Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

O conto erótico está logo abaixo dos anúncios

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Como perdi minha virgindade


Facebook

Enviado por Vanessa Ninfetinha em 20/03/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Teens - Jovens | Visitas: 10866
Avaliação: [Votar]
4 Comentários [Comentar]

Oi a todos. Sou a Vanessa e gosto muito de ler contos e estórias de sexo. Por isso, decidi também contar um pouco das minhas experiências. Vou lhes contar como perdi minha virgindade. Em primeiro lugar, tenho 20 anos e sou do Rio de Janeiro. Sou morena clara, tenho 1,60 de altura, magra, seios grandes e minha bunda é um pouco pequena, mas redondinha e bonita. Meus cabelos são pretos, longos e lisos.

Esta estória aconteceu há uns quatro anos, quando eu ainda tinha meus 16 aninhos. Fui criada em uma família de nível econômico médio-alto, estudando em colégios caros e por isso, era mimada e muito inocente. Meus pais estavam de olho em mim o tempo todo, de forma que o máximo que eu conseguia era beijar um menino aqui e ali. Meu corpinho já era bem desenvolvido e eu já me masturbava bastante, lendo estórias de sexo e vendo coisas na internet.

Tão logo meus pais começaram a deixar que eu saísse com minhas amigas para as lojas e shoppings meu círculo de amizades foi se expandindo. Comecei a conhecer pessoas mais interessantes e em uma dessas oportunidades conheci o Paulo, um rapaz bonito, de 21 anos, alto, forte e muito bom de conversa.

Em nosso primeiro encontro não rolou nada mais que uns beijinhos na saída do shopping. Mas eu percebi que ele se interessou muito por mim e eu, claro, suspirava toda apaixonada. A magia de conhecer um cara mais velho que eu e tão bonito me deixou nas nuvens. Marcamos de nos encontrar novamente no final de semana seguinte.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

O segundo encontro com o Paulo foi ainda mais fascinante, conversamos muito e ele finalmente conseguiu me afastar das minhas amigas, me levando até seu carro no estacionamento. Me recusei a entrar e ficamos só encostados no carro. Mesmo assim acabei levando uma surra de beijos e abraços como nunca tinha acontecido antes. No fim dei a ele o número do meu celular para mantermos novos contatos.



A partir daí as coisas foram acontecendo em um rítmo muito acelerado. Começamos a nos falar pelo celular o tempo todo, conversávamos pela internet e passamos a nos encontrar com mais frequência, mas só beijos e abraços. Nada além disso. Mas eu estava ficando cada vez mais apaixonada e fui me envolvendo aos poucos. Logo começamos a falar de sexo, posições sexuais, estas coisas. As vezes ele até tirava fotos dele só de cueca e mandava para meu e-mail. Eu, claro, ficava muito curiosa e cheia de tesão.

Um dia ele me convenceu a mentir para meus pais. Eu disse que iria ao shopping com minhas amigas mas, chegando lá, elas entraram e eu acabei saindo com o Paulo, no carro dele.
- Onde estamos indo, amor? - perguntei preocupada quando percebi que ele estava saindo da cidade.
- Vou te levar a um lugar mais tranquilo para ficarmos um tempo juntos, só nós dois - disse ele colocando a mão na minha perna e fazendo uma leve massagem. Eu estava de calça. Mesmo assim, o toque da mão dele me deixou levemente arrepiada.

Me concentrei na música e procurei me relaxar. Logo ele saiu do alfasto e pegou uma estrada de terra. Andamos mais um pouco e ele parou em um local cheio de árvores e muitas sombras. Olhei ao redor e, notando que não havia movimentos nem de carro nem de pessoas, comecei a ficar inquieta.
- Por que parou aqui? Não quero ficar aqui! Por favor, me leve de volta! - pedi a ele, quase suplicando.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Calma! Não tem perigo. Eu conheço este lugar! Meu pai tem uma chácara aqui perto - disse ele me abraçando e tentando me acalmar.

À medida que eu ia me acalmando, ele deitou o banco do motorista um pouquinho e me puxou para cima dele. O espaço era pouco mas mesmo assim, após tirar minhas sandálias, consegui abrir minhas pernas e me ajeitar em cima dele. Imediatamente começamos a nos beijar e massagear os ombros e costas um do outro. O clima foi esquentando tanto que logo o Paulo estava com as mãos nas minhas costas, por dentro da minha blusa, tentando desabotoar meu sutiã.



- Nãoooooo! Não tire meu sutiã, por favor!! - pedi e ele concordou. Mas suas mãos escorreram das minhas costas para a minha bunda. Quando ele tocou minhas nádegas por cima da minha calça e as apertou levemente eu soltei um gemido de prazer e me soltei em cima dele, deixando que a boca dele ficasse bem em cima dos meus peitinhos. Ele aproveitou o momento e cheirou e esfregou a cara nos meus seios, ainda protegidos por minha blusa e meu sutiã. À esta altura eu já estava nas nuvens, sentindo uma onda de arrepios invadir todo o meu corpo.

Continuamos nos agarrando naquele pequeno espaço e logo suas mãos atrevidas apareceram novamente. Enquanto me beijava, suas mãos alcancaram o botão da minha calça e o abriram. O zíper foi o alvo seguinte. Eu já não conseguia pensar direito e deixei ele continuar. Em seguida mãos nas costas novamente, mas, desta vez, elas desceram mais rápido do que eu esperava. Em segundos ele estava com as duas mãos no meu bumbum, massageando minhas nádegas e brincando com a minha calcinha. Que loucura! Eu apenas gemia e gemia, me deliciando com tudo que ele estava fazendo.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Tira sua calça agora, tira? - ele pediu depois de me dar um longo beijo.
- Não! Eu nunca fiquei de calcinha na frente de um homem! Por favor! - disse eu aterrorizada. Eu sentia que deveria sair dali correndo, mas me faltavam forças. Eu definitivamente não sabia o que fazer.
- Não precisa ter medo! Não vou fazer nada com você! Só quero te ver de calcinha, vem - disse ele me colocando de volta no banco do passageiro e tirando minha calça. Os olhos dele brilharam quando me viu de calcinha, com uma de minhas mãos na frente, impedindo que ele visse o volume da minha bocetinha.

Nesse momento ele tirou a calça dele também, ficando só de cuecas. Me puxou e eu me sentei novamente em cima dele. Agora eu podia sentir o volume do seu pau crescer cada vez mais por baixo de sua cueca. E suas mãos atrevidas vieram de novo. Enquanto me beijava para me distrair, ele massageou minhas costas novamente e, nem me lembro como, senti meu sutiã se soltar. Eu estava completamente perdida e sem reação. Em poucos segundos ele já tinha tirado minha blusa, meu sutiã e agora estávamos os dois ali quase nus: ele somente de cueca e eu somente de calcinha.

- Ahhhhhhhh! Não faz issoooooo! Páraaaa! - gemi bem alto quando a boca dele veio parar em um de meus peitinhos. Começou a beijar e sugar os biquinhos já durinhos de tanto tesão. Em mais um movimento que eu não esperava, ele me levantou um pouquinho e desceu sua cueca, me deixando sentada em cima daquele pau grosso, longo e quente. O cacete dele pulsava debaixo da minha prexequinha ainda virgem. Com certeza a vontade do Paulo era arrancar minha calcinha logo e enterrar aquela pica monstruosa em mim.

- Paulo, por favor! Não quero fazer isso - eu disse em um dos momentos que ele me deixou recuperar o fôlego.
- Não quer fazer o que, minha gatinha? - disse ele sorrindo e me olhando bem olhos.
- Sou virgem ainda! Não posso fazer o que você quer - respondi pegando meu sutiã e minha blusa - deixa eu ir embora, por favor!
- Você não me ama? - perguntou ele, com os olhos suplicando.
Eu não disse nada. Apenas permaneci em silêncio, olhando para fora do carro, sem saber o que responder.

- Eu perguntei se você me ama porque eu não faço isso com qualquer garota. Estou tentando fazer com você porque te amo muito e sei dos meus sentimentos. Mas, se você ainda não sabe o que sente por mim, vamos embora ent...
Não deixei ele terminar a frase. Comecei a beijá-lo como louca. Apesar de muito esperta na escola, eu tinha acabado de cair em sua armadilha.
- Eu também te amo muito, Paulo - disse eu completamente confiante - E sei o que quero. Vem, faz o que quer fazer. Só peço que vá com cuidado e não me machuque.

Ele sorriu satisfeito e me ajeitou em cima dele novamente, agora sem calcinha. Sem saber o que fazer, comecei a rebolar meu corpo em cima do pau dele, esfregando os lábios da minha perereca naquela pica dura e quentinha. Ele me beijava todo carinhoso, com as mãos na minha cintura.
- Quero que você mesma enfie meu pau na sua bocetinha. Assim você pára se estiver doendo! Está bem? - disse ele me abraçando carinhosamente.
- Simmmmmm! Vou tentar! - disse eu colocando uma mão embaixo de mim e abrindo os lábios da minha boceta com meus dedos, gentilmente. Com a outra mão eu peguei o pau dele e procurei encaixar na minha entradinha.

Que ilusão! Aquilo não ia entrar de jeito nenhum. Forcei e forcei e a cabeça daquela pica enorme não encaixava.
- Passe um pouquinho de cuspe - disse ele calmamente.
Juntei cuspe na boca, transferi para a minha mão e passei na entrada da minha xoxota. Em seguida tentei encaixar a cabeça do pau novamente. Ouviu-se um "Ploc" e minha bocetinha parecia que ia pegar fogo. Gritei e gemi de dor, me deitando no peito do Paulo e o abraçando desesperada, procurando ajuda.
- Shhhhhh! Já entrou! Fique quieta que a dor passa - disse ele passando a mão nos meus cabelos e me beijando com muito carinho.

Fiquei parada em cima dele por um tempo, sem me mexer. Dentro de mim apenas a cabeça daquela pica indomável. Eu não sabia se ia doer mais se eu tentasse tirar ou deixar ele enfiar um pouco mais. Como era eu quem estava controlando, optei pela segunda opção. Comecei a soltar meu peso lentamente e senti os músculos da minha boceta se esticando, encaixando cada centímetro do membro do Paulo.
- Aiiiiiii! Dói muitoooooo, amor!!!! - disse eu quase chorando.
- Daqui a pouco passa, Vanessa! Deixa eu fazer um pouco agora - disse ele me deitando eu seu ombro e colocando as mãos por baixo da minha bunda.

- Ohhhhhhhhh! Ohhhhh! Não pára!!! Meu deus!!!! - comecei a gritar como uma louca quando as mãos do Paulo levantavam meu corpo e quase me soltavam no ar, fazendo com que eu descesse descontrolada em cima da sua pica, engolindo tudo, até o talo.
- Ahhhhhhh! Meteeee! Meteeee! - comecei a gemer cada vez mais alto. Eu já tinha gozado muitas vezes me masturbando. Mas aquilo era diferente. Era um calor intenso e invadia meu corpo por inteiro. Minha bocetinha recém desvirginada apertava e soltava aquela pica freneticamente. Nesse momento percebi que meu primeiro orgasmo com um homem estava chegando. E que orgasmo!

Depois que me acalmei ele me retirou de cima dele, me colocando novamente no banco do passageiro. Olhei para o pau que acabara de sair de dentro de mim e pude vê-lo todo molhado, cheio dos sucos da minha castigada perereca.
Sem dizer nada o Paulo desceu do carro e o contornou. Abriu a porta do lado do passageiro, me pegou pela cintura e me posicionou de quatro em cima do banco, com minha bundinha virada para o seu lado. Em seguida começou a beijar minhas costas e todo o meu bumbum, enquanto suas mãos massageavam minhas coxas e seus dedos começavam a explorar todos os meus buraquinhos.

- Uiiiiiiiii - soltei um gritinho quando senti a boca dele lambendo meu grelhinho e chupando os lados da boceta, por trás, enquanto eu me empinava todinha para o meu amor.
- Chupaaaa! Amor!!! Chupa!!! - aquilo me levava à loucura. O prazer que ele estava me proporcionando ia além do que imaginava. Eu já nem sabia mais quais eram os limites. De menina virgem e recatada eu percebi que tinha perdido toda a vergonha. Eu abria minha bunda com ambas as mãos, sem qualquer receio de me expor, de mostrar toda a minha xaninha para ele. A lingua dele agora estava alternando entre minha boceta e meu cuzinho fechadinho. Me entreguei toda ao prazer.

- Meu deusssssss! Que foi issooooo? - gemi quase sem fôlego quando aquele pau enorme me invadiu novamente, por trás, de uma só vez, me deixando completamente preechida. As mãos firmes do Paulo na minha cintura não me deixavam escapar de forma alguma e ele metia firme, sem dó, sem se preocupar se estava me machucando ou não. Me preparei para reclamar mas a descarga elétrica que me atingiu foi muito mais forte.
- Vou gozarrrr! Vou gozarrrrr! Vou gozarrrrrr! Ohhhhhhh! - gritei avisando e me desmanchei toda. Rebolei e rebolei naquela pica, até minha boceta ficar dolorida e o Paulo finalmente me soltar.

- Agora é minha vez - disse eu me sentando no banco do passageiro, com as pernas para fora e tendo ele de fora do carro, em pé, na minha frente. Peguei minha calcinha e a usei para limpar todo o líquido que a minha prexeca deixou no pau dele. Em seguida segurei a pica dele com minhas mãos macias e pequenas. Eu não tinha idéia do que fazer. Tentava a todo custo me lembrar de alguma cena de um vídeo ou alguma foto. Mas nada, deu branco na minha memória. Fiquei ali olhando para o pau dele, punhando levemente e pensando em algo.

- So coloque na sua boca, por favor! - disse o Paulo gemendo entre os dentes. Abri os lábios levemente e comecei a beijar a cabeça da pica dele e a massagear suas bolas com umas das mãos. Eu queria muito dar prazer a ele mas não sabia como. E essa minha inexperiência o estava deixando louco. Em um piscar de olhos ele enrolou meus cabelos em uma de suas mãos até me segurar pela nuca. Fiquei imobilizada e um pouco assustada. Abri a boca para protestar e fui impedida. Ele começou a enfiar seu pau bem fundo na minha boca, quase chegando à minha garganta.

- Vou gozarrrrr! Vou gozarrrrrr! - o corpo dele começou a tremer todo enquanto ele me chamava de uns nomes que não me lembro. Sem reação eu apenas o olhava nos olhos, me sentindo feliz em perceber o prazer que ele estava sentindo. Minha mente viajou, tentando imaginar quanto tempo nós já estávamos ali e se minhas amigas já tinham voltado para casa sem mim. Fui acordada subitamente por uma rajada de esperma na cara. Jatos de pôrra quente atingiram meu rosto, boca, olhos e cabelos. Eu comecei a rir descontrolada enquanto o Paulo esfregava a cabeça do pau nos meus lábios, deixando um rastro de sêmen por onde passava.

- Meu deus!!! Minha mãe vai me matar, Paulo - falei desesperada quando peguei meu celular e verifiquei as horas. Nos vestimos rapidamente, entramos no carro e saímos em disparada. No caminho paramos em um posto para eu lavar meu rosto e tirar um pouco da pôrra que tinha ido parar nos meus cabelos. Por sorte chegamos no shopping à tempo de eu encontrar minhas amigas e irmos embora juntas.

- Vanessa, você está cheirando a sexo e esperma! Que diacho é isso? Sai de perto da gente! - diziam minhas amigas quando estávamos pegando um taxi para irmos para casa.
- É sério? - perguntei.
- Sim - disse uma delas - se eu fosse você não iria para casa assim. Sua mãe e seu pai vão desconfiar assim que você entrar.
E então minha amiga ligou na minha casa, avisou que eu tinha passado mal e que ia parar um pouco na casa dela. Já na casa dela eu tomei um banho demorado, lavei minhas roupas e vesti uma das suas (mais tarde eu disse à minha mãe que eu tinha vomitado e sujado minha blusa e calça). Dessa forma tudo acabou bem. Depois da minha iniciação sexual eu tive vários outros encontros com o Paulo, mas isso é assunto para as minhas próximas estórias.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Você gostou do conto erótico que acabou de ler? Faça uma doação de qualquer quantia e me ajude a manter este site no ar, pois estou tendo dificuldades em arcar com todas as despesas. Clique aqui e saiba como fazer sua doação. Ficarei eternamente grata pela sua constribuição.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Facebook

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: claudiosorocabasp
E-Mail: claudiosorocaba@bol.com.br
Data: 14/12/2015
Moro em sorocaba, ótimo nível sócio econômico cultural, educado, cheiroso, pele clara, cabelos pretos olhos castanhos claros, corpo musculoso, rosto bonito, experiente em seduzir mulher casada.Tenho local seguro e discreto para encontros mas posso ir até vcs.
Meu e mail é claudiosorocaba@bol.com.br
Adoro beijos demorados longas preliminares, demoradas penetrações para te deixar saciada.Vem gozar gostoso

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: elias
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 05/01/2016
[somente e-mail permitido agora] , meu zap, novinhas de sao paulo que quiserem um pauzao lhes comendo e fudendo bem gostoso é so me chamarem , moreno insaciavel de sao paulo , 39 anos , super ativo , venha gozar na minha pica

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Régis
E-Mail: regisdoqueijo33@gmail.com
Data: 20/01/2016
A todas q quiserem gozar muito zap 77.99199.6363

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 25/04/2016
Chama no zap [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Bate-Papo Estórias de Sexo

Últimos Comentários dos Leitores

Muito excitada e com meu irmão dormindo do meu lado. Não resisti e dei pra ele [Ver Vídeo Pornô]
João Lucas disse:
Nossa, muito excitante esse conto, lendo esses contos de incesto, fico ainda mais louco de vontade de foder minha irmã, sou louco de tesão por ela, nunca tive coragem de tentar alguma coisa com ela, pois não sei qual seria sua reação, mas um dia ainda tentarei
Quero muito foder aquela bucetinha gostosa ki ela tem
Se alguém curti incesto e quiser conversar, entra em contato

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui a tia que ele sonhou - Parte IV [Ver Vídeo Pornô]
Eduardo 12 disse:
A minha mãe ela é muito linda e gostosa tenho uma vontade de fuder ela ela é muito linda e gostosa já tenho 16 cm ela gosta de me beijar brincando com comigo me beijar e me abraçar passa a noite toda pegando na minha pica depois ela fica lambendo e chupando adoro quando ela brinca com a minha pica eu gozo na mão dela az.sp. ad. Sousa@gMail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Paulo Mineiro disse:
Sou um coroão dotado mesmo e adoro as mulhers safadas e taradas. trinta e hum,nove,oitenta e oito,noventa e nove,vinte e dois,dez.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Muito excitada e com meu irmão dormindo do meu lado. Não resisti e dei pra ele [Ver Vídeo Pornô]
robertoestremeira disse:
as novinhas e maduras que rem um cara ativo e dotado de sao paulo , vamos gozar ,muito me chamar no email ou zap (nove,oito.tres.dois.seis-seis.seis.um.um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A Carla e seu marido me fuderam bem gostoso [Ver Vídeo Pornô]
Lene disse:
Amei o conto eu e meu marido somos loucos pra fazer isso somos de salvador alguma gostosa ai teriia vontande de participar é só entra em contato bjs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Amarrada e comida aos 16 anos [Ver Vídeo Pornô]
Flavinha disse:
Olá que um homem ou mulher de Sp que me só pra chupar minha buseta bem gostoso

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Safado Dotado disse:
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats novo (quatro, sete, nove, dois, um, dois,meia, quatro, um, um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meti a rola na minha cunhadinha [Ver Vídeo Pornô]
Dotado disse:
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats novo (quatro, sete, nove, dois, um, dois,meia, quatro, um, um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Cunhadinha curiosa [Ver Vídeo Pornô]
Dotado Safado disse:
Interessante adoro essas fantasias... mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats (quatro, sete) nove, dois, um, dois, meia, quatro, um, um

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Interessante adoro essas fantasias... mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats (quatro, sete) nove, dois, um, dois, meia, quatro, um, um

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Amarrada e comida aos 16 anos [Ver Vídeo Pornô]
Claudinho disse:
Olá Rafaela
Gostaria de saber mais sobre você
Manda mensagem no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Kelly disse:
Oi Bruna meu nome é Kelly hoje tenho 22 anos e me identifiquei muito com você, pois acho que temos vários pontos em comum em matéria de sexo, perdi a minha virgindade cedo quando tinha 15 anos, adoro fazer sexo anal e também já tive uma experiência dessas quando estava no quarto semestre da faculdade de Biologia transei com um colega no banheiro feminino da minha faculdade, foi uma experiência incomum e muito excitante, também me acho muito fogosa, adorei o seu conto, com muitos detalhes e bem excitante o único senão que eu tenho é com relação ao Sr. Alberto acho que ele não deveria ter contado para ninguém o que aconteceu entre vocês dois. Quanto a você dar uma chance para seu professor, se você acha que ele é confiável e vai manter em sigilo tudo o que acontecer entre vocês dois não vejo porque não dar uma chance para ele, se você quiser escrever para mim ficarei muito feliz em ouvir a suas estórias e contar as minhas, boa sorte. Beijos

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia