Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

Perfil Patrocinado
Visite mais perfis de homens e mulheres no Classificados de Sexo

Homem Paga Novinha
De: Goiânia-GO

PAGO garota/mulher entre 18 e 35 anos para sexo casual e sem compromisso. Esta proposta é para garotas ou mulheres curiosas em saber como é transar por dinheiro. Tudo feito com o maior sigilo, sem WhatsApp, telefone, e-mail ou Facebook. Nem sua melhor amiga precisará ficar sabendo da nossa aventura.
Ver Perfil Mensagem

Dando a boceta para o amigo da faculdade


Enviado por Oriental Casadinha em 02/04/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Traições | Visitas: 56755
Avaliação: [Votar]
4 Comentários [Comentar]

Meu nome é Nicoly, tenho 28 anos, sou casada e tenho uma filha. Sou uma japonesinha muito bonita, sexy e dona de uma bocetinha bem apertadinha. Meus seios são médios e tenho o bumbum bem empinadinho. Ah! E sou baixinha e um pouco magra. Sempre fui mulher de um homem apenas, ou seja, por mais que outros homens tentem, quem me come mesmo é só o meu marido. E na época de solteira era assim também. Eu dava apenas para meus namorados e ao todo, não devo ter transado com mais de 6 ou 7 caras durante toda a minha vida.

A estória que vou lhes contar aconteceu quando eu ainda estava na faculdade, estudando administração. Eu namorava um cara que me levava e buscava na faculdade. Ele era bonito e tal mas, depois de alguns meses de namoro a gente começou a brigar muito. E durante estas brigas às vezes ficávamos dias sem falar um com o outro. Dessa forma, quando estávamos brigados, eu ia e voltava da faculdade de ônibus, junto com minhas amigas.

Um dia nós tivemos um briga tão feia por causa dos cíumes e insegurança dele que eu achei que a gente fosse se separar de vez. Eu o amava muito, mas dessa vez eu realmente fiquei muito chateada com ele. Mal consegui assistir às aulas, de tão nervosa e inquieta que estava. Não conseguia rir das piadas dos homens nem me interessava pelas conversas das minhas amigas. Por sorte, a aula acabou mais cedo e fui o mais rápido possível para o ponto de ônibus, querendo chegar logo na minha casa.

Há dias em que as coisas acontecem sem qualquer explicação mesmo. Meu ônibus não passava de jeito nenhum e já estava pensando em ligar pro meu pai ou minha mãe vir me buscar. De repente um carro parou e um cara perguntou se eu queria uma carona. Olhei atentamente e reconheci o motorista como sendo um de meus amigos da sala. Seu nome era Douglas, um cara muito inteligente, de uns 25 anos. A gente conversava bastante na faculdade, mas nunca soube muita coisa sobre ele. Apesar de ser muito legal, ele nunca tinha me atraído fisicamente.

Resolvi aceitar a carona e ele me perguntou para onde eu estava indo. Eu disse o setor onde eu morava e, coincidentemente, estava no caminho que ele faria. O som do carro dele tocava umas músicas românticas muito bonitas e o volume estava baixo, de forma que começamos a conversar e em questões de minutos eu já estava me sentindo muito melhor. Na verdade eu até torcia para não chegarmos em casa logo. Eu estava precisando descansar minha cabeça e aquele momento com ele estava me ajudando muito.



Nossa conversa foi ficando mais animada e logo o Douglas me perguntou porque meu namorado não tinha ido me buscar naquela noite. Expliquei a ele que a gente estava brigados e tal.
- É mesmo uma pena deixar uma menina tão bonita voltar pra casa sozinha à noite - disse ele - Se eu tivesse uma namorada como você eu jamais faria isso.
Concordei com ele e continuamos a conversa. De repente eu percebi que ele começou a me elogiar, falando dos meus cabelos, dos meus olhos, boca, etc. E estava gostando muito de seus elogios e resolvi dar corda, afinal, meu coração estava despedaçado.

- Douglas, você é casado? - perguntei quando percebi o momento apropriado - Tem namorada?
- Não! Sou solteiro ainda - ele respondeu - Não sou o tipo de cara que se amarra nessas coisas. Gosto de viver a vida, curtir. Mas tudo discreto. Sou o tipo de cara que come quieto pra comer mais vezes.

A última frase dele me pegou em cheio. Meu namorado estava brigado comigo e eu já ia completar umas três semanas sem transar. Imediatamente comecei a sentir uma coceirinha na minha prexeca e um calorzinho gostoso começou a invadir o meu corpo.

- Quer parar em algum lugar e beber alguma coisa, Douglas? - eu perguntei a ele - Hoje é sexta-feira. Estamos sem nada pra fazer mesmo, não?

- Claro! - ele respondeu - Mas eu não gosto de confusão e seu namorado poderia ver a gente juntos. Eu estou sozinho em casa esses dias. Quer ir pra lá? Assim ficamos mais à vontade e não corro o risco de estragar seu namoro.
Eu concordei. Não pelo namoro. Eu queria mais é que meu namorado se fodesse. Eu concordei mesmo porque eu estava louca de vontade de sentir um pinto diferente dentro de mim e a idéia de não sermos incomodados me agradava muito.




Liguei pra minha mãe e avisei que eu ia passar em um barzinho com um amigo e fomos para a casa do Douglas. Foi interessante como um cara que não me atraia nem um pouco se converteu rapidamente em um sério candidato a foder minha bocetinha. Entrei no carro dele triste e desapontada e em poucos minutos eu já estava pegando fogo, de tanta vontade de foder. E eu era uma menina muito reservada e séria. Não dava pra qualquer um não.

Chegamos à casa dele e começamos a nos beijar na garagem mesmo. Comecei dando uns selinhos nos lábios dele e logo nossas linguas invadiam a boca um do outro, deixando bem claro o nível de excitação que estávamos. Depois ele me levou até a sala, me sentei e ele preparou uma bebida, a qual bebemos vagarosamente, sempre nos tocando, abraçando e beijando.


Quando eu vi que o negócio ia pegar mesmo eu perguntei a ele onde era o banheiro. Como eu tinha tomado banho há umas 5 ou 6 horas antes e feito xixi depois, fiquei com receio de que a minha xaninha não estivesse tão cheirosa quando ele fosse me dar uma chupada. De forma que fui ao banheiro rapidinho e dei uma lavadinha rápida na minha perseguida. Percebi que ele também foi ao banheiro e torci para que ele também estivesse lavando o seu pinto, já que era minha intenção dar uma mamadinha em sua pica.

Voltamos pra sala e nos beijamos mais um pouco. Logo ele pegou na minha mão e me convidou para ir até seu quarto. Aceitei na hora, pois já estava ardendo de tanto desejo. Mal nos deitamos e suas mãos já procuraram meus peitinhos, massageando e apertando por cima da minha blusa e sutiã. Como não sou boba, já levei à mão ao seu pau também, sentindo como seu pênis estava duro por cima de sua calça.

- Tira minha roupa! - pedi a ele, sendo atendida de imediato. Primeiro ele tirou minha blusa e minha calça, me deixando apenas de sutiã e calcinha. Seus olhos percorriam todo o meu corpo, mal acreditando que ele ia comer a japonesinha mais gostosinha da faculdade.
- Nicoly! - disse ele me comendo com os olhos - Você é muito gostosaaaaa! Que é isso?
Ele passava as mãos por todo o meu corpo, com atenção especial à minha barriga, pernas e coxas. Finalmente tirou meu sutiã e apertou, lambeu e chupou meus peitinhos, me arrancando gritinhos de prazer.

Minha calcinha foi seu próximo alvo. Ele a tirou bem devagar, expondo aos poucos a minha prexequinha pequena e bem depiladinha. Senti a respiração dele ficar ofegante quando abri minhas pernas e puxei a rosto dele, fazendo sua boca tocar minha boceta, a qual ele beijou com muita vontade. Em seguida seus dedos abriram os lábios da minha xoxota e ele passou sua lingua no meu clitóris. Um arrepio de prazer percorreu meu corpo inteiro.

- Chupaaaa! Chupa a bocetinha da japonesinha! Chupaaaaa bemmm gostosoooo! - eu gemia descontrolada, rebolando minha xoxotinha na cara dele. Logo senti um de seus dedos fazendo círculos na minha entradinha apertadinha e logo deslizou pra dentro de mim. Comecei a gritar e gozar como uma louca sentindo a boca dele chupando meu clitóris enquanto seu dedo entrava e saia da minha bocetinha molhadinha.

Depois de alguns segundos me recuperando daquele orgasmo maravilhoso eu comecei a tirar a roupa dele, peça por peça, beijando seus mamilos e roçando o meu corpo no dele. Quando tirei sua cueca sua rôla saltou pra fora, bem dura e grossa. Não era o maior pau do mundo, mas pra uma japonesinha baixinha, magrinha e apertadinha, aquela pica dava de sobra. Minha boca se abriu demonstrando meu espanto e admiração por seu membro. Ao mesmo tempo fiquei pensativa se eu ia aguentar tudo aquilo dentro de mim.

Comecei a beijar o pau dele, esfregando-o no meu rosto e depois nos biquinhos dos meus seios. Ele gemia gostoso, parecendo estar gostando muito do que eu estava fazendo. Fiz uma massagem demorada em suas bolas e depois engoli sua pica com minha boquinha pequena, fazendo um esforço extra pra conseguir segurar a cabeça da rôla entre meus lábios.
- Chupaaaaa, Nicoly!!! - ele gemia e falava - Fode meu pau com sua boquinha gostosaaaa.
Com as minhas chupadas o pau dele parecia crescer cada vez mais, pulsando entre meus dedos enquanto eu o punhetava. Decidi que já era hora de foder aquela pica com minha boceta.

Pedi a ele que se deitasse na cama de barriga pra cima e fui prontamente atendida. Fui por cima dele e o montei, beijei sua boca e o provoquei mais um pouquinho. Em seguida posicionei a cabeça da pica na entrada da minha bocetinha e soltei meu corpo.
- Ahhhhhhhhhhhhhhh!!! Que gostosoooo! - deixei escapar quando senti seu pau escorregando devagarzinho pra dentro de mim, sentindo minha xaninha se abrindo e engolindo tudo. Como estava gostoso sentir um pinto diferente, ser fodida por outro cara, sem compromissos nem preocupações.

- Está gostando de comer a namoradinha de outro cara? - eu perguntei a ele enquanto subia e descia meu corpinho em sua rôla grossa, dura e escorregadia.
- Simmmmm, Nicoly!! - dizia ele entre gemidos - Você é a japonesinha mais gostosa que já comi! Fode minha pica com essa bocetinha apertadinha! Fodeeee!
Eu me deliciava com as palavras dele e me deitei um pouco, de forma que sua boca pudesse alcançar e chupar meus peitinhos. De novo senti uma tesão enorme me atingindo e me deixei levar, sem receios.

- Estou gozandooooo! Estou gozandooooo! - gritei e rebolei gostoso em seu pau enquanto uma descarga elétrica percorria meu corpo inteiro. Eu estava pegando fogo! Gemi e gemi desesperada, tremendo e me contorcendo toda. Finalmente fiquei parada em cima dele, deitada em seu peito, com minha respiração voltando ao normal. Sua pica continuava dentro da minha xaninha, dura como ferro, sentindo as últimas contrações do meu orgasmo.

- Vamos trepar de quatro agora? - eu disse a ele já me levantando e ficando de quatro, na beirada da cama. Me empinei o máximo que eu podia, exibindo a ele a minha bundinha pequena mas redondinha, e o meu cuzinho apertadinho e totalmente depilado. Ele veio por trás, beijou meu bumbum e começou a passar a lingua no meu ânus, deixando-o todo lambuzado. Na hora eu fiquei preocupada. Eu nunca tinha feito sexo anal na minha vida e não estava disposta a fazê-lo naquele dia.

- Ohhhhhhhhh! Devagarrrrrr! - disse eu quando ele enfiou um dedo no meu cuzinho apertadinho, bem fundo. Tranquei meu rabinho de imediato e tentei escapar.
- Volta aqui! Só quero brincar com seu cuzinho um pouco antes de meter na sua boceta! - disse ele me colocando de volta na posição que eu estava.
Fiquei mais tranquila e empinei minha bundinha novamente enquanto sentia a boca dele no meu rabinho de novo, lambendo e tentando enfiar a pontinha da lingua no meu buraquinho super apertado. Os pêlos de minhas pernas e braços estavam muito arrepiados e eu começava a fica tonta de tanto tesão eu sentia.

- Issooooooo! Meteeee bem fundooooo!!! - gritei e gemi como louca quando a pau dele me invadiu por trás. Minha bocetinha apertadinha se esticou ao máximo para permitir a passagem de sua pica grossa e dura. Rebolei e rebolei enquanto o Douglas me segurava firme pela cintura, beijando minha costas e minha nuca.
- Rebola nessa pica, japonesinha safada!! Fode meu pau com essa bocetinha gostosaaaa! Fode, japonesa gostosa!! - ele me falava essas coisas e minha cabeça dava voltas, do tanto que eu estava gostando de dar pra ele.

- Vou gozarrrrr!!! Vou gozarrrrr!!!! - disse ele soltando uns gemidos mais altos, parecendo um animal, me agarrando com força mesmo, quase violento.
- Gozaaaa dentro!!! Gozaaa na minha boceta!!!! - eu gritei quando percebi que ele queria tirar o pau e gozar fora. Ele não estava usando camisinha, mas eu tomava anticoncepcional, e não queria perder a chance de sentir uma boa gozada dentro de mim. Não deu outra. Ele deu mais umas cinco bombadas e gozou como louco.

- Ohhhhhhhhh! Que gostosoooooooo! - deixei escapar quando senti o pênis dele espirrar pôrra quentinha bem no fundo da minha xoxotinha. A sensação foi tão gostosa que levei uma mão ao meu clitóris e o massageei, tendo o meu terceiro orgasmo na noite. Foi uma delicia quando eu ainda estava gozando e ele soltou seu corpo em cima de mim, ficando deitado nas minhas costas, exausto e satisfeito depois de foder a bocetinha da japonesinha mais gostosinha da faculdade.

Depois de descansarmos um pouco ele me levou ao banheiro e tomamos um banho juntinhos. Depois voltamos para a cama e assistimos um filme. Já estava ficando muito tarde mas eu não queria me preocupar com nada. Queria era foder mais. Queria esquecer namorado, brigas, tudo mesmo. E foi assim que aproveitei bem a noite com o Douglas. Trepei muito mesmo. Fizemos todas as posições que a gente conhecia e ainda nos arriscamos em outras que eu só tinha visto em vídeos pornôs na internet. Mais uma vez eu senti sua pica esguinchar pôrra dentro de mim, até que ele se deu por vencido e dormimos um pouco.

Quando estava voltando pra casa vi um recado do meu namorado no meu celular falando que queria conversar, que estava muito arrependido e tal. Saímos no sábado a noite e fomos para um motel, no qual ele me pegou de jeito e meteu tanto em mim que fiquei mole e exausta. Ah, se ele soubesse a festa que meu amigo da faculdade tinha feito na minha xoxota na noite anterior! Enquanto ele chupada minha perereca eu não parava de ter esses pensamentos.

Reatei com o meu namorado e nossas brigas diminuiram. Não posso negar que eu era apaixonada por ele e ele também me amava muito. Assim, ele voltou a ser o dono exclusivo da minha bocetinha pequena, apertadinha e gulosa. Quanto ao Douglas, ele era realmente um cara que comia quieto. Nunca mais tocou no assunto nem me olhou diferente ou insinuando um flashback com a japonesinha gostosa. Até hoje fico imaginando se algumas das minhas amigas já não tinham dado a boceta pra ele também. Esses caras quietos, com cara de quem não quer nada, são os maiores fodedores das faculdades.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: psN9QifGZd
E-Mail: 4kxcv7sisuy@outlook.com
Data: 08/02/2016
Thkiinng like that is really amazing

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Antony
E-Mail: antonygandini@gmail.com
Data: 10/02/2016
Nicoly,

Fiquei com muito tesão ao ler o seu conto. Adoro orientais e com a boceta apertadinha ainda mais. Fiquei imaginando como você seria. Adoraria falar contigo. Me escreva!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 11/03/2016
Ótimo conto... Adoro mulher safada que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Novinha mostrou o cuzinho
Gatinha com sede de pica tira o short e a calcinha e faz um vídeo mostrando a bucetinha e o cuzinho todo depilado
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Fodendo a maninha de 16 anos [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picagostosa20 disse:
Oi safadinha tenho uma pica grossa e gostosa pra mete na sua bocetinha e-mail e Skype betobolero2014@hotmail.com chama lá

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fodendo a maninha de 16 anos [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Safadinha disse:
Nuss q delicia queria um irmaozinho assim fiquei molhadinha cheia de tesao querendo da a bucetinha tambem... Hmmmm

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fiquei gostando de ser cadelinha [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Joao disse:
[Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] quero muito conhecer alguma fata q tope fuder com um dog..se alguém tiver um contato favor me passar..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bucetinha molhadinha no busão [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Plablooo disse:
Sou um homem quarentão separado procuro novas amizades com mulheres madura que curta zofolia ou sai com casal de amigos minha amiga que uma outra mulher q curta zofolia com local chama no Wast [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Acordei com a língua do meu cãozinho Fuffy na minha buceta [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Plablooo disse:
Sou um homem quarentão separado já pratiquei zofolia com uma amiga tou a procura de mulher que cura zofolia quem tenha local e dog p uma festinha chama no Wast [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Xoxota na xoxota [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Quero mulheres
Moro em Brasília
Entre em contato no meu email
Adoro uma bucetinha raspadinha!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Adoro um cuzinho também
Só mandar mensagem no meu email
Se.for de Brasília
Melhor ainda!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Mara disse:
Sou mulher de Curitiba sou louca pra fazer zoofilia se alguém tiver um cachorro e um lugar pra me iniciar entre em contato comigo. Imail prettacastro@gmail.com espero vcs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Mara disse:
Sou mulher de Curitiba sou louca pra fazer zoofilia se alguém tiver um cachorro e um lugar pra me iniciar entre em contato comigo. Imail prettacastro@gmail.com espero vcs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Virgem na pepekinha, cuzinho arrombado [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Procuro mulheres de Brasília
Sou um coroa
Mande zap no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei seu conto gostaria de fazer contato com você e outras mulheres que gostam de uma boa aventura 019.971.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Xoxota na xoxota [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Amanda Souza disse:
Oi.. sempre tive essa vontade de transar com uma mulher.. mas nunca tive uma oportunidade.. bem.. o nome do meu Facebook é: Amanda Souza..
Moro em Manaus /Am

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Sonja McDonell disse:
Eu sou Sonja McDonell, 23 anos, aeromoça da American Airlines com 13 cidades estrangeiras. O sexo anal é uma maneira especial de sexo e pode ser maravilhoso. Eu tive essa ideia, quando vi transexuais na internet e como eles fazem isso. Eu fiquei totalmente encantada quando vi algumas delas, que fizeram as meninas felizes em suas bundas.
sonjamcdonell@yahoo.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Um acidente de moto foi o culpado por eu dar para o meu filho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez foi com um homem mais velho - Menina Hentai [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

As calcinhas da minha mãe ficaram meladas de porra - Parte 1 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia