Aprendendo a ser gente grande


Enviado por Ninfetinha Tarada em 21/05/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto erótico

Categoria: Jovens X Mais Velhos | Visitas: 26676
Avaliação: [Votar]
15 Comentários [Comentar]

Meu nome é Gisela, tenho hoje 22 anos e moro em São Paulo. Quando eu tinha 18 anos eu estudava em um colégio na zona norte e fiquei muito amiga da Maria Júlia; eu vivia na casa dela e ela na minha. Seus pais tinham um sitio no interior onde passávamos juntas as férias e muitos feriados prolongados, às vezes com outras colegas.

Uma ocasião, minha amiga não estava bem de notas e ficou de recuperação. Acontece que havíamos programado passar 15 dias direto no sítio, mas os pais dela decidiram que sítio, para ela, só depois das provas. Depois de muita discussão e muito barraco, ficou decidido que eu iria com o pai dela (que tinha compromissos no local) e ela ficaria com a mãe em casa, estudando para as provas, que seriam na semana seguinte.

Esse era o máximo da concessão que os pais da minha amiga estavam dispostos a fazer. Se tudo desse certo, a Maria Júlia se encontraria comigo na semana seguinte e torci para ela se dar bem nas provas.

No sítio, fiquei super à vontade, pois tinha um quarto só para mim e o pai da minha amiga era uma pessoa muito bacana comigo. No primeiro dia me levantei lá pelas 10:00hs da manhã, tomei banho, coloquei meu biquini, uma bermuda folgada, camiseta, havaianas e fui tomar café.




O Sr. Antônio (fictício) estava na pequena sala que usava como escritório, mas parou o que estava fazendo e foi me acompanhar no café. Conversamos um pouco e ele voltou ao trabalho, combinando que me encontraria no almoço. Acabei meu café e fui para a piscina, e o sol estava maravilhoso.

Fiquei por ali, bem à vontade de biquini e, pensando hoje sobre aquele tempo, acho que o Sr. Antônio deve ter me dado umas olhadas da janela do escritório porque, apesar da idade, eu já era uma mocinha bem bonitinha, baixinha, pele bem clarinha, cabelos curtos cor de mel, coxas grossas, bumbum cheio e arrebitado, seios pequenos mas bem formados.

Almoçamos juntos, cada um fez um programa de tarde e voltamos a nos reunir no jantar. Conversamos um pouco e depois o Sr. Antônio me disse que iria sair, que precisava resolver umas coisas na cidade e que voltaria tarde. Ele era mesmo um coroa legal, tinha uma barriga de puro chopp, um peito bem peludo e grisalho e um rosto bonito.

Ele adorava cerveja e me oferecia de vez em quando com um ar de cumplicidade que eu adorava.
Fui dormir nesse dia por volta das 10:00hs da noite. Acordei com alguns barulhos estranhos mas estava muito sonada; mesmo assim levantei e fui ver o que era.

Havia movimento no quarto do Sr. Antônio, mas o corredor estava escuro e pude me aproximar sem ser vista. Não acendi as luzes e fui em direção ao quarto dele. Havia luz e olhei então pela fresta da porta. O Sr. Antônio estava deitado na cama de barriga para cima e uma garota bem jovem o cavalgava com as mãos sobre seu peito.

Fiquei paralisada de susto, um nó horrível na garganta, acho que de medo. Espiei outra vez e a garota naquela hora estava saindo de cima do pau dele; ela ficou de quatro e o Sr. Antônio a pegou por trás. O pau dele era enorme, muito grande mesmo e muito grosso e ele se ajeitava para comer a menina por trás.

Meu instinto me fez fugir dali, e o medo de ser descoberta era insuportável. Fui para o quarto e a partir dessa hora tentei dormir mas não consegui. Aquilo era uma traição com a mulher dele e isso me indignava; ao mesmo tempo as cenas com aquele cacetão dele me excitavam, não me saiam da cabeça.

Pela manhã eu estava mal disposta e fui tomar café. O Sr. Antônio não estava, já havia saído e eu não sabia para onde. Passei o dia com as cenas dele e da menina fermentando na minha cabeça. Não nos vimos no almoço mas nos encontramos para jantar. Eu já estava melhor e podia disfarçar o meu embaraço de haver penetrado na intimidade dele sem que ele soubesse.

Nessa noite ele bebeu muito vinho, acho que umas duas garrafas e ficou meio que jogado no sofá, vendo televisão. Fiquei por ali também e, como ele estava com um shorts largo, eu arriscava de vez em quando um olhar para o pau dele, que tinha me impressionado tanto na noite anterior.

Ele deu meia hora e se despediu de mim e foi deitar. Fiquei ali na sala, meio frustada porque não tinha conseguido ver nada pela perna do shorts. Quando desliguei a TV e fui me deitar, a porta do quarto dele estava escancarada, a luz de cabeceira acesa e ele largado sobre a cama vestido só de cuecas.

A cena era hipnotizadora para mim: o peito bem cabeludo e aquele barrigão; e as cenas do dia anterior que não saíam da minha cabeça. Depois de alguns minutos, com o coração na boca, resolvi entrar no quarto. Se ele acordasse eu diria que estava lá para ver se ele estava bem, se a bebida não tinha feito mal, para apagar a luz, o que fosse.

Fiquei ao lado da cama, olhando fixamente o volume do seu pau na cueca. Não sei quanto tempo fiquei ali mas de repente o Sr. Antônio se mexeu na cama e eu fiquei paralisada de medo; dormindo pesado, ele ajeitou o pau, que começou a crescer. O safado estava sonhando, provavelmente com a menina do dia anterior.

Vez ou outra ele alisava o bruto, que continuava crescendo, forçando a cueca. Até que uma hora ele afastou o elástico da perna e soltou aquele cacetão. Que fantástico! Um cabeção grosso, o pau latejava. Eu já havia dado umas pegadinhas no pau de um colega da escola, mas eu nunca tinha visto uma pica assim.

Deu uma vontade tremenda de pegar nele mas eu não tinha coragem. Saí de fininho e fui ao meu quarto. Deitei e fiquei imaginando que ele acordava e vinha me olhar também. Fiquei de bruços, ajeitei minha calcinha bem no reguinho, levantei a camiseta, deixando minha bundinha à mostra, e fiquei em transe quase gozando.

Deu algum tempo e ouvi barulho; o Sr. Antônio estava se levantando. Fiquei imóvel, quase não respirava, mantendo a posição em que estava. Ele veio até à porta do meu quarto e ficou um tempão ali me olhando. Depois tirou seu pau para fora e o acariciou. Meio de lado, cabeça entre os braços, eu via seus movimentos.

Ele tocou uma punheta bem devagar me olhando e gozou na mão, para não deixar cair a pôrra no chão. Saiu, foi se limpar e voltou com um pano, limpando o chão em que havia caído um pouco da porra que aquele caralhão tinha produzido. Depois ele voltou ao seu quarto e apagou as luzes.

O silêncio voltou, exceto pelo meu coração, que estava aos pulos. Esperei um pouco, me levantei e fui dar uma espiada. Estava muito escuro e voltei para a cama. Não conseguia dormir, a cena da punheta naquele pauzão não me saía da cabeça e eu estava em fogo.

Bastante tempo se passou, não lembro quanto. Senti então que a luz tinha sido acesa e percebi que o Sr. Antônio veio até à minha porta. Ele aguardou um pouco e me chamou pelo nome; eu virei o rosto e respondi. Vestido apenas com o shorts, o barrigão de fora, ele entrou no quarto e sentou na minha cama.

Ele ficou algum tempo em silêncio e perguntou se estava tudo bem; eu disse que sim, que estava um pouco quente e que eu havia acordado e estava difícil pegar no sono novamente. Ele disse que também estava sem sono; perguntou se podia ficar por ali um pouco; parecia que ainda estava um pouco alto da bebida mas eu o tratava normalmente.

Enquanto falávamos abobrinhas, ele ficava passando a mão no meu cabelo e pude ver que ele estava sem cueca e que seu pau estava duro, forçando o shorts. Apesar de estar escuro no quarto, vez por outra eu o via levar a mão disfarçadamente até ao pau e dar uma segurada nele.

Ele devia estar morrendo de tesão, assim como eu estava. Me virei de lado para conversarmos melhor e ele podia ver meus peitinhos quase saindo para fora da camiseta larga. De repente ele perguntou se eu não estava um pouco tensa e se eu queria uma massagem nas costas para relaxar e dormir.

Ele disse isso, me virou de bruços e, se ajeitando melhor, começou uma massagem em minhas costas por cima da camiseta. Fiquei com o rosto de lado e, como ele estava sentado na cama com a perna dobrada, eu tinha um visão do seu pau duro pela perna do shorts.

Quando ele se ajeitou melhor pude ver a cabeça grossa do seu pau saindo do shorts e não resisti: a pretexto de me ajeitar melhor deixei o braço sobre sua perna, encostando no seu pau. Ele passou a se movimentar e a tentar que seu pau, disfarçadamente, saísse mais para fora do shorts.

Eu tinha certeza que ele queria mas não tinha coragem de tomar a iniciativa e aguardava que eu desse o primeiro passo. Eu esperava que ele desse esse passo. Então ele se virou um pouco mais e me deu um beijo na cabeça; nesse momento seu pau alisou meu braço, eu não resisti e passei a mão.

O Sr. Antônio me virou de frente, suspendeu minha cabeça e me deu um beijo de lingua que me deixou sem fôlego. Ele perguntou, sorrindo, se eu queria brincar com ele e foi tirando o pau todo para fora. Ele pegou minha mão e levou até sua pica. Segurei firme e fiquei olhando e mexendo bem devagar.

Ele aproveitou e passou a mão nas minhas tetinhas e na minha boceta. Tentei fechar as pernas mas ele as abriu, colocou a calcinha de ladinho e me alisou bem gostoso. Ficamos assim ali, um tempo, ele alisando a minha xaninha e eu segurando firme no pauzão dele. Então ele se levantou e, me pegando pela mão, me pôs de pé na sua frente, tirou minha camiseta, se abaixou um pouco e chupou meu peitinhos alternadamente.

Eu estava em fogo, e faria o que ele me dissesse para fazer. Logo ele se levantou, me abraçou forte e seu pau deslizou entre minhas pernas. Ele começou a me encoxar e pegou a minha mão esquerda e me fez segurar seu pau, pedindo para bater uma punheta em minhas coxas.

Eu estava doida e comecei a me esfregar naquele caralho enquanto batia uma punheta e olhava para baixo, fascinada, e via aquele pauzão na minha mão que mal se fechava de tão grosso. Eu queria vê-lo gozar nas minhas pernas e não demorou muito recebi um jato forte, seguido de muitos outros.

Ele tinha um gozo abundante e me melou toda. O safado gemeu gostoso e quando terminamos ele foi até o banheiro e trouxe papel higiênico, me limpou e limpou o chão e disse que agora eu deveria dormir. Me deitou na cama, me deu um beijinho e saiu.

Não consegui ficar muito tempo sozinha e fui até seu quarto. Ele estava largado na cama, pelado; eu me sentei na beira e peguei de leve no seu pau. Comecei a punhetá-lo novamente, enquanto ele gemia e aquele monstro crescia em minha mão. Não resisti, me abaixei e passei a língua no pauzão, queria sentir o seu gostinho, fazer que nem a garota da noite anterior.

Coloquei ele na boca e mamei até ficar bem duro; punhetava e chupava, queria foder. Estava tão alucinada que cheguei até a machucá-lo. Então me puxei para cima dele e fiquei esfregando a minha bocetinha no seu pau e beijando seu peito peludo, os peitinhos dele, beijando sua boca e pegando no seu pau.

Ele passava a mão na minha bunda e por trás procurava o buraquinho da minha bocetinha e às vezes acariciava meu cuzinho. Eu queria que ele me comesse mas tinha medo; quando ele começou a direcionar seu pau para a minha rachinha eu pedi a camisinha mas ele disse que não precisava por que tinha operado.

Eu iria perder meu cabacinho naquela hora, não coseguiria resistir. Ele tentou enfiar e não conseguiu; então me pôs de quatro, pediu que eu salivasse bem o seu pau, se acomodou em minhas costas e forçou. Senti muita dor e tentei escapar mas ele me segurou firme e empurrou. O cabeção passou, rompendo o meu hímem e ele começou a fazer um vai e vem enlouquecedor.

A cada estocada ele entrava um pouco mais, estava me arrombando mas, apesar da dor, eu queria mais. Estava muito doida de tesão. Acho que não havia entrado nem a metade quando ele disse que ia gozar e que queria fazer isso na minha boca. Ele tirou de dentro e eu meti a boca com vontade no cabeção vermelho.

Quase me afoguei em tanta pôrra mas adorei. Eu estava completamente entregue àquele homem. Na manhã seguinte e várias vezes por dia até à chegada da minha amiga e de sua mãe, o Sr. Antônio me comeu, me arrombou de todos os jeitos e me fez sua ninfeta particular.

Depois das férias no sítio, passamos a foder regularmente, e eu não conseguia viver sem aquela pica. Tempos depois arrumei um namorado mas o Sr. Antônio comtinuou me comendo. Ele me faz muito feliz ainda hoje, embora nossos encontros sejam bem mais raros.

Você faria sexo com mulheres feias discretamente? Temos várias cadastradas no nosso site

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: claudiosorocabasp
E-Mail: claudiosorocaba@bol.com.br
Data: 18/09/2015
Moro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana.

Meu e mail é claudiosorocaba@bol.com.br

Adoro beijos demorados longas preliminares demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar comigo.
Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido sinta prazer vendo a esposa com outro macho, para encontros sigilosos e quem sabe frequentes, com sigilo, segurança e higiene, visando somente a intensos momentos de prazer sexual
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Junior
E-Mail: Homendesejo@gmail,com
Data: 23/11/2015
adorei saber q vc sempre gostou de sexo ,.meu email.esta ai ou me add no whats sapp 13981577039
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Gilson
E-Mail: nei33.laser@bol.com.br
Data: 25/11/2015
Parabéns pela sua atitude de não conter seus desejos e curiosidades gostei da sua história e gostaria de compartilhar outras com vc moro em Sampa capital e depois te passo meu whats app
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Gilson
E-Mail: nei33.laser@bol.com.br
Data: 26/11/2015
Parabéns pela sua atitude de não conter seus desejos e curiosidades gostei da sua história é muito boa e cheia de tesão gostaria de compartilhar outras com vc moro em Sampa capital vamos nos falar por email depois te passo meu whats app bjs gata
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Corrêa
E-Mail: lcorrea2010@ig.com.br
Data: 23/01/2016
Adorei seu conto fiquei com muitíssimo tesão me chama no wat 12988800196 ou mail lcorrea2010@ig. com. br. SIGILO ABSOLUTO. GOSTARIA DE CONTATO COM CASAIS OU CASADAS
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pJ2Wg0xN
E-Mail: mswiu194@hotmail.com
Data: 08/02/2016
Short, sweet, to the point, FRxEceEa-tly as information should be!
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: fernando cottard
E-Mail: fcottard4@gmail.com
Data: 22/03/2016
amei o conto muita putaria
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: anonimo
E-Mail: a.nonimo
Data: 23/03/2016
Essa tal de Eliane pede pra vc accionar e ela já tá bloqueada eu eim
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: anonimo
E-Mail: anonimo
Data: 23/03/2016

Li a sua msn que colei abaixo.
E digo não só para vc como para mts outras pessoas, principalmente homens que estão entrando ou tentando entrar em contato com esta tal Eliane.
Alerto para tds vcs que ela é uma bela fria.
Como tantas outras mulheres e homens que postam neste site.
São verdadeiros BOS e uns 171.
Tomem cuidado.

Nome: anonimo
E-Mail: a.nonimo
Data: 23/03/2016
Essa tal de Eliane pede pra vc accionar e ela já tá bloqueada eu eim
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Marlon
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 23/04/2016
Nifetinha tarada qui gosta de fude com coroa .... Delícia chama aí 011970489853
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Thais
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 18/11/2017
Meu nome é Thais 20 anos, busco homens de 40 até 60 para me satisfazerem, Dotados de preferencia já que meu marido gosta de ver eu sofrer em outra Pica.

Chama no Whats: 011. 95414.5429
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 09/12/2017
Nifetinha que gosta de coroa me chama estou te esperando .83.99841.1522
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 10/12/2017
Oi Galerinha do site, usem esse código para descontos nas suas próximas viagens com o Uber... Abraço

fxx7x5
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter
Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Meu fetiche por homens bem dotados [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Carlos disse:
Oi Natália sou negro tenho a rola grande e grossa do jeito que você gosta , me mande um e-mail para que você possa ver as fotos da minha rola, sei que vai ficar molhadinha e com água na boca. Beijos e aguardo seu contato e de outras mulheres, podem ser casadas ou solteiras.

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Ariovaldo Gutierrez Ensina. disse:
Um otimo conto de incestos principalmente as chupadas na buceta da mana.e as belas esporradas do mano. Se possivel publicar as fotos dos dois irmaos pelados. E continuar editando este conto.5-6-7 etc.

Isso nunca podia ter acontecido - Parte 4 - Final [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Ariovaldo Gutierrez Ensina disse:
Conto muito bom- gostaria que o autor continuasse com esse conto 5 = 6= 7.. gostaria de saber a idade que o Junior tinha nesta epoca da publicação. e se possivel me informar o tamanho do pinto do Junior deve ser maravilhoso. não sou guei.

Meu filho comeu minha boceta [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Baddy love GGG disse:
Sou o que vc precisa tenho o que vc quer mulherada sou negro 1.80 alt venha ate a mim nao vao se arrepender 11.9.7.1.3.6.7.0.1.8

Trai meu marido na minha casa [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Miguel silva disse:
Tesão, vem né mim delícia....

A trepadinha mais rápida de toda a minha vida [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Jose disse:
Me liga sou de sp .meu telf 19984468291zapp.

A trepadinha mais rápida de toda a minha vida [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Jose disse:
Me liga sou de sp .meu telf 19984468291zapp.

Meu marido não sabe que eu o traí, mas ele foi o culpado [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Miguel disse:
Vou falar pra você em gata, posso te chamar assim delícia, não paro de pensar em você de percorrer seu corpo, de fazer você delirar na minha rola e na minha cara, dá uma chance de eu fazer você subir pelas paredes como ninguém vai, eu sei do que estou falando, delirei nesse conto mulher madura, estou com tanto tesão por ti , me envie msg por favor coração....

Incesto: minha experiência de vida com meu filho [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Francisco Silva disse:
Dona Rosana nossa que delicia de conto ! Gozei sem me tocar , esse garoto foi escolhido pelo destino em viver essa deliciosa experiência. Imagino a gostosura que é você. Abraços.

Dei a bocetinha para o mecânico [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Junior disse:
Muito excitante.
Outra hora escrevo a história da minha mulher, que acabou tendo que transar com o mecânico pra pagar o serviço de socorro.
Virou amante dele, pois disse que o cheiro da graxa excita ela.

Meu filho comeu minha boceta [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Eva disse:
Meu marido é meu primo, ou melhor nao somos casados de verdade mae é como se fossemos. Vivemos juntos ha` 30 anos. Nao temos filhos e aceitariamos de bom grado menina(0), sem familia ou em condiçoes similares.

Meu lindo cunhado gozou na minha calcinha [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Nadia disse:
nossaaaa, tive que tocar siririca te lendo mmmmmmmm q gozada gostosa que dei. Eu sou casada e tbm tenho um cunhado, marido da minha irmã mais velha, como temos piscina em casa, eu vivo olhando pra sunga dele, deve ser lindo aquilo tudo de fora em bem duro dentro da minha boca. Um dia acho que ele até tocou em mim por trás de baixo da água, estavamos brincando aquabol e ele e eu faziamos time. Um dia ele veio por trás para pegar a bola que estava em meus braços e aí eu senti, um coisa bem dura encostando na minha bunda, bem na entradinha e eu não me mexia, deixava acontecer, aquela coisa estava quente e grossa. Mas nada aconteceu além disso. Que pena, queria muito pegá no pinto dele e tirá o leite todo com a boca e engolir. Mas admito, toquei muitas siriricas pensando naquele dia, naquele momento, acho que eu devia ter recuado um pouco em cima do pinto dele, para ele sentir que queria o pinto dele dentro, todo dentro, bem no fundo. nadia.mcl@hotmail.com

Meu lindo cunhado gozou na minha calcinha [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Henrique disse:
Nossaaa, q tesão o seu desabafo.... fiquei de pau duro e tbm bati uma imaginando a situação. Sou casado sim e fiz a mesma coisa com a minha cunhadinha, a Juliana de 14 anos que veio viver com a gente durante 2 anos, eu vivia pegando os sutiãs e as calcinhas dela usadas para cheirar, lamber e gozar dentro delas e depois devolver pra cesta bem gozadas, gozei dentro da cama dela, no travesseiro e assim foi durante esse tempo todo. Um dia consegui colocar um filmador discreto no banheiro dela e consegui filmar ela tomando banho, até vi ela tocando siririca no chuveiro, essa bucetinha peluda dela e esses peitinhos dela com os mamilos sempre durinhos mmmmmmmmmm foram muitas punhetas por conta dela. Um dia ela me olhou e me sorriu e ao mesmo tempo estava segurando a roupa seca do varal e na mão, ela tinha uma das suas calcinhas, ela olhou para a calcinha dela e me olhou e sorriu. Acho que ela descobriu, sobre tudo? Se ficou sabendo, então ela gostou pois não falou nada, esqueci de falar que acho que ela é lésbica, nunca vi ela com um garoto, só garotas. precisovc4@hotmail.com

Um acidente de moto foi o culpado por eu dar para o meu filho [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
MulatoG.G.G disse:
Ola sou negro 23cm e quero conhecer mulheres
Sempre que der pra curtir meu zap 11.9.7.1.3.6.7.0.1.8

Minha prima grávida [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Caio disse:
Bom dia, sou especialista de Marketing para empresas, acessei seu site

e gostaria de de fazer uma proposta de extremo baixo custo para alavancar seu posicionamento no Google
e a aumentar os acessos no seu site da sua empresa.

-Cadastro o site da sua empresa em 2.500 sites por apenas 49,00 (quarenta e nove)

-O investimento é único de 49.00 pode ser pago após a conclusão do serviço
e rebebimento do relatório e não há nenhum custo adicional.

Para contratar o serviço é só enviar um OK.

No aguardo

Abraços
SEO Marketing

Uma princesa para um pedreiro [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Lucio disse:
Adorei seu conto pois a minha tara é comer cu e foi muita atenção nesse quesito.

luciosilva967@gmail.com 21995735347

Meu lindo cunhado gozou na minha calcinha [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Régis disse:
Adoraria dá prazer a casadas 77991996363

Ela estava guardando sua virgindade para mim [Conto Erótico de Lésbicas] [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Meire disse:
Sou bissexual e ainda virgem. Adoraria uma mulher para me entregar e tirar minha virgindade bem gostoso

Conhecendo na Net [Fotos de Novinhas] [Vídeos de Novinhas]
Tesudo disse:
Li o relato e estou tesudo esperando uma mulher que esteja com a calcinha molhada para desfrutarmos de longas sessões de preliminares antes de partirmos para as penetrações.
homemfetichetarado@gmail.com
Não quero sexo virtual, prostituição nem e mail de homem sozinho

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia