilo.

No entanto algo chamou minha atenção, e meus olhos quase saltaram para fora. Meu irmão estava deitado completamente pelado, com sua pirocona jogada para o lado. Meu deussssss! Quem resiste a isso? Com cuidado me aproximei e me certifiquei de que ele estava realmente dormindo. Em seguida peguei no pau dele e fiz uma leve massagem. Meu irmão nem sequer se mexeu.

"Vou chupar só um pouquinho, tá?", pensei e caí de boca. Comecei a chupar igual uma louca, tentando enfiar tudo na minha boca, e o pau dele crescendo e ficando muito duro. E aí veio o susto da minha vida.
- O que...!?!... Gabriel?!?... você está...?!? - falei e me desesperei ao sentir a mão forte do meu irmão na minha nuca, me segurando pelos cabelos e forçando minha cabeça, tentando enfiar toda aquela rola na minha boca.

- Sim, Débora... estou acordado... mas não precisa parar... sua boca é tão gostosa... continua... faz comigo acordado! - ele gemeu e eu, já recuperada do susto, mamei com muita vontade mesmo. Beijei, chupei e babei no pau dele todinho. Depois, sem qualquer aviso, meu irmão virou meu corpo e me deixou de ladinho, de costas para ele. Como eu estava sem calcinha, ele só teve o trabalho de me abraçar por trás e guiar seu pau até a entrada da minha xoxota.

Empinei a bunda o máximo que pude, para ajudá-lo na tarefa de me penetrar.
- Ohhhhhhhhhhhh... meu deussssss... que gostosooooooo... ahhhh...!! - gemi desesperada, sentindo a pica dele entrar todinha em mim. Minha buceta estava toda melada, mesmo assim não teve como evitar um pouquinho de dor enquanto aquele pauzão abria caminho por entre as minhas paredes vaginais.

- Você gosta de vara, não gosta, Débora?... por que você não me falou, heim, minha irmã?... eu ia adorar meter em você todos os dias! - meu irmão falava e me apertava contra ele, dando beijinhos na minha nuca e bombando bem gostoso. Não demorou muito e eu gozei, dessa vez gritando com vontade, já que estávamos sozinhos em casa. Ao perceber que eu estava gozando, meu irmão enfiou um dedo bem fundo no meu cuzinho, e isso tornou meu orgasmo mais intenso ainda.

Depois que eu gozei, eu fiquei toda mole. Fechei os olhos e fiquei quietinha, enquanto o Gabriel continuou metendo bem devagar e compassado na minha buceta. Ele agora enfiava os dedos com vontade no meu cú, me preparando para a penetração anal. E eu ia dar meu cuzinho pra ele. Não tinha como negar tal presente. Não demorou muito e senti ele passando a mão cheia de cuspe na entradinha do meu ânus.

- Pode? - ele sussurrou na minha nuca.
- Sim... bem devagar, tá? - falei baixinho e voltei a fechar os meus olhos. Só senti o pau saindo da minha buceta e indo em direção ao meu anelzinho. Meu irmão só precisou forçar um pouquinho. Meu esfincter cedeu e a picona foi entrando lentamente, ganhando terreno, conquistando o meu interior, afundando no meu intestino, enchendo meu reto, quente, pulsante.

- Você gosta assim, Débora?
- Sim... gosto muito, meu irmão... mete gostoso, mete... fode o cuzinho da sua irmãzinha, fode, seu safado... ohhhhhhhh... que delícia de pau no meu cú... fode ele todinho... fode... soca tudo nele... ahhhhh... arregaça esse cú todo... ohhhhhhh... meu deusssssss... soca tudo nele... aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii... está indo fundo demais... mas não pára... não pára... vou... vou gozarrrrrrrrr...!!!

Eu falei um monte de safadezas e gozei pelo cú, piscando meu ânus descontroladamente na vara do meu irmão, que castigava minha cunhada na rolona dele e que agora estava castigando o meu cuzinho. Gozei como louca, empurrando minha bunda no pau dele. E ele gozou também, me enchendo de porra quentinha, me queimando por dentro. O orgasmo foi tão gostoso que desmaiei e só acordei no dia seguinte, com o meu rabo todo dolorido. Com certeza o Gabriel me sodomizou a noite inteira.

Depois desse dia eu dei para o meu irmão várias outras vezes. Ele passou a embebedar minha cunhada para, sem ela perceber, ele sair do quarto deles e ir me foder no meu quarto, na minha cama. Gozei muito na vara dele, e estaria fazendo isso até hoje, não fosse um descuido que demos e minha mãe pegou o Gabriel montado em mim. Mas isso é um estória que volto para contar depois.

Beijos a todos e deixem seus comentários, quanto mais safados, melhor!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Negrão sp
E-Mail: Jeferson.inacio2012@gmail.com
Data: 22/05/2018
Bom dia que delícia de conto fiquei de pau duro adoro falar coisas gostosa se quiser me chama Débora ou outra mulheres que gostam de uma aventura 019.971.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo
E-Mail: sedutor45@gmail.com
Data: 23/05/2018
Delicia de conto em Debora, bem safada vc hrim, não vejo a hora de ler a proxima, meu contato p mulheres [somente e-mail permitido agora] de SP

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: dotado35safado@gmail.com
Data: 03/06/2018
Ótimo conto... Adoro mulher safada que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (dezesete) nove,nove, sete, meia, -doze, sete, quatro

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Picanegragrossa
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 17/06/2018
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter
Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho
Loirinha delícia desfilando na praia
Vejam que bundinha mais gostosa, balançando de um lado para o outro. Na hora já imaginei a bucetinha dela no meu pau
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Sozinho com minha cunhada e com minha sobrinha [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Kaique disse:
Cara comeu a cunhada?!
Me enviei
Me chamem no email sou de goiania!!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu primeiro ménage à trois [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Casal amigo disse:
Estamos procurando um casal para nós iniciar no menage somos maduros faixa dos 40 mais somos casal bonito e saudável ela loira e eu um belo homem aguardo algum comentário e a sim começar uma conversa

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 2 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Fogoso safado disse:
Hum delicia vc gata sou umcoroa safadofaminto domunadorvc e outras gatas que curtam sexo e prarzer posso viajar zap dd trinta e dois nove meia dois desssete mechamam amo chupar ma buceta um cuzinho

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Como virei mulherzinha debaixo do meu cachorro [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roger disse:
Sou separado, 45 anos de idade, posso viajar e quero algo sério com mulher entre 25 e 40 anos. Faz um tempo que busco. Ajuda financeira. Contato pelo e-mail: gatodapipa2011@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Foi por acidente... pelo menos na primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roger disse:
Sou separado, 45 anos de idade, posso viajar e quero algo sério com mulher entre 25 e 40 anos. Faz um tempo que busco. Ajuda financeira. Contato pelo e-mail: gatodapipa2011@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roger disse:
Sou separado, 45 anos de idade, posso viajar e quero algo sério com mulher entre 25 e 40 anos. Faz um tempo que busco. Ajuda financeira. Contato pelo e-mail: gatodapipa2011@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Acordei com a língua do meu cãozinho Fuffy na minha buceta [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roger disse:
Sou separado, 45 anos de idade, posso viajar e quero algo sério com mulher entre 25 e 40 anos. Faz um tempo que busco. Ajuda financeira. Contato pelo e-mail: gatodapipa2011@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez com um cachorro [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Roger disse:
Sou separado, 45 anos de idade, posso viajar e quero algo sério com mulher entre 25 e 40 anos. Faz um tempo que busco. Ajuda financeira. Contato pelo e-mail: gatodapipa2011@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Fabio disse:
É um dos melhores contos que já li.
Gostaria de ter certeza que foi real.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Me apaixonei por um homem mais velho na faculdade [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
homemgostoso disse:
Relato delicioso.Realmente trata-se de uma bela mulher, fico imaginando o tesão que carrega em seu corpo.Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido queira ver sua amada transando comigo. são paulo capital e interior de sp, campinas e viajantes.
Tenho local mas posso ir até vc
Não quero prostituição, baixarias e sexo virtual.
Contato inicial pelo e mail
homemgostoso@bol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Seduzindo o meu cunhado [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
homemgostoso disse:
Hummmm....estou de pinto duro e imagino quantas mulheres estejam com a calcinha molhadinha
Realmente trata-se de uma bela mulher, fico imaginando o tesão que carrega em seu corpo.Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido queira ver sua amada transando comigo. são paulo capital e interior de sp, campinas e viajantes.
Tenho local mas posso ir até vc
Não quero prostituição, baixarias e sexo virtual.
Contato inicial pelo e mail
homemgostoso@bol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Aliviando os funcionários - Parte 3 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
homemgostoso disse:
Realmente trata-se de uma bela mulher, fico imaginando o tesão que carrega em seu corpo.Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido queira ver sua amada transando comigo. são paulo capital e interior de sp, campinas e viajantes.
Tenho local mas posso ir até vc
Não quero prostituição, baixarias e sexo virtual.
Contato inicial pelo e mail
homemgostoso@bol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Aliviando os funcionários - Parte 3 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
homemgostoso disse:
Realmente trata-se de uma bela mulher, fico imaginando o tesão que carrega em seu corpo.Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido queira ver sua amada transando comigo. são paulo capital e interior de sp, campinas e viajantes.
Tenho local mas posso ir até vc
Não quero prostituição, baixarias e sexo virtual.
Contato inicial pelo e mail
homemgostoso@bol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 2 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Homemmaduro disse:
Continua flavia vc e um tezao sua puta safada faz uma garganta profunda e faz o seu joao gozar td dentro, vc e uma vagabunda tem que amarrar vc na cama e vc apanhar muito entra em contato comigo e fazer vc gozar que nem uma cadela.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 2 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Homemmaduro disse:
Continua flavia vc e um tezao sua puta safada faz uma garganta profunda e faz o seu joao gozar td dentro, vc e uma vagabunda tem que amarrar vc na cama e vc apanhar muito entra em contato comigo e fazer vc gozar que nem uma cadela.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 2 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Homemmaduro disse:
Continua flavia vc e um tezao sua puta safada faz uma garganta profunda e faz o seu joao gozar td dentro, vc e uma vagabunda tem que amarrar vc na cama e vc apanhar muito entra em contato comigo e fazer vc gozar que nem uma cadela.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Estou dando para um velho babão e meu marido não sabe - Parte 1 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Homemmaduro disse:
Que delicia de conto flavia,, queria te pegar bem gostoso sua vadia gostosa safada me fez gozar bem gostoso, novinha que queira entra em contato comigo para nos convesar, parasemprevc68@gmail.com, quero pegar uma bem safada.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Sofri na rola do Carlinhos [Conto erótico gay] [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Vovozinho disse:
Sou hetero 1:68 54 anos de idade, sou virgem do cuzinho adoro ver fotos de pinto pequeno, tenho atração por garotos novinhos meu pinto mede 12cm, se alguém do pinto pequeno tiver interessado deixe seu comentário.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia