Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quer dar sua buceta para homens safados e pauzudos aí na sua cidade? Faça sexo sem compromisso com milhares de homens cadastrados. Quer trair seu esposo ou namorado? Basta acessar nosso site.

Ajudei a trocar um pneu e fui recompensado com sexo


Enviado por Professor Bem Dotado em 23/03/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Jovens X Mais Velhos | Visitas: 22090
Avaliação: [Votar]
4 Comentários [Comentar]

A estória que vou lhes contar aconteceu há aproximadamente um ano. Foi um daqueles dias de sorte que a pessoa tem apenas uma vez na vida. E realmente aconteceu. E foi comigo. Meu nome é Igor e tenho 20 anos. Mas, vamos à estória.

Como eu sempre fazia, me levantei bem cedo, por volta das 05:30hs da manhã, tomei um banho e me preparei para ir ao trabalho. Embora eu possua veículo, sempre considerei mais seguro e econômico ir ao trabalho de ônibus. Assim, após me arrumar, peguei minha mochila e comecei minha caminhada até o ponto de ônibus, que ficava umas três quadras de onde eu morava. Ia ser mais um dia igual aos outros, pensei. Mas eu estava enganado.

Já estava quase chegando ao ponto de ônibus quando avistei uma mulher olhando desapontada para a frente de seu carro. Percebi que ela dava voltas no carro e olhava para a rua, esperando que algum outro carro parasse. Fiquei curioso, me aproximei e vi então o problema: o pneu de seu carro estava completamente vazio.

Mas, o que mais me excitou for perceber que eu já a conhecia de vista. Era uma mulher linda, loira e muito gostosa, que morava no bairro. Eu já tinha visto ela muitas vezes, sozinha e as vezes acompanhada de um homem, que eu imaginava ser seu esposo, embora eu não esperava que ela fosse se lembrar de mim.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Está furado? - perguntei a ela, como se não fosse óbvio.
- Sim, está - respondeu ela - peguei o carro agora de manhã e nem percebi que este pneu já estava um pouco murcho. Mas acabou ficando assim depois que andei uns 200 metros.



- Se precisar de ajuda... - Me ofereci querendo parecer gentil.
- Você sabe trocar o pneu? - perguntou ela com um sorriso, eu diria, de esperança.
- Sei - respondi - Se a senhora quiser, eu posso trocá-lo.
- Ah! Que bom! Eu já estava desesperada - respondeu ela aliviada - Mas, por favor, me chame de Juliana.

Foi quase um choque o que senti por todo o meu corpo! Aquela mulher, loiraça de uns 35 anos, uma das mais gostosas do bairro, estava me pedindo para chamá-la pelo nome! De imediato uma ereção das mais potentes começou a se desenvolver dentro de minha calça.
- Onde estão as ferramentas do carro? - perguntei com o ar mais natural que pude.
Sem nada dizer, ela aproximou-se da tampa da mala do carro, apertou um controle e ela se abriu.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Estão aqui! - disse.

Me proximei e lá estavam o estepe, a chave de roda e o macaco. Tirei tudo para fora e comecei a trocar o penu furado. Ela ficou do meu lado, em pé, observando. De vez em quando eu desviava meus olhos para dar uma bela olhada naquelas pernas maravilhosas. Ela vestia uma saia muito curta, que mostrava boa parte das suas coxas também.
- Oba!!! - pensei para mim mesmo, agradecendo minha sorte, quando ela se agachou do meu lado e perguntou se eu precisava de ajuda.




Eu não precisava de nada naquele momento. Sua saia subiu de tal forma que revelou tudo o que havia para se mostrar: o resto de suas coxas e sua calcinha. Meu tesão foi nas alturas e fiquei observando aquela maravilha o tempo todo, enquanto terminava de apertar o pneu em seu lugar. Meu pênis já estava muito duro e parecia querer explodir.
- Pronto, terminei! - eu disse finalmente, ficando em pé.
- Oh! Muito obrigada! - disse ela - Você me ajudou muito. Meu marido está viajando e eu não tinha para quem ligar. Vamos subir pra você lavar as mãos. Eu moro bem ali - disse ela apontando o dedo para uma casa bem próxima.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Não, não precisa se preocupar! - respondi - Estou indo para o trabalho. Eu lavo lá mesmo.

- Nem pense nisso! Não pode ir para o trabalho desse jeito. Suas mãos estão muito sujas. Entre aí e vamos à minha casa. Quero aproveitar e trocar de roupa. Acabei ficando um pouco suada também - disse ela entrando no carro sem me dar nenhuma chance de recusar.
Meu coração deu um pulo quando me sentei em seu carro. Uma loira gostosa daquelas me convidando para ir até sua casa. De repente percebi que tremia igual a vara verde. E estava muito excitado, com minha pica se envergando toda dentro da minha calça.

Pouco depois ela entrou com seu carro na garagem de sua casa, descemos e entramos. Ela então me levou até um dos banheiros, onde lavei minhas mãos tranquilamente.
- Acho que já posso ir embora - disse eu quando voltei à sala onde ela me esperava.
- Está com pressa mesmo? - perguntou ela com um enorme sorriso nos lábios.
Só então reparei que ela tinha trocado de roupa. A roupa de trabalho tinha sido trocada por uma blusinha semi-transparente, mostrando seu sutiã e um short bem curtinho. Olhei para seus enormes seios e comecei a ficar tonto. Que visão deliciosa. Seus peitos pareciam querer saltar para fora daquela blusinha apertada.

Movi os olhos para longe dos seios dela e ameacei caminhar até a porta.
- Espera mais um pouco! - disse ela se aproximando de mim.
Naquele momento eu senti que algo importante iria acontecer.
- Acho que chegou a minha vez de resolver o seu problema - disse ela com um ar meigo e sorridente.
- O meu problema? Não entendi - respondi surpreso.
- Sim! Esse problema aí - disse ela, agora com voz sensual, chegando mais perto de mim e apontando o volume enorme por cima da minha calça.

Parecia que eu estava sonhando quando senti sua mão macia agarrar e apertar meu pau, por cima da minha calça. Lembro-me que levei um susto com aquela investida repentina.
- Não gosta? - perguntou ela, massageando delicamente o meu grosso membro.
- Sim, mas...
- Shhhhhh! Não fala nada! - disse ela, colocando um dedo sobre meus lábios, para que eu me calasse.
Eu não disse mais nada. Me limitei a apreciar aquela sensação gostosa e seu cheiro maravilhoso de perfume caro, dando um nó na minha cabeça.

- Quero transar com você! Me fode bem gostoso! - disse ela, quase sussurrando no meu ouvido.
Fiquei uns segundos sem reação, pensando, para ver se eu tinha entendido bem. Minha dúvida se foi quando ela começou a desabotoar o meu cinto e minhas calças. Então puxou tudo para baixo, junto com minha cueca. Minha pica saltou para fora em um alívio total.
- Uau!! Isso tudo é seu? - ela perguntou espantada, sem tirar os olhos do meu cacete, completamene ereto - Você tem um pau muito bonito, bem duro, e é muito grosso também - ela falava calmamente, passando seus dedos em toda a espessura do meu membro.

Fiquei parado ouvindo ela dizer tudo aquilo e me deliciando com suas mãos macias, me tocando. É sempre bom ouvir elogios em relação ao meu mastro. Mas receber elogios daquela loira linda e gostosa era demais pra mim.
- Vem cá! Deite-se aqui no chão! - pediu ela apontando para um carpete bem macio que ficava logo em frente à sua TV.
Obedeci de imediato. Me deitei de barriga para cima, com minha pica apontando para o teto e a observei atentamente. Ela ficou em pé, me olhando por um tempo e, em seguida, começou a tirar seu short e sua calcinha. Senti um calafrio percorrer minha espinha quando sua calcinha começou a revelar aquela boceta linda, com seus pêlos levemente aparados. "Não acredito que vou foder essa deusa!", pensei me preparando para a foda mais gostosa da minha vida.

Ela observou minha cara de prazer por alguns segundos e então colocou uma perna de cada lado do meu corpo. Foi se abaixando lentando, ficando de cócoras e com as mãos no meu peito. Sua boceta começou a roçar meu pênis levemente, só encostando.
- Gosto muito de acariciar um caralho com minha boceta, sabia? - disse ela com a voz rouca e cheia de tesão.
Eu estava nas nuvens, me esforçando o máximo para olhar por baixo do seu corpo e ver aquela xoxota maravilhosa roçando meu pau. Ela encostava a boceta na cabeça da minha pica e rebolava delicadamente, gemendo e sorrindo ao mesmo tempo.

- Ohhhhh! Você é ótima nisso, Juliana - disse eu entre gemidos.
- Está gostando? - perguntou ela, parecendo satisfeita com o meu comentário e roçando meu pau ainda mais.
- Sim! Estou morrendo de tesão! - respondi.
- Você vai gostar ainda mais! - respondeu ela.
Ela então ergueu o corpo um pouco e enfiou a mão por debaixo, segurando meu pênis e posicionando-o na entrada da sua xoxota, já muito molhada.

- Ahhhhhhhhhhh! Que gostosooooooooo! - ela gemeu quando sua boceta começou a engolir minha pica, lentamente, ficando completamente entalada - Como é bom sentir as paredes da minha vagina sendo alargadas por um pau grosso como o seu!
Eu, nesse momento, estava delirando com os movimentos suaves dela, me cavalgando. Seus cabelos cheirosos, jogados de um lado, balançavam e tocavam meu rosto, adicionando ainda mais prazer àquela situação.
- Há muito tempo que não tenho uma pica com a sua dentro de mim! - disse ela, aumentando um pouco o rítmo dos seus movimentos, para cima e para baixo - Na verdade, eu não sinto uma pica dentro de mim há quase trinta dias.

Eu estava cada vez mais admirado. Aquela mulher, que parecia tão fina e séria quando eu a via, estava agora se comportando como uma putinha, desbocada e safada. E eu estava gostando muito.
- Fode! Fode! Me come, seu gostosinhooooooo! - dizia ela gemendo como uma louca.
Coloquei as mãos em sua bunda e comecei a movimentar meu corpo, de encontro ao dela, fazendo-a "quicar" no meu caceta cada vez mais rápido. Meu prazer era enorme e eu sabia que não demoraria muito a gozar.
- Ohhhhh, Juliana! Dá essa boceta pra mim! Dá!!! - eu falava em pleno êxtase.
- Isso, filho! Fode!! Fode bem gostoso!!! - ela disse - Goza dentro da minha bocetinha!

Os seios enormes dela dançavam dentro de sua blusa e sutiã bem na frente dos meus olhos, enquanto eu metia cada vez mais fundo em sua boceta. Sentindo uma vontade louca de agarrá-los, eu estendi meus braços e os segurei. Que macios. Ela percebeu meu movimento e liberou as alças de sua blusinha, abrindo seu sutiã em seguida. Imediamente aqueles peitos maravilhosos vieram para fora. Comecei a massageá-los e logo os alcancei com a minha boca, beijando e mamando os biquinhos durinhos. Senti uma enorme onda de prazer a partir dos meus testículos.

- Ohhhhhh, querido!!! Chupa!! Chupa esses peitões!! - dizia ela rebolando sua pélvis em cima de mim - Chupa meus seios enquanto me fode com essa pica gostosa.
Nessa altura eu já estava completamente desinibido. Levantei meu corpo um pouco e procurei a boca dela com a minha. Enquanto ela subia e descia no meu cacete eu beijava aqueles lábios macios e enfiava minha lingua bem fundo em sua boca. E ela correspondia loucamente.

- Vou gozarrr! Ohhhhhh! Vou gozarrrrrr! - comecei a gemer com a boca dela na minha, abafando meus gemidos.
- Gozaaaa, meninooooo! Goza dento de mim! - ela dizia com a voz trêmula e cheia de tesão - Enche minha boceta de pôrra! Enche!!!!
Fiz o que ela pediu. Me agarrei a ela com vontade e meti cada vez mais rápido, sentindo meu pênis deslizar em sua boceta molhadinha e escorregadia.
- Fodeeee! Fode sua putaaa! - gritava ela desesperada - Vou gozar também!!!!
Ela começou a rebolar mais e mais gostoso, jogando sua boceta contra minha pica. Mas, para minha infelicidade, não consegui esperar.

- Ohhhh! Pôrra quentinha na minha boceta! Que delícia, menino! - disse ela me beijando suavemente, enquanto eu disparava jatos de esperma bem no fundo da sua xoxota.
- Me desculpe! Estava com muito tesão e não consegui me aguentar - tentei me justificar ao perceber a expressão de desconsolo que estava no rosto daquela mulher linda e fascinante. Que filho da puta eu fui ao não deixar ela atingir o orgasmo que ela tanto precisava.

- Tudo bem! - ela tentou me tranquilizar - Na próxima vez eu tenho certeza que você será mais compreensivo comigo - concluiu ela sorrindo da minha cara de preocupação.
- Na próxima vez eu prometo que chupo sua boceta até você gozar! - disse eu não conseguindo esconder minha felicidade ao saber que aquela loirona gostosa ia dar sua prexeca pra mim outra vez.
Ela arregalou seus olhos, como se estivesse espantada.
- O que você disse? - perguntou ela surpreendida - Você seria capaz de chupar minha boceta?

- Claro que sim! Com uma mulher bonita como você eu faço tudo e mais um pouco - respondi sorrindo.
- Meu deus! Não acredito! - me falava com os olhos brilhando de emoção - Há tanto tempo que não sinto uma boca na minha boceta! Meu marido odeia sexo oral.
Pela alegria que ela demonstrava eu fiquei pensativo. Que sorte a minha! Aquela mulher não era do tipo que pulava a cerca com frequencia. E se resolveu dar uma puladinha de cerca naquele dia, é porque o negócio estava feio mesmo. Que marido mais desatento. Como um homem pode deixar uma beleza daquelas sozinha em casa, sem pica e sem sexo oral?

- Vem cá, vem! - disse ela se levantando, me agarrando pela mão e me arrastando até o quarto. Me empurrou na cama dela e me beijou apaixonadamente.
- Me espera um pouco! - disse ela entrando no banheiro do quarto - Não fuja, menino! Hoje você é meu! - completou sorrindo.
Fiquei em silêncio, ouvindo os ruídos que vinham do banheiro. Pude ouvir o barulho característico de uma mulher fazendo xixi, a descarga e logo em seguida o barulho do chuveiro. Ela estava tomando um banho, pra ficar bem cheirosa pra mim. Como alguém pode pensar em fugir de uma situação gostosa como essa?

- Você gostou de mim, Igor? - perguntou ela entrando no quarto novamente, se enxugando e exibindo seu corpo delicioso.
Meus olhos quase saltaram das órbitas. As pernas, as coxas, a boceta bem desenhada, a barriga bem malhada e seus seios... Ah! Que beleza de seios!
- A senhora é maravilhosa! - respondi com os olhos fixos em seu enorme par de têtas.
- Vamos combinar o seguinte, meu amor! - disse ela se deitando em cima de mim e me beijando - Sou a Juliana, lembra-se? E quero que me trate por este nome. Não me chame de senhora, está bem?

Eu disse que sim com a cabeça. Em seguida a deitei de barriga para cima em sua cama, abri suas pernas um pouco, beijei seus seios, barriga e umbigo e desci ao encontro de sua púbis. Rocei meu rosto com carinho nos pêlos semi-raspados logo acima da sua boceta. Seu corpo tremia a cada contato da minha lingua em sua pele.
- Ohhhhh, meu amor! Que gostosooooo! - gemia ela baixinho, enquanto pousei a mão no meio de suas coxas, depois em suas virilhas e finalmente fiz uma massagem circular nos grandes lábios. Com habilidade usei meus dedos para abrir os grandes lábios de sua xoxota e encontrei seu clitóris, o qual esfeguei levemente.

- Uhhhhhhh! Você sabe mesmo dar prazer a uma mulher, menino gostoso! - disse ela com satisfação.
- Tenho alguma prática! - respondi com um sorriso.
- Você tem é muita prática! É o amante perfeito! - disse ela, colocando uma mão na minha nuca e me puxando, forçando meu rosto na direção do seu. Sua lingua entrou na minha boca em desespero total, explorando todo o seu interior. Não pensei duas vezes e retribui seus beijos, com a mesma vontade, mas sem deixar de tocar seu clitóris, tentando deixá-la cada vez mais excitada.

- Ohhhh! Enfia seus dedos na minha prexeca! Enfiaaa! - ela gemeu cheia de vontade.
- Sim! - respondi - Mas o que eu quero mesmo é chupar você todinha, sua safada!
Ela parou de me beijar imediatamente e ficou me olhando, bem no fundo dos meus olhos, com uma expressão séria. Nesse momento eu fiquei com receio que ela tivesse se ofendido por eu tê-la chamado de "safada".
- Sim! Eu sou mesmo uma safada, meu gostoso! - disse ela voltando a sorrir - E hoje eu quero fazer tudo que tenho direito. Amanhã eu penso nas consequencias.
Após dizer isso ela voltou a abrir suas pernas, ajeitando sua cabeça em um travesseiro.
- Chupa essa boceta! É todinha sua hoje! - disse finalmente.

Me deitei entre as pernas dela, beijei suas pernas e coxas, e então dei um longo beijo em sua xoxota toda lambuzada.
- Ohhhhh! Não pára!!!! - ela gemeu quando minha lingua começou a percorrer sua boceta, de baixo para cima, pincelando seu grelo já muito duro e inchado. Depois me concentrei na entrada da sua xoxota, enfiando a ponta da minha lingua o mais fundo possível e apreciando o gosto incrível de seu líquido vaginal.

Percebi que ela estava no seu limite. Subi em cima dela e enterrei meu pênis em sua boceta escorregadia e macia, de uma só vez. Não houve qualquer resistência.
- Ohhhhhhh! Que pau gostosoooo! Me fode, menino! Me fode com sua pica! - dizia ela delirando de prazer.
A linguagem que ela usava me dava muito prazer. Uma mulher recatada e séria como ela, gemendo e falando palavrões ao sentir minha vara atolada em sua prexeca. Aquela era a minha primeira foda com uma mulher bem mais velha que eu. Isso fez com que eu me sentisse ainda mais energizado.

- Ohhhhhh! Vou gozarrrr, querido! Me dá essa picaaa! Ahhhhh! - ela avisou e me abraçou bem apertado, entrelaçando suas pernas ao redor da minha cintura. Sua boceta começou a sugar meu pau de forma incrível e logo percebi que não ia aguentar muito tempo também. Comecei a bombar bem fundo e com uma velocidade maior.
- Ohhh! Que delícia!!!! Estou gozan... - ela interrrompeu o que falava e gritou loucamente, cravando suas unhas nas minhas costas. Com a sensação de dever cumprido eu dei mais umas duas estocadas e também alcancei meu orgasmo.

- Gozaaa, meu menino! Gozaaa! Você merece! Me dá leitinho quentinho, dá! - ela falava no meu ouvido quando jatos de pôrra quente foram despejados dentro de sua boceta pela segunda vez naquela manhã.
Dei um último gemido de prazer e caí sem forças em cima dela.

- Meu Deus! Olha a hora! Minha empregada já está chegando! - exclamos ela subitamente.
Depois do enorme esforço que fizemos, acabamos adormecendo, quase imediatamente, em cima de sua cama. Acordei assustado. Rapidamente nos levantamos, tomamos um banho e saímos apressados para nossos empregos. Para nossa sorte a empregada dela, que começava a trabalhar por volta das 10:00hs da manhã não nos pegou. Foi por pouco mesmo.

Depois daquela manhã, eu e a Juliana voltamos a nos encontrar várias outras vezes. O esquema era bem simples. Ela tinha anotado o número de meu celular (com o nome de uma mulher, é claro) e me ligava sempre que o esposo dela viajava e a empregada não estava. A única condição que ela impôs, foi a de eu nunca lhe telefonar. E assim eu fiz. Foram muitas e muitas fodas com aquela loira maravilhosa e sedenta de sexo.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Gozador
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 10/03/2016
Estou a procura de mulheres casadas ou solteiras para sexo bem gostoso que residam em São Paulo (capital).
Posso receber na minha casa em horário combinado.
Whatsapp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Sarali
E-Mail: Anonima
Data: 23/09/2017
Adorei!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 23/09/2017
Busco relacionamento sério com moças que já praticaram incesto, mulheres que aceitem a ideia de ter filhos para incesto. Chama no Whats: 015.98182.1498

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Carlos
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 29/09/2017
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.98182.1498

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Novinha mostrou o cuzinho
Gatinha com sede de pica tira o short e a calcinha e faz um vídeo mostrando a bucetinha e o cuzinho todo depilado
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

O segredo da minha amiga Beatriz [Conto Erótico de Lésbicas] [Ver Vídeo Pornô]
Morena gostosa disse:
Adorei tenho tanta vontade de viver algo assim, só falta a oportunidade

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
Carlos disse:
Olá meninas chamem no email vamos conversar muita putaria

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
candial disse:
Como eu com meu 21x17 gostaria de comer um cuzinho desse basta dizer sim

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu marido virou corno [Ver Vídeo Pornô]
Geraldo disse:
Sou da zona sul de são Paulo gostaria de fazer amizade com algem da região do Grajaú santo Amaro que tem um pau grande para transa com minha me fazer de corno

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fodendo com meus amigos (e com o meu irmão) - Parte 1 [Ver Vídeo Pornô]
Diogo disse:
Olá muito bom seu conto estou esperando o final, eu também passei por uma experiência parecida quando vi minha irmã e meu cunhado, (e depois transamos eu minha irmã, meu cunhado e a irmã dele) tentei contar essa estória aqui mas não foi publicada, se você quiser saber como foi veja no site "clímax contos eróticos" procure pelo autor Diogodioguito... bjs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Dotado Safado disse:
Ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (19,92.33.27.98)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
luix disse:
eu esperei bastante pra ver o final dessa estoria gostei muito e teve um final feliz pro dois

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
barbara disse:
Olá meu nome é barbara sou estudante universitária . Amo ler contos amo viajar e viver aventuras , sou totalmente submissa.amo homens mais velhos .Se alguém quiser conversar ou até mesmo marcar algo. Mandem email q passo meu Whatts bijus.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
barbara disse:
Olá meu nome é barbara sou estudante universitária . Amo ler contos amo viajar e viver aventuras , sou totalmente submissa.amo homens mais velhos .Se alguém quiser conversar ou até mesmo marcar algo. Mandem email q passo meu Whatts bijus.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O namorado da minha amiga arrombou o meu cuzinho [Ver Vídeo Pornô]
Santiago disse:
Adorei eu tambem adoro comer um Rabo e sou um Negão de pura safadeza adoroo uma boa safadeza pra essas deliciosas que adoram uma safadeza meu e-mail Pretinhocharmoso@yahoo.com.br meu zap [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Flagrei minha esposa dando para o meu irmão [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei esse conto gostaria de participar mulheres queira contato vamos fazer amizade 019 9.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei seu conto gostaria de contato com mulheres que gostam de fazer amizade para poder falar de tudo que é gostoso 019 9.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
Gilson hostin disse:
Adorei tambem gosto de comer cu de mulher mas minha esposa n gosta

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
jonathan disse:
Otimos contos os seus parabéns....espero que não pare de postar kkkk

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O marido da minha amiga [Ver Vídeo Pornô]
Thiago disse:
Gostei do conto muito excitante
Você é bem safada quero comer sua buceta
Me chama no zap ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Tracei o marido da minha filha [Ver Vídeo Pornô]
Thiago disse:
Adorei seu conto fiquei com tesão
Quero comer sua buceta em gata

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
Pedro disse:
Boa tarde Barbara, me passa seu contato no pedro.geromel.balbuena@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia