Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais

Quer dar sua buceta para homens safados e pauzudos aí na sua cidade? Faça sexo sem compromisso com milhares de homens cadastrados. Quer trair seu esposo ou namorado? Basta acessar nosso site.

A contadora que me detestava


Enviado por Casado Sedutor em 30/10/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Anal / Sexo Anal | Visitas: 16238
Avaliação: [Votar]
5 Comentários [Comentar]

Olá, pessoal! Me chamo "Santos", tenho 1,80m de altura, sou forte e tenho o rosto bonito. Sou casado mas tenho muita facilidade com as mulheres.

Esta estória aconteceu quando eu trabalhava numa prefeitura de uma cidade pequena do interior da Bahia. Eu já trabalhava lá há uns 8 anos ou mais. As pessoas chegavam, trabalhavam, saiam, e eu lá, sempre fazendo meu papel e fazendo novas amizades.

Em 2008, foi formada uma nova equipe de trabalho na contabilidade da prefeitura, tendo incluso, uma mulher morena, não muito alta, seios aparentemente bonitos e apetitosos. Ela era muito comunicativa com as pessoas, menos comigo. Seu nome era Gisele e devia ter uns 28 anos.

O tempo foi passando e comecei a observá-la, tentando me aproximar dela, mas ela só falava comigo o indispensável.
Chegou a época das festas juninas, que na cidade era a melhor época do ano, barracas na rua, festas, quadrilhas e claro, muita cerveja e licor.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


Muito bem, estávamos num bar desses, eu e alguns colegas de trabalho tomando umas cervejinhas quando ela, a contadora, chegou. Ela cumprimentou todos, menos eu. Então eu tomei uma iniciativa, e ofereci a ela um copo de cerveja.




Ela aceitou e perguntei se eu podia me sentar ali perto dela para conversarmos. Ele disse que sim, mas com o tempo não me deu muita atenção. Depois de algum tempo percebi que ela tinha bebido mais que o normal, eu acho, pois ela começou a rir muito e eu fui entrando na brincadeira também.

Até que, pra minha surpresa e de todos, ela se virou pra mim e perguntou rindo:
- Quem te convidou pra vir pra cá, seu intrometido?
Fiquei com a cara no chão e todos olhavam pra mim, assombrados. Eu, na mesma hora, me despedi de alguns e fui embora.

No dia seguinte eu fiquei sabendo por alguns colegas que ela tinha se arrependido do que me falou e que iria me pedir desculpas. Fiquei na minha sala fingindo não ter acontecido nada. Depois de um tempo a ouvi batendo na porta.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


Pedi que entrasse e ela começou a me pedir perdão pelo que tinha me dito e que não era a intenção dela me maltratar e muitas coisas mais. Eu disse que estava tudo bem mas eu queria conversar com ela, de preferência em outro lugar.

Ela aceitou na hora e disse para eu marcar. Eu marquei pro mesmo dia com medo dela desistir, é claro. Como ela morava em uma cidade vizinha e iria pra casa a tarde, me ofereci para dar uma carona a ela.




Ele aceitou e fomos umas 3:00hs da tarde. Paramos em um barzinho de sua cidade e tomamos umas cervejas, enquanto falávamos de muitos assuntos. A noite chegou sem que eu percebesse. Levei ela pra casa e ela me convidou pra entrar.

Me neguei porque estava tarde e minha esposa me esperava. Mas, quando ela disse que estava só, pois seus pais tinham ido pra fazenda, mudei de ideia e entrei com ela.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


Ela me serviu um drink, e foi tomar banho. Quando ela saiu do banheiro, num vestidinho de seda que ficou maravilhoso nela, fiquei logo de pau duro, mas disfarcei bem. Ela tomou uma dose enorme de whisky, e respirou bem fundo olhando pra mim.

Em seguida ela se aproximou.
- Santos, hoje eu vou fazer uma coisa que estou querendo há muito tempo! - ela me disse, bem coladinha em mim.
- Faça, Gisele... tudo que você quiser!! - falei e então ela me agarrou e me deu um beijo delicioso.

Fiquei trêmulo, pois aquela mulher que eu pensava me detestar estava alí, me beijando e me deixando louco.
Começamos a nos beijar, a chupar a língua um do outro e ela foi logo tirando minha camisa, minha calça, minha cueca e deixando seu vestido cair, ficando só de calcinha.

Ela tinha um corpo muito lindo e seus seios eram deliciosos e durinhos. Meti a boca neles e mamei sem piedade. Ela se contorcia toda e urrava de tesão. Depois de alguns minutos ela me empurrou no sofá, me deixando sentado, e se abaixou, agarrando meu pau, que estava perto de explodir de tão duro, e chupou como uma mamadeira.

Depois, comigo ainda sentado, ela veio de costas pra mim, puxou a calcinha de ladinho e se sentou no meu pau, deixando entrar tudo de uma só vez. Que delícia!! Minha vara escorregou pra dentro daquela bucetinha apertadinha e úmida. Nessa hora, ele soltou um grito alto de tesão e começou a cavalgar como se estivesse em cima de um cavalo.

E era assim que ela me chamava:
- Vai, meu cavalo... me fode... come essa égua que é toda sua... vai, seu safado...!!! - ela falava e subia e descia na minha rola, engolindo meu pau com sua xoxotinha deliciosa.

Eu estava louco de tesão quando eu senti que ela tinha gozado. Deixei ela se recuperar um pouco deitada em cima de mim e então a coloquei de quatro, tirei sua calcinha lentamente e comecei a socar bem forte em sua buceta, segurando firme em sua cintura e dando beijinhos e mordidas em suas costas e ombros.

- Come meu cú, meu cavalo gostoso... mete essa pica gostosa no meu rabo... como esse cuzinho que é todo teu!! - ela falou depois de alguns minutos.
Nessa hora eu achei que ia gozar, só de ouvir a Gisele falar aquilo. Mas me controlei.

Então, obedecendo ao pedido dela, tirei da buceta e empurrei no cú, que já estava bem aberto e macio. Não tive nenhuma dificuldade. O ânus dela foi se abrindo pra receber minha rola. Como aquele rabo estava quente e úmido. Que loucura!!!!

- Ohhhhhhhhhhh... meu cavalão gostosooooo... mete fundo no rabo dessa égua... mete, safado... mete... come esse cu gostoso... está gostoso, está?... fala que está gostosoooo... safado... filho da puta... fode, tarado!!!

Ela gritava muito e rebolava como uma cadelinha. Não aguentei e enchi o cuzinho dela com minha porra quentinha. Gozei como um cavalo mesmo.
- Gozou, cavalinho?... gozou no cu da sua eguinha?... Ohhhhhhhhhh... que gostoso essa porra quentinha no meu cuzinho... ahhhhhhhhhh!!! - ela gemeu descontrolada e percebi que ela estava gozando novamente.

Na mesma hora meu celular tocou. Era minha esposa ligando pra saber onde eu estava. Inventei uma reunião e que eu já estava pra chegar. Então a Gisele me chamou pra tomarmos um banho e aceitei na hora. No banheiro eu curti mais um pouco daquele corpinho gostoso.

Logo ela caiu de boca no meu pau, que em poucos segundos ficou duro de novo. Me sentei no vaso e ela sentou em cima do meu pau de frente pra mim, olhou em meus olhos e disse:
- Você só vai depois que me fizer gozar de novo!! Sua esposa já aproveitei demais essa pica... agora é minha vez.

Que mulher mais gostosa!!! Enquanto ela rebolava na minha rola eu beijava aquela boquinha deliciosa, deixando minha língua brincar com a dela. Depois de um tempo peguei ela e a coloquei em pé, de costas pra mim e apoiada na parede do banheiro.

Abri bem suas pernas, pedi que ela empinasse bem a bunda e enfiei a boca naquela bucetinha cheirosa. Chupei e bebi aquele suco delicioso.
- Mete logo... mete que tô quase gozando... safado... filho da puta... mete na sua cachorrinha... mete!!!! - ela gemeu, toda cheia de tesão.

Me levantei, segurei firme na cintura dela e meti gostoso em sua xota, até ela gozar deliciosamente.
- Mete no cú... mete no cú... come ele gostoso de novo... come... deixa meu cuzinho feliz de novo... vai, meu cavalão gostoso.

Que loucura!!! Na hora que ela me chamou de "cavalão" eu não perdi tempo. Tirei da buceta dela rapidamente e me preparei para enfiar naquele rabo gostoso. Minha pica saiu toda lambuzada da xoxota dela e a meti rapidamente eu seu cuzinho.

- Ohhhhhhhhh!!! Que rabo gostoso, Gisele... dá esse cuzinho pro seu macho, minha égua gostosaaaaa!! - falei no ouvido dela, enquanto enfiava bem fundo, abraçando ela por trás.
Ela empinou a bunda tão gostoso que chegou a ficar nas pontas dos pés e com o rosto colado na parede.

- Mete... mete... safado... cavalo... seu bruto... come essa égua... come... fode o cú dessa mula gostosaaaaaa... fode, meu macho... fala que é meu macho... fala... fala... safadooooooo!!! - ela ficou falando essas coisas e vi que ela já estava gozando de novo.

Dei mais umas três enfiadas de baixo pra cima e gozei como um animal. Ela deu um berro quando meu pau foi o mais fundo possível e soltou esperma quentinho dentro dela.

Fui logo pra casa e no outro dia, quando ela chegou no trabalho, foi em minha sala e me deu um belo "bom dia", contrariando a opinião de todos, que até um dia antes era a minha também. Transamos muitas vezes depois disso, mas isso já é outra história.

TAGS: Homem comendo o rabo da garota, cavalo metendo na égua, égua dando para o cavalo, homem metendo a vara na mulher, mulher dando o cuzinho bem gostoso, garota levando vara na bunda, homem comendo mulher no banheiro, casal trepando no banheiro, sexo anal no banheiro, sexo anal bem gostoso, mulher gozando fazendo sexo anal, mulher chupando pica bem gostoso, homem metendo a pica no cú da garota, mulher sentando no pau e fodendo bem gostoso, homem e mulher metendo bem gostoso, menina dando o cú no banheiro, homem metendo na mulher como se fosse um cavalo.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Você gostou do conto erótico que acabou de ler? Faça uma doação de qualquer quantia e me ajude a manter este site no ar, pois estou tendo dificuldades em arcar com todas as despesas. Clique aqui e saiba como fazer sua doação. Ficarei eternamente grata pela sua constribuição.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: drika
E-Mail: drika.pirua@hotmail.com
Data: 27/01/2016
Delicia queria estar com vcs, fiquei meladinha me adicina zap homens e mulheres sou bi [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Dotado safado
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 11/03/2016
Ótimo conto... Adoro mulher safada que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 16/04/2016
Vc mulher solteira que mora em São Paulo (capital) com mais de 18 anos a fim de curtir um bom sexo entrem em contato. Mas por favor so me peocurem se morar em SP e estiver a fim de sexo na real.
Meu WhatsApp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: luciano
E-Mail: luuciflex@yahoo.com.br
Data: 03/06/2016
Belo, separado bem resolvido 42 anos moro só meu apartamento em Águas Claras/ Brasilia, loiro 1,78 77 kg olhos verdes corpo em forma bonito, safado professor na arte do sexo total com especialidade anal , busco gatas afim de algo real seguro e saudável com segurança. WhatsApp [somente e-mail permitido agora], Acessem somente mulheres de Brasilia que desejam algo real e seguro, completo., ACESSE SOMENTE MULHERES QUE DESEJAM ALGO REAL OK.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Qrocudcasada
E-Mail: ejkernesto-josa@bol.com.br
Data: 07/11/2016
Que história legal quero conheçer mulheres casadas solteira viúvas divorciadas pra sexo gostoso meu zap é[somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
O melhor boquete da minha vida
Novinha safada chupa meu pau bem devagar e pede pra eu gozar em sua boquinha linda
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Loirinha delícia desfilando na praia
Vejam que bundinha mais gostosa, balançando de um lado para o outro. Na hora já imaginei a bucetinha dela no meu pau
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Fodendo a safadinha no banheiro da festa
Novinha putinha queria mesmo uma pica bem grossa na xoxotinha. Depois de beijar o cara eles foram para o banheiro meter

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Minha primeira experiência homossexual [Conto erótico de gays] [Ver Vídeo Pornô]
Homem disse:
Sou Heterossexual ,mais tenho vontade de Chupar uma Piroca Grande ,Grossa e Gostosa. .✌

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Dando para o vizinho [Ver Vídeo Pornô]
aafnedgo disse:
";print(md5(acunetix_wvs_security_test));$a="

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././windows/win.ini

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
../..//../..//../..//../..//../..//../..//../..//../..//windows/win.ini

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯À®À®À¯windowsÀ¯win.ini

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
../../../../../../../../../../windows/win.ini.jpg

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
../../../../../../../../../../windows/win.ini

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
invalid../../../../../../../../../../etc/passwd/././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././././.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
..À¯..À¯..À¯..À¯..À¯..À¯..À¯..À¯etc/passwd

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
csdvbqnn disse:
../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././../.../.././etc/passwd

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia