Estórias de Sexo - Contos Eróticos e Experiências Sexuais


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quer dar sua buceta para homens safados e pauzudos aí na sua cidade? Faça sexo sem compromisso com milhares de homens cadastrados. Quer trair seu esposo ou namorado? Basta acessar nosso site.

Na praia com meu primo


Enviado por Menina Tímida em 28/05/2015
Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto

Categoria: Incesto | Visitas: 145008
Avaliação: [Votar]
22 Comentários [Comentar]

Fui passear na casa dos meus tios em Cabo Frio - RJ. O nome da minha tia é Lúcia e do meu tio é Pedro. Minha tia é minha madrinha e irmã do meu pai. Eles nunca puderam ter filhos e adotaram um. Hoje, esse meu primo tem 28 anos mais ou menos.

Ele é um negro lindo, um homem enorme, forte, que deve ter 1,90m de altura e pelo menos uns 120kg de músculos. Mas, mesmo tendo esse filho adotivo, meu tios me tratam como se eu fosse filha deles.

Bom, no mesmo dia que cheguei na casa dos meus tios, o Gilberto, meu primo adotivo, me chamou pra ir à praia. Eu, como sempre adorei praia, já estava bronzeada. Mesmo assim resolvi ir com ele e reforçar a cor.

Quando chegamos lá na praia, eu tirei o meu shortinho, a camiseta e abri a cadeira e a esteira e sentei um pouco. Percebi que o Gilberto não tirava os olhos do meu bumbum.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Quando entramos na água as ondas estavam um pouco fortes e a todo momento ele queria me segurar quando vinha uma onda.
Eu juro que não enxerguei maldade naquela hora, até que teve um momento que veio uma onda muito forte e ele me segurou pelos quadris e eu pude sentir o baita cacete dele por baixo da sunga, que estava muito duro relando na minha bunda.




Como ele é enorme e forte, demorou pra ele me soltar e quando ele me largou eu dei uma desculpa de que tinha ficado assustada e saí da água.
Cheguei e deitei na esteira de bruços, fingindo que nada tinha acontecido. Logo ele saiu também e veio se sentar perto de mim e notei que o cacete dele não estava mais duro por baixo da sunga.

Depois de um tempo em silêncio, ele se ofereceu pra passar bronzeador em mim. Eu aceitei e ele começou pelas minhas costas, e foi descendo, pulou minha bunda e foi direto para as minhas pernas e coxas. Quando achei que ele não iria passar na bunda, ele veio por baixo, pela minha coxa, apertando muito e apertou com gosto minha bundinha.

Naquela hora eu me arrepiei toda, meu biquíni já era minúsculo e acabou que deixou a minha bundinha meio que aparecendo mais ainda, e acabei dando aquela famosa ajeitadinha no biquíni e ele deve ter ficado com mais água na boca. Dei um tempo, me levantei, agradeci e caminhei na direção do mar.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Ele então veio devagar, mas eu não olhei, continuei pulando as ondas com a bundinha arrebitada segurando a parte de cima do biquíni e de repente senti suas mãos tocarem novamente na minha cintura e ele dizer:
- Nossa, priminha!! Você tá gostosa, hein? - ele falou isso e encostou na minha bundinha, me fazendo sentir de novo o enorme mastro dele.

Me arrepiei todinha, e disfarcei para ele não notar. Mas fiquei molhadinha. Como estava muito calor eu respondi:



- Nossa, tá muito quente, né? Deixa eu mergulhar! - falei e mergulhei na onda que tinha chegado até nós.

Enquanto eu nadava notei que meu primo estava louco de tesão, olhando pra minha bundinha queimada de sol, e ele ficava me devorando com os olhos o tempo todo.
Quando parei de nadar, o lugar não dava mais pé e fiquei mexendo os braços para permanecer com a cabeça fora da água.


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana


Ele foi chegando e perguntou:
- Tá fundo pra você ai?
- Aham, como é horrível ser baixinha! - respondi rindo.
Ele riu também e falou:
- Deixa eu te ajudar então!

Ele chegou junto do meu corpo por trás e ficou me encoxando e acariciando com as mãos bem de leve a minha cintura por cima do biquíni enquanto eu aproveitada o movimento das ondas e me mexia e rebolava bem devagarzinho no cacete dele, fingindo olhar a paisagem.

Às vezes eu encolhia as pernas e percebia que ele também fazia isso pressionando o cacetão nas minhas polpinhas, só pra me fazer sentir aquela coisa enorme atrás de mim. Eu podia sentir a sua respiração quente no meu pescoço, nos meus cabelos e atrás da minha orelha enquanto a gente boiava.

Minha xaninha já estava molhada e a calcinha do biquíni começou a ficar melada.
Assustada eu falei:
- Primo!!! O que nós estamos fazendo? Isso não é certo!
Ele me juntou com mais força pela cintura e respondeu:
- Ah, Cinthia!!! Deixa disso! - ele falou e deu uma encaixada mais gostosa ainda.

Eu fiquei mais espantada ainda quando fui sentindo, dentro da água, aquele cacete enorme fora da sunga dele, entrando no meio das minhas coxas.
Sem saber o que fazer, eu podia sentir a cabeça do mastro dele, roçando a tanguinha do meu biquíni e saindo pela frente das minhas coxas.

A pica dele fazia tanta pressão na minha xaninha que parecia que ia furar a minha calcinha. Ele falava no meu ouvido que iria me virar de avesso e tal. Que loucura!!! Meu tesão aumentou e ali mesmo, eu não resisti e apertei com as minhas coxas o cacete dele que ficava entrando e saindo delas dentro da água.

Gemi e falei:
- Ah! Gilberto, você é louco mesmo, hein? E você é uma delícia, seu safado!
Aquilo fez ele se entusiasmar e ele falou:
- Então você vai deixar eu comer esse corpinho gostoso, vai?
Acenei que sim com a cabeça e respondi:
- Vou! Mas a bundinha não!

Ele me abraçou mais forte por trás enquanto a gente boiava e resmungou:
- Ahhhh! Por que não, prima? Só um pouquinho! Juro que você vai gostar! Aproveitei que ele não sabia que eu já tinha dado a bundinha outras vezes e perguntei curiosa:
- Por que vocês homens gostam tanto de uma bundinha, hein? Posso saber?

Ele, muito safado, respondeu no meu ouvido:
- Quer mesmo saber? É porque é muito apertado de colocar, faz pressão no cacete, é quente, gostoso e muito difícil de comer. Não é toda garota que gosta, sabia?
Eu mais que depressa respondi:

- E quem te disse que eu gosto? Só tô perguntando... só isso! Mas, vou pensar no seu caso, tá? - falei isso, me soltei dos braços dele e disse que já estava saindo da água e ia embora.

Então sai da água super nervosa e fomos embora. No caminho não nos falamos até chegarmos na casa dele.
Lá ele me pediu desculpas porque tinha ficado excitado comigo e tals e eu nada respondi. Fui para o meu quarto e repentinamente como um raio, a ficha caiu e eu saí do quarto correndo, me tranquei no banheiro e chorei como nunca.

Não sei se era culpa, remorso, sei lá. Ele era meu primo e os meus tios me adoravam. Tomei banho e voltei pro meu quarto. Coloquei um vestido de alças que ficava curto e justo no meu corpo e que também dava pra ver minha calcinha marcando.

Eu tinha que tomar o maior cuidado porque eu não podia me abaixar sem mostrar o bumbum. Mas, estava muito calor e eu toda queimada do sol da praia só pensei naquela roupa leve.

Desci as escadas e percebi que todos estavam na cozinha prontos para jantar. Quando passei por ele vi que ele me comeu com os olhos e me deu um beijo no rosto pra disfarçar. Minha tia então puxou uma cadeira e falou:
- Senta aqui, Cinthia! E ai? A praia estava boa?
Fui sentando e respondi que a praia estava ótima e que eu estava adorando estar ali com eles.

Meu tio me perguntou se a gente ia sair pra balada logo mais e eu olhei para o Gilberto e respondi que ainda não sabia, mas que estava muito cansada e que provavelmente não ia.

Depois do jantar me ofereci para ajudar a minha tia com a louça, mas, ela falou que era pra eu descansar e que estava tudo sobre controle, porque ela iria colocar tudo na lava louça e ia com o meu tio na casa de uns amigos jogar buraco.

Então fui para a varanda e fiquei observando a noite, que estava linda e ainda muito quente. Ouvi passos atrás de mim e então meu primo veio chegando por trás, perguntando se eu ia querer sair e me encoxou, encostando o cacete dele no meu bumbum.

O safado estava me encoxando de novo e pior, eu estava gostando. Fui sentindo seu mastro crescer dentro da sua calça de malha. Estava uma delícia e eu disfarçava o tesão fingindo que não estava acontecendo nada. Mas, nessa hora eu pude sentir o cós da minha calcinha entrando no meu reguinho, com as esfregadas dele no meu bumbum e novamente esqueci que ele era meu primo e fiquei com o maior tesão.

Olhando para o céu, respondi que estava cansada mesmo e que ia deitar em alguns minutos, assim que eu fizesse a digestão.
Estávamos sozinhos na varanda e da casa ninguém podia ver nada, só se chegasse mais perto. Não demorou muito senti ele se afastar de trás de mim e ficar do meu lado.

E logo, também, meus tios passaram por nós se despedindo para irem a casa dos seus amigos jogar baralho. Enquanto eu beijava a minha tia e dava tchau para os dois, entendi porque ele tinha parado de me encoxar. Minha tia ainda falou pra ele:
- Filho! Toma conta da sua prima e da casa direitinho, heim! Qualquer coisa você liga pra gente, tá?

Minha tia falou isso e entraram no carro e saíram deixando nós dois sozinhos ali.
Antes que eu pudesse fazer alguma coisa, ele veio beijando o meu pescoço, e com a mão na minha barriga, me puxou pra trás me apertando com vontade na direção do cacetão dele dizendo que tinha uma vontade incontrolável de me foder.

Embora aquilo tivesse feito eu esquentar por dentro e melar de novo a minha calcinha, chamei a atenção dele e falei que exigia respeito, que era sua prima e muito mais nova que ele, que não estava ali pra isso e parece que a bronca surtiu efeito.

Ele ficou todo sem-graça, evitando me encarar, e foi saindo de perto de mim. Por um momento deu dó. Fui para o meu quarto pra tentar dormir e quando tirei a roupa vi que eu estava toda melada porque, apesar dele ser meu primo, o tesão tinha falado mais alto.

Eu não sabia o que fazer e pensei comigo mesma:
- Será que eu deixo ele me comer?
Bom, eu estava deitada só de calcinha e camiseta no quarto todo escuro e pensando nele.

Deixei a porta do quarto aberta pela metade, só pra ver se ele iria até ali me olhar. E não é que ele olhou!! Eu estava meio que adormecida e escutei ele chegando na porta e fiquei fingindo que estava dormindo, mas com os olhos, quase abertos para ver se ele ia mesmo me olhar ali deitada.

O Gilberto estava completamente nu e de cacete duríssimo. Dava pra ver na silhueta que ele segurava aquela coisa enorme na mão e se masturbava me olhando ali deitada de bruços na cama.

De repente ele entrou no quarto, sentou do lado da cama e parecia conferir se eu estava mesmo dormindo. Com uma mão segurando aquela tora dura e se masturbando e eu senti a sua outra mão passeando pelo meu corpo. Me mexi para mudar de posição, colocando o rosto virado para a parede e procurei abrir as minhas pernas.

Um frio correu pela minha coluna quando ele, muito tarado por minha causa, foi se aproximando e cheirou a minha calcinha. Levemente ele foi levantando a minha camiseta e quando ela descobriu metade das minhas costas ele parou. Meu corpo estava todo arrepiado e eu pegando fogo de tanto tesão.

Mordi o travesseiro sem ele notar quando atrevidamente seus dedos grossos, entraram pelo ladinho da minha calcinha e encontraram a minha xaninha toda melada. Que delícia!! Percebi que ele tirava e lambia e colocava os dedos de novo.

Eu ouvia ele gemer e dizer bem baixinho enquanto fazia tudo aquilo:
- Ah! prima!!! Eu quero te fuder bem gostoso. Meu cacete tá aqui todo duro, estufado e pronto pra comer sua bocetinha e o seu cuzinho!!! Puta que pariu! Você é muito gostosa!! Não faz isso comigo, não! Dá pra mim, dá?

Então, nessa hora eu fingi que estava acordando e acho que aquilo deve ter dado medo nele porque logo ele saiu correndo do meu quarto e sumiu pelo corredor.
Confesso que naquela hora, quando me lembrei da sua tora toda dura por minha causa, senti um tesão muito grande e fiquei louca pra dar pra ele ali mesmo.

Me levantei da cama e sem pensar no que poderia acontecer, eu só pensava que queria me dar toda pra ele e que ia deixar que ele me fudesse bem gostoso.
Com o coração acelerado sai no corredor para ir na cozinha beber água e me acalmar. Fiquei mais nervosa ainda quando passei pelo quarto dele e vi ele se masturbando por minha causa.

Dessa vez fui eu que parei meia escondida na porta do quarto dele com a calcinha minúscula e toda molhada enfiadinha no meu rabinho e fiquei me tocando enquanto via aquela cena maravilhosa.

Cheia de tesão, paralisada e com boca cheia de água, deixei que ele me visse ali. E ele, quando me viu olhando aquele volume todo nas suas mãos me chamou pra entrar:
- Vem cá! Vem! Vem ver o que eu tenho aqui pra você! Vem ver como você me deixa!! Vem!

Fui entrando no quarto dele e parei bem perto. Ele ficou em pé na minha frente e foi puxando e tirando a minha camiseta pela cabeça e já foi colocando a boca nos meus seios, me fazendo estremecer de tesão. Depois, com a boca ainda mordiscando os meus mamilos ele foi abaixando a minha calcinha até me deixar toda nua ali.

Então ele pegou minha mão e me fez segurar o cacete dele e disse:
- Tá sentindo o que te espera? Será que você aguenta tudo isso, priminha?
Fiquei na ponta dos pés porque sou baixinha perto dele e fui levando com a minha mão a tora dele para o meio das minhas coxas, até poder apertá-la bem forte e com o rosto colado no peito dele, já todo suado, respondi:

- Não sei, Gilberto! Nem quero saber! No momento só quero sentir a sua pegada e ser a sua mulher hoje!!! Faz o que você tem vontade de fazer comigo!
Eu sentia os lábios da minha bucetinha sendo pressionados pelo cacete dele no meio das minhas coxas e ele com as mãos na minha bundinha ficava fazendo a minha xaninha deslizar naquela hora como se quisesse me fazer sentir o tamanho dela.

Aos poucos, senti minha xoxotinha molhar todo o cacete dele enquanto eu me contorcia de tanto tesão, praticamente em cima e colada naquela tora super dura. Daí, ele me levantou pela cintura e com aquela tora apontando pra cima, foi me soltando aos poucos em cima dela.

Eu levei a mão pra baixo e segurei forte nela e fui direcionando para a minha xaninha. Tremi, me arrepiei toda e olhando pra baixo vi o cacete dele bem grande, grosso, e delicioso esperando a minha descida, e era tudo o que eu sonhava e queria naquela hora.

Ele passou um dos braços pela minha cintura e me laçou e eu naquela hora fiquei sendo segurada pelos quadris tentando sentar no cacete dele até que ele acertou o ponto e daí não tinha mais volta. A cabeçona foi me invadindo, me fazendo gozar e gemer.

- Ohhhhhh!! Gilbertoooooo!! Que gostosoooo!!! Fode sua priminha gostosaaaa!! Fodee!! - deixei escapar quando o seu cacete duro entrou todinho e ele ia metendo em mim com muita força, me levantava e me soltava.

Enquanto os meus seios deslizavam no tórax dele todo suado o seu cacete me invadia toda e eu sentia as bolas dele às vezes batendo nas polpinhas do meu bumbum.

Eu sentia muito tesão com aquele enorme cacete entrando e saindo da minha xaninha, e passei a gemer e choramingar mais e mais, como uma louca depravada e ele começou a corresponder cada vez mais forte, me dando estocadas mais intensas e mais fortes enquanto ele me beijava na boca e me apertava contra o peito dele.

Me senti um pedacinho de carne espetada num grande espeto, de tão pequena que eu era perto dele.
Ele logo começou a acelerar as metidas e a me arregaçar. Eu gemia baixinho, curtindo aquele momento inesquecível, sendo penetrada por um cacete negro enorme daqueles, com aquele peito suado e liso no meu rosto, me fazendo beijá-lo vez ou outra.

Gozei como nunca tinha gozado na minha vida. Fiquei mole, quase morta de tanto prazer, mas, presa pelos braços dele eu não podia sair. Doida de tanto tesão comecei a lamber o peito suado dele com a minha língua dizendo que o cacete dele era muito gostoso, muito grande, muito duro e que eu já estava me sentindo toda aberta e tals.

Ele não aguentou e disse que ia esporrar em mim e me puxou pelos cabelos enfiando o cacete inteiro na minha xaninha.
Não deu outra!! Aquele meu primo negro e delicioso gozou feito louco. Senti o cacete dele inchar e a porra dele entupir a minha xaninha, escorrer entre minhas pernas e quando ele tirou ainda sujou as minhas polpinhas, parte das minhas costas e as minhas coxas.

Ele praticamente me deixou toda lavada de tanta porra! Depois ele me colocou de volta em pé no chão e na frente dele e eu sai cambaleando até chegar na cama dele. Deitei de bruços, muito ofegante, suada e suja de porra, sentindo a minha xaninha toda alargada e com a porra dele escorrendo.

Enquanto ele passava as mãos nas minhas costas, ele falava no meu ouvido:
- Você é muito delicinha, heim, priminha!!
Eu dei um sorriso e respondi:
- E você me deu um trato, heim, primo! Tadinha de mim! Tô aqui deitada sem coragem pra mais nada!

Então ele se sentou do lado do meu rosto, segurou a minha nuca e colocou a cabeça do cacete nos meus lábios e falou:
- Chupa gostoso, vai! Deixa ele duro de novo!! Ainda tô muito a fim de você!
Dei uma lambida naquela cabeçona vermelha, ainda suja de porra e depois abocanhei a cabeça e comecei a chupar.

Como aquela posição não ajudava, eu tirei o cacete dele da minha boca, pedi pra ele deitar e fiquei de quatro, inclinada do lado dele. Segurei o cacete dele e fui engolindo bem devagarzinho. Eu engolia todo o cacete, me entalava toda, tirava da boca e ia chupando o saco dele. Ele ia à loucura e dava urros de tanto tesão.

Com aquilo na minha boca eu senti que já estava ficando duro novamente. As veias inchadas tocavam os meus lábios, me fazendo ter que abrir mais ainda a boca.
Acho que ele não aguentou mais ficar deitado de barriga pra cima e sentou na cama com aquele mastro enorme apontando pra cima.

Eu prendi meus cabelos pra cima pra não atrapalharem e logo fui colocando a boca nele de novo, chupava com muita vontade enquanto ele ia passando a mão na minha bundinha e passando os dedos no meu cuzinho.

Alguns minutos depois ele chegou no meu ouvido e disse baixinho:
- Deixa eu comer a sua bundinha, Cinthia?
Eu sorri com tudo aquilo na minha boca e balancei a cabeça dizendo que não! Ele ainda insistiu dizendo:

- Dá a bundinha pra mim, prima!! Vai? Você me deixou louco por causa dela!
Eu sorria e insistia dizendo que não com a cabeça, enquanto os seus dedos penetravam o meu cuzinho lentamente. Adorei sentir aqueles dedos grossos no meu rabinho quente e apertado e ficava só imaginando toda aquela tora dentro e mim.

Meu primo babava pelo meu bumbum e ficava louco só de olhar. Toda empinadinha e chupando o cacete dele, eu senti quando ele abriu bem o meu rabinho e encontrou com os dedos o meu cuzinho piscando.

Eu estava mal conseguindo chupar e segurar o cacete dele de tão durão que já estava. Logo ele pediu pra eu ficar um pouco mais empinada e com as pernas um pouco afastadas e passou para trás do meu corpo. Eu só falei:
- Vê lá, heim! Já falei que não!

Ele colocou uma daquelas mãozonas na minhas costas me fazendo abaixar a cabeça no travesseiro e empinar mais ainda a bundinha.
Ele se ajoelhou atrás de mim, falando que estava louco só de olhar e quando eu ri pra mexer com ele e provocá-lo mais ainda, tomei o maior susto, porque ele meteu sua língua quente no meu buraquinho, me fazendo gemer e se contorcer toda.

E foi aí que eu grudei no travesseiro enquanto ele lambia e enfiava a língua no meu ânus, me levando à loucura.
Doida de tanto tesão eu resmungava que era pra ele parar e quando eu senti sua língua sair do meu cuzinho, logo senti a sua boca mordendo a minha orelha e beijando a minha nuca.

Eu ainda estava me contorcendo e toda arrepiada e senti quando ele levantou o meu corpo pequeno pela cintura, fazendo com que eu arrebitasse o bumbum mais ainda e começou a roçar o cacete enorme no meu rabinho e no meu reguinho.

Eu gemia com a boca colada no travesseiro e ele se curvou por cima das minhas costas pressionando aquela tora no meu reguinho e novamente sussurando me pediu:
- Deixa eu comer seu rabinho bem gostoso, Cinthia!! Vai!
Gemi dizendo que não! Ele insistiu enquanto esfregava aquela baita tora no meu reguinho fazendo o meu cuzinho piscar e se contrair cada vez mais.

Ele, percebendo o meu estado, e sabendo que ia me ganhar toda, colou a cabeça na entrada do meu cuzinho, fez pressão e tornou a insistir:
- Ah, vai, priminha! Juro que só coloco a cabeça! Deixa eu sentir esse seu buraquinho lindo, apertadinho e quente, vai!

Já bastante louca dei um gemido e balancei a cabeça dizendo que sim!
Ahhhh!! Pra quê? O safado, devagar, roçou a cabeça do seu cacete no meu cuzinho, deixando eu sentir que estava abrindo a minha bundinha com carinho. Ele forçou um pouquinho e senti a cabeçona entrar.

Eu mordia os meus lábios, enquanto a cabeça daquele cacetão se enterrava completamente dentro da minha bundinha.
Eu podia sentir minhas preguinhas se abrirem ainda molhadas pela saliva da língua do meu primo e pelo meu tesão.

Ele foi metendo lentamente, me fazendo sentir cada centímetro daquela tora negra. E logo a minha bundinha linda estava com a cabeça do cacetão do Gilberto completamente enterrada dentro dela.
- Ohhhhh, Gilbertoooooo!! Mais devagar!!! Por favorrr!! - eu gemia e falava.

Ele carinhosamente acariciava as minhas costas e a minha bundinha enquanto ficava parado me fazendo sentir aquela cabeça no meu buraquinho.
Meu cuzinho tinha abocanhado aquela cabeçona e por várias vezes ele se contraia e com isso arrancava um gemido do meu primo.

Mais calma, perguntei pra ele:
- Tá bom assim pra você?
E ele falou:
- Deixa eu colocar só mais um pouquinho, deixa?

Com os olhos fechados e mordendo os meus lábios de tanto tesão, respondi num gesto de consentimento:
- Ham, ham!
Não demorou e logo ele já estava bombando no meu cuzinho e sussurando no meu ouvido, me fazendo enlouquecer:

- Esse é o rabo mais maravilhoso e gostoso que eu já comi! - ele falou, gemendo de prazer - Ver e sentir esse cuzinho engolindo o meu caralho desse jeito, nem dá vontade de parar! Que bundinha linda, que cuzinho gostoso, que priminha ninfeta e branquinha deliciosa!

Ah! Meus amores, confesso que foi tão difícil aguentar o baita cacete do meu primo no meu cuzinho. Só mesmo o tesão e a vontade de dar pra fazer a gente passar por esses sacrifícios.

Me senti um brinquedinho nas mãos daquele enorme negão atrás de mim, me segurando pela cintura e enfiando aquele baita cacete duro e grosso no meu cuzinho.
Só sei que depois que o meu buraquinho se acostumou com aquilo tudo dentro dele, foi que pude rebolar, mexer e girar pra cima, pra baixo e para os lados o meu rabinho naquele cacete maravilhoso.

Ele falou:
- Isso, Cinthia! Mexe assim... engole e brinca com ele, vai! Seu cuzinho já está todo aberto e agora que vai ficar gostoso fuder ele todo!
Nessa hora, eu só gemia e pedia para ele me comer bem devagarinho, e quando percebi que ele começava a ir e vir, me estocando devagar, eu senti muito tesão com aquele cacete enorme entrando e saindo do meu cuzinho.

Eu tentando apertar a rola dele com o meu anelzinho e, fazendo ele urrar de tesão, passei a pedir mais e mais, como uma louca depravada, me sentindo uma putinha nas mãos e no cacete dele.

Ele começou a corresponder com mais vontade, me dando estocadas mais intensas e mais fortes enquanto me beijava as costas, me chamava de putinha e vez ou outra segurava com mais força os meus cabelos, me fazendo arrebitar a bundinha e sentir o saco dele nas minhas polpinhas.

Ele ficou uma meia hora fudendo o meu cuzinho e eu adorei cada minuto. Depois, ele colocou a mão por baixo de mim, bem na minha barriga, fazendo com que eu tirasse os joelhos do colchão e ficasse somente grudada no cacete dele e disse:
- Vou gozar, Cinthia!

Nem deu tempo de fazer nada. Só pude sentir jatos grossos e quentes de porra inundar o meu cuzinho e chegar no meu estômago também!
- Gozaaaaa, primoooo!! Goza bem gostoso dentro do rabinho da sua priminha!!! - eu falei e ele gozou com aquela tora atolada dentro de mim. Pude sentir seu saco encostado na minha xaninha enquanto suas mãos agarradas na minha cintura me puxavam bem forte pra junto dele.

Minutos depois ele tirou seu cacete de dentro de mim e vi que a cabeça daquela tora negra estava inchada, vermelha, parecendo que ia estourar. Levei a mão pra trás e passei na minha bundinha e senti que o meu cuzinho estava ainda totalmente aberto, arregaçado, arrombado. Que sensação estranha e ao mesmo tempo deliciosa.

Ele se deitou do meu lado e senti o cacete dele todo lambuzado de porra tocar a minha barriga e depois as minhas coxas. Sem falar nada fui descendo o rosto pelo peito suado dele até chegar com a boca naquela tora cheia de porra. E enquanto sentia a porra escorrer do meu cuzinho, chupei, lambi e mamei aquela delícia de pica, deixando ela sem uma gotinha de porra.

Deixei ele adormecer ali, sai, fechei a porta e fui tomar um banho antes de dormir, totalmente satisfeita.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste conto


Masturbadores Masculinos | Estimulador Clitoriano | Vibradores | Anestésico Anal | Fantasias Femininas | Anel Companheiro | Anel Peniano | Anel Vibratório | Lubrificantes | Desenvolvedor Peniano e Bomba Peniana

Envie seu conto erótico ou estória verídica para publicarmos: Gostaria de publicar sua estória ou conto erótico em nosso site? Basta enviar para cintia_gomes@estoriasdesexo.com.br

Darei preferência aos contos inéditos, ou seja, que não foram publicados em outros sites do gênero. Também me reservo o direito de revisar seu texto (para deixar o português "tinindo" de bom).

Ao enviar o conto, não se esqueça de colocar um TÍTULO, CATEGORIA e o NOME DE USUÁRIO (aquele que aparece como a pessoa que publicou). O nome de usuário pode ser algo como "Menina Novinha", "Urso Carinhoso", "Pegador de Coroas", etc. No corpo do conto você poderá colocar seu e-mail para contato, se quiser, é claro.

Gostou Desta Estória? Compartilhe Com Seus Amigos

Dê sua nota para este conto erotico

Gostou deste conto erótico? Deixe sua nota:


Comentários

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 17/12/2015
Isso e bem gostozo... Deu vontade de mim mastudas..TTou ateenfiando uma caneta em mim....
f

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Erick
E-Mail: [somente e-mail permitido agora]
Data: 16/01/2016
Me chama no whats [somente e-mail permitido agora]


Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: lais
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 26/01/2016
Ótimo maravilha super exitada

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: leonardo
E-Mail: leomsn-08@hotmail.com
Data: 05/02/2016
nossa gata fiquei exitado manda seu whats para meu email

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Joao Pedro
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 05/02/2016
Conto muito bom, tenho 18 anos safadas que quiser trocar fotos pelo whatsapp so chamar
Whats:[somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: ql34X22k
E-Mail: mcjx7u6y@gmail.com
Data: 08/02/2016
Yup, that`ll do it. You have my appaecirtion.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 14/03/2016
Procuro mulher solteira que more em São Paulo (capital) magra, a cima de 18 anos a fim de sexo bem safado. Só responderei a mulheres de SP. Por favor entrem em contato apenas se estiver a fim de uma boa sacanagem na real.
Meu WhatsApp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: José
E-Mail: Disponivelhoje1@hotmail.com
Data: 17/03/2016
Quero uma aventura com mulher de Curitiba. [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 31/03/2016
Vc mulher solteira que mora em São Paulo (capital) com mais de 18 anos a fim de curtir um bom sexo entrem em contato. Mas por favor so me peocurem se morar em SP e estiver a fim de sexo na real.
Meu WhatsApp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Mateus Silva Pirocudo21cm2
E-Mail: silva.mateus33@yahoo.com.br
Data: 18/04/2016
Oi gostosa que delicia de conto fiquei louco de tesão.
Não sou seu primo mais sou um negão pirocudo com 21 centímetros de pau por 5 de largura e adoraria te fuder bem gostoso e te dar muito prazer.
O que vc me diz ???
Me passa seu whatsapp ??? Ou me chama no meu ([somente e-mail permitido agora]
Estou esperando vc delicia

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Ramon
E-Mail: gafiaa@hotmail.com.br
Data: 20/05/2016
Esse conto e muito tesudo adorei quero uma mulher gostosa pra troca fts pelo whats meu contato [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Ramon
E-Mail: gafiaa@hotmail.com.br
Data: 20/05/2016
Muito bom bati ater uma bronha dlç min chamen no zap [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: pauzudo de sao paulo
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 08/06/2016
Procuro mulher solteira que more em São Paulo (capital) magra, gordinha, branquinha , loira, japonesinha,morena clara , ruiva, acima de 18 anos a fim de sexo bem safado.

Só responderei a mulheres de SP. Por favor entrem em contato apenas se estiver a fim de uma boa sacanagem na real e sem frescura mulheres decididas .
Meu WhatsApp: [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo
E-Mail: Anônimo
Data: 09/07/2016
Estou louca de tessao quem quiser me comer é só comentar em baixo moro em são Paulo


Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Júlio
E-Mail: Júlio
Data: 10/07/2016
Wats [somente e-mail permitido agora]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: K.R.
E-Mail: kbarney@hotmail.com
Data: 09/09/2016
Me chama no meu email q te passo o whats tbm moro em são paulo

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Leo
E-Mail: leo.gui@outlook.com
Data: 15/10/2016
Olá! Adoro contos de incesto, gostaria de conversar sobre o assunto, sem menhum tipo de preconceito, me adc no WhatsApp [somente e-mail permitido agora] e-mail leo.gui@outlook.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Nome: Anônimo(a)
E-Mail: Anônimo(a)
Data: 17/11/2016
Amei essa história muito linda não pode irmão carnal mais primos pode Amo vcs qui Deus abençoe vcs lindos primos minha nota pra vcs é 10

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário


Deixe um Comentário

Quem quiser entrar em contato pra conversamos um pouco sobre sexo ou quem sabe fazer uma boa amizade, deixe os seus dados nos comentários abaixo que entro em contato.

Importante: Devido à reclamação de várias pessoas de que seus números de telefone estavam sendo postados aqui sem o seu conhecimento, permitimos agora somente o endereço de e-mail.

Contos Eróticos Relacionados

Vídeos Recomendados do site videosdesexonovinhas.com.br

Marquinha de biquíni no WhatsApp
Safadinha linda mostra a marquinha de bikini nos seios e traseiro e depois abre a bunda para vermos seu cuzinho
Namorada dormindo
Enquanto minha namorada dormia eu filmei a bunda dela para mostrar aos meus amigos. Vocês concordam que ela é gostosinha?
Namorada perfeita
Morena novinha e deliciosa tira a calcinha e mostra sua bundinha redondinha e empinada. Em seguida ela mostra a pepeca lisinha
Foram flagrados no banheiro da escola
Casal de novinhos estava tão concentrado na foda que não viram a câmera. Só depois de gozar é que a meninha percebeu
Novinha filmada usando o toilet
Garota vai ao banheiro e não sabe que está sendo filmada
Novinha deliciosa dançando
Gatinha linda começa dançando de shortinho e depois tira a blusa e a calcinha, ficando completamente peladinha

Veja mais vídeos pornô de novinhas

Consiga o WhatsApp de centenas de mulheres solteiras e casadas de todo o Brasil. Temos grupos de WhatsApp de putaria e muito mais. Cadastre-se gratuitamente

Alguns homens e mulheres recém-cadastrados no Classificados de Sexo
Quer conversar com eles? Basta enviar uma mensagem!

moreninhalinda
De: Porto Alegre - RS

Sou divertida sensual sexi e to aprocura de homens
Mensagem Chat
casalrp
De: Ribeirao Preto - SP

Olá SOMOS UM CASAL bem resolvidos e discretos, estamos a procura de uma mulher ou casal, que assim c
Mensagem Chat
deusasafada
De: Pedreiras - MA

Sou casada safadinha e adoro sexo, aventuras e novas experiências. me chama pra gente conversar.....
Mensagem Chat
menina_curiosa
De: Salvador - BA

Oi, pessoal, sou novinha e adoro sexo virtual. Fico toda meladinha quando estou conversando besteira
Mensagem Chat
negao_3535
De: Arcos - MG

super discreto a procura de aventura
Ver Perfil Chat
dorisly
De: Cabo Frio - RJ

Me acho uma mulher muito interessante e de dar inveja aos outros homens, pois sou liberal ao ponto d
Mensagem Chat

Veja mais usuários do sexo feminino e masculino

Últimos Comentários dos Leitores

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
Carlos disse:
Olá meninas chamem no email vamos conversar muita putaria

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Enquanto meu marido dormia [Ver Vídeo Pornô]
candial disse:
Como eu com meu 21x17 gostaria de comer um cuzinho desse basta dizer sim

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Meu marido virou corno [Ver Vídeo Pornô]
Geraldo disse:
Sou da zona sul de são Paulo gostaria de fazer amizade com algem da região do Grajaú santo Amaro que tem um pau grande para transa com minha me fazer de corno

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Fodendo com meus amigos (e com o meu irmão) - Parte 1 [Ver Vídeo Pornô]
Diogo disse:
Olá muito bom seu conto estou esperando o final, eu também passei por uma experiência parecida quando vi minha irmã e meu cunhado, (e depois transamos eu minha irmã, meu cunhado e a irmã dele) tentei contar essa estória aqui mas não foi publicada, se você quiser saber como foi veja no site "clímax contos eróticos" procure pelo autor Diogodioguito... bjs

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Dotado Safado disse:
Ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (19,92.33.27.98)

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
luix disse:
eu esperei bastante pra ver o final dessa estoria gostei muito e teve um final feliz pro dois

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
barbara disse:
Olá meu nome é barbara sou estudante universitária . Amo ler contos amo viajar e viver aventuras , sou totalmente submissa.amo homens mais velhos .Se alguém quiser conversar ou até mesmo marcar algo. Mandem email q passo meu Whatts bijus.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
barbara disse:
Olá meu nome é barbara sou estudante universitária . Amo ler contos amo viajar e viver aventuras , sou totalmente submissa.amo homens mais velhos .Se alguém quiser conversar ou até mesmo marcar algo. Mandem email q passo meu Whatts bijus.

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O namorado da minha amiga arrombou o meu cuzinho [Ver Vídeo Pornô]
Santiago disse:
Adorei eu tambem adoro comer um Rabo e sou um Negão de pura safadeza adoroo uma boa safadeza pra essas deliciosas que adoram uma safadeza meu e-mail Pretinhocharmoso@yahoo.com.br meu zap [Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Flagrei minha esposa dando para o meu irmão [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei esse conto gostaria de participar mulheres queira contato vamos fazer amizade 019 9.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
Negrão sp disse:
Bom dia adorei seu conto gostaria de contato com mulheres que gostam de fazer amizade para poder falar de tudo que é gostoso 019 9.71.41.45.55

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Adoro tomar no cú desde mocinha [Ver Vídeo Pornô]
Gilson hostin disse:
Adorei tambem gosto de comer cu de mulher mas minha esposa n gosta

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Não mexa nas calcinhas da mamãe - Parte 5 - Final [Ver Vídeo Pornô]
jonathan disse:
Otimos contos os seus parabéns....espero que não pare de postar kkkk

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

O marido da minha amiga [Ver Vídeo Pornô]
Thiago disse:
Gostei do conto muito excitante
Você é bem safada quero comer sua buceta
Me chama no zap ([Ocultado. Clique e deixe uma mensagem]

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Tracei o marido da minha filha [Ver Vídeo Pornô]
Thiago disse:
Adorei seu conto fiquei com tesão
Quero comer sua buceta em gata

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Minha sobrinha universitária [Ver Vídeo Pornô]
Pedro disse:
Boa tarde Barbara, me passa seu contato no pedro.geromel.balbuena@gmail.com

Clique aqui e fale com o(a) autor(a) deste comentário

Contos Eróticos Sugeridos

Contos Eróticos Mais Vistos

Categorias de Contos Eróticos

Vídeos Pornô de Novinhas
Anal / Sexo Anal
Diversos
Em Público
Fantasias
Fetiches
Gatas/Gatos
Gays/Lésbicas
Héteros
Incesto
Jovens X Mais Velhos
Masturbação
No Emprego
Orgias
Sadomasoquismo
Teens - Jovens
Traições
Três ou Mais
Zoofilia