Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quer dar sua buceta para homens safados e pauzudos aí na sua cidade? Faça sexo sem compromisso com milhares de homens cadastrados. Quer trair seu esposo ou namorado? Basta acessar nosso site.

Minha sobrinha universitária


Enviado por Tesudão Goiano em 09/11/2017
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Incesto | Visitas: 38204
Avaliação: [Votar]
16 Comentários [Comentar]

Minha sobrinha Raianny morava em uma pequena cidade do interior de Mato Grosso, uma cidade na qual todos se conhecem e que raramente acontece algo de interessante. É claro que há as festas típicas e coisas assim. Mas tirando isso, a cidadezinha é muito parada.

Quando completou 18 anos, minha sobrinha decidiu que queria fazer faculdade e seus pais concordaram. E a faculdade que ela escolheu era aqui em Goiânia, no estado de Goiás. Minha cunhada, esposa do meu irmão, me perguntou se eu deixaria a Raianny ficar no meu apartamento durante uns meses, até que eles finalizassem a papelada para que ela ficasse em uma casa de estudantes.

Não vi outra solução a não ser aceitar. Já fazia dois anos que eu tinha me divorciado e cheguei a conclusão de que um pouco de companhia nao me faria mal, já que minha ex-mulher tinha se mudado para outro estado e meus filhos não me visitavam com frequência.

Eu não via a Raianny pessoalmente há 10 anos ou mais, nem mesmo por fotos na Internet. E as poucas fotos que eu vi ainda eram da época que ela era bem novinha. Eu me recordava dela com a pele branquinha, loirinha, devido à descêndencia alemã de sua mãe, e olhos azuis. Depois que eles se mudaram para o Mato Grosso eu nunca mais os visitei.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quando fui buscar minha sobrinha no aeroporto eu não a reconheci. Diante de mim estava uma "adolescente" muito desenvolvida. Ela era baixinha e com os quadris largos, e uns seios demasiadamente grandes para a sua idade. Seus cabelos continuavam loiros e ondulados. Em resumo, a Raianny estava uma princesinha.



- Olá, Raianny... seja bem-vinda a Goiânia!
- Oi, tio... obrigada!
- Como foi o vôo?
- Horrível... nossaaaa... primeira vez que ando de avião... quase desmaiei de tanto medo! - ela falou e me deu um sorriso sem graça.

- E a sua bagagem?... onde está?
- Não consegui pegar... falei com uma mulher e ela falou que vai ver onde foi parar... tomara que não tenha sumido... não tenho quase nada de roupa nessa bolsa! - ela me falou e mostrou a pequena bolsa que ela trazia a tiracolo.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Venha... vamos beber um suco enquanto esperamos! - falei e ela balançou a cabeça concordando.

Fomos para a lanchonete e, depois de pedirmos os sucos, aproveitei para iniciar um conversa com ela.
- Então, Raianny... como estão as coisas?... nervosa por estar começando a faculdade?



- Sim, tio... na verdade... estou muito nervosa mesmo!

Enquanto conversávamos eu percebi que ela era muito tímida, e quando me falava alguma coisa, ela mal olhava em meu rosto. Além disso, ela às vezes ficava vermelha de vergonha, o que me pareceu estranho, já que, em geral, meninas bonitas como ela costumam ter mais confiança em si mesmas.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Mas é isso, Raianny... não há razão para ficar tão preocupada... você vai ver como tudo vai dar certo... essa etapa da vida na faculdade é algo que a gente nunca mais esquece! - falei para tranquilizá-la.
- Tomara, tio! - ela me disse e percebi que minha sobrinha já estava mais animada e solta.

Chegamos ao meu apartamento já bem escuro e debaixo de uma forte chuva. Além de não termos conseguido pegar a bagagem da Raianny eu ainda tive que me envolver em uma discussão inútil com a gerente do departamento responsável. Minha sobrinha estava muito triste e preocupada por causa disso. Pois isso decidi animá-la e assei uma pizza pra gente comer.

Quando terminamos o jantar a Raianny já não parecia mais tão tímida como ela estava no aeroporto. Ela já sorria e contava coisas engraçadas que tinham acontecido com ela nos últimos anos.
- Tio... eu agora queria tomar um banho pra tirar esse cansaço... o problema é que estou completamente sem roupas... só tenho calcinha aqui na bolsa!

- Não se preocupe... te empresto algo para vestir... não precisa se preocupar comigo... pode ficar bem à vontade, Raianny... como se estivesse na sua casa! - falei e ela me agradeceu com um sorriso. Em seguida fui até o meu quarto e voltei com uma toalha, uma camiseta e uma bermuda.

Enquanto ela foi tomar banho no banheiro do quarto de hóspedes eu me dirigi ao meu quarto para tomar uma ducha também. Que loucura! Durante o meu banho eu não parei de pensar no quanto a minha sobrinha estava crescida e desenvolvida.

De repente meu pau ficou duro igual uma barra de ferro. O tesão foi tanto que a cabeça da rola já estava toda melada.

Comecei a bater uma punheta louca pensando na Raianny subindo e descendo sua bucetinha na minha vara. No entanto, comecei a sentir um certo remorso, por estar pensando na minha sobrinha daquela forma.

Era como se eu estivesse traindo a confiança da minha cunhada e do meu irmão. Mas sou homem e sei como essas coisas são difíceis de serem evitadas. Resolvi tomar uma ducha fria e acalmar os meus ânimos.

Quando saí do meu banheiro a Raianny ainda não tinha saído. Fui para a sala, me sentei no sofá e liguei a TV para assistir algum filme antes de dormir. Não demorou muito para a minha sobrinha aparecer na sala também. Meus olhos quase saltaram para fora. Ela estava usando apenas a minha camiseta e, imaginei na hora, sua calcinha por baixo.

Por alguns segundos fiquei até sem fala, vendo ela parada na minha frente, me perguntando que filme estava passando. Que delícia de menina! Ela começou a fazer um rabo de cavalo em seus cabelos e a camiseta subiu, mostrando sua calcinha e o pequeno volume de sua xoxotinha.

- Ué... você não gostou da bermuda que te dei? - perguntei em tom de brincadeira, pra disfarçar minha surpresa em vê-la vestida daquela forma.
- Anem! Ficou larga demais... ficou ridículo! - ela respondeu rindo. - Posso ficar assim, não posso? - ela completou com um sorriso.

- Sim, claro! - respondi. - Quer assistir um pouco de TV antes de dormir?
- Quero sim... só vou pegar mais refrigerante... você quer?
- Sim... por favor! - respondi e ela saiu rebolando em direção à cozinha. Meus olhos foram involuntariamente na racha da bunda dela.

Depois de alguns minutos minha sobrinha voltou da cozinha com dois copos de refrigerante. Ela me entregou o meu e se sentou ao meu lado no sofá. Na mesma hora o seu cheiro de mulher atingiu em cheio o meu nariz.

Olhei para ela de rabo de olho e me desesperei. Minha camiseta tinha ficado muito grande pra ela, e isso provocou um decote tão generoso que metade de seus enormes seios estavam à vista.

A Raianny parecia não perceber os meus olhares em suas coxas e seios. Mas ela estava muito sexy. Tão sexy que minha pica ficou ainda mais dura. E o pior disso tudo era o meu medo da minha sobrinha perceber aquele volume todo na minha bermuda. Por sorte ela estava toda sorridente e fazendo comentários sobre o filme.

Depois de uns 15 minutos alí, assistindo o filme com a Raianny e com uma ereção tão forte que já fazia o meu pênis doer, eu já tinha imaginado mil formas de foder a minha sobrinha. De repente os ventos começaram a soprar a meu favor.

- Tio Márcio... estou com muito frio... tem um cobertor? - ela me perguntou e deu uma tremidinha no corpo, imitando alguém com muito frio.

- Enviei todos para lavar, Raianny... acho que vou ter que te aquecer esta noite! - falei em tom de brincadeira. É claro que eu tinha cobertores lá no meu quarto. Fiquei com receio de levar uma cortada. Mas não foi o que aconteceu.

- Tio... que é isso?!?... o senhor é safadinho, heim? - ela falou e, me olhando, deu um tapinha na minha perna. Aproveitei a deixa na mesma hora.
- Vou te esquentar um pouquinho... vem cá, vem! - falei e passei meu braço por cima de seu ombro, puxando ela para mim.

- Ufaaaaaa... obrigada, tio... eu estava ficando com frio mesmo... mas agora estou melhor! - ela falou, com o olhar fixo na TV, mas não fez qualquer movimento para afastar o seu corpo do meio. Meu pau deu uns pinotes loucos, de puro tesão, só de sentir a presença daquela princesinha cheirosinha bem alí do lado dele.

Então, depois de mais alguns minutos com o meu braço por cima do ombro da Raianny, eu finalmente criei coragem para tentar algo mais arriscado. Com erteza ela já tinha percebido a minha ereção, já que meu pau fazia um volume enorme na minha bermuda e eu não fazia mais questão de esconder. Assim, comecei a alisar uma de suas pernas suavemente.

- Sua pele é muito suave, sabia?
- Sei... pode ir tratando de tirar essa mão daí! - ela falou e, rindo, afastou a minha mão.
- Falei sério, Raianny... você é lisinha, macia...! - falei e voltei a colocar a mão em sua coxa.

- Olha pra TV, tio... você vai perder o filme! - ela falou sem me olhar, mas não afastou a minha mão dessa vez.
- Você não está com frio nas pernas?
- Sim... um pouco!
- Então... vou esquentar elas pra você um pouquinho... pode?

- Tá... mas sem abusar muito... senão eu ligo pra minha mãe! - ela falou e começamos a rir. Quando ouvi isso eu senti a cabeça do meu pau babar, de tanto tesão que eu estava. Continuei alisando suas coxas, lentamente, e, como ela continuava com os olhos fixos na TV e não demonstrava desconforto com as minhas carícias, eu fui em frente.

- Deussssss...!! - ela fechou os olhos e soltou um longo gemido quando meus dedos tocaram sua buceta, por cima de sua calcinha.
- Você gosta disso? - perguntei baixinho no ouvido dela.
- S-s-s-sim... ahhhhhhh... é muito bom...!
- Posso continuar? - falei e dei uma mordidinha em sua orelha.

- Pode... mas só por cima da calcinha, tá? - ela falou e recostou a cabeça no sofá. Lentamente fiquei passando meus dedos em cima de sua xoxota, sentindo como seus grandes lábios estavam inchados. Rapidamente o fundo da calcinha dela foi ficando todo melado. Nessa hora aproximei minha boca de seu pescoço e comecei a dar uns beijinhos nela.

- Uhhhhhhhhhhh... meu deusssssss... o que a gente tá fazendo, tio? - ela me olhou e perguntou, com os olhos brilhando de tesão.
- Nada demais... só estamos brincando um pouco!... você não está gostando?

- Estou... gostando... nossaaaaaaa... e é isso que não pode, tio... se eu gostar a gente não vai parar até acontecer o que eu estou pensando!
- E o que você está pensando, heim, gatinha do tio?
- Não sei... nem estou conseguindo pensar direito! - ela falou e começou a rir, muito nervosa.

- Shhhhhhhhhh... não precisa falar nada, Raianny... a gente só vai até onde você quiser, tá? - falei com a voz bem calma, tentando deixar minha sobrinha bem tranquila. Eu sabia que ela estava muito excitada, já que sua bucetinha babava no fundo de sua calcinha. Assim, busquei a boca dela com a minha e ela aceitou.

Beijar a boquinha da minha sobrinha novinha era como a realização de um sonho. Timidamente a língua dela tocou a minha e iniciou uma dança erótica na minha boca. Enquanto isso eu prendi um dedo no fundo da calcinha dela e puxei para o lado. Com sua bucetinha já exposta, passei um dedo em sua raxinha e o enfiei lentamente, sentindo seu delicioso calor.

- Ahhhhhhhhhhhhhhh... meu deussssssss... tiooooo... que gostoso... o senhor está querendo me castigar, é? - ela se tremeu toda e falou, com os lábios ainda colados aos meus. Chupei gostoso a boquinha dela enquanto fiz um vai-e-vem bem lento em sua bucetinha apertadinha. Percebi que ela estava gostando muito, e resolvi partir para o tudo ou nada.

- Ainda está sentindo frio? - perguntei baixinho em seu ouvido.
- Não... nem um pouco! - ela respondeu com um sorriso, e o meu dedo alí, enfiado bem fundo em sua xoxotinha, que estava quente igual um vulcão.

- Então vamos tirar essa camiseta?... o que você acha?
- Sim... acho que posso tirar ela sim... ou melhor, o senhor tira ela, né?

Lentamente tirei a camiseta da minha sobrinha e vi os seus enormes seios totalmente expostos. Que delícia! Ela agora estava apenas de calcinha na minha frente, e meu pau estava tão duro que parecia que ia explodir a qualquer momento.

Aproximei minhas mãos de seus peitos e ela não recuou. Os seios da Raianny estavam duros e com os bicões bem salientes, o que me mostrava que ela também estava muito excitada.

Apertei os peitos dela, fiz uma deliciosa massagem e finalmente caí de boca. Assim que segurei um dos biquinhos em meus lábios e o apertei, minha sobrinha soltou um gemido agudo e se retorceu todinha. Ela não me deu nenhum sinal, mas pela minha experiência eu posso dizer que ela tinha acabado de ter um orgasmo, pois passei um dedo na entradinha de sua xoxota e ela estava toda babadinha.

Enquanto eu mamava os seios da Raianny mais um pouquinho eu tirei a minha roupa. Meu pau saltou pra fora e verifiquei que ele nunca tinha estado tão duro. As veias estavam mais destacadas e parecia muito maior que o normal.
- Pega nele! - falei bem baixinho no ouvido da minha sobrinha.

Ela hesitou por alguns segundos e depois buscou meu pênis com sua mão. O toque de sua mão macia na minha pica quase me fez gozar. Lentamente ela começou a me punhetar, meio desajeitada, mas eu estava gostando muito. Enquanto isso, com sua ajuda, tirei sua calcinha e fiquei maravilhado com a visão de sua xoxotinha toda inchadinha e com uma penugem bem rala.

- Pode chupar ela?
- P-p-p-pode... meu deussssss... nem acredito que estou fazendo isso, tio... minha mãe vai me matar se ela souber disso...!
- Ninguém vai saber disso não, Raianny! - falei e me ajoelhei em frente ao sofá, entre suas pernas.

Comecei dando uns beijinhos nos lados da bucetinha da minha sobrinha, bem devagar, sem qualquer pressa. O cheirinho da xaninha dela era tão delicioso que eu ficaria a noite inteira alí, só saboreando aquele néctar. Depois passei a ponta da língua bem em cima de seu grelo e ela levou as mâos à minha cabeça, tentando me afastar dela.

- Tioooooo... ninguém nunca fez isso em mim... e eu nem depilei...! - ela me falou com um olhar de desejo mas ao mesmo tempo preocupada.
- Deixa eu ser o primeiro então, Raianny... quero ela assim, ao natural, sem depilar mesmo... já vi xoxotinhas bem mais peludinhas que essa... pode acreditar! - falei e ela me deu um sorriso.

- Ohhhhhhhhhhh... meu deusssssss... ahhhhhhhhhh...! - ela gemeu gostoso quando passei de novo a língua em seu clitóris e dei uma chupada leve, mas que fez o corpinho dela se tremer todo. Na mesma hora senti a xoxotinha dela ficar muito melada, o que me pareceu outro orgasmo, mesmo sem ela me dar qualquer pista de que estava gozando.

Depois de chupar minha sobrinha mais um pouco eu percebi que eu mesmo já estava quase gozando. Meu pau estava muito duro mesmo. Me sentei de novo no sofá, ao lado dela.
- Quer chupar ele agora? - perguntei e, pegando sua mão, a coloquei na minha vara. Só o contato da mão dela fez meu pênis dar umas pulsadas loucas.

- Nossaaaa... esse trem tá duro demais, tio Márcio!... ele fica sempre assim?
- Fica não, Raianny... ele está assim por sua causa!
- Hummmmm... vou chupar um pouquinho! - ela respondeu e se ajeitou entre minhas pernas. Lentamente minha sobrinha foi aproximando a boca do meu pau, até abrir os lábios e engolir a metade da minha rola.

- Uhhhhhhhhhhhh... que delícia, gatinha do tio... que boquinha mais gostosa, Raianny...! - gemi como um louco. Tive que me concentrar muito pra não gozar na boca da minha sobrinha.
- Mentiroso... eu nem sei chupar direito!
- Sabe sim... você está indo muito bem... pode continuar que está muito bom!

Ela chupava de forma meio desajeitada, roçando os dentes na cabeça da minha pica. Mas eu não me importei com sua falta de experiência. O que eu queria mesmo é que ela continuasse chupando bem gostoso, coisa que ela fez durante uns 5 minutos. Ela beijava a cabeça da rola, chupava e punhetava ao mesmo tempo. Parecia que ela estava saboreando um delicioso picolé.

- Você vai gozar, vai?... goza pra eu ver, tio... goza! - a Raianny falava e ficava me olhando, mordendo o lábio inferior e fazendo cara de safadinha.
- Não... só vou gozar depois de meter em você um pouquinho... você quer?
- Nossaaa... eu... eu... n-n-n-nunca... fiz... nunca fiz... s-s-sexo com nenhum homem! - ela me falou, com a voz bem baixa.

Nessa hora eu a abracei carinhosamente. Eu não podia acreditar no que eu estava ouvindo. Minha sobrinha linda, de 18 aninhos, nunca tinha experimentado um rola em sua bucetinha. Eu, claro, não ia perder a oportunidade de desvirginar mais uma menina. A primeira foi a minha ex-esposa, quando ela tinha apenas 17 anos.

- Você está em Goiânia, Raianny... longe dos seus pais... está indo pra faculdade... é hora de aproveitar e curtir bastante... você não acha que é melhor perder a virgindade com seu tio carinhoso do que com outro cara?... eu vou fazer bem devagar com você! - falei isso e ela ficou alguns segundos pensativa.

- Tá bom... mas se eu pedir pra parar a gente pára, tá?
- Claro, minha linda!... vem, vamos para o meu quarto! - falei e, segurando a mão dela, a levei até o meu quarto. Gentilmente deitei minha sobrinha na minha cama e fui até as gavetas do meu guarda-roupa, onde peguei preservativos e lubrificante.

Com minha sobrinha deitada de costas, me ajeitei entre suas pernas e as abri levemente. A Raianny apenas me olhava, com os olhos brilhando, demonstrando uma certa ansiedade.
- Tio... faz bem devagar, tá?
- Sim, menina linda do tio... vou fazer bem devagar e gostoso... do jeito que você merece!

Vesti a camisinha no meu pau e passei muito lubrificante na buceta dela. Em seguida fiquei dando "soquinhos" na entradinha, pra ela ir se acostumando. De vez em quando a cabeça entrava e minha sobrinha recuava o corpo, assustada.
- Conte até três que vou enfiar mais, tá? - falei e ela balançou a cabeça afirmando.

- Tá bom... meu deusssssss... devagarrr, tá?... um... dois... aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii...! - a Raianny soltou um grito que só não foi ouvido por toda a vizinhança por causa da chuva forte que caía. Como não sou nada bobo, aproveitei sua distração e dei uma estocada rápida e firme, fazendo meu pau deslizar pra dentro dela. O coitado do hímen nem teve chance de reagir.

- Shhhhhhhhhhhh... já entrou... fica quietinha que a dor vai passar! - falei e me deitei em cima dela, beijando sua boca carinhosamente. Os olhos dela ainda estavam cheio de lágrimas quando ela me olhou e murmurou um "obrigada", acompanhado de um lindo sorriso. Sorri também e comecei a me movimentar dentro dela, bem compassado, aproveitando o delicioso calor de sua xoxota.

Depois de alguns minutos metendo nela bem devagar, girei meu corpo na cama e trouxe ela pra cima de mim. Enquanto eu chupava seus deliciosos seios ele gemia e rebolava no meu pau. Nem parecia aquela menina tímida que tinha acabado de chegar em Goiânia. Minha sobrinha agora era uma mulherzinha gulosa, safadinha, e pedia pra eu enfiar cada vez mais fundo nela.

- Ohhhhhhhhhhhhhhhhh... que delíciaaaaaaa... Raianny... vou gozarrrrr... vou gozarrrrrr...! - falei e puxei o corpo dela de encontro ao meu. Apertei ela fortemente e meu gozo explodiu, enchendo o preservativo.
- Issso... tioooo... gozaaaaaa... gozaaaaaaa... goza bem gostoso pra sua sobrinha.... gozaaaaaa!!

Ficamos um tempão quietinhos na cama, só trocando olhares e carícias. Depois tomamos um banho e dormimos agarradinhos. No meu lençol ficou umas pequenas marcas de sangue, a prova de que eu tinha tirado mais um cabacinho.

Nas semanas seguintes eu meti na minha sobrinha quase todos os dias, e a gente sempre dormindo no meu quarto, na minha cama. Mesmo depois que ela conseguiu vaga na casa de estudantes ela ainda continuou indo me visitar no meu apartamento.

Porém, como tudo que é bom dura pouco, um dia eu estava saindo de um dos móteis da BR-153 com uma garota de programa justamente no momento que a minha sobrinha entrava com um cara. Nossos olhares se encontraram e ela fechou a cara. Depois isso ela nunca mais deu pra mim. De vez em quando eu a encontro, mas nossa relação voltou a ser puramente tio e sobrinha.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 10/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 Zap

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me chama lá mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 whats

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me assusta lá mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 11/11/2017
Muito boa essa estória. Deixo meu sapp [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: leo
E-Mail: Leandrofrancisco31@Gmail.com
Data: 11/11/2017
Muito boa estoria meu sapp é ([somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Leo
E-Mail: Leandrofrancisco31@Gmail.commMuit
Data: 11/11/2017
Muito boa estoria Gostaria de me corresponder com gente daquiser da PB. Mulheres casadas e solteiras .

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: ana
E-Mail: barigabi58@gmail.com
Data: 12/11/2017
Ola me chamo ana, adoro estórias de Sexo minha maior fantasia e viajar p outro estado e viver uma aventura km um desconhecido mais infelizmente como ainda estou na faculdade nao tenho condicoes de ir, mais adoraria. Quem quise fazer amizades manda sms .4.1.9.9.6.9.9.1.2.4.7

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Carlos
E-Mail: anttoniocarllos2@gmail.com
Data: 13/11/2017
Oi ana

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 14/11/2017
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats s (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze (47,92,12,64,11,)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 18/11/2017
.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Email do face
Ederfranncisco7l92@Gmail. Com
Me adiciona lá mulhere

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Alex Dotado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 21/11/2017
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada independente de ser evangelica, crente..comprometida ou apenas curiosa, enfim uma mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo, depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats ([somente e-mail permitido agora].2798 vou adorar te ajudar!!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Putinha ninfeta
E-Mail: deboradeoliveiraviana@gmail.com
Data: 28/11/2017
Queria um tio que me comesse assim também

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola grossa carente
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 29/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9..8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Presciso de uma amiga safada e sincera

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola grossa carente
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 30/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zAp
0.3.1.9..8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Presciso de uma amiga safada e sincera

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola bem grossa
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 03/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap( vivo )
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo e ( oi )
0.3.1.9.9.7.1.0.2.4.1.3 vivo
Chama ai mulheres
Pra gente bater papo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9.9.7.1.0.2.4.1.3 vivo
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 oi
Chama la mulheres
Quero uma sobrinha pra mim

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pica gostosa 20
E-Mail: Betobolero@hotmail.com
Data: 17/12/2017
Vem gatas novinhas goza gostoso Skype betobolero 2014@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Novinha mostrou o cuzinho
Gatinha com sede de pica tira o short e a calcinha e faz um vídeo mostrando a bucetinha e o cuzinho todo depilado
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Como seduzi e devorei a dentista hétero [Ver Vídeo Pornô]
Chupa xana disse:
Minha esposa a Louca para chupa xana
WhatsApp 11,983,34,84,33
Tem que sem de Sao Paulo ok

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
Pica gostosa 20 disse:
Vem gatas novinhas goza gostoso Skype betobolero 2014@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A calcinha da minha enteada (com fotos) [Ver Vídeo Pornô]
Pica gostosa 20 disse:
Olá gatas novinhas que curte uma boa putaria a fim de um papo gostoso ADC Skype betobolero 2014@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira experiência homossexual [Conto erótico de gays] [Ver Vídeo Pornô]
Túlio Montalvão disse:
GENTE SOU NOVINHO TENHO 18 ANOS SOU DE GOIÂNIA,ESTOU AFIM DE ALGO SÉRIO. COM HOMENS. CASADO SE ALGUÉM. TIVER. AFIM CHAMA NO WHATS 62.9426.1706

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Chantageada pelo sogro [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Sou tarado por estas estoria , mulheres solteiras e casadas que esteja fim de um relacionamento extra entre em contato.83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Vida de gay: Amizade Profunda [Ver Vídeo Pornô]
paulo disse:
leio tds comentarios e contos sou de Rio Preto sou casado uma dica ai comenta sua cidade me manda mensagens adoraria trocar experiencias

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A calcinha da minha enteada (com fotos) [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Descobrindo o sexo aos 16 anos na rola do meu tio - Parte 2 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A cunhada ficou safadinha [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu padrasto come minha buceta todos os dias [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Espiei minha mãe sendo comida pelo meu tio, e eu quis também [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Muriel e seu cachorro Valente [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei esse conto gostaria de fazer contato com mulheres que gostam de uma bagunça 019.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Uma menina muito experiente em sexo anal [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Eu gostei muito da sua esteoria gostaria de me envolver com mulheres casadas e solteiras gravidas .Entre em contato 83. 99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Quem se abiliar. 83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Quem se abiliar. 83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Entre em contatos 83.99851.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez com meu marido e outro homem [Ver Vídeo Pornô]
MARCUS 22 CM disse:
Isto não é um conto é sim uma historia de vida..onde o comedor fez a festa.e o corno saboreou ou frutos..
Mas o que leva um marido preparar sua gostosa pra outro socar fundo.e deixa lá arrombadinha Com a buceta escorrendo.convidei ele pra festa afinal a esposa e dele.mas se recusou.o fodedor hoje e voce macho da minha putinha.vou só curtir ela gemer e gozar.neste pauzao e bater uma..tá bom.concordo e pra não perder tempo.nos despidos. Ela com dois faróis acessos para mim.seios descomunais de grandes e gostosos.adivinhem aonde comecei.meti a boca naquelas mamas gostosas.meu paú lateJava de tanto tesão por aquela gostosa.só gemia e pedia.mama mais.o corno não gosta de peitos.e amo ser chupada.sugada em meus melões.
Mas não segurei.meu dedos.e comecei a abrir sua buceta e percebi ela toda molhadinha.e não resisti e pedi pra xupar a buceta dela.que de pronto se deitou e eu caí pra cima dela já com suas pernas abertas.uma pequena camada de pelos sobre a xoxota.mas muito cheirosa..minha boca e língua sumia dentro dela.
O corno de Pau duro batendo aquela e pedindo .comi ela .quero ver você abrindo ela todinha.gosto de porra saindo da buceta dela..mas para isso teria que penetrar.e olha.estava uma delicia aquela bucet..meu paú.brilhava de tanto tesão. mas eu queria sentir mais.sentir aquela boquinha me engolindo e não demorou e ela atendeu .socou meu paú na boca.respeitando minhas bolas..pensei.será que ela usou mamadeira quando criança. .pois parecia estar chupando uma mamadeira
O corno.diz.não aguento mais.come ela.obediente.me deitei.e ela se lançou por cima.fácil a entrada.pois estava em sopa.tamanha era a umidade da bucetá. Ficou ali subindo e descendo.com gemidos e dizeres.não aguento mais.já gozei várias vezes nesse pauzao.agora que você despejando tudo dentro..e não se preocupe.se eu pegar barriga o corno cria..ela riu..fiquei receoso.mas tirei pra fora.e depois se uma virada de quatro.eu a peguei de quatro.e dei socadas fortes na boquinha da gruta e apaguei por cima dela.soltando um jato grosso e quente na profundidade daquela buceta.e logo vi a porra voltando.pois a sáfada comprimia a buceta rejeitando a porra.
Me ausentei.por instante para uma duche e frágrei o corno lambendo a buceta gozada da esposa
E disse.adoro isso..tranquilo disse eu.uma pausa pra recarregar a bateria.e iniciamos mais uma brincadeirá. .
Eu sou um homem sem vícios. responsável. e procuro casais que gostam de sexo semelhante.tenho 46 anos.sou baixo.magro e um paú gg 22 cm.grosso.e curto casal pra sexo casual.até viso encontrar um casal fixo.com idades acima dos 40 anos.podendo ser gordinha.ter uns seios grandes.e gostar de chupar e ser chupada.e. fazer vacinal e anál. .zap [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]..sorocaba sp..tudo com descrição e no sigilo.porém senhoras que tem carências de um sexo gostoso.mas tem receio .chama..o papo e bom.e sexo melhor ainda..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia