Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

O conto erótico está logo abaixo dos anúncios

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú


Facebook

Enviado por Menina Curiosa em 31/12/2016
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Anal / Sexo Anal | Visitas: 29801
Avaliação: [Votar]
26 Comentários [Comentar]

Antes de começar o meu relato eu gostaria de dizer que adoro este site de contos eróticos. Leio as estórias e fico toda molhadinha, com vontade de foder bem gostoso. Espero que o meu conto, 100% real, deixe vocês com tesão também. Se puderem, deixem seus comentários.

Meu nome é Bruna, sou uma garota de 19 anos e moro em uma pequena cidade do interior de Goiás. As meninas da minha cidade são muito bonitas, e creio que sou uma delas. Sou baixinha, morena, seios pequenos, cintura bem fininha e a bunda redondinha e empinada. Ah, e meus cabelos são pretos e longos.

Desde pequena que sou voluptuosa e muito fogosa na hora do sexo. Fui criada na fazenda, e foi lá que descobri os prazeres do sexo, namorando praticamente todos os rapazes que iam trabalhar para o meu pai. Depois que perdi a virgindade ninguém me segurou mais. Comecei a dar quase todos os dias.

No entanto, diferente de outras meninas, não sou oferecida e nem tenho jeito de quenga, pelo contrário, quem não me conhece pode jurar que ainda sou virgem. Sou muito comportada e nunca fiz nada que envergonhasse minha família. Só me solto mesmo entre as quatro paredes.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Depois que terminei o ensino médio meu pai deixou eu ir fazer faculdade em uma cidade a uns 300km de onde moravamos. Como é difícil ir e voltar todos os dias, ele alugou uma kitnet pra eu ficar. Faz dois anos que moro sozinha nesta kitnet. Há algumas amigas querendo morar comigo, mas meu pai prefere que eu continue sozinha para não atrapalhar meus estudos.



A faculdade fica a apenas oito ou dez quadras da minha kitnet. Assim, eu vou e volto caminhando, todos os dias. Estou no quarto período de administração, e, como as aulas começam às 7:00hs da manhã, eu saio de casa uns 30 minutos antes e quando chego ainda dá tempo de conversar um pouquinho antes da aula.

A verdade é que eu adoro essas caminhadas matutinas. Como falei, sou uma menina muito fogosa e ao andar, sinto as minhas nádegas se movendo ritmicamente, minha buceta fica apertadinha e, como caminho um pouco rápido, meus peitinhos ficam dando pulinhos a cada passo que dou.

Acreditam que sinto tesão ao caminhar? Sim, é isso mesmo. Além disso, me masturbo quase todos os dias. Adoro entrar na internet e ficar vendo pornografia ou conversando safadezas com homens e mulheres. Vou ficando tão excitada que quando gozo, o orgasmo vem tão delicioso que pego no sono na mesma hora.

O ano passado foi o meu primeiro ano na faculdade e também a minha primeira experiência morando sozinha. Mas eu estava indo bem, até o bendito horário de verão começar a mexer com a minha cabeça. Faltava uns 10 dias para o horário de verão começar e eu já estava ansiosa com esse negócio de ter que acordar uma hora mais cedo.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Um segunda-feira eu estava dormindo tranquilamente e de repente acordei assustada, com o sol já aparecendo pela minha janela. Fiquei tão desorientada que imaginei que o horário de verão já tinha começado. Me arrumei às pressas, comi um pedaço de bolo e já saí para a faculdade.

Durante o caminho observei as ruas, e elas estavam com menos pessoas do que de costume. Achei aquilo estranho, mas não dei muita importância. Continuei andando e, ao chegar na faculdade, vi que ninguém tinha chegado ainda. O Sr. Alberto, o velho porteiro, apareceu por lá e me viu do lado de fora do portão.



- Ei, Bruna!... O que está fazendo aqui tão cedo, menina? - ele falou sorrindo e seu olhar percorreu o meu corpo, de cima abaixo. Minha buceta ficou meladinha imediatamente, pois eu adorava quando o Sr. Alberto ficava me olhando. Às vezes eu até tocava uma siririca fantasiando com ele, já que adoro coroas.

- O senhor não vai acreditar, seu Alberto... me confundi achando que já era horário de verão... agora fiquei aqui de fora sozinha... que droga! - falei e começamos a rir.
- É verdade... ainda falta mais de uma hora para os professores e alunos chegarem! - o Sr. Alberto falou.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


"Mais de uma hora?!?", pensei com um sorrisinho diabólico por dentro. Resolvi brincar com o Sr. Alberto um pouquinho, mas só pra deixar ele cheio de tesão e ver se o coração dele ainda aguentava muita emoção.

Enquanto ele falava sobre a chatice de ter que acordar mais cedo durante o horário de verão, eu tirei minha mochila do ombro e fiquei segurando ela no meio das minhas pernas, balançando. Em seguida prendi meu dedo na parte da frente da minha saia, e, "distraidamente", levantei minha mochila até a altura dos meus seios, abraçando-a.

Vi que o Sr. Alberto olhou fixamente para o meio das minhas pernas. Com certeza ele estava vendo minha calcinha. O coitado começou a gaguejar e fiquei até com receio de ele ter um troço. Fiz de conta que nem percebi o que tinha acontecido e continuei conversando com ele.

- Bruna... falta muito para abrir ainda! - ele finalmente falou. - Vamos entrar... você não pode ficar sozinha aí fora!
- Também concordo, seu Alberto... é muito perigoso! - falei e ele não parava de olhar para a minha bucetinha, ainda protegida pela minha calcinha.

Ele abriu o portão e eu entrei rapidamente. Em seguida ele me levou até uma sala que fica atrás da lanchonete.
- Aceita um pouco de café?... acabei de fazer! - ele perguntou assim que me sentei.

Aceitei o café e fiquei observando o Sr. Alberto fazer suas tarefas matinais, preparando a faculdade para a chegada dos alunos.
- O senhor está sozinho aqui hoje? - perguntei de repente.

- Sim, filha... a mulher da limpeza não virá hoje! - ele falou e senti meu fogo aumentar. Será? Será que dava tempo de dar uma metidinha com aquele coroa antes dos professores e alunos chegarem? Nossaaa! Que loucura! O fato de eu estar ali sozinha com aquele homem estava me deixando muito nervosa.

Na noite anterior eu tinha me masturbado por quase uma hora, pensando em um pau de verdade enfiado todinho no meio das minhas nádegas, fodendo o meu cú. E agora a pica do Sr. Alberto ficava passando perto de mim o tempo todo.

Um calor danado tomou conta de mim, por causa desses pensamentos indecentes. Senti um fiozinho de suor descer pelas minhas costas e escorrer para o meio das minhas nádegas enquanto eu tomava mais um café. E o Sr. Alberto só conversando e tocando meu ombro de vez em quando.

Não demorou muito e senti a racha da minha bunda e o meu cuzinho ficarem molhadinhos de suor, e isso começou a me deixar tão excitada que eu pensei que ia ficar louca. Acho que eu já estava até tremendo de tesão.

Sem que o Sr. Alberto percebesse, levantei um pouco minha bunda e, com minhas mãos, levantei minha saia, deixando minhas nádegas tocarem o plástico da cadeira. Senti frio e um suave e delicioso prazer. Dissimuladamente, aproveitei uma distração dele e, com ambas as mãos, abri bem as bandas da minha bunda, puxando minha calcinha para o lado.

Meu deusssss!! Quando meu cuzinho e minha buceta sentiram o friozinho do plástico da cadeira eu quase soltei um grito de prazer. Eu não estava acreditando no que eu estava fazendo. Eu estava me masturbando na cadeira, com o porteiro da minha faculdade bem do meu lado.

Quando ele se virava eu ficava olhando-o pelas costas e apertava meu grelo contra a cadeira, sentindo meu corpo se arrepiar todinho. O Sr. Alberto é um coroa bonito, de uns 50 anos, casado, forte, bruto, rude, mas muito carinhoso, e ficava falando um monte de coisas que não me interessavam, já que eu queria mesmo era dar uma trepadinha pra apagar o meu fogo.

Aos poucos, de tanto eu mexer com a minha saia, o cheiro da minha buceta foi subindo e logo o ferômonio atingiu o nariz dele. O Sr. Alberto começou a ficar inquieto e seus olhos estavam fixos em meus pernas, e eu fazia questão de puxar minha saia ainda mais para cima, deixando minhas coxas também à mostra.

Minha cabeça dava voltas e eu estava muito confusa. Comecei a fantasiar ser tocada, beijada e fodida por aquele coroa barbudo e bruto. Terminei minha xícara de café e me levantei. Ao fazê-lo, minha saia subiu mais um pouquinho. O Sr. Alberto não aguentou mais e colocou a mão na minha cintura, me segurando bem forte.

- Bruna... você é gostosa demais, menina! - ele falou, com o olhar fixo na minha boca.
- O senhor acha mesmo, seu Alberto? - respondi, rebolando meus quadris lentamente. Nessa hora ele me abraçou por trás, tão apertado que senti o volume de seu pau na minha bunda.

- Você é quietinha mas é puta, não é? - ele disse e suas mãos começaram a levantar minha saia e percorrer minhas coxas. Não respondi nada, apenas deixei ele me tocar. Em segundos a mão dele estava dentro da minha calcinha, empalmando minha buceta toda depilada e lisinha. Alguém poderia chegar ali e nos pegar, e isso me deixou mais excitada ainda.

- Essa buceta já experimentou muita pica, né?... me fala... você já levou muita vara, não, Bruna? - o safado falava e eu só gemia, rebolando minha pélvis de encontro à mão dele. Nossaaaaa!! A outra mão dele se enfiou na minha blusa e começou a amassar os meus peitinhos, que já estavam fora do meu sutiã.

- Ahhhhhhhhhh... n-n-n-ão, Seu Alberto... não s-s-s-sou puta não... só dei algumas vezes! - falei entre gemidos.
- Não é puta não, é?... pois fica sabendo que todas as meninas na sua idade são putinhas safadas... e adoram dar a buceta para homens safados como eu! - o Sr. Alberto falou e me derreti todinha. Que loucura!!

- Vem cá, safadinha... vem... vou te mostrar um coisa! - ele falou e, me segurando pelos cabelos, me arrastou até um canto da sala e me fez ficar de joelhos entre suas pernas.
- Seu Alberto.... o pessoal está chegando... não vai dar tempo! - tentei protestar.

- Shhhhhh... vai dar tempo sim...! - ele falou e abriu sua calça. Na hora uma rolona enorme saltou para fora, dura, cheia de veias, grossa, com uma glande bem grande, descabeçada e brilhante, e do buraquinho da glande já saiam umas gotinhas de seu líquido pré-gozo. Fazia tanto tempo que eu não via um pau tão bonito.

- Pega aqui, Bruna... pega nele, filha! - ele falou e, segurando uma de minhas mãos, a colocou em sua pica. Segurei no pau dele nervosa, e adorei a suavidade da pele, o peso, e principalmente o cheiro de rola, cheiro de macho. Suspirei fundo e comecei a punhetar bem devagar, enquanto ele inclinou por cima de mim e enfiou a mão na minha bunda, por dentro da minha calcinha.

- Ohhhhhhh... Seu Alberto... a gente não pode... meu deusssss...!! - senti os dedos dele passarem pelo meu cú e pela minha buceta. Um arrepio de prazer percorreu meu corpo e fiquei louca. Abri meus lábios e abocanhei a rola dele quase toda.

- Uhhhhhhhhh... que boquinha mais quentinha, filha... você nasceu pra chupar pau, sabia disso? - ele gemeu e falou essa barbaridade. Comecei a mamar na rola desesperada e rebolei meu quadril ao contato de seus dedos nos meus fundos. Eu sentia minha xoxota molhadinha, e ele só dando dedadas, alternando entre minha buceta e o meu cú.

- Você gosta é de pica, Bruna... eu já sabia disso... sua safadinha!! - o Seu Alberto falou e me puxou pela mão e me colocou de bruços em cima da mesa. Fiquei com os pés no chão, toda exposta pra ele, sem qualquer chance de defesa. Suas mãos fortes abriram minha nádegas e o safado enfiou o rosto bem na racha da minha bunda.

Em toda a minha vida eu nunca tinha sentido tanto tesão. Minha vontade era gritar e pedir pra ele meter aquela vara todinha em mim. E o perigo de sermos vistos ainda contribuía para a coisa ficar ainda mais gostosa. Senti ele puxar minha calcinha para o lado e chupar meu cú, deixando ele todo babado.

- Preciso comer esse rabo, menina... preciso meter nessa sua bundinha...!! - o Sr. Alberto sussurrou no meu ouvido.
- Pode meter... mas faz bem rápido... estou com medo de alguém chegar...! - falei, coloquei minhas mãos para trás, desci minha calcinha e segurei as bandas da minha bunda bem afastadas.

Ele só teve o trabalho de encostar a cabeça da pica no meu cú e fazer um pouquinho de pressão. Os músculos do meu esfíncter cederam e houve um "ploff", barulho de algo entrando e o ar sendo espulso. Meu ânus, gulosamente, foi engolindo aquela tora centímetro por centímetro. O Sr. Alberto parecia não acreditar no que estava acontecendo.

- Ahhhhhhhhh... ohhhhhhh... que delícia de bundaaaa... que cuzinho mais macio.... ahhhhhhhhhh... caralho, filha... caralhooooooo...!! - o coitado gemeu e me segurou firme pela cintura, empurrando tudo, até encostar o saco. A penetração foi tão gostosa que quase chorei de tanto prazer.

Me senti totalmente preenchida e, mais uma vez, fiquei feliz por ter ido ao banheiro antes de sair de casa. Fico caindo de vergonha quando o pau sai sujo da minha bunda. E a pica do Sr. Alberto estava tão funda no meu intestino que parecia que ia sair pela minha boca. Mas ele precisava gozar logo, e eu também.

- Seu Alberto... agora começa a meter... senão não vai dar tempo...! - gemi e empinei um pouco mais a minha bunda, para facilitar os movimentos dele. Ele começou então o vai-e-vem delicioso, cadenciado, enfiando e tirando, e eu só acompanhando o rítmo, quase chupando a piroca com o meu ânus. Por várias vezes o pau saiu quase todo, e depois "ploff", entrava todinho, espulsando o ar de dentro de mim.

- Mete, seu Alberto... mete bem gostosooooo... meu deusssss... está tão bom... que pau deliciosoooooooo... deixa eu gozar nele... deixa, seu coroa safadooooo...! - gemi e comecei a esfregar meu grelo com uma de minhas mãos.
- Sim... goza na minha vara, sua sonsinha... fica se fazendo de sonsa mas é quenga! - ele falou e ficou metendo bem rápido e forte no meu cuzinho.

Quando ele me chamou de sonsa eu não aguentei. Soltei um gemido que parecia que alguém estava matando um gato.
- Ahhhhhhhhhhh... estou gozandoooooo... estou gozandooooooo... meu deussss... meu deussssss... fodeeeeee... fodeeeee...!! - senti meu corpo se tremer todinho e explodi em um orgasmo delicioso.

Gozei tão forte que babei pelo canto da boca, e o Sr. Alberto veio junto, me apertando contra ele e gemendo no meu ouvido. Em segundos o pau dele inchou dentro do meu cú e começou a cuspir porra que não acabava mais. Até xinguei ele de velho safado e tarado na hora, pois eu adoro esperma quentinho no meu intestino, bem lá dentro, e deixo guardadinho lá por muito tempo.

Nossa gozada coincidiu com as primeiras batidas no portão de entrada. Já eram umas 6:40hs da manhã e os professores e alunos estavam chegando. O Sr. Alberto me largou, limpou o pênis com uns pedaços de papel higiênico e vestiu sua calça.
- Bruna... amanhã... mesmo horário... vou te comer pela frente! - ele falou e saiu apressado.

Arrumei minha roupa e fiquei mais alguns minutos na salinha dele, sentada na cadeira e pensando na vida. O líquido abundante e viscoso que ele tinha depositado dentro do meu ânus já ameaçava sair. Olhei dentro da minha mochila e eu não tinha nem um absorvente, nada. O jeito foi dobrar uns pedaços de papel higiênico e colocar no fundo da minha calcinha.

Coloquei a cabeça do lado de fora da salinha e vi que ninguém estava por perto. Saí apressada e entrei no primeiro banheiro que encontrei. Me olhei no espelho e percebi o quanto eu estava vermelha e descabelada. Lavei o rosto, me ajeitei um pouco e, antes de sair, dei uma limpada no meu bumbum.

Consegui entrar na minha sala junto com o professor. Assim que me sentei do lado da minha amiga ela já me olhou estranho.
- Que fedor é esse, Bruna?!?... tem certeza que não pisou em cocô no caminho? - ela falou e me olhou com cara de nojo.

- Por que? O que foi? - perguntei, disfarçando.
- Vai tomar banho, menina... você está fedendo demais... você estava dando o cú, não estava? - ela falou e caiu na risada.
- Estava sim... e foi agora... acho que vou embora então... anota as coisas e pego com você amanhã, tá? - falei e me levantei.

Saí da faculdade apressada e fui quase correndo pra casa. Eu já estava longe quando o Sr. Alberto me viu.
- Até amanhã, Bruna... não chega atrasada, tá? - o safado gritou e eu apenas acenei, sorrindo. Aquela era a prova que eu tinha me transformado em sua putinha pessoal.

E assim aconteceu. Umas duas vezes por mês eu chego uma hora mais cedo na faculdade, só para foder com o Sr. Alberto. Nunca contei para a minha amiga o que ele faz comigo, pois ela com certeza ia ficar com vontade e querer dar pra ele também. E sou ciumenta. Só aceito dividir aquele coroa safado com sua esposa.

Está indo tudo muito bem. Tenho um namorado agora e ele dorme na minha kitnet umas duas vezes por semana, e fodemos bem gostoso, ou seja, quando não estou fodendo com o Sr. Alberto eu tenho meu namorado. E eles não sabem um do outro. No entanto, semana passada aconteceu algo que me deixou preocupada.

- Bruna... o Sr. Alberto me falou muito bem de você... não sabia que você gostava tanto de café! - meu professor de direito me falou baixinho na sala. E pela forma como ele pronunciou "café", eu tenho certeza que o Sr. Alberto contou tudo o que ele faz comigo. Fingi que não sabia do que ele estava falando e mudei de assunto.

Agora estou ferrada. Vai ser impossível segurar minha imagem de "filhinha do papai bem comportada" tendo que transar com três homens. Só vai me sobrar os dias de menstruação pra dar descanso para a minha piriquita. E quero dar um tempo no sexo anal também, pois acho que estou ficando com a musculatura frouxa. O que vocês acham que eu devo fazer? Dou uma chance para este professor também?

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Você gostou do conto erótico que acabou de ler? Faça uma doação de qualquer quantia e me ajude a manter este site no ar, pois estou tendo dificuldades em arcar com todas as despesas. Clique aqui e saiba como fazer sua doação. Ficarei eternamente grata pela sua constribuição.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Facebook

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 02/01/2017
Fico louco de tesão ao ler.. Adoro falar sobre sexo e sacanagens, tenho tesão tanto em fazer quanto conversar com mulher que tem esse desejo, mesmo que as vezes com medo de revelar... Mais com muito fogo pra despertar... Tbm amo proibido aumenta ainda mais tesão... Não concorda? Rs... Zap (Quatro, sete,) (nove, nove, dois, meia, nove, treze, Dezenove)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado Safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 02/01/2017
Fico louco de tesão ao ler.. Adoro falar sobre sexo e sacanagens, tenho tesão tanto em fazer quanto conversar com mulher que tem esse desejo, mesmo que as vezes com medo de revelar... Mais com muito fogo pra despertar... Tbm amo proibido aumenta ainda mais tesão... Não concorda? Rs... Zap (Quatro, sete,) (nove, nove, dois, meia, nove, treze, Dezenove)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Maria Alves
E-Mail: melocin@hotmail.com
Data: 03/01/2017
Amei o conto. Quando acabei de lê-lo não resisti: estava tão molhada que me fui masturbar.
Amo fazer sexo anal, embora ainda não tenha muita experiência. Gostava de experimentar um plug anal e
fazer com ele e um homem uma dupla penetração, alternando o plug: ora na vagina, ora no ânus, embora não seja muito higiénico.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Leonardo
E-Mail: leo.candido@yahoo.com.br
Data: 03/01/2017
Maria....tudo bem delicia...me manda um email...podemos conversar muito sobre isso...Bjos gata...leo.candido@yahoo.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Claudio
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 03/01/2017
Maria vc me parece uma m interessante ! Que tal conversarmos a dois e nos comhecermos melhor? Aguardo ansiosamente sua resposts ! Bjos calientes mais discretos rs!!


Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pirocao grosso
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 04/01/2017
Amei seu relato amor.
Vc parece q realmente gosta de uma boa putaria,gosta de rola e gosta de dar o cu.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: anonima
E-Mail: anonimo
Data: 06/01/2017
Otimo conto tb adoro ler fico com muito tesao


Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Casa Vita
E-Mail: Casaltaradogyn@hotmail.com
Data: 07/01/2017
Olá bruna se o conto for real e vc quiser ter uma experiência com um casal....Só entra em contato somos um casal bonito..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/01/2017
Meu watssp ([somente e-mail permitido agora] vamos falar muito sobre sexo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Rikelmy
E-Mail: Ronaldwilliam2009@gmail.com
Data: 08/01/2017
Se for verdade esse conto Bruna,e só me chama no zap ou imal .([somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 10/01/2017
Adoro sexo bem feito com longas preliminares e demoradas penetrações, com especial atenção ao anal
Se vc é arrombada, posso comprar consolos gigantescos para testar seus limites com carinho, onde vc vai se sentir dilacerada, partida ao meio, sentindo os ossos de seu quadril se deslocando com o avanço anal
machoalfasorocaba@bol.com.br
Contato inicial pelo e mail acima.Tenho excelente nível e quero te fazer gozar

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: gata
E-Mail: anonimo
Data: 10/01/2017
Morrendo de vontade de dar meu cusinho bem gostoso quem tiver afim deixa contato

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: xxxxxxx
E-Mail: xxxxxxxxx
Data: 10/01/2017
delicia

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo
E-Mail: Anônimo
Data: 10/01/2017
Oi gata e mulheres que s interessarem.
Onze quatro dois três oito um.
Só para mulheres.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo
E-Mail: Anônimo
Data: 10/01/2017
Oi gata e mulheres que s interessarem.
Onze quatro dois três oito um.
Só para mulheres.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: xxxxxxx
E-Mail: xxxxx
Data: 10/01/2017
xxxxxxx

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo
E-Mail: Anônimo
Data: 10/01/2017
Oi gata.
Para vc e qualquer mulher que quiser.
Onze, nove, sete, quatro, dois, cinco,três, oito, cinco, um.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 12/01/2017
Tenho tesão enorme em mulher comprometida Delicia.. adoro ver como as mulheres podem ser safadas e gostosas quando são bem comidas, ou provocadas, fico com puta tesão...adoro cobiçar uma mulher safada,ver o olhar dela de quem sabe que está seduzindo.., tbm é bom ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe até mesmo ajudando a conhecer esses desejos.. whats (quatro, sete)nove, dois, doze, -meia, quatro, onze.... e o mais interessante é que muitos maridos tem esse sonho de ver ela assim...e só precisam de uma ajudinha.. rs rs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Ronaldo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 16/01/2017
Zero qurato um oito um qurato cico treis zero treis

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Ronaldo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 16/01/2017
Zero qurato um oito um qurato cico treis zero treis

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Kelly
E-Mail: kellyschm@hotmail.com
Data: 18/01/2017
Oi Bruna meu nome é Kelly hoje tenho 22 anos e me identifiquei muito com você, pois acho que temos vários pontos em comum em matéria de sexo, perdi a minha virgindade cedo quando tinha 15 anos, adoro fazer sexo anal e também já tive uma experiência dessas quando estava no quarto semestre da faculdade de Biologia transei com um colega no banheiro feminino da minha faculdade, foi uma experiência incomum e muito excitante, também me acho muito fogosa, adorei o seu conto, com muitos detalhes e bem excitante o único senão que eu tenho é com relação ao Sr. Alberto acho que ele não deveria ter contado para ninguém o que aconteceu entre vocês dois. Quanto a você dar uma chance para seu professor, se você acha que ele é confiável e vai manter em sigilo tudo o que acontecer entre vocês dois não vejo porque não dar uma chance para ele, se você quiser escrever para mim ficarei muito feliz em ouvir a suas estórias e contar as minhas, boa sorte. Beijos

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 18/01/2017
Interessante adoro essas fantasias... mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats (quatro, sete) nove, dois, um, dois, meia, quatro, um, um

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Safado Dotado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 18/01/2017
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats novo (quatro, sete, nove, dois, um, dois,meia, quatro, um, um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: lopes
E-Mail: alencarlopes52@Gmail. com
Data: 18/01/2017
Gostaria de ter contatos com mulheres de atitude

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Mineiro
E-Mail: josewdcabral@bol.com.br
Data: 19/01/2017
Sou um coroão dotado mesmo e adoro as mulhers safadas e taradas. trinta e hum,nove,oitenta e oito,noventa e nove,vinte e dois,dez.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: zxxxx
E-Mail: xxxxxx
Data: 20/01/2017
adorei

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Bate-Papo Estórias de Sexo

Últimos Comentários dos Leitores

Muito excitada e com meu irmão dormindo do meu lado. Não resisti e dei pra ele [Ver Vídeo Pornô]
João Lucas disse:
Nossa, muito excitante esse conto, lendo esses contos de incesto, fico ainda mais louco de vontade de foder minha irmã, sou louco de tesão por ela, nunca tive coragem de tentar alguma coisa com ela, pois não sei qual seria sua reação, mas um dia ainda tentarei
Quero muito foder aquela bucetinha gostosa ki ela tem
Se alguém curti incesto e quiser conversar, entra em contato

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui a tia que ele sonhou - Parte IV [Ver Vídeo Pornô]
Eduardo 12 disse:
A minha mãe ela é muito linda e gostosa tenho uma vontade de fuder ela ela é muito linda e gostosa já tenho 16 cm ela gosta de me beijar brincando com comigo me beijar e me abraçar passa a noite toda pegando na minha pica depois ela fica lambendo e chupando adoro quando ela brinca com a minha pica eu gozo na mão dela az.sp. ad. Sousa@gMail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Paulo Mineiro disse:
Sou um coroão dotado mesmo e adoro as mulhers safadas e taradas. trinta e hum,nove,oitenta e oito,noventa e nove,vinte e dois,dez.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Muito excitada e com meu irmão dormindo do meu lado. Não resisti e dei pra ele [Ver Vídeo Pornô]
robertoestremeira disse:
as novinhas e maduras que rem um cara ativo e dotado de sao paulo , vamos gozar ,muito me chamar no email ou zap (nove,oito.tres.dois.seis-seis.seis.um.um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

A Carla e seu marido me fuderam bem gostoso [Ver Vídeo Pornô]
Lene disse:
Amei o conto eu e meu marido somos loucos pra fazer isso somos de salvador alguma gostosa ai teriia vontande de participar é só entra em contato bjs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Amarrada e comida aos 16 anos [Ver Vídeo Pornô]
Flavinha disse:
Olá que um homem ou mulher de Sp que me só pra chupar minha buseta bem gostoso

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Safado Dotado disse:
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats novo (quatro, sete, nove, dois, um, dois,meia, quatro, um, um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meti a rola na minha cunhadinha [Ver Vídeo Pornô]
Dotado disse:
ótimo conto..sempre que leio fico puto de tesão e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada, as vezes sendo uma evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida enfim mulher que gosta de ser bem fodida, ou tenha fantasias e desejos mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,quero até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats novo (quatro, sete, nove, dois, um, dois,meia, quatro, um, um)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Cunhadinha curiosa [Ver Vídeo Pornô]
Dotado Safado disse:
Interessante adoro essas fantasias... mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats (quatro, sete) nove, dois, um, dois, meia, quatro, um, um

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Interessante adoro essas fantasias... mesmo que secretamente desejem isso... por isso adoro mulher comprometida.... fogosa....mesmo que tenha medo de admitir.. mais sabe que tem esses desejos e vontades..e se bem seduzidas com uma boa conversa... não conseguem disfarçar o tesão e a vontade de ser bem comida... nem eles de verem isso acontecer... whats (quatro, sete) nove, dois, um, dois, meia, quatro, um, um

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Amarrada e comida aos 16 anos [Ver Vídeo Pornô]
Claudinho disse:
Olá Rafaela
Gostaria de saber mais sobre você
Manda mensagem no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fui mais cedo para a faculdade e o porteiro comeu o meu cú [Ver Vídeo Pornô]
Kelly disse:
Oi Bruna meu nome é Kelly hoje tenho 22 anos e me identifiquei muito com você, pois acho que temos vários pontos em comum em matéria de sexo, perdi a minha virgindade cedo quando tinha 15 anos, adoro fazer sexo anal e também já tive uma experiência dessas quando estava no quarto semestre da faculdade de Biologia transei com um colega no banheiro feminino da minha faculdade, foi uma experiência incomum e muito excitante, também me acho muito fogosa, adorei o seu conto, com muitos detalhes e bem excitante o único senão que eu tenho é com relação ao Sr. Alberto acho que ele não deveria ter contado para ninguém o que aconteceu entre vocês dois. Quanto a você dar uma chance para seu professor, se você acha que ele é confiável e vai manter em sigilo tudo o que acontecer entre vocês dois não vejo porque não dar uma chance para ele, se você quiser escrever para mim ficarei muito feliz em ouvir a suas estórias e contar as minhas, boa sorte. Beijos

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia