Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

Perfil Patrocinado
Visite mais perfis de homens e mulheres no Classificados de Sexo

Homem Paga Novinha
De: Goiânia-GO

PAGO garota/mulher entre 18 e 35 anos para sexo casual e sem compromisso. Esta proposta é para garotas ou mulheres curiosas em saber como é transar por dinheiro. Tudo feito com o maior sigilo, sem WhatsApp, telefone, e-mail ou Facebook. Nem sua melhor amiga precisará ficar sabendo da nossa aventura.
Ver Perfil Mensagem

Gozei muito nos seios da minha linda sobrinha


Enviado por Homem Safado em 30/05/2017
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Incesto | Visitas: 100265
Avaliação: [Votar]
30 Comentários [Comentar]

Depois de ler vários relatos eróticos nesse site eu decidi contar a vocês algo muito excitante que aconteceu comigo há alguns meses. Meu nome é Lucas e tenho 37 anos.

A empresa na qual eu trabalhava precisou fazer um corte de pessoal e eu, infelizmente, acabei ficando desempregado. Depois de procurar outras colocações e não obter sucesso, eu já estava desesperado, pois eu tenho muitos gastos, inclusive a prestação do meu apartamento.

Comentei a situação com o meu irmão Mauro, um pouco mais velho que eu, e ele me ofereceu sua casa em São Paulo para eu ficar um ou dois meses até que eu conseguisse encontrar um novo trabalho, restabelecer minhas finanças e continuar a minha vida na minha cidade.

Meu irmão é viúvo e tem uma filha única, de 17 anos. O nome dela é Daniela e eu não a via desde que ela tinha 6 anos.

Cheguei à casa do meu irmão numa sexta-feira pela manhã. Toquei a campanhia e sua filha, minha sobrinha, abriu a porta. Até me assustei ao vê-la. Estava já um moça crescida, muito bonita, com cabelos longos até a cintura.
- Cadê o Mauro? - perguntei cumprimentando ela.




- Tio Lucas! Nossaaaaa! A gente estava te esperando! - ela falou com um sorriso e me deu um abraço. - Meu pai está trabalhando... e eu estou de férias do colégio... que bom que o senhor veio... entra, entra!

Entrei e minha sobrinha foi na minha frente até a sala. Que coisinha mais linda! Uma pele branca, olhos grandes e escuros, lábios grossos e pintados de vermelho, um corpinho magro, cintura fina e delicada, e um grande par de seios. E que rebolado mais charmoso. Fiquei fascinado com ela.

Nos sentamos no sofá e ela quis saber como a minha viagem tinha sido. Logo ela se levantou e foi até a cozinha preparar um suco pra mim. Que menina mais sensual. A forma que ela falava e andava não deixava dúvidas de que a minha sobrinha já era um tesão de menina. E suas roupinhas curtas mexeram ainda mais com as minhas idéias.

Já no primeiro dia da minha estadia na casa do meu irmão eu percebi que me daria muito bem com a minha sobrinha. A gente conversou muito e ela fez almoço pra mim e depois preparou meu quarto. O pai dela, o meu irmão, saia cedo para o trabalho e só voltava à tarde. Assim, durante as férias da Daniela e enquanto eu estivesse por lá, nós dois estaríamos a sós o dia todo.


Faltavam apenas duas semanas para que ela voltasse para a escola. Então, para que eu não passasse a impressão de ser um homem folgado, eu a ajudava no que podia, e também ajudava o meu irmão, fazendo pequenos favores. Eu lavava o carro, cortava a grama, etc. E foi justamente cortando a grama do quintal que a história com a Daniela começou.

Um dia o tempo estava um pouco nublado e resolvi ir cortar a grama, já que fazê-lo no sol não era nada fácil, devido ao calor. Vesti uma bermuda jeans velha e uma camiseta sem mangas e iniciei o trabalho. O quintal era muito grande e eu planejava limpar um bom pedaço.




A janela do quarto da minha sobrinha dava para o quintal. Enquanto eu fazia a limpeza eu podia observá-la, podia ver seus enormes seios, que até então eu não tinha tocado. Ela sempre usava umas blusas de alcinha que me deixavam louco. Que par de seios mais deliciosos! Eu imaginava ela mostrando os peitos pra mim, com os biquinhos rosados, pra eu tocar e beijar.

Continuei cortando a grama e o sol saiu. E estava fazendo tanto calor que logo comecei a transpirar muito. Mas eu queria adiantar um pouco mais a limpeza. De vem em quando eu olhava para a janela do quarto da minha sobrinha, mas eu não a via de jeito nenhum. Voltei a olhar novamente, e mais uma vez.


- Está me procurando, tio? - a Daniela chegou por trás de mim e falou. Cacete! Levei um susto da porra.
- Sim... quer dizer, não... eu só queria ver onde você estava! - falei um pouco sem graça.

- Fiz uma limonada para o senhor! Está muito calor, não está?
- Sim... muito obrigado! - respondi sem saber muito o que dizer.
- Tio, seu braço é musculoso... nossa... você faz academia, é?
- Eu ia de vez em quando! Gosto de malhar um pouco!

- O senhor não fica com calor com esse peito todo peludo não? - ela me perguntou sorrindo. - Eu sinto calor demais, tio... e olha que nem tenho pelos nos seios!

Minha sobrinha falou isso e rimos um pouco. Em seguida ela pediu pra eu mostrar meu peitoral pra ela. Caramba! Esse comentário que ela fez me deixou excitado demais. Senti meu pau reagir na mesma hora, ficando meio atravessado na minha calça. Imediatamente percebi que a Daniela estava dando mole pra mim.

Bebi a limonada que ela fez e voltei a limpar mais um pouco do quintal. Depois de um tempo me sentei em uma sombra e fui descansar um pouco. Assim que fechei meus olhos, minha cabeça foi invadida por pensamentos de luxúria em relação à minha sobrinha.

Eu estava louco de vontade de meter. Já fazia um bom tempo que eu não chupava nem fodia um buceta. Caralho! Era a minha sobrinha, e eu estava preocupado. E se eu estivesse equivocado? E se eu estivesse confundindo a simpatia dela com outra coisa? E se o meu irmão descobrisse?

Pensei que talvez seria melhor esquecer tudo isso. Me levantei, tirei minha camiseta suada e entrei na casa, disposto a tomar um banho. O banheiro ficava bem ao lado do quarto da Daniela. Ao passar para ir para o banheiro, comecei a ouvir uns gemidos suaves, e uma respiração agitada.

Não acreditei nos meus ouvidos. Minha sobrinha estava se masturbando? Naquela hora do dia? Que delícia! Colei o ouvido na porta e fiquei escutando os gemidinhos dela. Fiquei imaginando ela se tocando, numa siririca deliciosa. Pensei se ela estaria peladinha, ou apenas com a calcinha puxada de ladinho.

Na hora meu pau ficou muito duro. Tirei ele pra fora da bermuda e comecei a bater uma punheta, ouvindo os sussurros da Daniela. Eu não podia ouvir tudo, mas peguei frases como "Mete nela... mete... come essa bucetinha". Senti uma vontade enorme de entrar no quarto dela e enfiar minha pica todinha em sua bucetinha novinha.

Fiquei escutando e me masturbando por uns cinco minutos, até que veio um gemidinho longo e agudo. Ela estava gozando. Que coisa mais deliciosa! Rapidamente guardei minha rola na bermuda e esperei uns segundos até minha ereção acalmar. Em seguida bati na porta do quarto dela.

- Oi, é o senhor, tio Lucas? - ela perguntou lá de dentro.
- Sim... vou tomar um banho, Daniela... está tudo bem com você? - falei o que veio na minha cabeça.
- Sim... estou bem! - ela falou e abriu a porta do quarto.

Ela já estava vestida, mas seu rostinho vermelho não conseguia esconder a gozadinha que tinha acabado de acontecer ali.

- Tio, o senhor fica tão bonito assim, sem camisa e todo suado! - ela falou dando uma mordidinha no lábio inferior. Que loucura! Era a hora de pegar a safadinha, jogá-la na cama e meter nela a tarde inteira. Mas era a minha sobrinha. Eu não podia fazer aquilo.

- Então tá bom... vou tomar o meu banho! - falei e me afastei rapidamente dela, antes que qualquer um dos dois fizesse alguma besteira.

Mas eu estava muito excitado, com uma vontade enorme de bater uma punheta e aliviar aquele tesão. Assim, durante o banho, fingi que estava fazendo a barba e bati uma punheta daquelas, pensando nos peitos da Daniela, nela gemendo e pedindo pra eu meter meu pau em sua bucetinha, invadir a rachadinha dela e gozar lá dentro.

Enquanto eu batia minha punheta eu olhei involuntariamente para um montinho de roupa que estava em cima do armário do banheiro. Curioso observei com mais atenção e vi que eram roupas das minha sobrinha. Não aguentei. Peguei e era uma blusinha, sutiã e short. E dentro do short uma calcinha toda enroladinha.

Mas que loucura! Eu nunca tinha feito aquilo antes. Peguei o sutiã dela e dei uma boa cheirada. Parecia que eu estava sentindo o cheiro dos seios dela. Depois voltei minha atenção para a calcinha. Abri ela na minha mão e vi o fundinho com manchinhas incolores, que mostravam que a perereca dela andou babando muito ali.

Nem preciso falar que meu pau dava pinote nesse momento. Levei a calcinha dela no meu nariz e minha punheta se transformou em uma das melhores que eu já bati até hoje. Que cheiro de buceta mais gostoso. Depois enrolei a calcinha dela ao redor do meu pênis e esqueci completamente que eu não estava na minha casa.

Mais de uma mês sem meter numa mulher e mais de quinze dias sem bater uma punheta. Perdi a noção do tempo e espaço e comecei a gemer e sussurrar dentro do banheiro, até que gozei como um louco, punhetando com a calcinha da Daniela na minha pica.

Caralho! Que gozada boa! E aí veio o pânico. Fiquei com um medo danado de ela ter ouvido meus gemidos. Terminei meu banho bem rápido, enrolei a toalha na cintura e fui para o meu quarto. Assim que entrei veio a surpresa.
- Daniela... o que você está fazendo aqui, menina? - falei demonstrando um certo receio.

- Nada, tio... estou pegando roupas limpas para o senhor, ué! - ela falou calmamente. - Eu vi que o senhor não tinha levado roupa limpa para o banheiro e vim aqui escolher... é só um favor mesmo... gosto tanto do meu tio! - ela complementou e me deu um beijo no rosto.

- Não era necessário!... se o Mauro te pega aqui no meu quarto eu terei problemas! - falei e me afastei dela um pouquinho.
- Não tem problema, tio! Quando meu pai chega ele buzina pra eu abrir o portão... o senhor sabe disso! - ela falou e se aproximou ainda mais de mim.

E foi aí que aconteceu algo que deu início a duas semanas de pura paixão, erotismo e sexo entre eu e minha sobrinha. Ela foi se aproximando e eu me afastando, até que fiquei encurralado no canto do quarto. Ela veio lentamente, me olhando nos olhos e mordendo o lábio inferior, sem falar nada.

De repente sua mão agarrou minha toalha e a puxou. Não tive nenhuma reação a não ser permitir.
- O senhor estava batendo punheta no banheiro, não tava, tio? - ela disse com a voz bem baixinha. - Fala que o senhor estava pensando em mim, fala... porque eu me toquei pensando no senhor... até gozar, sabia?... fiquei o tempo todo imaginando como seria bom ter esse pauzão dentro de mim!

A Daniela falou tudo isso com a boca a poucos centímetros da minha. Caralho! Pude sentir o hálito cheiroso dela. Meu pau ficou muito duro na hora. Minha sobrinha percebeu e levou a mão até ele, apertando levemente.
- Hummmmmm... está tão quente, tio? - ela falou com uma risadinha.

Coloquei a minha mão em cima da mão dela e punhetei minha vara lentamente. Que mãozinha mais macia e delicada. Nessa hora meu irmão buzinou e a Daniela, assustada, saiu correndo do meu quarto para abrir o portão. Fechei a porta e caí na minha cama, sem acreditar no que estava acontecendo.

Fiquei no meu quarto, deitado, com o pau duro, ouvindo a minha sobrinha receber o meu irmão. Enquanto eles conversavam eu não parava de pensar nela, em seu corpinho delicioso, em sua voz suave e sensual. Eu estava louco de vontade de meter nela, de chupar seus enormes seios. Mas tudo que eu podia fazer no momento era bater punhetas em homenagem a ela.

Decidi me acalmar. Me vesti e fui jantar com eles e assistir um pouco de TV. As horas passaram e fomos dormir. Já de madrugada eu acordei com uma ereção do caralho. Eu tinha sonhado com a Daniela e estava com o pau todo gozado. Fazia muito tempo que eu não tinha sonhos assim.

Resolvi ir ao banheiro lavar minha pica, e enquanto eu fazia isso, a Daniela não saia da minha cabeça. Minha própria sobrinha me deixando com um puta tesão daqueles. Pensei em entrar no quarto dela, acordá-la sem fazer barulho e meter nela em sua cama. Mas era muito arriscado. Decidi voltar para o meu quarto e dormir.

No dia seguinte eu acordei por volta das 10:00hs da manhã. Meu irmão já tinha saído para trabalhar. Assim, outra vez eu ficaria sozinho com a minha sobrinha. Resolvi arriscar. Me levantei apenas de cuecas, sem bermuda, sem camiseta, nada. Apenas de cuecas, com o meu pau atravessado. Escovei meus dentes, me perfumei e respirei fundo.

Me certifiquei de que meu irmão tinha mesmo saído e fui até a cozinha preparar alguma coisa pra comer. A Daniela estava lá, de costas pra mim, com um shorts tão pequeno que mostrava as popinhas de sua bunda. Ela estava usando uma blusa que mostrava suas costas por completo. Na hora meu tesão foi lá nas alturas.

Enquanto ela lavava as vasilhas eu a cumprimentei e a abracei por trás, com minhas mãos em sua cintura, sentindo a maciez e o cheiro de sua pele. O volume do meu pau encaixou direitinho na racha da bundinha dela e a safadinha empinou um pouco, ficando nas pontas do pés.

Comecei a dar beijinhos nas costas e na nuca dela, até que ela não resistiu e virou o rosto. Nossas bocas se encontraram e nos beijamos deliciosamente, sem pressa. Eu nunca tinha beijado uma boquinha tão gostosa, tão cheirosa e molhada. A línguinha dela brincava com a minha e demonstrava o quanto ela estava com tesão.

Apertei ela nos meus braços e enfiei uma de minhas mãos por dentro de sua blusa. O efeito foi imediato, pois ela empinou ainda mais a bundinha.
- Tio do céuuuuu... meu deusssssss... que gostosoooooo...! - ela gemeu e empurrou seu pequeno traseiro contra o meu pau.

Puxei uma cadeira, me sentei, puxei a Daniela e a coloquei sentada na minha perna. Depois de beijar a boca dela mais uns segundos, tirei sua blusa e seus enormes seios ficaram à minha disposição. Que peitos mais duros e cheirosos. Beijei e chupei cada um deles, ao mesmo tempo que abri as pernas dele e apertei sua xoxotinha por cima de seu short.

- Gatinha... você não sabe o tesão que seu tio tem nesses peitos... que delícia! - falei e ela apenas sorriu pra mim. - Quero te ver pelada, Daniela... vamos para o meu quarto!
- S-s-sim... eu quero muito fazer com o senhor, tio! - ela respondeu de imediato.

Fomos para o meu quarto e ela não parava de pegar no meu pau, por cima da minha cueca, e apertá-lo, dando risadinhas. Entramos e eu a agarrei por trás novamente, beijando sua nuca e falando o quanto ela era bonita e gostosa. Lentamente tirei sua blusa, shorts e calcinha. Ela só mordia os lábios e gemia delicadamente.

Completamente nua e de costas para mim, minha sobrinha começou a mexer o quadril, rebolando no meu pau, ainda dentro da minha cueca. Eu beijava a nuca dela, suas costas, e ficando vendo aquela bundinha maravilhosa sendo pressionada contra a minha vara.

Eu já estava louco de vontade de meter nela daquele jeito, por trás. Nisso ela se virou, baixou minha cueca e começou a tocar, massagear e apertar meu pau com sua mão macia, delicada e quente. Que tesão do caralho! Enquanto ela fazia isso ela beijava meu peito.

- Que pau mais gostoso, tio... seu corpo é tão lindo... adoro homens assim, com pelos no peito... do jeito que o senhor é... me toca, vai... quero sentir seu calor... quero sentir o seu pau todinho dentro de mim, tá? - ela ficava falando essas coisas e eu ficava ainda mais excitado.

Não aguentei mais. Deitei ela de costas na minha cama, abri bem suas pernas e pude apreciar uma das xoxotinhas mais lindas que já vi em toda a minha vida. A bucetinha dela era peludinha, com um clitóris bem saliente, os pequenos lábios realmente bem pequenos e os grandes lábios levemente inchados. Que coisa mais linda!

Aproximei minha boca do meio de suas pernas e ela soltou um gemido de prazer. Cheirei sua perereca e pude perceber o odor delicioso de menina novinha. Dei uma linguada completa, de baixo para cima e senti um gosto maravilhoso. Lambi lentamente, parando com a ponta da língua em seu grelo.

- Ohhhhhhh... issooooooo... tio... faz mais... isssooooooo... é tão bom...! - a Daniela gemia e falava. Tentei enfiar meu dedo na xoxotinha dela e ela recuou o corpo. Não insisti e continuei chupando. Meu pau estava duro demais, pronto para entrar naquela grutinha babada.

- Não mete não, tá, tio... eu nunca deixei enfiar nela... fica só esfregando o pau em mim... pode ser? - minha sobrinha falou com uma carinha tão linda. Fiquei entre as pernas dela e comecei a esfregar a cabeça da minha pica no meio de seus lábios vaginais e em seu clitóris.

- Uhhhhhhhhhh... meu deussssss... isso é tão bom, não é, tio?... o senhor gosta de brincar assim, gosta? - ela falou entre gemidos e gritinhos de prazer. Percebi que ela estava toda vermelhinha. Aproximei minha boca de seus seios e os beijei delicadamente. Em poucos segundos eu estava mordendo e sugando os biquinhos rosados.

Meu nível de excitação estava muito alto e eu já queria gozar. Esfreguei meu pênis contra o clitóris dela um pouco mais rápido. Nós dois gemíamos de prazer e ela procurou minha boca, em um beijo molhado e cheio de tesão. Em seguida seu corpinho começou a se tremer todo. Ela estava gozando.

Depois de gozar ela me deu um empurrão de leve, me tirando de cima dela.
- Tio... acho que assim já tá bom... vamos ficar só nisso, tá? - ela falou, ainda recuperando o fôlego.
Sabendo que estávamos fazendo algo errado, aceitei, me levantei da minha cama e fui para o banheiro bater um punheta e aliviar a minha tensão.

E assim foram passando as duas semanas de férias da minha sobrinha. Todos os dias a gente dava uma namoradinha, roçando nossos corpos, trocando beijos apaixonados, eu chupando sua xoxotinha e ela punhetando o meu pau. Durante todo esse tempo eu não a penetrei. O máximo que fiz foi esfregar a cabeça da rola em sua buceta e no seu cuzinho mega apertado.

Eu ficava louco de tesão, mas nem sequer gozava nas pernas dela, nem na bunda, nem em seus seios. Eu sempre finalizava no banheiro ou na frente dela, enquanto ela também se masturbava até gozarmos juntos. Dava gosto observar sua carinha de felicidade ao ver os jatos de porra sairem da minha piroca.

Infelizmente as férias da minha sobrinha acabaram e ela teve que retornar à escola. Quando isso aconteceu eu percebi que já era a hora de eu cuidar da minha vida, encontrar um trabalho e sair da casa do meu irmão. Nosso namoro era muito prazeroso para ambos, mas era errado, e meu irmão podia nos dar um flagra a qualquer momento.

Alguns dias se passaram e eu e a Daniela ainda encontrávamos um jeito de ficarmos sozinhos, mas ela nunca me deixava penetrá-la. Finalmente anunciei que eu iria embora em uns cinco dias. Quando falei isso para ela e o meu irmão, ela ficou me olhando com uma carinha de safada e mordendo os lábios.

Dois dias antes de eu ir embora eu e minha sobrinha estávamos pelados no quarto dela, eu brincando com os dedos em seu grelo e ela batendo uma punheta pra mim. Depois de chupar seus enormes seios, como eu sempre fazia, eu finalmente fui ao banheiro bater uma punheta e gozar. Mal entrei no banheiro e ela me chamou de volta.

Entrei em seu quarto novamente e a encontrei deitada na cama com as pernas bem abertas.
- Tio... já que o senhor está indo embora... vou lhe dar um presente... vou deixar o senhor enfiar um pouquinho... vem cá, vem! - ela falou e me deitei em cima dela.

Comecei a esfregar a cabeça do meu pau em seu grelo, e ela só gemendo. Forcei um pouco e a cabeça da rola entrou. Nessa hora ela me abraçou e me beijou loucamente.
- Enfiaaaaa... tio... enfia mais um pouco... deixa eu sentir ele lá dentro... nunca deixei enfiar... hoje eu quero!

Que delícia! Eu nem estava acreditando. Que bucetinha mais apertadinha. Parecia que meu pau estava sendo esmagado. Soltei meu peso em cima dela e minha pica entrou mais alguns centímetros. Ela colocou as mãos no meu quadril como se estivesse pedindo para não penetrá-la tão fundo.

Fiquei bombando só na entradinha da perereca dela, que estava toda babada e escorregadia. Nossos beijos foram se tornando mais quentes e percebi a respiração dela mais ofegante. E então o que eu esperava finalmente aconteceu.

- Ahhhhhhhhhhhh... tioooooo... meu deussssss... enfia só mais um pouquinhoooooo... ohhhhhhhhhhhh... está tão bom... está... está... ahhhhhhhhhhhhhhh...! - ela soltou um gemido mais alto e gozou deliciosamente, contraindo sua bucetinha jovem ao redor do meu pau.

Eu já estava prestes a gozar também, mas não queria gozar dentro dela, já que estávamos fazendo sem preservativo. Tirei o pau rapidamente e me preparei para gozar em sua barriguinha. Mas a minha sobrinha queria algo diferente.

- Espera, espera...! - ela falou e ficou de joelhos ao lado da cama. - Vem aqui, tio... goza nos meus seios... deixa eu sentir sua porra quente neles! - ela falou e ficou acariciando seus peitões e colocando-os juntos para receber o meu sêmen. Me aproximei e fiquei batendo uma punheta na frente dela.

- Não... o senhor não vai gozar assim não... quero chupar também... chupar eu sei... deixa eu chupar até o senhor gozar, tá? - ela falou toda safadinha. Que delícia! Em apenas um dia estávamos fazendo coisas que não fizemos em todas as nossas brincadeiras dos dias anteriores.

Ela chupou o meu pau deliciosamente bem, com seus lábios grossos e lindos deslizando por toda a minha vara, depois dando beijinhos na cabeça e engolindo o que ela conseguia.
- Ahhhhhhhhhhh... Danielaaaaa... Uhhhhhhhh... puta que pariu... vou gozarrrrrr... vou gozarrrrrrrr...!! - não aguentei mais e a avisei.

Ela ficou dando gemidinhos e punhetando meu pau bem em cima de seus seios.
- Gozaaaaa... tio... goza bem gostoso nos peitos da sua sobrinha linda... gozaaaaaaa... seu gostosooooooo...!! - ela sussurrou me olhando nos olhos.

Gozei como um cavalo, disparando porra nos peitos e no rosto da minha sobrinha. Ejaculei tanto que minha pernas cederam e tive que me deitar na cama dela. Ela começou a rir e ficou espalhando minha porra em seu rosto e seios. Em seguida senti sua boquinha quente na cabeça do meu pau, sugando o restinho de esperma.

- Meu deusssss... que loucura, tio... eu nunca tinha feito essas coisas... o senhor foi o primeiro homem que eu deixei enfiar, sabia? - ela se deitou ao meu lado e começou a me falar isso. - E foi também o primeiro que eu deixei gozar em mim!

Ficamos mais um tempinho conversando e finalmente fomos tomar um banho juntos, já que meu irmão não demoraria a chegar. No banheiro eu ainda chupei a xoxotinha dela e a fiz ter mais um orgasmo. Ficou combinado que ela iria no meu quarto de madrugada para curtirmos mais um pouco.

E assim aconteceu. Nos meus últimos dois dias na casa do meu irmão a minha sobrinha chegou a matar aulas só pra gente ficar juntos. Meti nela do jeitinho que eu queria, bem fundo, até deixar a xoxotinha dela toda aberta. E no final eu sempre gozava em seus enormes seios e boca.

Mas, como tudo que é bom dura pouco, tive que voltar para a minha cidade e meu contato com a Daniela agora é somente pela internet e celular. De vez em quando ela fica se mostrando pra mim na webcam e eu também mostro meu pau pra ela.

Mas final do ano estou indo visitar meu irmão de novo. Não aguento mais ficar longe da minha sobrinha novinha, peituda e deliciosa. Tomara que outro cara não esteja metendo nela enquanto eu não estou lá.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Paulo Mineiro
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 30/05/2017
Sou um coroão dotado de 55 anos mineiro e adoro as mulheres novas de até 30 anos, que sejam safadas, taradas e putinhas. 31.98899.2210

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Moreno zl pauzudo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 31/05/2017
Gatas e gatinhas que amam gozar só as de São Paulo quero te chupar muito e te fazer gozar cavalgando na minha pica me ADD zap 11,98326,6611

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Mineiro
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 02/06/2017
Sou um coroão dotado de 55 anos mineiro e adoro as mulheres novas de até 30 anos, que sejam safadas, taradas e putinhas. 31.98899.2210

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: dotado são paulo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 09/06/2017
Gatas que querem uma rola pra gozar sem compromisso me add: 1`[somente e-mail permitido agora]
Vamos marcar e gozar juntos

Só as de sao paulo

Sou safado .muito ativo e amo chupar bucetinha

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: dotado são paulo
E-Mail: consultorbenvenuto@gmail.com
Data: 09/06/2017
Gatas que querem uma rola pra gozar sem compromisso me add: 11,98326,6611
Vamos marcar e gozar juntos

Só as de sao paulo

Sou safado .muito ativo e amo chupar bucetinha

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 11/06/2017
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos e vontades...whats 47. 9212. 6411 (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Miguel Ángel Rodrigues
E-Mail: talaje3@hotmail.com
Data: 17/06/2017
Adoro buceta chupa bem gostoso com ate gozar gosto de pega de 4 segurando firme na cintura e socado gostoso se ta afim meu e-mail talaje3@hotmail.com [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Mario
E-Mail: mario-sidnei@live.com
Data: 03/07/2017
Quem quiser safadeza me manda no email adorooo falar bobagem e muito mais

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: GordinhaSafadha
E-Mail: gordinhasafada.19999@gmail.com
Data: 08/07/2017
Sou uma gordinha bem safada, tenho 20 aninhos e estou a procura de prazer, novas experiências.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Sara
E-Mail: novinhadopoder949@gmail.com
Data: 08/07/2017
Adorei o conto,fiquei toda melada...se quiser uma conversa gostosa é só mandar mensagem pro email.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Mineiro
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 28/07/2017
Sou um coroa mineiro dotado e safado de 45 anos e adoro as mulheres novas de até 30 anos que sejam safadas, taradas e putinhas e que morem em Belo Horizonte ou próximo. 31.98899.2210

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Lara
E-Mail: perez.larissa@yahoo.com
Data: 31/07/2017
Louca para experimentar... Fiquei cheia de tesão Gozei deliciosamente!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: njrv
E-Mail: njrv79@gmail.com
Data: 05/08/2017
Algum grupo de whats de incesto

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Homem carinhoso
E-Mail: maduro.homemcarinhoso@gmail.com
Data: 08/08/2017
Quero mulheres
Sou de Brasília
Um coroa enxuto

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Bruna
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/09/2017
Adorei

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Mayara
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/09/2017
Nunca tive atenção por pessoas da minha família muito menos pai e tios.
Mas eu confesso que já tive experiências com homens maduros.
Tenho 18 anos e já tive experiências com 4 coroas na minha vida, um era o Dr. Mauro, um médico de 65 anos que conheci por acaso num shopping de São Paulo, do nada ele puxou assunto comigo e o papo ficou tão interessante que tive minha primeira experiência sexual com um coroa, na época estava com 16 anos.
O outro era o Paulo, um Engenheiro Civil que trabalhava e morava em Campinas, ele tinha 68 anos e foi muito gostoso.
O terceiro era o Dr Carlos, outro médico maravilhoso de 69 anos que adorava me levar na casa dele é usando a esposa viajava para o Exterior, transei muito naquela cama rsrs.
E por último é o Sr Roberto, um grande empresário de SP que ainda nos encontramos até hoje, ele tem 70 anos e é o coroa dos sonhos, charmoso, cabelos brancos, alto, tem um corpo bonito com pele macia, e tem um belo pau de 22cm.... Jesus me abana rsrsrs.. aiai só de falar já fico meio louca rsrs.
Adoro coroas
Namoro, mas traio com amor meu namorado se tratando de coroas acima de 60 anos.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Cinquentão
E-Mail: Anônimo
Data: 09/09/2017
Oi Mayara.
Não tenho 60 anos.
Gostei da forma que você publicou suas experiência.
Gostaria de poder te conhecer melhor.
Deixe um E-mail para contato caso haja interesse de sua parte.
Bjosss
E bom final de semana.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Angélica
E-Mail: angelicabb307@gmail.com
Data: 12/09/2017
Adorei o conto quem quiser me mandar um ZAP PR falarmos besteira vou gostar muito [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau grosso
E-Mail: eder7l932@gmail.com
Data: 07/11/2017
0.3.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Email do Facebook ederfranncisco7l92@gmail.com
Me add la mulheres que gosta de rola grossa

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 10/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 Zap

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me chama lá mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 whats

0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo

Email do face

ederfranncisco7l92@gmail.com

Me adiciona la mulheres safadas

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Thaís
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 30/11/2017
Ola, ofereci minha bucetinha e poucos quizeram, venham me come, sou toda de vocês, quero vcs dentro de mim... Coroas, novinhos (18+).. Só marca e cai dentro..
011.9541.5429 zapzap.

Delicias, safados e pauzudos.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola grossa carente
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 30/11/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zAp
0.3.1.9..8.9.7.2.1.8.1.4 imo
Presciso de uma amiga safada e sincera

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rola bem grossa
E-Mail: eder7l92@gmail.com
Data: 03/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap( vivo )
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 imo e ( oi )
0.3.1.9.9.7.1.0.2.4.1.3 vivo
Chama ai mulheres
Pra gente bater papo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 11/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
0.3.1.9.9.7.1.0.2.4.1.3 vivo
0.3.1.9.8.9.7.2.1.8.1.4 oi
Chama la mulheres

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 31/12/2017
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
Procuro uma mulher safada 
quero.uma amizade intensa 
chama no zap mulheres ou manda msg no meu numero da vivo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 01/01/2018
0.3.1.9..7.1.0.4.4.3.5.0 zap
procuro mulher safada
nai importa idade sendo minha amiga
amizade virtual ou real
Procuro uma amiga se verdade
chama no zap mulheres afim.de um amigo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pau bem grosso
E-Mail: eder8l92@gmail.com
Data: 02/01/2018
0.3.1.9.7.1.0.4.4.3.5.0 zap
Sou solteiro gosto de mulher comprometida tbm
mais converso com todas mulheres que me chamar no zap
chama la mulheres afim de um papo safado

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anna
E-Mail: Yohannanascimento2017@gmail.com
Data: 08/01/2018
Algum safadinho de Minas Gerais que esteja afim de me fuder ? Ou qie tenha disponibilidade para viajar so para ter alguns dias de prazer ?

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Marcos
E-Mail: Marcosglilo5@gmail.com
Data: 09/01/2018
Alguma ou Tinha de São Paulo al p tomar leitinho tu ser gostoso adoro fuder quietinha e deixar um cuzinho bem aberto marcos me chamem 1.1.9.5.4.5.2.8.2.0.2 marcos

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Comendo o cú da amiga da namorada
Minha namorada caiu na besteira de me apresentar a sua amiga gostosa. Não deu outra. Levei a safada para o motel e comi o cú dela
Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Loirinha delícia desfilando na praia
Vejam que bundinha mais gostosa, balançando de um lado para o outro. Na hora já imaginei a bucetinha dela no meu pau
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Fodendo a maninha de 16 anos [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picagostosa20 disse:
Oi safadinha tenho uma pica grossa e gostosa pra mete na sua bocetinha e-mail e Skype betobolero2014@hotmail.com chama lá

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fodendo a maninha de 16 anos [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Safadinha disse:
Nuss q delicia queria um irmaozinho assim fiquei molhadinha cheia de tesao querendo da a bucetinha tambem... Hmmmm

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fiquei gostando de ser cadelinha [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Joao disse:
[Ocultado. Clique e deixe uma mensagem] quero muito conhecer alguma fata q tope fuder com um dog..se alguém tiver um contato favor me passar..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bucetinha molhadinha no busão [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Plablooo disse:
Sou um homem quarentão separado procuro novas amizades com mulheres madura que curta zofolia ou sai com casal de amigos minha amiga que uma outra mulher q curta zofolia com local chama no Wast [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Acordei com a língua do meu cãozinho Fuffy na minha buceta [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Plablooo disse:
Sou um homem quarentão separado já pratiquei zofolia com uma amiga tou a procura de mulher que cura zofolia quem tenha local e dog p uma festinha chama no Wast [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Xoxota na xoxota [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Quero mulheres
Moro em Brasília
Entre em contato no meu email
Adoro uma bucetinha raspadinha!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Adoro um cuzinho também
Só mandar mensagem no meu email
Se.for de Brasília
Melhor ainda!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Mara disse:
Sou mulher de Curitiba sou louca pra fazer zoofilia se alguém tiver um cachorro e um lugar pra me iniciar entre em contato comigo. Imail prettacastro@gmail.com espero vcs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bebi demais e dei para um cachorro pela primeira vez [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Mara disse:
Sou mulher de Curitiba sou louca pra fazer zoofilia se alguém tiver um cachorro e um lugar pra me iniciar entre em contato comigo. Imail prettacastro@gmail.com espero vcs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Virgem na pepekinha, cuzinho arrombado [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Procuro mulheres de Brasília
Sou um coroa
Mande zap no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

De tanta curiosidade pelo sexo anal, entreguei meu cuzinho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei seu conto gostaria de fazer contato com você e outras mulheres que gostam de uma boa aventura 019.971.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Xoxota na xoxota [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Amanda Souza disse:
Oi.. sempre tive essa vontade de transar com uma mulher.. mas nunca tive uma oportunidade.. bem.. o nome do meu Facebook é: Amanda Souza..
Moro em Manaus /Am

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Sonja McDonell disse:
Eu sou Sonja McDonell, 23 anos, aeromoça da American Airlines com 13 cidades estrangeiras. O sexo anal é uma maneira especial de sexo e pode ser maravilhoso. Eu tive essa ideia, quando vi transexuais na internet e como eles fazem isso. Eu fiquei totalmente encantada quando vi algumas delas, que fizeram as meninas felizes em suas bundas.
sonjamcdonell@yahoo.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Um acidente de moto foi o culpado por eu dar para o meu filho [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha primeira vez foi com um homem mais velho - Menina Hentai [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

As calcinhas da minha mãe ficaram meladas de porra - Parte 1 [Chat de Putaria] [Ver Vídeo Pornô]
Picanegragrossa disse:
0.3.1.9.9.9.5.3.2.4.0.6 zap
Procuro mulheres safadas e cassis heteros
Fakes. Serão bloquiados..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia