Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter

Na terra do Sol Nascente


Enviado por Professor de Inglês em 13/07/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Três ou Mais | Visitas: 11118
Avaliação: [Votar]
5 Comentários [Comentar]

Em meu trabalho, acabei conhecendo um amigo de nome Paulinho. Ele era um cara legal, de 26 anos, mulherengo, e meio sabido demais com os amigos, daqueles que só querem levar vantagem. Mas, para farrear, ele era bom de transa.

Começamos a sair para paquerar e tivemos bons momentos, sem muita coisa a contar. Mas um dia, no trabalho da irmã dele, ele conheceu três garotas do balacobaco, ou melhor, de fechar o comércio. O quê? Ainda não entendeu? Bem, são garotas boas de tudo.

E foi assim que ele telefonou para minha casa, lá pelas cinco horas da tarde, dizendo que ia levar para minha casa as tais três garotas para a gente se divertir. Quando elas chegaram, depois do alô, saímos para fazer umas compras extras no supermercado próximo, tipo cervejinhas e comida.

Voltando, foi divertidíssima a farra de todo mundo na pequena cozinha, achando que éramos grandes mestres cucas. Mas terminamos por conseguir fazer um jantar razoável, com um panelão de arroz cozido com pedaços de salsichas, repolho, cenoura, batata-inglesa, pimentão e pedaços de carne-seca.

Segundo uma das "cozinheiras", isso se chamava arroz-a-carreteiro. O que decididamente não era, porque eu gostava de comer o arroz-a-carreteiro em alguns restaurantes e os ingredientes não eram esses. No final bebemos mais do que cozinhamos. E o som alto comia solto, até que já pelas 11:00hs da noite alguns vizinhos reclamaram e, lógico, o som foi bem diminuído.



Eu não queria nada de aborrecimentos com o síndico. Ficou tudo na base da boate, com muitos drinques e danças. Depois de muita mão-boba, o Paulinho foi se deitar na cama de casal em meu quarto, com sua escolhida e uma amiga, japonesinha linda, porém muito tímida.

Eu fiquei com a garota que, logo que me conheceu, não me largou mais. Só que ela era meio parada, sem graça, ou seja, não me atraía. Mas eu não queria arrumar problemas que só poderiam levar as três amigas a irem embora. Eu teria de ter muito tato na farra, senão, babau.

Sendo assim, me deitei no sofá da sala com a Angela, e depois de muita mão-boba, ela mesma, sem eu pedir, tirou a calcinha e ficou só de blusa, acariciando meu pau, enquanto eu fazia festinhas em seu corpo. Como o meu entusiasmo pela garota não era muito, só esperei ela ficar no ponto e gozamos juntos. Não demorou muito para ela dormir, mesmo porque ela era quem mais tinha bebido.

Eu, sentindo que o Paulinho tinha ido ao banheiro, me levantei, enquanto a Angela dormia, e sem fazer barulho fui até a minha cama, onde estavam a Aline, garota de Paulinho, e a deliciosa e tímida japonesinha Nikko. Ao meu "oi", elas, sorrindo, me responderam, e eu me deitei bem no meio delas.

Senti que a japonesinha, que tinha jeitinho de virgem, não tinha sido tocada pelo meu amigo. Mas a Aline, que gostava de uma boa sacanagem, mostrando que o Paulinho não a tinha contentado, virou-se de lado para mim completamente nua e começou a tirar a minha sunga.

Eu, de barriga para cima, estava com meu pensamento e meu tesão completamente voltados para a Nikko, deixando assim que a Aline pegasse minha piroca e fizesse com ela o que mais lhe agradasse, enquanto minha mão apertava a macia mãozinha da japonesinha.



Fechei os olhos e pensei que minha piroca estava sendo usada pela Nikko e não pela Aline. Não demorou muito e a Aline, cheia de tesão, gemendo, veio por cima de mim e se enfiou todinha no meu pau, começando o vai e vem da foda. Enquanto ela me usava, eu apertava cada vez mais as mãozinhas da Nikko, até que, não aguentando mais de vontade, peguei o short da japonesinha e abrindo seu zíper, enfiei com vontade a mão por cima da sua bocetinha macia, morna e toda peludinha.

Comecei a fazer mil carinhos na bocetinha dela, e ela, toda trêmula, começou a rebolar na minha mão, gemendo, enquanto a outra, a Aline, gritava alto, gozando em cima de mim. Foi aí que o Paulinho saiu do banheiro, meio caído, e vendo a cena da sua garota me fodendo, riu e disse:

- Oba!!! Que transa legal, hein? Foi bom porque agora eu só quero dormir um pouco. Tô com o fígado doendo muito. Bebi demais. - ele falou e se deitou junto à Aline, enquanto eu, no meio da cama, fiquei virado para o lado da japonesinha, sempre com seus lindos olhos bem fechados.

Até penso que ninguém notou meu início de sacanagem com a Nikko. Já com o casal roncando ao meu lado, retornei ao ataque à meiga japonesinha. Puxei seu shortinho, de um tecido muito fino, e consegui tirá-lo.

Em seguida, muito trêmulo e nervoso, porque eu tinha ouvido falar bastante do amor das japonesinhas, mas nunca tinha comido nenhuma, não me contive, e tirando todas as minhas roupas, fui para cima dela, colocando meu rosto em seu ventre macio, branquinho e perfumado.

Minha língua, quase que completamente descontrolada, invadiu aquele buraquinho delicioso e lambi, mordi, chupei, fiz de tudo que uma boca pode fazer em cima de um sexo. A Nikko se retorcia toda, sempre gemendo baixinho. Até que ela me disse ao ouvido:

- Vamos para o banheiro!!! Vem!!!
- Sim, minha querida!!!! Vamos agora!! - falei e nos trancamos no banheiro. Como uma das minhas taras é foder com bastante luz, porque quero ver tudinho, tirei o sutiã da japonesinha e a coloquei reclinada sobre o vaso sanitário, com a tampa fechada, em sentido oblíquo.

Ela, com uma vozinha baixa e aveludada, disse que era virgem e não sabia porque até então ninguém a tinha desejado. Eu respondi que talvez por sua extrema beleza e suavidade, que tinham me deixado louco de tesão por ela. Até casar, eu disse a ela, se fosse seu desejo, eu casaria, com muito amor.

Rindo com graça incomum, ela me revelou que também não precisava chegar a tanto, bastando que a amasse, porque desde que abri a porta para ela e suas amigas, ela havia simpatizado comigo. Isso dito, a abracei e a beijei longamente, como se estivéssemos apaixonados.

Foram muitos beijos cheios de amor e, lógico, de tesão, enquanto minhas mãos não paravam de acariciar aquele delicioso corpinho tão macio e tão branquinho de gueixa oriental. Depois de muitos carinhos, introduzi com suavidade um dedo em sua bocetinha e chupei demoradamente seus seios de ninfeta.

Ela gemia de prazer, e aí achei que era o momento de descer minha boca suavemente e prazeirosamente pelo seu ventre e, depois, demoradamente, até sua boceta, onde coloquei seu clitóris, ou grelinho, já durinho de tesão entre os meus dentes e com carinho o rodeava entremeando com lambidas e chupadas.

Fazendo de tudo para não gozar, porque minha piroca parecia que ia estourar de tanto tesão, achei que era hora de mudar de sacanagem. Virei a japonesinha de costas para mim e enquanto começava a lamber aquelas deliciosas nádegas branquinhas, minhas mãos lhe davam palmadas, uma em cada nádega, não com muita força, mas o suficiente para avermelhar um pouco, e a Nikko gemia alto de prazer a cada palmada, mostrando que estava gostando e que isso lhe dava muito tesão.

Finalmente introduzi minha língua no botãozinho rosado de sua bundinha, e ela começou a falar:
- Mais... mais, por favor!!!!
Depois de alguns minutos assim, eu lhe disse que sua bundinha já estava pronta para ser enrabada, e que assim ela não precisava perder a virgindade.

Ela respondeu que eu fizesse o que me desse mais prazer, porque tudo a faria gozar, e muito. Com isso, peguei um creme especial perfumado e lubrifiquei bem a cabeça da minha piroca, e aí, devagarinho, comecei a enrabá-la. Pouco a pouco a cabeça do pau foi entrando no seu cuzinho, com ela sempre gemendo de prazer, e eu com muito carinho, porque estava mesmo gostando da japonesinha.

Meu pau ia entrando, entrando, naquela maravilhosa bundinha. Enquanto isso minha mão fazia mil massagens em seu ventre, e introduzi um dedo da outra mão na sua bocetinha, fazendo-a delirar de tesão. E minha piroca foi entrando macio... macio, na sua bundinha, até que o saco encostou.

Eu mal acreditava!!! Tinha entrado tudo! Ela estava com seu cuzinho todo penetrado. Começamos a cavalgar, cadenciando as reboladas da bunda da Nikko com minhas investidas de piroca. Parecia que tínhamos nascido um para o outro, tamanha era a sintonia de nossa foda.

Com muitos gemidos e sacudidas terminamos por explodir em gozo total. Éramos um verdadeiro vulcão de esperma. Uma loucura que todo mundo pelo menos um dia deveria sentir. Um fodão, na acepção da palavra. Em seguida, aproveitando o fato de estarmos no banheiro, uma boa chuveirada para os dois foi uma maravilha.

Eu a ensaboei e ela me ensaboou. Mas de tanto nos ensaboarmos, estava eu ensaboando com muito carinho e mais tesão sua bocetinha, quando, sentindo um suspiro maior da japonesinha, olhei para ela, que segurava minha piroca toda ensaboada com muita doçura, e perguntei:

- O que foi, meu amor?
Ela respondeu:
- Não é nada, não! Só que eu pensei... será que este não é o momento melhor, pois já que eu dei minha bundinha para o homem que eu quero, não é hora também de aproveitar e dar minha virgindade, minha bocetinha para ele?

Cheio de gratidão à minha deusinha japonesinha, pela sinceridade de seus sentimentos, lhe dei um gostoso beijo na boca e coloquei duas toalhas grandes de banho no chão. Em seguida ela deitou com a barriguinha para cima, e aí recomecei o banho de língua naquele corpinho delicioso.

Mas quando eu estava chupando demoradamente sua bocetinha, a Nikko me pediu para eu lhe dar minha piroca, porque ela também queria chupar, como retribuição ao prazer que eu lhe estava proporcionando. Sopa no mel. Numa foda, o parceiro sempre deve retribuir o carinho feito pelo outro.

Foi assim que eu, cheio de vontade, ataquei com o célebre e delicioso 69, chupando e sendo chupado. A japonesinha era de uma maestria incrível, o que me deixava intrigado, porque eu, como ninguém, sabia de sua virgindade, não só na bocetinha como na bundinha também.

Enfim, coisas do Japão, talvez livros especializados expliquem com detalhes como isso acontece. O fato é que ela me chupava como poucas mulheres até hoje me chuparam. Era de enlouquecer de tanto tesão, o que me fez fazer de tudo para retribuir tanto carinho da Nikko.

Finalmente achei que depois de tantas deliciosas chupadas de parte a parte, e tantos gemidos, tinha chegado a hora de eu torná-la mulher. Coloquei ela sentada na beira da banheira, toda forrada com muitas toalhas, a maior parte do corpo virada para dentro, o que fazia sua bocetinha ficar bem mais saliente para mim na beirada, as coxas bem abertas e a bundinha apoiada, com que me dizendo: "Me come logo, safado."

Segurando a piroca, com muito carinho, comecei a abrir os grandes lábios da bocetinha dela. Empurrei só um pouquinho a cabeçona dura de tesão do meu cacete e parei, não empurrando mais e sim, com a ajuda da mão, rodando a cabeça na boceta dela para amaciá-la.

A Nikko se estremecia toda, e eu jurava a mim mesmo que eu tinha que caprichar naquela foda, e muito, porque ela merecia. Enquanto isso, um dedo da outra mão era introduzido na sua bundinha, para empurrar a Nikko contra minha piroca. E foi assim que pouco a pouco fui metendo, centímetro por centímetro, a piroca na bocetinha virgem dela.

Até que, sentindo a resistência do hímen da japonesinha, dei uma empurrada mais forte e... pronto, a pica entrou todinha. Foi um gozo indescritível, e muito prazeroso. Transamos quase três meses, e depois choramos muito, quando ela disse que sua família ia voltar para o Japão, onde ela ia se casar com um prometido, por acordo entre as duas famílias.

Sofri muito e acredito que ela também. Aqui escrevendo paro um pouco e penso que ela pelo menos deve estar feliz na linda terra do Sol Nascente, junto com sua nova família. Só ficou minha suave lembrança da linda mulher-criança.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Fernando Luis
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 19/11/2015
Olá Yanira Pascoal, eu resolvo seu problema!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: PWtQMTQoc
E-Mail: humihrs1so0@mail.com
Data: 08/02/2016
Until I found this I thohugt I`d have to spend the day inside.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 13/03/2016
Procuro mulher solteira que more em São Paulo (capital) magra, a fim de sexo bem safado. Só responderei a mulheres de SP por favor não insistam.
Meu WhatsApp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: [somente e-mail permitido agora]
E-Mail: ideguchel@gmail.com
Data: 11/09/2016
Procuro casais liberais reais de transa e/ou mulheres liberadas ou liberais, que curtem transar com casal. Me salve no [somente e-mail permitido agora].

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: [somente e-mail permitido agora]
E-Mail: ideguchel@gmail.com
Data: 11/09/2016
Procuro casais liberais reais de transa e/ou mulheres liberadas ou liberais, que curtem transar com casal. Me salve no [somente e-mail permitido agora].

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Minha enteada abusou demais [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha Mariana [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Deflorando a enteada gostosa [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
HQ Refrigeração e Climatização disse:
Olá, que tal realizar hoje o sonho de ter o seu aparelho de ar condicionado ? Fazemos a venda do equipamento, do material e a instalação, tudo em até 6x sem juros no cartão ou boleto. entre em contato e aproveite !

Respeitosamente,

Ladislau J. Souza

HQ REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO
Fone: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] Cel: ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]
E-mail: contato@refriecli.com.br
Site: .hqrefriecli.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Me apaixonei por um homem mais velho na faculdade [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Ka19 disse:
Nossa que conto excitante eu tenho muita vontade de dar pro cara mas velho mas nunca tive a chance

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei minha buceta em um banheiro público do centro de convenções [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Cabeleireiro disse:
Em 2004 eu era solteiro e fui em uma excursão para São Paulo. Era uma feira de cosméticos em geral, pois acabara de fazer um curso de cabeleireiro
Na hora de embarcar no ônibus, eu sem querer pisei no pé de uma mulher.
Pedi desculpa e entrei no ônibus, a mesma entrou depois de mim e sentou do meu lado e nos conhecemos melhor.
Depois de muito papo ela me disse que tinha a fantasia de transar em um ônibus cheio.
Eu sempre fui tímido, mas essa hora meu pau ficou duro.
A viagem iniciou justamente meia noite, quando o motorista apagou a luz e achamos que os outros passageiros estavam dormindo, começamos a pegacão até que conseguimos nos encaixar em uma posição favorável para meter gostoso com o povo todo ao redor e o que nos cobria era um lençol que ela tinha levado na bagagem de mão
Conseguimos ser bem discreto, mas nós dois gosamos gostoso.
Conseguimos ficar no mesmo quarto no hotel da excursão.
Três dias de feira e sexo.
E a volta não foi diferente da ida

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Quando mulher de amigo é mulher mesmo [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
qro as casadas disse:
Adorei o conto.
Mulheres casadas q querem dar uma saidinha. Me chamem.
Sou de São Paulo capital

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu sogro meteu em mim no dia do meu aniversário [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Flash disse:
Eu adoro esse conto mas queria muito ler a continuação onde ela para no hospital de tanto levar ferro no cuzinho.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A amiguinha da minha filha metia demais [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A colegial no parquinho levou só no cú [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu filho meteu atrás e eu gostei [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Olha, vá gostar de dar o cu assim na puta que pariu - Parte 5 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dei minha buceta para o dono do FoodTruck [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Com o novinho bad boy na casa abandonada [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Com o novinho bad boy na casa abandonada [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Olha, vá gostar de dar o cu assim na puta que pariu - Parte 6 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez foi com um homem mais velho - Menina Hentai [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 Zap
+5.5.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres que goste de trocar foto e video e audio
Facebook : o tal do éder
Instragam otaldoeder7
@otaldoeder7

Mulheres sem frescura..
Chamem la...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia