Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?

Um transexual comeu o meu cú e adorei a experiência


Enviado por Charmoso de Gravata em 29/04/2018
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Gays/Lésbicas | Visitas: 10194
Avaliação: [Votar]
1 Comentários [Comentar]

Este é um conto erótico de sexo não consentido. Se este tipo de estória não lhe agrada, pedimos que não continue lendo a partir deste ponto. O site não apoia nem recomenda o tipo de prática descrito a seguir.

Olá a todos! Meu nome é Gustavo (fictício) e o que vou contar a vocês aconteceu há apenas uns quatro meses. Tenho 28 anos e gosto muito de esportes, principalmente o futebol de salão. Tenho um corpo bem trabalhado e uma excelente forma física. Além disso me considero uma pessoa de mente aberta, pois tenho amigos das mais diferentes preferências sexuais, e nunca tive problemas em relação a isso.

Na academia que eu frequento havia um transexual. Ele, ou melhor, ela, tinha um corpinho super delicioso, 23 aninhos, estudante, cheirosa, alta, cabelos loiros e longos, os quais ela deixava sempre com um rabo de cavalo, uma barriga chapadinha e seios pequenos e redondinhos. O único problema era aquele pênis guardado lá embaixo. Mas o fato de ela ser transexual não me incomodava, pois cada um faz o que bem entender de sua vida.

Sempre que eu chegava na academia, a Dany, que era assim que ela preferia ser chamada, vinha logo me cumprimentar e a partir daí não saia mais de perto de mim. Ficávamos conversando e levantando pesos juntos. Alguns amigos da academia faziam farra comigo, pedindo pra eu ter cuidado senão eu ia acabar pegando na rolona dela, mas nunca dei atenção a isso, e continuamos a ser amigos de malhação.

Uma noite de sábado eu fui a uma festa em uma boate. Chegamos eu e vários amigos e começamos a beber e ficar de olho nas gatas. De repente, do nada, começou uma briga. Não era uma briga feia, mas era possível ouvir muitos palavrões e gritaria. Me aproximei e vi que os seguranças já estavam separando os brigões. Então, para minha surpresa, vi que a Dani estava envolvida na discussão.



- Oi... você está bem? - falei e cheguei mais perto dela.
- Olá, Gustavo... sim, estou bem... mas já estou indo embora... vou deixar minha amiga na casa dela e vou para o meu apartamento!... já conseguiram estragar a minha noite! - ela disse e pude ver que seu vestido estava rasgado e sua maquiagem bastante borrada, sem contar que ela estava toda descabelada.

- Vocês estão de carro?... se não estiverem, eu posso levá-las, Dany! - me ofereci.
- Não se preocupe, Gu... a gente pega um táxi! - ela respondeu, me chamando de Gu, um apelido carinhoso que só os meus familiares costumam usar para se referir a mim.
- Que isso, Dany?... faço questão... vamos! - falei e saí da boate, com as duas me acompanhando.

Não sei se isso foi um erro da minha parte. A amiga da Dany também era transexual e muito legal, boa de conversa. Fomos os três conversando e contando estórias. E, depois de deixar sua amiga em casa, segui para o apartamento da Dany.
- Vamos entrar e beber uma cerveja comigo? - ela falou assim que parei o carro em frente ao seu prédio.

- Claro... será um prazer! - respondi de imediato, cometendo, talvez, o segundo erro da noite. Subimos até o seu apartamento e ela me levou até sua sala.
- Senta aí e me espera um pouco, tá? - a Dany falou, colocou um filme na TV e saiu da sala. Na hora imaginei que ela iria até o seu quarto trocar de roupa. E foi isso mesmo que ela fez.




Depois de uns 20 minutos a Dany reapareceu na sala. Ela estava vestida de forma muito provocante, com uma blusinha curta, mostrando parte de sua barriguinha linda e uma saia de tecido muito longa. Seu cheiro veio junto e invadiu as minhas narinas. Que menina mais bonita. Se não fosse aquele pênis no meio das pernas dela, eu a teria agarrado naquele mesmo momento. Ela trazia duas pequenas garrafas de cerveja.

- Pega! - ela falou e me entregou uma garrafa, ficando com a sua. Em seguida ela se sentou do meu lado e começamos a beber. Deixei de observar que ela chegou com as garrafas já abertas. E acrescentei mais um erro à longa lista de erros que cometi nessa noite. A Dany era muito boa de conversa, e logo estávamos conversando e rindo de forma muito animada. Até que percebei o quanto eu estava tonto.

- Dany... preciso ir... acho que fiquei bêbado rápido demais! - falei.
- Você não pode ir embora, bebê!... hoje você é meu, Gu! - a Dany falou e veio aproximando sua boca da minha. Me afastei e tentei me levantar, mas meus músculos não respondiam. Acabei foi caindo de costas no sofá. E ela veio por cima de mim, com aquele seu cheiro de fêmea sedutora.

- Dany... eu... nós... o que está...! - tentei falar mas ela me calou com sua boca. Senti seus lábios apertando contra os meus e sua língua tentando entrar, forçando. Abri meus lábios e ela entrou. Não tive controle. Nossas línguas se encontraram em uma deliciosa dança de sedução. Fazia muito tempo que uma mulher não me beijava com tanta vontade e tesão. Meu pau respondeu a esse estímulo e ficou duro igual pedra.

- Que boca gostosa, bebê... você vai ser todinho meu hoje, sabia? - ela gemeu no meu ouvido. Parecia que eu estava sonhando. Minha mente estava ativa e eu sentia um enorme tesão percorrer o meu corpo, mas meus músculos não estavam respondendo. Senti sua mão no meu pau, por cima da minha calça, apertando. Que sensação mais gostosa! E ainda tinha muito mais, pois percebi que a Dany estava desabotoando os botões da minha camisa.

Carinhosamente ela tirou a minha camisa e ficou lambendo e dando mordidinhas nos meus mamilos. Aquilo me levou à loucura. Eu sabia que a Dany tinha uma piroca entre as pernas, e eu não estava disposto a ver isso, mas parecia que eu estava sonhando aquele tipo de sonho que não conseguimos fazer mais nada a não ser deixar as coisas acontecerem.

- Que delícia, bebê... que homem mais gostoso! - ela suspirou e desceu com a boca em direção à minha barriga, onde ela lambeu e espalhou beijinhos ao redor do meu umbigo e depois bem em cima dele. Meu pau estava quase a ponto de explodir. E, enquanto beijava e lambia o meu umbigo, senti as mãos da Dany abrindo a minha calça e a puxando para baixo, junto com a minha cueca.

- Ohhhhhhhhhhhhhhh...!! - gemi como um louco quando meu pau saltou para fora e a Dany o apanhou com a boca, chupando e sugando, com sua boquinha quente e molhada. Nunca imaginei que minha colega da academia fosse tão experiente com a boca. Ela subia e descia os lábios no meu pau, beijando e passando a língua, e depois engolia tudo, apertando e liberando.

Tudo estava indo às mil maravilhas, até que ela levantou as minhas duas pernas e as segurou juntas, de um lado do meu corpo. Depois ela enfiou uma almofada bem embaixo da minha bunda, deixando-a levemente levantada. Percebi que, enquanto ainda chupava o meu membro, suas mãos abriam as minhas nádegas ao máximo. E aí veio a surpresa da noite. Meus olhos quase saltaram para fora quando a Dany começou a lamber o meu cú.

Com jeitinho ela foi lambendo e lambendo, e logo começou a enfiar a língua. Que diabos será que ela tinha colocado naquela cerveja? Era como se eu estivesse drogado ou algo assim. Eu sentia tudo que ela estava fazendo comigo e mesmo assim eu não conseguia reagir. Era a primeira vez que uma mulher estava me lambendo no cú. E as sensações eram maravilhosas quando ela beijava o meu ânus e dava leves chupadinhas.

- Vem cá, bebê... fica assim pra mim, fica... fica assim pra a sua Dany! - ela falou e, delicadamente, me virou de bruços no sofá. Logo ela veio com as duas mãos e abriu bem as minhas nádegas. Senti que ela passava um gel, talvez lubrificante. Me apavorei, mas meu corpo não respondia aos meus estímulos. "Que diabos será que ela vai fazer comigo?", me perguntei.

- Dany... por favor... eu... eu... nunca...! - tentei falar mas meu raciocínio falhou. Depois de passar gel no meu ânus ela veio e enfiou um dedo, bem devagar no início, mas depois começou a aumentar a velocidade. Depois veio dois dedos, me alargando, tentando deixar o anelzinho do meu cú mais largo. Com certeza ela estava me preparando para a penetração. A Dany ia comer o meu cú e não havia nada que eu pudesse fazer.

- Gu... agora você vai ser meu, tá?... você vai ser todinho meu... vou fazer de você minha mulherzinha... seu delicioso! - ela falou e se posicionou atrás de mim, me segurando firme pela cintura. Senti o pau da Dany duro entre minhas nádegas. Deus do céu! Ela ia me comer mesmo. A cabeça da rolona dela foi deslizando em direção à entrada do meu cú, abrindo caminho, forçando.

- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh...!! - gemi quando a cabeçona do pau entrou e o resto veio junto. No pêlo mesmo, sem camisinha.
- Issoooooo... bebê... deixa a Dany cuidar de você, deixa! - ela falou e me abraçou por trás, soltando seu corpo em cima do meu, beijando minha nuca e cheirando meus cabelos. Seu pau estava bem fundo e quente nas minhas entranhas, lá no fundo, me machucando, mas ao tempo me proporcionando uma sensação nunca antes experimentada.

Gemi como um louco, com aquele pauzão enfiado em mim, me invadindo. Talvez se eu não estivesse meio grogue eu não teria aguentado uma pica grossa daquele jeito. Mas estava muito gostoso.
- Você gosta, não gosta, minha cachorrinha?... você é minha cachorrinha agora, Gu... esse cuzinho gostoso é todo meu, não é? - ela falava e bombava cada vez mais rápido.

Devido ao lubrificante, o pau da Dany deslizava facilmente para dentro e para fora do meu ânus, me provocando um tesão incontrolável. A massagem dentro de mim, nas paredes do meu cú, enviava sinais para o meu pênis, que respondia ficando ainda mais duro. Eu ia gozar se ela continuasse com aquilo. Eu ia gozar sem nem tocar no meu pau. Mas ela não conseguiu esperar mais.

De repente ela empurrou com muita força mesmo e me penetrou com vontade, bem fundo mesmo.
- Ohhhhhhhhh... Gu... minha putinha... que delíciaaa... vou gozarrrr... Gu... vou gozar nesse seu cuzinho gostosoooooo... ahhhhhhhhhhh... delicioso... cheiroso... vou te encher de porra, Gu... vou gozar no seu cuzinho, tá? - ela sussurrou no meu ouvido e deu vários beijinhos na minha nuca.

Senti os jatos quentes de esperma bem dentro do meu ânus. Que sensação estranha e prazeirosa ao mesmo tempo. O pau da Dany cuspia porra desesperado, como se não tivesse gozado há meses. E ela não parava de se mexer dentro de mim, até que ficou quietinha.
- Obrigada, bebê... nunca gozei tão gostoso! - ela falou e ficou deitada em cima de mim, com o pau ainda duro no meu rabo. Nesse momento fechei os olhos e caí no sono mais profundo.

No dia seguinte acordei assustado, me perguntando o que eu estaria fazendo alí, naquele sofá. Meu corpo estava todo dolorido e minha cabeça doía pra cacete.
- Bom dia, bebê... dormiu bem? - ouvi a Dany falar. Aí a ficha caiu. Mas não fiquei chateado. O que estava feito não tinha mais volta.
- Ei!... Dany... sua filha da puta... o que você fez comigo, heim? - perguntei e ela sorriu.

- Fiz algo que você gostou muito, Gu... e a gente vai repetir de novo... mas vem tomar o café da manhã primeiro!... ah... tem uma escova de dentes pra você lá no banheiro! - ela falou toda carinhosa.

Me levantei, um pouco pensativo ainda, e fui ao banheiro escovar meus dentes e colocar a cabeça em ordem. Na hora de mijar eu olhei meu pau e estava limpinho, sem cheiro de porra ou camisinha. Mas o meu cú ainda estava dolorido. Eu não tinha comido a Dany, mas ela, com certeza, tinha metido no meu rabo a noite inteira.

Fui até a cozinha e ela estava sentada à mesa, me esperando. Enquanto comíamos não falei nada, apenas fiquei ouvindo as estórias que ela me contou. De repente ela se levantou e veio até mim e me deu um beijo na boca. Fiquei completamente perdido e sem saber o que fazer. Eu tinha uma namorada e estávamos muito apaixonados. E agora a Dany estava fazendo aquilo comigo e confundindo a minha cabeça.

Mesmo assim retribui o beijo dela e, mesmo com nossas bocas ainda coladas, ela me puxou pela mão e foi me arrastando para o seu quarto. Mal entramos e ela se deitou de costas em sua cama, tirou sua camiseta, shorts e calcinha e o seu pauzão saltou para fora. Na noite anterior eu não tinha visto, mas agora eu tinha uma idéia clara do que tinha me violado. A pica dela não era menor que 18cm, e era grossa e cheia de veias.

- Vem, bebê... ele está te querendo de novo! - ela falou e fez sinal com a mão, me convidando. Eu estava em choque completo e não fiz outra coisa a não ser obedecer. Tirei minha roupa e subi em cima da Dany. Me ajeitei em cima dela, apoiei a cabeça daquela rolona na entrada do meu cú e desci, lentamente, deixando entrar tudo.

- Issooooooo... bebê... assim mesmo... ahhhhh... que cuzinho mais apertadinho, Gu... uhhhhh... delíciaaaaa... bebê... vamos foder ele bem gostoso, né?... vamos cuidar bem desse cuzinho! - ela falava e eu subia e descia, sentindo um enorme prazer ao ter aquele pauzão da Dany todinho dentro de mim. E ela ficava me olhando, com seu rostinho lindo, sorrindo, e pedindo pra eu fazer ela gozar.

- Ahhhhhhhhhhhh... Dany... eu vou... eu vou...!! - gemi e rebolei gostoso no pênis dela. Foi impossível me controlar. Gozei como um louco, disparando porra em cima dela, em sua barriga e seios. Gozei sem nem tocar no meu pau. Pela primeira na vida eu estava gozando com uma pica engatada no meu ânus.

- Que delícia, bebê... que gozadinha mais gostosa... hummm... hummm!! - a Dany falou e passou os dedos na porra que estava em sua barriga e foi levando até sua boca. Fiquei louco ao vê-la lambendo seus dedos, saboreando o meu esperma quentinho.

- Agora vem cá, bebê... vou te ensinar quem manda aqui, tá? - ela falou e me fez sair de cima dela. Em seguida ela me colocou de quatro na beirada da cama e veio por trás de mim. Senti lágrimas sairem dos meus olhos quando ela me penetrou novamente, bem forte, me segurando firme pela cintura. O pau deslizou pra dentro de mim em uma estocada só. Não resisti e aceitei que agora eu era a putinha da Dany.

- Ahhhhhhhhhh... Dany... mete, Dany... fode esse cú, fode... sua delícia... fode a sua putinha safada... sou sua putinha agora... fode gostoso... ahhhhhhhhhhh...!! - eu gemia e falava.
- Sim, Gu... sua putinha deliciosa... sua Danizinha vai te foder todos os dias agora... ohhhhhhhh, bebê... que cuzinho mais gostosooooo... seu cheiroso... meu bebê...! - ela sussurrava e me fodia loucamente.

A Dany estava me fodendo sem dó mesmo, sem receio de rasgar ou arrombar meu cú. E eu estava adorando aquilo. Eu estava confuso, pois nunca tinha dado meu rabo antes. E aquilo estava gostoso demais. Empurrei minha bunda contra o pau da Dany, pra ela me penetrar mais fundo ainda.
- Uhhhhhhhhhh... Gu... deus do céu... ohhhhhhh... bebê... que delíciaaaaa... que delíciaaaaa... sssssss... vou gozar, bebê... vou gozarrrrrr!!!

Joguei meu corpo para a frente e a Dany veio por cima de mim, engatada comigo, gozando e enchendo o meu cú de porra novamente. Fiquei deitado de bruços e o peso daquela gatinha cheirosa nas minhas costas, cheirando minha nuca e dando beijinhos na minha orelha com seus lábios deliciosos. E a pica dela pulsando dentro do meu rabo e liberando mais e mais porra.
- Não tira, Dany... ohhhh... por favor... deixa dentro... mais um pouco!! - sussurrei.

- Quer todo o meu leitinho, não quer, bebê? - ela falou baixinho no meu ouvido.
- Simmmmmm... deixa sair tudo... quero tudo! - falei e ela me envolveu com seus braços e ficamos unidos por vários minutos. Quando seu pau amolesceu ela saiu de cima de mim e ficamos deitados na cama, um de frente para o outro.

- Quem é sua dona agora, bebê? - ela me perguntou, me dando um beijinho nos lábios.
- Você, Dany... só você! - respondi e ela virou a bunda para mim e, pegando o frasco de lubrificante, passou um pouquinho na entrada de seu ânus. Ela não precisou falar nada. Sem camisinha mesmo eu a penetrei, devagar, bem fundo. Eu já tinha comido um cuzinho antes, mas o rabinho da Dany me fez sentir como se fosse a primeira vez.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Celio
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 12/05/2018
Adoro um cuzinho c alguém as quiser me dá [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Esposa crente e pastor safado [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Doido disse:
Adorei seu relato quem dera se a minha esposa tivesse uma mente aberta pra sexo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha enteada abusou demais [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha Mariana [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Deflorando a enteada gostosa [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Me apaixonei por um homem mais velho na faculdade [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Ka19 disse:
Nossa que conto excitante eu tenho muita vontade de dar pro cara mas velho mas nunca tive a chance

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei minha buceta em um banheiro público do centro de convenções [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Cabeleireiro disse:
Em 2004 eu era solteiro e fui em uma excursão para São Paulo. Era uma feira de cosméticos em geral, pois acabara de fazer um curso de cabeleireiro
Na hora de embarcar no ônibus, eu sem querer pisei no pé de uma mulher.
Pedi desculpa e entrei no ônibus, a mesma entrou depois de mim e sentou do meu lado e nos conhecemos melhor.
Depois de muito papo ela me disse que tinha a fantasia de transar em um ônibus cheio.
Eu sempre fui tímido, mas essa hora meu pau ficou duro.
A viagem iniciou justamente meia noite, quando o motorista apagou a luz e achamos que os outros passageiros estavam dormindo, começamos a pegacão até que conseguimos nos encaixar em uma posição favorável para meter gostoso com o povo todo ao redor e o que nos cobria era um lençol que ela tinha levado na bagagem de mão
Conseguimos ser bem discreto, mas nós dois gosamos gostoso.
Conseguimos ficar no mesmo quarto no hotel da excursão.
Três dias de feira e sexo.
E a volta não foi diferente da ida

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Quando mulher de amigo é mulher mesmo [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
qro as casadas disse:
Adorei o conto.
Mulheres casadas q querem dar uma saidinha. Me chamem.
Sou de São Paulo capital

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu sogro meteu em mim no dia do meu aniversário [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Flash disse:
Eu adoro esse conto mas queria muito ler a continuação onde ela para no hospital de tanto levar ferro no cuzinho.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A amiguinha da minha filha metia demais [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A colegial no parquinho levou só no cú [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu filho meteu atrás e eu gostei [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Olha, vá gostar de dar o cu assim na puta que pariu - Parte 5 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei minha buceta para o dono do FoodTruck [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Com o novinho bad boy na casa abandonada [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Com o novinho bad boy na casa abandonada [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Olha, vá gostar de dar o cu assim na puta que pariu - Parte 6 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia