Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quer trair seu namorado ou esposo? Faça sexo casual e sem compromisso. Temos vários homens cadastrados querendo te conhecer. Ninguém precisa saber, nem sua melhor amiga.

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 1


Enviado por Mulher Tímida em 28/12/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Incesto | Visitas: 96976
Avaliação: [Votar]
24 Comentários [Comentar]

Finalmente eu estava em casa, depois do meu primeiro semestre na faculdade. Eu estava cursando Medicina. Como na cidadezinha onde morávamos não tinha o curso que eu desejava, tive que me mudar para outra cidade a fim de estudar.

Com 19 anos, eu tinha me divertido muito durante o tempo que fiquei longe de casa. E cresci muito naquele semestre. Tive alguns namoros também, mas não foi nada sério. Em resumo, eu voltava para casa com a pererequinha virgem até de dedadas e chupadas.

Todos os caras da faculdade só queriam saber de ficarem bêbados e fazer sexo com qualquer coisa que se aproximasse deles. Optei por ficar longe disso e me concentrei nos estudos. Eu era uma boa garota, isso era certeza. Mas agora, voltando pra casa para uns dois meses de descanso com minha família, a "boa garota" ia mudar radicalmente.

Minha mãe ficou muito feliz por me ter em casa novamente. Meu irmão mais novo, Marcos, já estava com 18 anos e estava finalizando o terceiro ano do colegial. Como ele ainda estava fazendo as provas finais do semestre, ele ficava quase o dia todo fora de casa. Assim, eu e minha mãe tínhamos muito tempo para conversar e organizar as coisas para as férias.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Uma certa manhã, enquanto minha mãe saiu para resolver umas coisas, resolvi lavar as roupas para fazer uma surpresa a ela. Abri a porta do quarto do meu irmão e entrei para pegar seus lençóis para lavar. Na hora que entrei no quarto já fui cumprimentada pelo "cheiro de macho". Aff!! Era uma mistura de suor de suas roupas esportivas com seus desodorantes fortíssimos.



"Tome banho de vez em quando, irmãozinho!", pensei comigo à medida que comecei a puxar o cobertor e o lençol de sua cama. Logo percebi uma pilha enorme de roupas no canto do quarto e fiz uma anotação mental para voltar a elas mais tarde. Qualquer coisa que eu pudesse fazer para ajudar minha mãe com certeza ia deixá-la muito feliz.

Nessa época meu pai estava trabalhando para um empresa de petróleo no Rio de Janeiro. Isso o forçava a ficar fora de casa por uns 30 dias. Depois ele vinha, ficava uma semana e voltava para a empresa novamente.
Desta vez ele teria que trabalhar durante o período do Natal e ano novo, o que deixava minha mãe um pouco triste em relação às férias de fim de ano.

Quando puxei o lençol da cama do meu irmão, acabei por levantar o colchão um pouco. Nessa hora percebi um pedaço de pano preto, que estava preso debaixo do colchão e agora vinha solto com o lençol. Que estranho. Me abaixei para pegá-lo e percebi que era uma calcinha.

Fiquei parada um tempão segurando aquela calcinha e pensando. Eu estava intrigada. Como uma calcinha tinha ido parar debaixo do colchão do meu irmão? Por alguns minutos eu estava muito inocente nos meus pensamentos. Com certeza a calcinha tinha ido junto com o lençol e minha mãe não percebeu.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


"Mas que safado!!!" - eu disse quando finalmente percebi o que tinha acontecido. Meu irmão tinha escondido aquela calcinha ali propositalmente. Talvez para alguma fantasia sexual de adolescente. Comecei a rir enquanto imaginava as várias possibilidades.

O que meu irmão estaria fazendo com aquela calcinha? Batendo punheta? Esfregando a calcinha no pau dele? Cheirando ela? Esses pensamentos passavam pela minha cabeça enquanto eu analisava a calcinha cuidadosamente.




Onde será que ele a tinha conseguido? Era de alguma safadinha da escola? Até onde eu sabia ele não tinha namorada. E aquela calcinha não era minha.

Segurei a calcinha em minha mão e a levei até a janela, para iluminá-la melhor.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

- Meu deussss!! - deixei escapar quando percebi que era uma das calcinhas da minha mãe.
O mundo todo parou por um momento, enquanto fiquei ali parada em choque.

Para complicar ainda mais, ao levar a calcinha da minha mãe para um local mais iluminado eu pude ver manchas de porra, várias manchas. Manchas de esperma do meu irmão na calcinha da minha mãe. Era demais para a minha cabeça. Tive que me sentar.

Fiquei sentada na cama completamente perdida, sem saber o que fazer? Como meu irmão podia fazer uma coisa assim? Que pervertido! Sua própria mãe. Puxa vida!!! Eu eu amava tanto meu irmão. Ele era sempre um amigo e protetor, mesmo eu sendo mais velha que ela. Mas aquilo, era esquisito demais. Um filho batendo punheta e gozando na calcinha da própria mãe.

Será que eu deveria contar pra minha mãe? E se ela já soubesse de tudo? Todos estes pensamentos percorriam minha mente. Me levantei e coloquei a calcinha junto com os lençóis e levei-os para a lavanderia.

Meu irmão bem que merecia, mas eu não ia entregá-lo. Eu não queria vê-lo neste tipo de problemas. Além disso, isso poderia estragar as nossas férias. O melhor que eu podia fazer era lavar aquela calcinha e remover as evidências do crime.

Usei uns produtos especiais para a remoção de manchas e tive muito trabalho mesmo para retirar todas aquelas manchas de porra do meu irmão da calcinha da minha mãe. Mas finalmente consegui. No final de tudo eu disse à minha mãe que sua calcinha tinha ido parar junto às minhas e eu agora a estava devolvendo.

- Ohh, Juliana! Obrigada, filha... essa calcinha sumiu de repente e eu não a encontrava de forma alguma! - minha mãe disse.

Observei-a cuidadosamente e pude ver que ela realmente não tinha ideia do que estava acontecendo, ou seja, ela não sabia o que meu irmão estava aprontando.

Durante todo o resto da tarde eu procurei imaginar o que eu ia dizer ao meu irmão, ou se eu não diria nada no final das contas. O problema é que ele poderia notar a falta da calcinha debaixo do colchão e confessar para a minha mãe o ocorrido. Isso poderia acabar com nossas férias. Finalmente veio um plano à minha cabeça.

Resolvi escrever um bilhete que dizia: "Eu sei o que você anda aprontando. Venha me ver no meu quarto". Assinei o bilhete como "Irmãzinha" e coloquei o pedaço de papel debaixo do colchão dele, no mesmo lugar que a calcinha da minha mãe estava.

Em seguida voltei ao meu quarto, me deitei na minha cama e fui ler uma revista. Mas meus pensamentos estavam longe do assunto da revista. Eu só pensava em imagens do meu irmão. E ficava imaginando o que ele estava fazendo com a calcinha da minha mãe.

Pensei nele enrolando a calcinha ao redor de seu pau duro e punhetando-o, usando o tecido macio como se fosse uma bucetinha molhadinha e escorregadia. Talvez ele a estivesse enrolando em volta de sua pica e fodendo o travesseiro até gozar na calcinha dela, deixando aquelas manchas de porra.

Meu deussss!! Quando percebi eu estava rebolando meu quadril contra o colchão, como se estivesse deitada em cima de um homem e fodendo seu pau. Eu não estava acreditando na minha reação. "Juliana, sua putinha!!", pensei, "Estou ficando com tesão pensando em meu irmão batendo punheta".

Não havia como negar. Eu pude sentir minha xoxotinha ficar toda meladinha. Me contorci na minha cama, apertando minhas pernas, e sentindo uma "coceirinha" muito gostosa nos lábios da minha pepequinha.
Eu estava tão excitada quando ouvi o barulho do meu irmão chegando da escola.

Ouvi ele falar com minha mãe por alguns minutos e logo ir para o seu quarto. Fiquei atenta a todos os barulhos da casa. Ouvi meu irmão sair do quarto novamente e ir ao banheiro, que ficava bem ao lado do meu quarto. Ouvi o barulho característico de homem mijando fora do vaso, e acabei me excitando mais ainda.

Continuei quieta no meu quarto, só esperando o que ia acontecer em seguida. Logo minha mãe avisou da sala que já estava saindo para seu curso. Imaginei que este era o momento que meu irmão aproveitava para bater sua punhetinha e gozar nas calcinhas dela.

Esperei mais uns minutos, até que a casa ficou em completo silêncio.
- Juliana!! - ouvi meu irmão bater na porta do meu quarto e falar meu nome.
- Pode entrar, Marcos! Está aberta! - respondi lá de dentro, ainda deitada na minha cama.

Ele abriu a porta e entrou rapidamente. Em seguida ele me olhou por um tempo e me mostrou o pedaço de papel que eu tinha deixado debaixo do colchão. Que safadinho!!!
- O que isso significa, Juliana? - ele me perguntou, meio desconfiado.

Eu apenas o olhei, levantando minhas sobrancelhas. Ele já sabia exatamente o que eu queria dizer com o meu olhar silencioso.
- Ok... confesso!! - ele falou, quase murmurando. - Você me pegou! Estou ferrado! O que você quer pra mamãe não ficar sabendo?

Eu não estava esperando uma resposta assim, afinal, eu não estava chantageando meu irmão. Pelo contrário, eu estava era salvando a pele dele. Ainda assim, pelo tesão que eu estava sentindo com aquela situação, decidi dar mais um pouquinho de corda.

- Não se preocupe, irmãozinho! - eu disse com um sorrizinho manhoso. - Já cuidei de tudo. Lavei a calcinha da mamãe e disse-lhe que ela estava na minha gaveta por acidente.

Vocês deveriam ver o alívio que tomou conta de todo o corpo do meu irmão, à medida que a tensão o abandonou por completo. Então ele me olhou novamente:

- Jú, obrigado mesmo! Fico te devendo uma. Que sorte que foi você que encontrou. Eu realmente não saberia, e nem gostaria, de explicar isso pra mamãe.

Me sentei na cama e fiquei observando meu irmão por alguns segundos. Eu estava usando uma calça de academia que não revelava muita coisa, apenas marcava a minha calcinha. Mas o meu top sim. Além de mostrar parte da minha barriga, ele deixava meus seios bem à mostra.

Meus seios não são enormes, mas tenho muito orgulho deles. Nossaaa!! Fiquei até vermelha quando vi os olhos do meu irmão diretamente no meu decote.

- Ei!! Estou aqui em cima! - falei calmamente.
Dessa vez quem ficou vermelho foi meu irmão, por ter sido pego em flagrante olhando para os seios da própria irmã. Meio sem jeito ele voltou a me encarar nos olhos.

- Ok, Marcos! Já que você não queria explicar isso pra mamãe, explica pra mim então! - eu disse finalmente.

- O que você quer dizer? - ele perguntou assustado.
- Você sabe exatamente o que eu quero dizer! - respondi. - Por que você tinha uma calcinha da mamãe debaixo do seu colchão e por que eu demorei mais de 10 minutos esfregando sua porra, até sair tudo dela?

- Sinto muito, Jú... - ele falou baixinho. - É que... bem..., eu... ummm...
- Ei! - eu disse. - Eu me masturbo também, seu bobo! Eu só não deixo as evidências por aí, bem na cara dos outros.

Quando eu disse isso meu irmão me olhou e sorriu. Que droga! Eu tinha acabado de revelar um segredo a ele.
- Então, Marcos... me fale o que você faz! - insisti. - Só quero saber o que você faz com as calcinhas da mamãe. É nosso segredo! Não vou contar nem pra ela, nem pra ninguém.

- Bem... - ele começou. - Eu... ummm, cheiro elas. E depois eu coloco ao redor do meu pau e bato uma punheta... só isso... juro!!
Fiquei sem palavras por uns instantes.
- Cheirar?!? Você cheira as calcinhas? Por que? - perguntei, sem conseguir esconder minha surpresa.

Meu irmão estava completamente sem jeito.
- Eu não sei, Jú! É... é que... tem um cheiro diferente... eu acho!
Deixei meu tom de voz bem suave para acalmá-lo.
- Hummmm... mas por que usar as calcinhas da mamãe? Meu deusssss!! Você quer comer a nossa mãe?

- Não!! - ele respondeu rapidamente. - Não é isso... é que ela está aqui, e ela é uma mulher. É... que... não sei! Pare de me perguntar essas coisas! Já te falei o que queria saber. E antes que você pense, não sou nenhum doido nem tarado! Homens fazem coisas assim mesmo, tá?

Então um pensamento me atingiu em cheio. Eu tinha que saber.
- Você alguma vez já usou uma calcinha minha pra se masturbar? - perguntei.

Ele não conseguia me olhar nos olhos.
- Não, Jú! - ele respondeu rapidamente. - Bem, na verdade não!
- O que quer dizer "na verdade não"? Você já usou minhas calcinhas pra se masturbar ou não? - perguntei insistente.

- Eu até tentei! - ele admitiu. - Mas não era a mesma coisa, Juliana! Eu tive que pegar suas calcinhas na sua gaveta. Até encontrei umas muito lindas, vermelhinhas, rosinhas, com rendinhas. Mas o "cheiro" não estava lá. Você entende o quero dizer, não?

Novamente eu não sabia o que dizer. Um milhão de pensamentos estavam na minha cabeça. Todos os tipos de pensamentos. Pensamentos atrevidos, pensamentos de sacanagem e de putaria.

Finalmente voltei à realidade.
- Então, Marcos... - falei calmamente. - Você está me dizendo que se você tivesse uma calcinha usada minha, você bateria punheta com ela, é isso?

Eu nem acreditava que eu tinha acabado de falar isso. Eu estava com ciúmes da minha mãe? Eu queria que meu irmão se masturbasse brincando com minhas calcinhas? Aquilo estava ficando estranho demais.

Os olhos dele se arregalaram um pouco e pude perceber um pequeno sorriso safado no canto de sua boca.
- Hummm... acho que sim, Jú! Por que? Você está me oferecendo uma calcinha usada pra eu tentar novamente? - ele falou com um jeitinho safado.

- Não!! - respondi. - Você está liberado, Marcos... por agora!! Pode sair... e fique longe das calcinhas da mamãe.
Falei isso e o empurrei para fora do meu quarto. Então fechei a porta e a tranquei.

Me deitei na minha cama e fiquei viajando nos meus pensamentos. Meu irmão, embora adolescente ainda, já estava cheio de tesão e eu fiquei louquinha ao pensar nele batendo punheta com uma calcinha enrolada em sua pica. Calcinha da minha mãe.

Eu não queria que aquilo acontecesse mais. Acho que eu estava com ciúmes. Eu queria que ele fizesse aquilo com uma calcinha minha, não da minha mãe. Meu deussss!!

Quanto mais eu pensava nisso mais excitada eu ficava. Afinal, ele era um garoto cheio de um tesão, e eu já era uma moça, quase uma adulta. E garotos são tão bobinhos, são escravos de seus desejos carnais no fim das contas.

Nossaaaa!! O que estava acontecendo comigo? Deitada de costas eu me estiquei todinha, até as pontas dos pés. Em seguida levantei meus joelhos e abri minhas pernas. Enfiei minha mão entre minhas coxas e pude sentir o calor da minha bucetinha. Hummmm, ela estava tão quentinha e toda meladinha.

Pressionei meu dedo médio na minha xoxota, esfregando minha calcinha e minha calça de ginástica nos meus lábios vaginais. "Meu irmão ia adorar o cheiro da minha calcinha agora... está toda molhadinha", pensei.

Depois que pensei isso acabei me assustando um pouco. Mas foi isso mesmo que eu tinha pensado. E era isso o que eu queria.

Enfiei minha mão na minha calça e segurei minha calcinha e a puxei para cima, com força, enfiando-a todinha no meu rego. Meu deussss!! Que loucura!! Em seguida fiz o mesmo na parte da frente. Enterrei minha calcinha entre os meus lábios vaginais, deixando-a toda enfiadinha em mim.

Depois de alguns segundos, ainda com minha calça, puxei minha calcinha de ladinho, e comecei a tocar meu grelinho. Estava tão durinho. Toquei-o lentamente e pensei no meu irmão esfregando minha calcinha, toda ensopada com o melzinho da minha perereca, em seu pau duro e quente.

Fui às nuvens.
- Sim... Marcos!!!... isso mesmo!!... passe minha calcinha na sua pica... enrola ela no seu pau... isso... agora cheira... sinta o cheiro da minha bucetinha na minha calcinha... sinta o cheiro de uma menina doida pra foder... doida pra dar a bucetinha...!! - falei baixinho, sussurrando.

Continuei massageando meu grelinho. Eu estava tão molhadinha e tesuda. Gozei deliciosamente, me tremendo todinha. Gozei imaginando meu irmão batendo punheta. Pensei nele deixando marcas de porra na minha calcinha. Pensei nele misturando sua porra ao melzinho que já estava no fundo da minha calcinha.

Eu ainda estava sentindo as tremidinhas do meu orgasmo quando levantei meus quadris e tirei minha calça e minha calcinha. Vesti minha calça novamente, enrolei minha calcinha na minha mão e fui ao quarto do Marcos. "Se é calcinha com cheiro de buceta que meu irmão gosta, ele não vai recusar essa!", pensei, sentindo minha xoxotinha palpitar de desejo.

Hesitei na frente do quarto dele por alguns segundos, antes de pegar na maçaneta da porta. Meu deusssss!! O arrepio de um novo orgasmo atingiu meu corpo dos pés à cabeça. Fiquei tonta, minhas pernas tremeram e quase voltei correndo para o meu quarto.

Criei coragem, abri a porta do quarto dele e entrei, sem nem mesmo bater antes. Meu irmão estava deitado de costas, lendo uma revista sobre esportes.
- Sim, Jú? - ele perguntou, me olhando desconfiado.

Fui até ele e joguei minha calcinha ainda quentinha e úmida em seu rosto. Ele a pegou e a segurou enroladinha na mão, me olhando, sem entender o que estava acontecendo.
- Agora, Marcos... me mostre o que você faz com as calcinhas da mamãe! - eu disse. - Eu quero ver você fazendo!

Meu irmão me olhou bem nos olhos, suspirou lentamente e perguntou:
- Você tem certeza, Juliana? Você quer me ver batendo punheta?
- Simmmmmm!! - sussurrei com urgência na voz. - Mas rápido... por favor... antes que eu mude de ideia.

Observei atenta enquanto meu irmão levantou seu quadril e tirou sua bermuda, ficando apenas de cueca. Nossaaaa!! Eu já podia ver o volume de sua rola extremamente dura. Em seguida ele tirou a camiseta, sempre me olhando, vendo minha reação.

Não fiz nada, apenas fiquei em pé, encostada na parede observando meu irmão. Nessa hora vi o quanto ele já estava crescido. O peitoral bem desenvolvido, a barriga chapadinha, as pernas e coxas bem torneadas, o queixo de macho gostoso e pegador. Meu deussss!! Minha vontade era gritar pra ele ir mais rápido com aquilo.

Finalmente ele tirou sua cueca e pude ver seu pau em todo o seu esplendor, duro, empinado, tocando seu abdômen à medida que ele se acomodava na cama novamente.
Ele me observou enquanto eu olhava para aquela pica gigante e dura, e logo flexionou seus músculos, fazendo seu pênis balançar algumas vezes.

- Então? - ele perguntou, rindo da minha reação.
Não entendi bem o que ele quis dizer à principio, mas logo percebi que ele queria minha opinião.
- É muito bonito, Marcos! - falei baixinho e gaguejando. - Quero dizer... eu nunca... ummmm... vi um assim antes!

- Vai me falar que você nunca transou, Jú? - meu irmão me perguntou, com um sorriso safado.
- Não é da sua conta, Marcos! Não quero ter esse tipo de conversa agora! - respondi, demonstrando uma certa irritação.

É claro que eu não estava mentindo pra ele. Eu ainda era "virgenzinha da silva". No primeiro semestre da faculdade eu precisei ser muito esperta para escapar dos professores e alunos tarados que faziam de tudo pra meter a rola em mim. O máximo que eu tinha chegado perto de um pau foi tocando-o por cima da calça dos caras que eu tinha namorado.

Agora eu estava ali, vendo um pau ao vivo pela primeira vez. E era justamente o pau do meu irmão. Que loucura!!! E aquela situação estava mexendo comigo. Eu me sentia tão envolvida que minhas palavras mal saiam da minha boca e eu já estava me sentindo uma idiota, com a boca aberta, quase babando, sem saber o que fazer.

- Pode tocar, se você quiser, Jú! - meu irmão disse, parecendo se sentir o dono da situação.
Nessa hora pude ver que o jogo de sedução que eu tinha iniciado estava envolvendo ele também.

- Vem, Jú!! Pega no meu pau... pega!! - ele insistiu, ao me ver completamente sem ação.

Continua em: "Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 2"

TAGS: Garoto cheirando a calcinha da própria mãe, Peguei meu filho cheirando minhas calcinhas, Adoro cheirar as calcinhas da minha irmã, Minha mãe não sabe que bato punheta nas calcinhas dela, Meu irmão goza nas minhas calcinhas, Descobri que meu filho goza nas minhas calcinhas, Adoro bater punheta cheirando calcinhas, Deixo minhas calcinhas no banheiro e meu irmão bate punheta nelas.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: João
E-Mail: sunisthesun13@gmail.com
Data: 30/12/2015
Muito bom gostei do seu conto! Excitante. :)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Junior
E-Mail: juniorpgcarlos@gmail,com
Data: 31/12/2015
Adorei espwro.ler muito conts por aki mee add ,,,,,[somente e-mail permitido agora] meu whtis

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Yan
E-Mail: rafaeldesco51@gmail.com
Data: 31/12/2015
Adorei o conto e aguardo a continuação.
A estória foi muito excitante e confesso que já tive a ideia de produzir um conto de incesto onde a irmã descobria as taradas ocultas do irmão pela mãe e assim se iniciaria o jogo da sedução. Mas que bom que você o fez, tenho certeza que eu não faria melhor. Parabéns e peço que continue escrevendo para nos deliciarmos enquanto imergimos no oculto mundo da lubricidade.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: luiz
E-Mail: henriquelopesluiz@Yahoo.com.br
Data: 31/12/2015
chama eu [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Ana Júlia
E-Mail: Juliiannaviana21@gmail.com
Data: 01/01/2016
Eu gostei muito da história estou ansiosa para ver a continuação.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: gilson
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 02/01/2016
Quero conhecer alguma queira gozar bem gostozo [somente e-mail permitido agora] to pau duro te esperando

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Maitê
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 02/01/2016
Simplesmente adoreiiiii estou ansiosa pela parte 2!!!!!

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Eduardo
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 02/01/2016
Nossa viajei nesse conto , parece q estava lá; queria muito sentir o cheiro gostoso se sua calcinha e sentir o sabor e o calor de sua xoxotinha molhada em minha boca, deixando escorrer seu líquido saboroso ao canto de MINHA boca ...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Eduardo
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 02/01/2016
Quando vai ter a continuação desse conto?
Estou esperando

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Valdir
E-Mail: avp_valdir@yahoo.com.br
Data: 02/01/2016
Delícia de calcinha, ops de contokkkkkkk

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Clara
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 03/01/2016
`O` Nossa melhor conto quero parte 2 por favor ... quero saber oq aconteceu

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Mega boss
E-Mail: sarmemtomoise@gmail.com
Data: 07/01/2016
alguem kuer falar sacanagem com migo m adiciona n whasp [somente e-mail permitido agora],sou mocambicano eu e minha mae vivemx n fudendo todo tenpo,amei ese conto

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: HOMEM DE 42 ANOS PAUZUDO
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 09/01/2016
PUTINHAS, NOVINHAS E AMAM DAR PARA MADUROS E GOSTAM DE ROLA GRANDE ME PROCUREM E VAMOS GOZAR MUITO [somente e-mail permitido agora] ZAP

SOU DE SAO PAULO ZONA LESTE

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pica duraaaa
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 13/01/2016
Gostoso kkkkk

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: claudiosorocabasp
E-Mail: claudiosorocaba@bol.com.br
Data: 19/01/2016
Moro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana

Adoro beijos demorados longas preliminares demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar comigo.
Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido sinta prazer vendo a esposa com outro macho, para encontros sigilosos e quem sabe frequentes, com sigilo, segurança e higiene, visando somente a intensos momentos de prazer sexualMoro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana.

Meu e mail é claudiosorocaba@bol.com.br

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Jomar
E-Mail: jomarcampos-2014@bol.com.br
Data: 19/01/2016
Então, vc nao tem algum conto para publicar!!!Gostaria de saber como vc é...

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Paulo Duarte
E-Mail: josewdcabral@bol.com.br
Data: 30/01/2016
Se tiver mulher interessada em conversas sobre sexo, meu e-mail e meu whatsapp estão aqui [somente e-mail permitido agora].

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: nil
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 05/02/2016
Gostei quemquiser conversa sobre contos me chamek [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: grisalhos48
E-Mail: asmenezes67@gmail.com
Data: 07/02/2016
delicia que vc deve ser. quero tirar sua timidez

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anil
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 08/02/2016
Kem estiver afim d uma foda so mi dar um toki

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: José Evandro
E-Mail: jevandroncosta@hotmail.com
Data: 08/03/2016
Tenho relações com minha irmã é muito gostoso, quando o orgasmo se aproxima gozo fora na sua boquinha e assim continuamos com amor e responsabilidade sem sentirmos de culpa, curtimos aqueles maravilhosos momentos sem culpas futuras rsrsrsrsrs e assim é a vida.
Obs: gostei do seu relato tudo leva a crer sem mentiras ou fantasias.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Oliveira
E-Mail: anônimo
Data: 08/05/2016
Iae gatas chama la pra a gente conversar um pouco so chamar meu wats [somente e-mail permitido agora] pode chamar espero todas vcs pra ter uma boa conversa

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Alex
E-Mail: alleet5@hotmail.com
Data: 03/11/2016
Q tesão

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: ALEX
E-Mail: cok1reino89@gmail.com
Data: 18/03/2017
Olá!!!que viajem heimm mais curti muito

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Novinha mostrou o cuzinho
Gatinha com sede de pica tira o short e a calcinha e faz um vídeo mostrando a bucetinha e o cuzinho todo depilado
Comendo a namorada
Sem minha namorada perceber eu coloquei uma câmera escondida e filmei ela gemendo bem gostoso na minha rola até gozar
Loirinha delícia desfilando na praia
Vejam que bundinha mais gostosa, balançando de um lado para o outro. Na hora já imaginei a bucetinha dela no meu pau
Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Sofri na rola do Carlinhos [Conto erótico gay] [Ver Vídeo Pornô]
Carlos disse:
Me veio uma lembrança maravilhosa qdo ia passar férias no interior de São Paulo na casa dos meus tios, tinha 14a e meu17a.
Dormia no seu quarto e certo dia de manhã estávamos brincando de guerra de travesseiro ele só de cueca e vi que ele tava de pai duro.
Fiquei olhando o pau dele por cima da cueca e ele veio pra cima de mim com o travesseiro por trás e começou a me encoxar.
Aí disse quer ver uma coisa, tirou seu pau e me mostrou e mandou eu pegar. Peguei e ele me ensinou a chupar e colocava o dedo no meu cuzinho e eu gozei.
Depois me colocou de ladinho e meteu no meu cuzinho, doeu um pouco só ele gozou, fiquei minhas férias inteiras lá e ele me comia todos os dias. É aqui em sp dei pra outro primo também.
Tenho vontade de recordar os velhos tempos.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O segredo da minha amiga Beatriz [Conto Erótico de Lésbicas] [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Há esse conto não teve muita graça não. Até parece que foi criado e não vivido ele..
Pow amiga deixou a desejar hein até fiquei curioso com começo..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O pirralho me comeu e eu gostei [Ver Vídeo Pornô]
Anônimo(a) disse:
Fiquei De Pau Duro Qurendo Gozar Gostoso Na Sua Barriguinha

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Tesuda desde pequena [Ver Vídeo Pornô]
anonimo disse:
Meus irmaos abusava de mim...e eu gostava

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Foi por acidente... pelo menos na primeira vez [Ver Vídeo Pornô]
anonimo disse:
Queria muito ser fudida por um dog grande...ja deixei um poodl me lamber

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Esposa crente e pastor safado [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Sou de BRASÍLIA
Adoro uma evangélica
Deixe seu tel no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fazendo o dever de casa [Ver Vídeo Pornô]
daniel disse:
adorei o conto,,meu pau até lateja de tesao,,adoro menina novinha,se tiver alguma de curitiba ou regiao entra em contato,deixa eu ser seu paizinho,vou te encher de carinhos e presentinhos...e vc me da sua bucetinha..

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu sogro me engravidou [Ver Vídeo Pornô]
Ale disse:
Adorei o conto,mulheres q quiserem um amigo secreto com sigilo absoluto e do deixar o contato no e-mail

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Tesuda desde pequena [Ver Vídeo Pornô]
RegisCoroa disse:
Sou Coroa tenho 47 anos, adoro contos real de incesto, tenho vontade de mete com uma novinha do meu Estado, sou do Espírito Santo, se tiver alguma novinha afim de mete gostoso me chama no WhatsApp (27) 9.9.6.1.8.7.0.4.2 quero chupar uma novinha igual a minha sobrinha de 11 anos que chupei

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Foi por acidente... pelo menos na primeira vez [Ver Vídeo Pornô]
Coroa disse:
Sou de Brasília
Procuro uma mulher bem safadinha
Deixem contato no meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Bucetinha molhadinha no busão [Ver Vídeo Pornô]
Joarez Ribeiro disse:
Oi sinthia cadelinha me manda e-mail pra nós conversarmos joarezribeiro17@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Sofri na rola do Carlinhos [Conto erótico gay] [Ver Vídeo Pornô]
LOUKOPRADARMUITO disse:
Maravilhoso o seu conto. fiquei louco de tezão. Gente preciso de ajuda, sou casado e bem casado, tenho 57 anos dei a primeira e única vez quando tinha 12 anos. mas, nunca esqueci. agora vendo estes videos fico louco de tezão, meu cu fica píscando e latejando, meu pau endurece e eu quase entro em desespero. preciso da o cu. alguém tem uma dica/ uma boate? uma sauna? um encontro particular? o que faço não aguento mais de vontaade. me ajude, preciso dar o cu muito.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Foi por acidente... pelo menos na primeira vez [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Nossa fiquei de pau duro me lembrei da minha cunhadinha que adora dança funk de shortinho até o dia que comi ela gostoso no sofá da sala e no final dei leitinho na boca dela se você é casada safada doida para leva rola grande e grossa na buceta me chama no whatsapp se gosta de um casado gostoso da rola grande meu whatsapp é *11*970*52*52*04*

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Foi por acidente... pelo menos na primeira vez [Ver Vídeo Pornô]
Paulo disse:
Nossa fiquei de pau duro me lembrei da minha cunhadinha que adora dança funk de shortinho até o dia que comi ela gostoso no sofá da sala e no final dei leitinho na boca dela se você é casada safada doida para leva rola grande e grossa na buceta me chama no whatsapp se gosta de um casado gostoso da rola grande meu whatsapp é *11*970*52*52*04*

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia