Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quer dar sua buceta para homens safados e pauzudos aí na sua cidade? Faça sexo sem compromisso com milhares de homens cadastrados. Quer trair seu esposo ou namorado? Basta acessar nosso site.

Uma surpresa de aniversário que nunca vou esquecer


Enviado por Homem Sério em 29/07/2017
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Traições | Visitas: 80664
Avaliação: [Votar]
34 Comentários [Comentar]

- Amor... hoje vou passar aí pra te pegar, tá? - minha esposa Valéria me ligou no meu trabalho e me informou. Eu sabia que ela ia aprontar alguma coisa, já que esse dia era o meu aniversário. Mas me fiz de bobo, e deixei ela acreditar que eu não estava suspeitando de nada.

Por volta das 17:30hs ela passou no meu trabalho e eu entrei em seu carro, deixando o meu na garagem da empresa. Tudo parecia normal, conversa habitual, até que chegamos em frente a um edifício de apartamentos no centro da cidade. O interessante é que ela agia como se já conhecesse muito bem aquele local.

Sem qualquer hesitação, a Valéria parou na entrada do estacionamento do edifício, baixou o vidro da porta do carro e digitou um código. Depois de alguns segundos a porta da garagem se abriu e entramos. Percebi que ela estava procurando alguma coisa em particular.

- Onde você está me levando, amor? - perguntei.
- Shhhhhhhhhhhh...! - foi a única resposta que recebi.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Em poucos segundos minha esposa estacionou em uma vaga na qual havia um faixa azul na parede. Fiquei ainda mais curioso.



Permaneci calado enquanto ela desceu do carro, foi até o bagageiro e de lá tirou uma maleta pequena que ela usava em suas viagens de avião. Aquilo estava ficando cada vez mais estranho.

- E essa mala, Valéria?... o que tem aí dentro? - perguntei assim que desci do carro.
- Shhhhhhhhh! - ela respondeu e saiu andando em direção ao elevador. Fui atrás dela.

Subimos até o quarto andar e fomos até um porta na qual estava escrito o número 404. E minha curiosidade só aumentando. Ela tocou a campanhia e logo apareceu uma mulher de meia idade que nos cumprimentou.

- Boa tarde... sou a Marta!


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Boa tarde, Marta... sou a Valéria! Falamos por telefone há uns dois dias!
- Verdade! Como você está? Foi fácil encontrar o apartamento?
- Sim, sim, não tive nenhum problema! - minha esposa respondeu.



A Marta nos convidou para entrar e nos mostrou o apartamento, que estava mobiliado com bom gosto, um pouco exagerado, mas muito confortável. Havia uma entrada que levava a uma pequena cozinha, um banheiro pequeno também e depois se podia passar para o quarto principal do apartamento.

Não era uma sala de jantar nem sala de estar, era um quarto com uma cama enorme no centro. Na hora percebi que aquele era o tipo de apartamento que se podia alugar por horas para os casais que precisavam de um lugar discreto para passar alguns momentos a sós.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Desse quarto passamos para o banheiro principal, com uma banheira de hidromassagem grande o suficiente para acomodar duas pessoas, e uma ducha também com hidromassagem de tamanho duplo. De fato o apartamento estava mobiliado e equipado de forma perfeita para o seu propósito.

- Então... eu acho que...! - a Marta tentou falar mas a Valéria a interrompeu e a levou até a cozinha, me deixando sozinho. Me sentei na cama e fiquei observando as duas. Consegui ver a minha mulher tirando dinheiro da bolsa e entregando para a Marta. Em seguida elas se despediram e a Marta se foi.

- Você é esperta demais, Valéria... não vai me dizer o que está acontecendo?
- Shhhhhhhhhhhh! - foi novamente a resposta que consegui.
- Amor... estou muito curioso!
- Não saia daqui por nada, Fabrício! Já volto! - ela falou e entrou no banheiro com sua maletinha, fechando a porta.

Enquanto a Valéria estava no banheiro fazendo algo que eu não tinha a mínima idéia, dei uma olhada na decoração do quarto. O único que chamou minha atenção foi uma cadeira de madeira em um canto. Havia dois ou três sofás, uma cama, duas cadeiras forradas com tela e a única coisa que parecia incômoda era essa cadeira.

Não tive mais tempo para pensar, porque minha mulher saiu do banheiro e voltou a entrar no quarto. Na hora fiquei até surpreso.

Fiquei uns bons segundos parado olhando para ela, impressionado com a sua aparência. Ela estava vestindo uma mini-saia preta, muito apertada e muito curta. Parecia ser de couro ou de látex, não consegui ver exatamente o material.

Ela estava vestida também com uma blusa branca muito fina e transparente, que mostrava o sutiã preto que ela estava usando por baixo. Que loucura! Eu nunca tinha visto minha esposa daquele jeito. Os primeiros botões de sua blusa estavam desabotoados, deixando ver um decote muito generoso.

Em seus pés pude ver sandálias de saltos altos, finos e prateados. Que diabos ela estava querendo aprontar? A Valéria estava muito mais maquiada do que de costume, o que lhe dava uma aparência muito mais sexy e provocativa.

Fiquei de boca aberta e, sem pensar muito, fui em direção à ela para abraçá-la e beijá-la. Um olhar de reprovação me fez recuar.
- Tira sua roupa... agora! - ele me falou, em tom autoritário.
- Ok! - respondi e comecei a me despir, já pronto a entrar no clima dela.

Quando eu estava completamente nú, a Valéria puxou a cadeira de madeira e a colocou na diagonal, em frente à cama.
- Senta! - ela falou séria, olhando fixamente para o meu pau já muito duro. - Parece que você gosta de receber ordens, não gosta? - ela completou.

- Você sabe que sim, amor! - respondi com um sorriso.
- Então... fique sentadinho... e sem se mexer! - ela falou isso, voltou ao banheiro e veio com umas amarras.
- Mãos atrás da cadeira... agora! - ela ordenou.

Obedeci de imediato e minha mulher amarrou minhas mãos fortemente atrás da cadeira. As amarras eram dessas com velcro. Percebi que, mesmo se eu quisesse, eu não conseguiria me soltar de forma alguma. Mas eu nem tentei, pois eu estava adorando a brincadeira e queria ver até onde minha mulher ia prosseguir com aquilo.

- Agora eu quero que você abra bem os seus joelhos e coloque os seus pés atrás dos pés da cadeira!
- Hummm?!?... o que você vai fazer?
- Calado!... apenas obedeça, Fabrício! - ela falou, muito séria.

Depois de alguns segundos de hesitação, coloquei meus pés atrás dos pés dianteiros da cadeira, deixando minha rola totalmente exposta. Minha esposa a acariciou um pouco.
- Hummmmmmm... que delíciaaaaa... é assim que eu gosto, Fabrício! - ela falou, mordendo o lábio inferior.

Lentamente a Valéria se agachou e amarrou bem os meus tornozelos aos pés da cadeira, com o que restava das amarras. Novamente ela deu várias voltas nas cordas, me deixando completamente imobilizado. Percebi que eu não conseguia mexer nem as pernas nem as mãos, somente o meu tronco e minha cabeça.

Por um momento me senti muito exposto, com minhas pernas abertas e sem poder me mover, e isso me deixou um pouco apavorado, pois era a primeira vez que eu me via nessa situação.
- Muito bem, Fabrício... é assim que eu gosto! - a Valéria falou, acariciando os meus mamilos.

Em seguida ela baixou uma das mãos e acariciou o meu pau, que já estava bem mole. "É isso que acontece quando se está apreensivo!", pensei. No entanto, ao sentir o toque de sua mão macia, minha rola ficou dura de imediato, pulsando. Mas, para minha infelicidade, ela retirou a mão rapidamente.

Entendi que a minha esposa estava querendo me castigar antes de deixar eu fodê-la naquele apartamento alugado, já que ela voltou a entrar no banheiro. Ao sair, lá estava ela com sua maletinha na mão novamente.

Fiquei só observando quando a Valéria colocou a maletinha em cima da cama e a abriu. Em seguida ela tirou lá de dentro um vibrador grosso e comprido. Isso me deixou ainda mais curioso, pois ele era bem mais grosso que os vibradores que tínhamos em casa. Vi que ela pegou também um frasco de lubrificante e uma dedeira, daquelas que se colocam na ponta do dedo para fazer o clitóris ficar vibrando.

Quando eu pensava que as surpresas tinham acabado, minha mulher tirou de dentro da maletinha um pequeno chicote, com várias pontas e o cabo em forma de pênis.
- Você sabe que não gosto de chicotes, Fabrício!... mas hoje decidi que vou usar este com você, meu amor... para recordar as vezes que você já usou eles em mim... você se lembra, né? - ela falou séria e fiquei apavorado.

- Valéria... o que você vai fazer com isso, amor? - falei, demonstrando um pouco de preocupação.
- Shhhhhhhhhhhhh... não fala nada! - ela disse e, se aproximando de mim, começou a passar o cabo do chicote no meu rosto, lentamente, me provocando.

Depois que ela começou a me tocar com o cabo do chicote eu fui percebendo que ela estava mais decidida e confiante. Talvez fosse o fato de ter o próprio marido amarrado e com uma pica, mesmo de borracha, sendo esfregada em seu rosto. Quando ela passou o cabo do chicote nos meus lábios, eu, como uma provocação, o beijei, desafiando ela com o olhar.

Sem pensar duas vezes a Valéria segurou o chicote pelo cabo e me deu umas duas chicotadas bem no meio do peito.
- Eiiiiii... que porra é essa, amor?!?... isso dói!! - gritei com ela, demonstrando minha irritação.

- Pois agora você sabe como me sinto quando você me bate de chicote ou fica dando tapas na minha bunda, seu safado! - ela respondeu, voltando a me dar uma chicotada que doeu muito mesmo.
- Amorr... esse negócio está indo longe demais... me solta! - reclamei e ela apenas ficou me olhando, alisando o cabo do chicote.

- Fabrício... nós dois sabemos que você está adorando o que estou fazendo... pode parar de reclamar... está parecendo criança! - ela falou, me olhando muito séria, e voltou a usar o chicote, porém, dessa vez, saltou do meu peito para o meu saco. Levei várias chicotadas nas minhas bolas e também no meu pau.

- Valériaaaaaa?!?... você ficou louca, amor?!?... vou gritar e alguém vai vir aqui! - reclamei e ela continuou batendo em mim.
- Quero ver se você vai gostar de bater em mim com chicote depois de hoje, seu safado! - minha mulher falou e comecei a ficar desesperado. Eu não conseguia me soltar e nem podia gritar, já imaginando o que poderia acontecer se algum conhecido nos descobrisse ali.

De repente ela soltou o chicote, deu uns passos para trás e começou a dançar. Era uma dança muito provocativa, na qual minha mulher alisava seu corpo, subia um pouco a sainha e remexia os quadris, como se estivesse me convidando para meter bem gostoso nela.

- Você gosta, não gosta? - ela me perguntou enquanto girava e balançava a bunda na altura do meu rosto. Meu pau já não aguentava mais de tão duro que estava. Minha esposa estava muito gostosa, bem ali na minha frente, me provocando, e eu completamente amarrado àquela maldita cadeira.

A Valéria dançou por mais alguns segundos e, aproximando-se de mim, ficou de joelhos na minha frente e começou a chupar minha rola.
- Ahhhhhhhhhhhhh... amorrrrrr... que delíciaaaa...! - gemi como louco ao sentir a boca quentinha dela no meu cacete. Foi uma chupada rápida, de poucos segundos, somente o tempo de me deixar louco e ela já parou.

Ela já estava dançando de novo, me provocando, deixando eu ver o fundo de sua calcinha todas as vezes que sua sainha subia. Que loucura! Logo ela parou mais uma vez e, me olhando nos olhos, colocou um pé em cima dos meus testículos, apertando um pouco.

Deixei escapar um gemido de dor e ela aumentou a pressão. Reclamei que estava doendo mas ela nem se importou. Maldosa, ela levantou um pouco mais o pé e posicionou o salto de sua sandália bem em cima das minhas bolas. Foi algo rápido, mas o suficiente para ela perceber a dor que ela estava provocando em mim.

De fato, eu não estava reconhecendo a minha mulher. Eu já estava a ponto de gritar por socorro quando ela voltou a dançar mais um pouco e, repentinamente, parou e ficou me olhando. Em seguida ela levantou a mini-saia e se sentou no sofá. Pude ver perfeitamente o triângulo formado por sua calcinha, uma minúscula calcinha preta.

- Você gosta, Fabrício? - a Valéria me perguntou enquanto puxava sua calcinha de ladinho e me mostrava sua buceta, completamente depilada, algo que ela raramente fazia. Parecia que eu ia babar diante daquela deliciosa visão. Minha mulher me olhando, mordendo o lábio inferior e acariciando seu clitóris, lentamente.

Eu já não aguentava mais. Eu precisava meter na minha mulher.
- Amor... chega dessa tortura... vem aqui... deixa eu comer essa bucetinha...! - falei e fiquei surpreso com sua reação. Ela apenas riu e, se levantando, puxou a calcinha para o lado, colocou um pé na cadeira na qual eu estava sentado e se equilibrou o bastante para que sua xoxota ficasse na altura da minha boca.

Me movi um pouco e tentei enfiar minha língua em sua buceta já completamente molhadinha. Consegui tocá-la um pouco, mas ela recuou. Fiquei desesperado e louco de tesão. Em seguida ela se virou, com a sainha ainda levantada e foi descendo a bunda em direção ao meu pau.

Com delicadeza, a Valéria segurou minha pica e a posicionou na entrada de sua buceta. Fechei os olhos para curtir ainda mais, mas ela deixou entrar apenas a cabeça e, depois de rebolar uns segundos, levantou o corpo novamente e saiu, me deixando completamente louco.

Minha mulher então se sentou no chão na minha frente e tirou sua calcinha. Em seguida ela pegou um consolo, passou muito lubrificante e começou a brincar com ele em sua buceta. Enquanto ela enfiava o pênis de borracha na xoxota, ela usava a dedeira vibratória para massagear e acariciar seu clitóris.

Meu pau parecia que ia explodir de tanto tesão. Pedi pra ela se sentar de novo na minha pica e ela apenas sorriu, com o consolo bem fundo na buceta.
- Mmmmmmmmmmm... que delícia, Fabrícioooooo... você gosta de ver sua mulherzinha assim... gosta?... Ahhhhhhhhhhhhh...! - ela gemia como louca.

De repente ela começou a gozar deliciosamente, tirando o consolo da buceta e esfregando o clitóris com a dedeira freneticamente. Que gozada mais linda. Minha mulher se contorceu no chão, aproveitando todas as contrações de seu orgasmo. Depois de alguns minutos, que pareceram uma eternidade, ela abriu os olhos novamente e me encarou.

- Valéria... me solta pra eu te fazer gozar do jeito que você gosta, amor... goza no meu pau... vem! - falei quase suplicando.
- Hoje ela não é pra você, Fabrício! - ela me respondeu, abrindo suas pernas e me mostrando sua buceta inchada de prazer.

Fiz cara de tristeza, enquanto ela se levantou, vestiu a calcinha novamente e arrumou sua roupa.
- Amor... você não pode me deixar assim... você não pode ficar sem receber o que você realmente merece...! - falei.

- E quem falou que vou ficar sem o que eu mereço? - ela me cortou. Nessa hora fiquei parado, sem saber o que falar. A campanhia tocou e minha mulher me olhou sorridente. Em seguida ela foi até a porta, a abriu e fez sinal para alguém. Tive que girar muito a cabeça para poder ver um pouco o que estava acontecendo.

O Thiago entrou no quarto e me senti completamente indefeso. Ele me cumprimentou me olhando de cima abaixo. Que loucura! Me senti como um animal enjaulado. O Thiago era um amigo do trabalho com quem eu conversava muito sobre sexo e de tudo o que fazíamos com nossas esposas. Fiquei muito chateado e minha ereção desapareceu completamente.

- Ohhhhhhhhh... pobrezinho... broxou?!? - a Valéria me olhou e falou, fazendo cara de pena. - Mas você sempre me falou que queria me ver me exibindo para outros homens, amor... você falou que isso não seria nenhum problema pra você! - ela finalizou com um sorriso.

Fiquei muito sem graça, principalmente quando percebi meu amigo olhando para o meu pau mole. E, antes que eu falasse qualquer coisa, minha mulher puxou o Thiago pela mão e o colocou sentado na cama. Em seguida ela começou a dançar novamente, mas dessa vez não era para mim.

Aos poucos ela foi desabotoando sua blusa, rebolando, em movimentos cada vez mais sensuais. E ela fazia isso tanto para o Thigo vê-la bem, quanto para que eu não perdesse nenhum detalhe. Eu já estava ficando louco amarrado naquela cadeira.

Minha mulher estava se oferecendo descaradamente para outro homem e isso estava me deixando agoniado. Eu estava com ciúmes? Isso era algo que não podia acontecer, já que era eu quem vivia pedindo pra ela fazer isso. Por várias vezes eu falei que eu gostaria de vê-la transando com outros homens. E agora eu estava com ciúmes.

E a Valéria continuava com o Thiago, e estava terminando de tirar sua blusa, mostrando os seios para ele. Que merda! Em seguida ela se sentou de cavalinho nas pernas do meu amigo, de frente para ele, e deixou que ele acariciasse suas costas, enquanto beijava seus seios por cima do sutiã.

A situação estava ficando complicada. Minha mulher e outro homem se abraçando e trocando carícias ali, na minha frente, sem se preocuparem com a minha presença. Para complicar, apesar de estar com ciúmes, meu pau estava duro como uma barra de ferro, o que provocava uma certa contradição no que eu estava sentindo.

Depois de alguns segundos a Valéria voltou a se levantar e ficou em pé e de costas para o Thiago. Lentamente ela começou a subir sua sainha. Isso deixou meu amigo fascinado. Logo ele se abaixou atrás da minha mulher e começou a beijar sua bunda.

- Ohhhhhh... que delíciaaaaa...!! - a Valéria deixou escapar um gemido e se apoiou de lado na cama, de forma que eu pudesse ver bem o que estava acontecendo. Logo ela ficou mais empinada para deixar sua bunda bem disponível para o Thiago, que enfiou o rosto entre as nádegas da minha esposa e começou a procurar sua buceta com a língua.

Eu percebia como a boca do Thiago ia procurando a xoxota da minha mulher e como ela ia movimentando o corpo de forma a permitir o acesso dele. E comigo ela nunca permitia, ou seja, eu nunca tinha chupado a buceta da Valéria por trás, cheirando o cuzinho dela.

Lentamente minha esposa foi abrindo mais as pernas e ficando de quatro, com a bunda bem empinada e sua calcinha enfiada todinha na racha da bunda. O Thiago finalmente alcançou sua buceta e ficou cheirando e lambendo ela por cima da calcinha. Com as mãos ele abria a bunda da minha esposa para expor sua xoxota ainda mais. E a Valéria ali, rebolando, gemendo baixinho e me olhando.

Depois de alguns segundos minha mulher ficou de frente para o Thiago e ele tirou sua calcinha, lentamente. Vi a felicidade plena no rosto dele quando viu a xoxota depiladinha da Valéria. Nessa hora fiquei furioso.

O safado aproximou o rosto da buceta dela e começou a lamber lentamente. Em seguida, segurando-a pela cintura, ele fez com que ela se deitasse de costas na cama. Depois ela foi se movimentando na cama, de forma que eu pudesse ver como sua bucetinha estava aberta e exposta para o meu amigo.

- Ohhhhhhhhhhhh... issooooooo... me chupa todinha... vai... chupa essa xaninha, seu tarado...! - a Valéria gemeu e ficou falando essas coisas. E o Thiago só aproveitando. Logo ele enfiou um dedo na xoxota dela e vi minha mulher virar os olhos de tanto tesão.

- Mmmmmmmmmm... moço de deusssssss... que coisa mais gostosaaaaa...! - ela gemia enquanto o Thiago enfiava e tirava o dedo de sua buceta e, ao mesmo tempo, chupando seu clitóris. Fiquei observando como ela foi levando a cabeça para trás e levantando seus quadris de encontro à boca do meu amigo, até soltar um gritinho agudo e gozar como louca.

Durante alguns segundos minha mulher ficou deitada na cama, quietinha, com os olhos fechados. E o Thiago ainda com o rosto enfiado no meio das pernas dela. Então ela se levantou e meu amigo também. De imediato a Valéria tirou sua sainha e sutiã e ficou completamente nua.

Em seguida minha esposa se aproximou do Thiago e começou a roçar seu corpo ao dele, como uma cachorrinha no cio procurando um macho. Aquilo estava me deixando em um nível de tesão totalmente sem controle. Logo ela fez ele se sentar no sofá e começou a girar o corpo, como se estivesse mostrando a ele a qualidade da mercadoria. O safado nem piscava.

A Valéria girou mais um pouco e parou, até ficar de costas para o Thiago. Então ela dobrou o corpo para a frente, abrindo suas pernas e mostrando a ele seu cuzinho e sua buceta.

Era o máximo que eu podia aguentar. Minha mulher estava se exibindo para um outro homem de forma totalmente assanhada. Pouquíssimas vezes ela tinha feito aquilo comigo. E agora ela estava alí, mostrando suas partes íntimas para o meu companheiro de trabalho.

- Vem cá... vem...! - ela falou e puxou o Thiago para a cama. Depois de se deitar de barriga para cima, ela abriu suas pernas ainda mais e, usando seus dedos, abriu seus lábios vaginais para que ele pudesse ver a perfeição de sua bucetinha nova e bem depiladinha. O cara parecia que ia babar ao ver minha esposa se acariciando, enfiando os dedos na xoxota e brincando com seu clitóris.

Não aguentando mais de tesão o Thiago levou a mão até seu pau e ficou apertando, por cima de sua calça. Pelo volume da ereção, ele ia explodir a qualquer momento.
- É meu... esse pau agora é todinho meu! - a Valéria falou e partiu pra cima dele.

Rapidamente minha mulher abriu a calça do meu amigo e a rola dele saltou pra fora, empinada, de tão dura que estava. Com o Thiago sentado na cama, A Valéria segurou bem no meio da vara, me olhou por um instante e começou a beijá-la. Nessa hora eu queria morrer. Minha linda esposa estava beijando o pau de outro homem.

Ela começou acariciando, alisando, beijando, e logo estava dando pequenos golpes de língua por toda a extensão do pau do Thiago. Lentamente ela começou a lamber a cabeça como se fosse um sorvete, depois lambia as bolas e descia e subia a boca por todo o pau, cobrindo-o inteiramente com sua língua. Ela mamava com vontade mesmo, lambia, acariciava e apertava forte. E o Thiago adorando tudo aquilo.

Durante vários minutos a Valéria cuidou muito bem da pica do meu amigo. O pau dele era bem maior e mais grosso que o meu, o que me deixou ainda mais chateado. De repente ela parou, ficou em pé, girou o corpo e me olhou, dando as costas para o Thiago.

Com uma mão, ela segurou o pau dele e a posicionou na entrada de sua buceta. Tive vontade de fechar os olhos para não ver. Lentamente ela foi sentando na vara, sem parar de me olhar bem nos olhos, e de costas para o Thiago. Pelo vão das pernas dela eu vi o pau entrando, tudo, até encostar na base.

- Ohhhhhhhhhhhhh... Mmmmmmmmmmmmm... que pau mais gostoso... amor... ele tem um pau tão gostoso, não tem? - minha mulher falava e rebolava, subindo e descendo, e o Thiago segurando ela firme pela cintura e dando beijinhos em suas costas. Eu nunca tinha visto a Valéria daquele jeito. Ela gemia totalmente descontrolada, pedindo para o meu amigo foder ela todinha.

- Ahhhhhhhhhhh... ahhhh... ohhh... ahhhh... delíciaaaaaa... meu deussssss... que delíciaaaaa... v-v-v-vou... vou... goz...!! - ela virou os olhos e parecia estar desmaiando de prazer. Sem forças, ela caiu de bruços na cama e o Thiago subiu em cima dela. Assim, com a minha esposa de bruços, ele se deitou em cima dela e a penetrou profundamente, tirando e enfiando seu pauzão em sua buceta.

Percebi que eu ia gozar a qualquer momento. Ver e ouvir a minha esposa gozar daquele jeito nas mãos, ou melhor, na pica de outro cara estava me deixando louco de tesão.

- Você gosta é de pau, não é, sua safada?... então toma rola nessa bucetinha gostosa, puta tarada! - o Thiago falou e continuou metendo sem dó nela, com todo o seu peso em suas costas.

- Sim... sou puta... ahhhh... ahhhh... issoooo... issooo... ohhhh... uhhhhh... mete na sua puta gostosa... mete... safado... ahhhhhh... faz a sua putinha gozarrrrrr... faz...!! - minha mulher falou e vi que ela estava gozando novamente.

Aquilo era loucura. A Valéria já tinha gozado umas quatro ou cinco vezes e ainda queria mais. Como se ela fosse uma boneca, o Thiago a pegou pela cintura e a colocou de quatro, transversal na cama, pra eu ficar vendo. Ela mal terminou de se ajeitar e ele já estava metendo nela por trás.

- Fode... uhhhh... ahhhh... ohhhh... gostoso... fode essa buceta... acaba com ela, Thiago... fode... me faz chorar de tanto me foder... ahhhhhhhhhh...!! - minha esposa falava e ficava me olhando, observando minhas reações. Não demorou muito e o meu amigo apertou ela bem forte em seus braços.

- Vou gozarrrrrr... delíciaaaa... sua gostosaaaaaaa... vou gozar nessa sua bucetinhaaa... ahhhhhhhhhhh...! - ele gemeu e gozou como um louco. Nesse momento minha esposa caiu para a frente, com o Thiago em cima dela e ela rebolando o corpo e gozando mais uma vez.

Os dois ficaram deitados durante muito tempo, quietos, recuperando o fôlego, com o Thiago ainda com o pau engatado na buceta da Valéria. Por fim ele saiu de cima da minha esposa, e só então eu me dei conta que os dois estavam transando sem camisinha. O safado tinha gozado dentro da minha mulher.

Com um sorriso lindo no rosto a Valéria se levantou e veio em minha direção, com porra do meu amigo descendo pelas coxas. Nessa hora ela percebeu que eu tinha gozado, sem sequer ter me tocado.

- Já vou, princesa... acho que agora é com vocês dois! - o Thiago falou e, se aproximando da minha mulher, deu um longo beijo em sua boca. Em seguida ele pegou suas roupas e foi para o banheiro se lavar.

Nessa hora a Valéria se agachou e desatou as minhas pernas e mãos. Em seguida ela se sentou nas minhas pernas, de frente para mim e me abraçou com muito carinho.
- Feliz aniversário, meu amor...! - ela falou toda sorridente e nos beijamos apaixonadamente.

Com um aceno o Thiago se despediu e foi embora, deixando a buceta da minha linda esposa toda babada com o seu sêmen. Nesse momento eu soube que aquela seria a primeira de muitas vezes que eu veria a Valéria sendo fodida não só pelo Thiago como também por muitos outros homens.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Wesley
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 29/07/2017
Corno manso. Se fosse comigo, ela já poderia se considerar uma mulher divorciada... jamais a perdoaria.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: claudemirfernandesdacunha@gmail.com
Data: 29/07/2017
muito bom nos tabem ja fisemos troca gostaria de receber videos e fotos enviarei nosso tabem com muito cigilo claudemirfernandesdacunha@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: leonardo
E-Mail: leo.candido@yahoo.com.br
Data: 01/08/2017
Muito bom....fiquei com tesao aqui também...sou bem experiente e adoro orgias...adoro iniciar gatas no anal e Dp com apoio dos maridos...mulher que gosta de conversar virtualmente..pode me.mandar mensagem...não importa idade..cor ou religião...maridos também para trocarmos idéias e experiências...abraços...sou adepto a tudo o que de prazer para todos....leo.candido@yahoo.com.br....Wats...quatro sete...noventa e zero quatro zero dois dezessete

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Leonardo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 01/08/2017
Corrigindo o número do wats...no comentário abaixo....quatro sete...nove...noventa e seis...zero quatro...zero dois...dezessete...abraços....aguardando retorno...das safadas...Bjos

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Fernando Carriço
E-Mail: fernandocarricocarrico@gmail.com
Data: 05/08/2017
Que tesão, tive que bater uma em homenagem a vocês,

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Edmar
E-Mail: edmar.chancho@hotmail.com
Data: 06/08/2017
não consigo parar de ler , fico com tesao só de lembrar

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Jordane
E-Mail: jordanel.luiz@gmail.com
Data: 07/08/2017
Não acredito que seja possível um humilhado homem ser humilhado dessa forma e aceitar numa boa. Comigo isto poderia dar ate feminicidio.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Hermenegildo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/08/2017
Concordo com vc, Jordane.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: luane
E-Mail: leneluanmiguel@Outlook.com
Data: 14/08/2017
Huuuuuum que delicia de conto


Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Claudio
E-Mail: claudio_barrios_martins@hotmail.com
Data: 15/08/2017
Adoro sexo me chamem no wats vatas. 6.7.9.9.8.4.1.8.7.8.7

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 15/08/2017
Acho que nao perdoaria nunca.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 17/08/2017
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (47,9212.6411)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 18/08/2017
Interessante como é possível muitos homens desejarem ver sua companheira assim... ou mesmo como elas mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats 47,9212,6411

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: ana
E-Mail: barigabi58@gmail.com
Data: 19/08/2017
Ola me chamo ana moro em curitiba loira 1,55 52 kls adoro ler contos quer fazer amizades meu numero quatro um nove meia nove doze quatro sete.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: ana
E-Mail: barigabi58@gmail.com
Data: 19/08/2017
Ola me chamo ana moro em curitiba loira 1,55 52 kls adoro ler contos quer fazer amizades meu numero 4.1.9.9.6.9.9.1.2.4.7.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo
E-Mail: bitrem08@hotmail.com
Data: 21/08/2017
Adorei fiquei muito escitado.alfuem da região de Caxias do sul RS afim de sexo safado é gostoso entre em contato..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Islamabad
E-Mail: miflasone@gmail.com
Data: 28/08/2017
Que presente de grego....

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Tracnela
E-Mail: tracnela@bol.com.br
Data: 31/08/2017
Oi lua né me chama

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/09/2017
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats (47).9212.6411.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Claudevan
E-Mail: Claudevan.caminha@gmail.com
Data: 08/09/2017
Esse conto foi uma loucura que deu muito certo, adorei, já estava aponto de gozar a qualquer momento.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 11/09/2017
Sempre tem homens com essa vontade de ver ela com outros... e por isso Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats s (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze (47,92,12,64,11,)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Daniel
E-Mail: danieldejudah@yahoo.com.br
Data: 15/09/2017
Gostaria de entrar em contato APENAS com MULHERES que gostem de aventuras, sexo sem compromisso,sejam solteiras ou casadas !!Moro em Campinas/SP,tenho 38 anos e gostaria que fosse da minha cidade ou região!! Pode ser de São Paulo também. A gente pode combinar! Meu whats é dezenove oito um oito três oito três.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Daniel
E-Mail: danieldejudah@yahoo.com.br
Data: 15/09/2017
Gostaria de entrar em contato APENAS com MULHERES que gostem de aventuras, sexo sem compromisso,sejam solteiras ou casadas !!Moro em Campinas/SP,tenho 38 anos e gostaria que fosse da minha cidade ou região!! Pode ser de São Paulo também. A gente pode combinar! Meu whats é dezenove oito um oito três oito três.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 21/09/2017
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats ([somente e-mail permitido agora],[somente e-mail permitido agora],11

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 21/09/2017
Interessante como é possível muitos homens desejarem ver sua companheira assim... ou mesmo como elas mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats 47,9212,6411

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau grosso
E-Mail: ederfranncisco7l92@gmail.com
Data: 02/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Facebook ederfranncisco7l9@gmail.com

Me add la mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau grosso
E-Mail: eder7l932@gmail.com
Data: 07/11/2017
0.3.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Email do Facebook ederfranncisco7l92@gmail.com
Me add la mulheres que gosta de rola grossa

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 10/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 Zap

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me chama lá mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 whats

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me adiciona la mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo
E-Mail: Juliamatos19@Outlook.com
Data: 21/11/2017
Adorei seu conto meu marido tem uma vontade louca de me ver dando pra outros ainda não fiz mais esses dias chupei o pau de um rapaz que vem no meu trabalho ele gozo gostoso mais ainda não dei pra ele quero fode na frente do meu corno ..... Adorei o conto de vcs muito tesão

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Casada
E-Mail: Casadasafada18@outlook.com
Data: 22/11/2017
Sou casada meu marido vem falando de outro faz tempo ainda não tive coragem tenho medo que algo mude entre nois mais que me deixa com muito tesão outro macho me deixa...
Adorei seu conto acho que vou fazer uma surpresa dessa para ele.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Negrão sp
E-Mail: Jeferson.inacio2012@gmail.com
Data: 30/11/2017
Bom dia adorei o contos gostaria de fazer contato com mulheres que gostam de contos 019.9.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola grossa carente
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 30/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zAp
0.3.1.9..8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Presciso de uma amiga safada e sincera

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9.9.7.1.0.2.4.1.3 vivo
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 oi
Chama la mulheres

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
Novinha mostrou o cuzinho
Gatinha com sede de pica tira o short e a calcinha e faz um vídeo mostrando a bucetinha e o cuzinho todo depilado
Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Como seduzi e devorei a dentista hétero [Ver Vídeo Pornô]
Chupa xana disse:
Minha esposa a Louca para chupa xana
WhatsApp 11,983,34,84,33
Tem que sem de Sao Paulo ok

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
Pica gostosa 20 disse:
Vem gatas novinhas goza gostoso Skype betobolero 2014@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A calcinha da minha enteada (com fotos) [Ver Vídeo Pornô]
Pica gostosa 20 disse:
Olá gatas novinhas que curte uma boa putaria a fim de um papo gostoso ADC Skype betobolero 2014@hotmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira experiência homossexual [Conto erótico de gays] [Ver Vídeo Pornô]
Túlio Montalvão disse:
GENTE SOU NOVINHO TENHO 18 ANOS SOU DE GOIÂNIA,ESTOU AFIM DE ALGO SÉRIO. COM HOMENS. CASADO SE ALGUÉM. TIVER. AFIM CHAMA NO WHATS 62.9426.1706

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Chantageada pelo sogro [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Sou tarado por estas estoria , mulheres solteiras e casadas que esteja fim de um relacionamento extra entre em contato.83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Vida de gay: Amizade Profunda [Ver Vídeo Pornô]
paulo disse:
leio tds comentarios e contos sou de Rio Preto sou casado uma dica ai comenta sua cidade me manda mensagens adoraria trocar experiencias

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A calcinha da minha enteada (com fotos) [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Descobrindo o sexo aos 16 anos na rola do meu tio - Parte 2 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A cunhada ficou safadinha [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu padrasto come minha buceta todos os dias [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Espiei minha mãe sendo comida pelo meu tio, e eu quis também [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Eu e minha esposa, eu 27 ela 37, buscamos alguem para ser nossa filha, para morar juntos mesmo, idade entre 18 a 26, ambiente familiar.
Chama no whats. 015.99691.8035

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Muriel e seu cachorro Valente [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei esse conto gostaria de fazer contato com mulheres que gostam de uma bagunça 019.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Uma menina muito experiente em sexo anal [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Eu gostei muito da sua esteoria gostaria de me envolver com mulheres casadas e solteiras gravidas .Entre em contato 83. 99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Quem se abiliar. 83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Quem se abiliar. 83.99841.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Mulheres casadas - Meu tesão [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Tenho muito tesão por mulheres casadas e grávidas. Entre em contatos 83.99851.1522

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez com meu marido e outro homem [Ver Vídeo Pornô]
MARCUS 22 CM disse:
Isto não é um conto é sim uma historia de vida..onde o comedor fez a festa.e o corno saboreou ou frutos..
Mas o que leva um marido preparar sua gostosa pra outro socar fundo.e deixa lá arrombadinha Com a buceta escorrendo.convidei ele pra festa afinal a esposa e dele.mas se recusou.o fodedor hoje e voce macho da minha putinha.vou só curtir ela gemer e gozar.neste pauzao e bater uma..tá bom.concordo e pra não perder tempo.nos despidos. Ela com dois faróis acessos para mim.seios descomunais de grandes e gostosos.adivinhem aonde comecei.meti a boca naquelas mamas gostosas.meu paú lateJava de tanto tesão por aquela gostosa.só gemia e pedia.mama mais.o corno não gosta de peitos.e amo ser chupada.sugada em meus melões.
Mas não segurei.meu dedos.e comecei a abrir sua buceta e percebi ela toda molhadinha.e não resisti e pedi pra xupar a buceta dela.que de pronto se deitou e eu caí pra cima dela já com suas pernas abertas.uma pequena camada de pelos sobre a xoxota.mas muito cheirosa..minha boca e língua sumia dentro dela.
O corno de Pau duro batendo aquela e pedindo .comi ela .quero ver você abrindo ela todinha.gosto de porra saindo da buceta dela..mas para isso teria que penetrar.e olha.estava uma delicia aquela bucet..meu paú.brilhava de tanto tesão. mas eu queria sentir mais.sentir aquela boquinha me engolindo e não demorou e ela atendeu .socou meu paú na boca.respeitando minhas bolas..pensei.será que ela usou mamadeira quando criança. .pois parecia estar chupando uma mamadeira
O corno.diz.não aguento mais.come ela.obediente.me deitei.e ela se lançou por cima.fácil a entrada.pois estava em sopa.tamanha era a umidade da bucetá. Ficou ali subindo e descendo.com gemidos e dizeres.não aguento mais.já gozei várias vezes nesse pauzao.agora que você despejando tudo dentro..e não se preocupe.se eu pegar barriga o corno cria..ela riu..fiquei receoso.mas tirei pra fora.e depois se uma virada de quatro.eu a peguei de quatro.e dei socadas fortes na boquinha da gruta e apaguei por cima dela.soltando um jato grosso e quente na profundidade daquela buceta.e logo vi a porra voltando.pois a sáfada comprimia a buceta rejeitando a porra.
Me ausentei.por instante para uma duche e frágrei o corno lambendo a buceta gozada da esposa
E disse.adoro isso..tranquilo disse eu.uma pausa pra recarregar a bateria.e iniciamos mais uma brincadeirá. .
Eu sou um homem sem vícios. responsável. e procuro casais que gostam de sexo semelhante.tenho 46 anos.sou baixo.magro e um paú gg 22 cm.grosso.e curto casal pra sexo casual.até viso encontrar um casal fixo.com idades acima dos 40 anos.podendo ser gordinha.ter uns seios grandes.e gostar de chupar e ser chupada.e. fazer vacinal e anál. .zap [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]..sorocaba sp..tudo com descrição e no sigilo.porém senhoras que tem carências de um sexo gostoso.mas tem receio .chama..o papo e bom.e sexo melhor ainda..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia